História High Supernatural School - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Balthazar, Castiel, Charlene "Charlie" Bradbury, Dean Winchester
Tags Adolescentes, Amor, Castiel Novak, Dean Winchester, Destiel, Família, Mpreg
Exibições 314
Palavras 1.543
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiiiiiiiiiieeeeeeeeeeeeee amores tudo bem?
Estou ótima!
Olha só...estava sem nada pra fazer e fui fuçar minha pasta de fanfics...e acabei achando essa sem terminar!
Vocês não sabem o quanto de fic tem nessa pasta pra terminar! hehehehehe
A fic será bem colegial...espero que gostem!
Boa leitura e nós vemos lá embaixo...

Capítulo 1 - 1 - Primeira vez


Fanfic / Fanfiction High Supernatural School - Capítulo 1 - 1 - Primeira vez

Castiel Novak era um lindo moreno, de olhos intensos azuis, estava no segundo colegial. Sua vida era digamos normal, poucos amigos verdadeiros e alguns interesseiros por sua grande popularidade na High Supernatural School.

Dean Winchester, tinha 16 anos, loiro, alto, olhos verdes brilhantes e corpo que dava inveja há qualquer um. Era o capitão do time da escola e bem popular. Ele passava o rodo em todos e não se importava. Nunca acreditou em amor verdadeiro. Ele era bi...pra ele não importa se era menina ou menino, o que importava era se satisfazer e gozar. Tinha um irmão de 13 chamado Sam, pais Mary e John, e achava que sua vida era boa. Não tinha do que reclamar. Seus amigos Benny e Baltha também de seu time o animavam.

Dean e Cas não eram amigos, mas não se odiavam. Simplesmente estudavam estavam em anos diferentes. Dean estava no terceiro, o ultimo, já Castiel que tinha acabado de fazer 15 estava no segundo.

Escola toda reunida para a final do campeonato. Castiel junto de Charlie sua amiga, sentavam nas arquibancadas assistindo jogo começar.

-Porra Dean! Caralho! – xingou ao vê-lo perder uma ótima chance de fazer gol.

-Vou pegar cachorro quente pra gente – disse ela rindo.

 

...

 

-Com uma enorme satisfação tenho orgulho em dizer que a High Supernatural School venceu os campeonatos! Parabéns aos jogadores! – anunciava Michael o diretor da escola.

Dean estava radiante, sorria e comemorava. Seus amigos lhe erguiam nos braços.

-Festaaaaaaaaaaaa em casa! Está todo mundo convidado! – ao falar isso seus olhos encontraram do moreno, que abaixou tímido a cabeça.

-Você vai Bisha? – perguntara a ruivinha.

-Ah não sei...

-Que isso! Vai sim...

-Mas eu não conheço os Winchesters...

-Eu também não...e a festa é pra comemorar que vencemos o campeonato – dizia animada descendo as arquibancadas.

-Vou pensar...

 

...

 

Castiel chegou em casa, almoçou e se jogou na cama. Sua cabeça estava latejando, pelos muitos gritos no campo hoje. Dormiu pela tarde toda e é acordado por seu celular – alo? – disse irritado, pois preferia estar dormindo.

-Bishaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!

-Ai caralho pare de gritar!

-Te acordei? Ótimo! – ela ainda gritava.

-Porra Lie...vou desligar...

-Não! Só liguei pra te avisar que minha mãe estará passando ai na sua casa as 8 da noite...não se atrase.

-Oque? Quando? Onde? – Castiel parecia que estava dormindo ainda.

-A festaaaaaaaaaaaaaaaaaa! – gritou acordando de vez o moreno, jogou longe o celular bufando – droga! Não quero ir...mas sei que a Charlie ficara insuportável se não for... – disse indo tomar banho.

Tentou se animar ouvindo Lady Gaga. Castiel era virgem, mas já tinha beijado uma menina e um menino, e pra falar a verdade havia gostado mais do menino. Pensou que na festa poderia se dar bem, pegando alguém...

 

...

 

-Bishaaaa! Arrassou no look! – falava Charlie vendo-o entrar no carro.

-Está lindo mesmo Castiel – confirmava a mãe de Charlie dando partida.

O moreno estava gostoso, com uma calça jeans preta, camiseta branca e uma camisa azul por cima. De allstar pretos, cabelo bagunçado, um delicioso perfume e lindos olhos azuis.

A ruivinha também estava perfeita, com um vestidinho xadrez nas cores vermelho e preto, meia calça preta e um coturno preto. Cabelos ruivos lisos a solta e um lindo sorriso no rosto.

Chegaram e Charlie já entrou na casa indo para a cozinha, pegar bebidas. A casa estava cheia, todos do colégio estavam lá. Todo mundo muito bonito e animado, reparava Castiel andando sem olhar para frente, quando se esbarra com alguém – Me desculpe... – disse tímido ao perceber que era o capitão do time Dean.

-Olha por onde anda...tô brincando – sorriu. Castiel estava mais vermelho que sangue. Lie te deu uma dose de tequila, dizendo para virar o corpo.

-Melhor não...

-Se num vai beber...eu bebo – disse o Winchester pegando o copo de sua mão e virando – porra! Desceu queimando – disse saindo.

-Mas que folgado... – disse a ruiva lhe servindo outra dose, onde dessa vez Castiel bebeu.

 

...

 

Dançavam loucamente na pista, após 3 tequilas e muitos copos de cerveja, Castiel se sentia leve e arrasava. Charlie estava alegre demais, avistou uma menina linda piscando para ela de canto.

-Já volto – disse a ele, que nem se importou e continuou a dançar.

 

...

 

Castiel cambaleava andando pela enorme casa. Ele precisava mijar, tinha bebido muito mas mal se aguentava de pé.

Se esbarrou novamente no loiro Winchester que sorria também bêbado – me desculpe – disse tímido.

-Tudo bem...

Seus olhos verdes eram os mais lindos já visto e com aquele sorriso enlouquecedor Castiel acabou perdendo os sentidos e desmaiava nos braços do loiro.

-Hey garoto! Acordeeee – chamava Dean que havia se sentado no chão, com o moreno em seu colo.

Percebeu que ele respirava lentamente e seu rosto apesar de lindo estava todo suado.

-Acorde! – gritava mas nada dele acordar.

Resolveu dar um beijo para acordar o belo adormecido que abria seus olhos devagar.

-Graças a deus! – sorriu Dean.

-Er...me desculpe... – disse se sentando.

-Bebeu todas né?

-Sim...nunca bebi tanto como hoje...a proposito sua festa está incrível... – disse Castiel nem percebendo que tinha mandado a timidez para longe.

-Obrigado...festa incrível com pessoas incríveis – disse o loiro ainda sorrindo.

-E parabéns pelo jogo! Er...me desculpe...a bebida deve ter mexido comigo – disse ao se levantar.

-Tudo bem...qual seu nome?

-Castiel... e você é Dean né?

-Sim...estranho te encontrar aqui em cima...a festa é lá fora...

-Ah sim...er...eu não consegui achar um banheiro disponível lá embaixo...

-Esses adolescentes...que se trancam nos banheiros, fazendo sei lá o que...

Castiel corou – me desculpe novamente.

-Hey pare de se desculpar...se quiser usar meu banheiro... – disse ele abrindo a porta do seu quarto.

-Nossa obrigado – sorriu ao entrar, correu para o banheiro e se aliviou. Aproveitou passar uma agua no rosto, se olhava no espelho e sua cabeça rodava, mas tinha um sorriso em seus lábios.

-Melhorou? – perguntou Dean sentado em sua cama, esperando-o sair.

-Sim...obrigado novamente... – disse olhando em volta. O quarto era muito legal, vários posters de banda na parede, uma coleção incrível de mini carros antigos, um violão no canto do chão. Muitos cds rocknroll, um closet um pouco bagunçado, que Dean ficou vermelho de vergonha, deixando-o mais lindo ainda.

-Quarto legal...

-Me desculpe pela bagunça...

-Tudo bem – disse em direção a porta.

Antes de deixa-lo sair, Dean o chamou puxando pelo braço, mas reclamou assim que sua visão ficou toda escura e um silencio se instalou na casa.

-Droga! A luz acabou...

Castiel ria da situação.

-Me desculpe...esse bairro as vezes tem disso...outro dia estava quase no final do jogo e a luz piscou...xinguei tanto.

-Poxa que chato isso...você ia me dizer alguma coisa?

-Er...sim... – disse Dean derrubando alguma coisa no chão. O quarto estava todo escuro e ele procurava acender a luz reserva que tinha na gaveta.

-Achei – disse acendendo – agora melhorou. - O quarto estava num tom azul, devida a luz.

O sorriso de Castiel era encantador. Dean colocou a luz em cima da mesinha e se aproximou do moreno - ...eu ia dizer...que seus olhos são lindos...

-Obrigado...os seus também...

Seus rostos se aproximavam cada vez mais rápido, nariz se batiam e um sentia a respiração do outro, um beijo calmo aconteceu entre eles.

...seu beijo é uma delícia – disse ele ao sorrir.

Castiel colocou suas mãos em volta de seu pescoço e o beijou novamente.

-Humm – gemia baixinho o Winchester.

Como estava meio escuro o quarto, acabaram caindo em cima da cama do loiro.

-Seu beijo também é delicioso – dizia Castiel sorrindo, em cima do loiro.

Com suas mãos grandes, o Winchester o apertou, colando mais seus corpos. Que se esfregavam. Os dois estavam excitados e ofegavam muito.

Dean se virou para cima do moreno, beijando seu peito. Puxou a camiseta para cima mordendo seus mamilos arrancando gemidos do moreno.

-Gostoso! – disse Dean ao apertar seu membro por dentro da calça.

-Posso continuar?

-Aham ahhh! – gemeu mais alto quando o mesmo colocou-o para fora.

-Que delíciahhhh...ohhh Dean! – Castiel se remexia na cama querendo mais contato.

-Ohh Cas...posso te foder? – perguntou voltando a devorar sua boca.

-Aham...ahhh... – respondia ele ajudando o outro abaixar sua calça. Seus olhos azuis se iluminaram ao ver um pau ereto saltar para fora.

-Tenho certeza que você vai gostar – disse Dean abrindo suas pernas e adentrando.

-Aiiiiiii ohhhh – o moreno sentia dor, mas um grande prazer ao mesmo tempo. O pau grande e grosso do Winchester o preenchia inteiro.

-Táhhh gostando? – ele não se cansava de beijar aqueles lábios.

-Ahh sim...mais! Quero mais! – ao dizer isso, ele foi virado de frente para cama, ficando de quatro para o Winchester. Quando o sentiu entrar bem fundo gritou – DEANNNN!

-Ahhh assim é muito melhor ahhh!

Dean se atreveu e bateu em sua bunda com força ao mesmo tempo que o estocava, Castiel adorava e sorria ao gemer.

-Humm Cas...ohhh! – gemia Dean ao manusear o pau do moreno ao mesmo tempo.

-Ohh fuck yeah...assim...não para!

-Ohhh jesus cristo! – gemeu alto ao gozar no rabo do moreno, no mesmo tempo que melecava sua mão.

Deitaram lado a lados na cama, se recuperando do orgasmo.

-Uau! Isso foi incrível.

A luz havia voltado a tempos já, mas os dois safados estavam tão entretidos que nem perceberam.

Dean ficou em sua cama e fechava os olhos para dormir. Castiel de tão cansado dormiria ali mesmo em cima do peito desnudo do loiro. 

 

 

...continua...


Notas Finais


Huummmmmmm amor colegial é demais né? Eu adorooo =D
E ai o que acharam? Devo continuar?
Espero que tenham gostado..logo postarei mais capítulos...
Obrigada desde já *-*
Bjssss ♥.♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...