História Hinata e Seu Estilo de Vida (Nova Versão!!!) - Capítulo 47


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mirai Nikki, Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Kaguya Ootsutsuki, Madara Uchiha, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Personagens Originais, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Yuno Gasai
Tags Briga, Drama, Etc, Falsidade, Inveja, Itahina, Madara, Manipulaçao, Menhina, Naruhina, Nejihina, Revelaçoes, Romance, Sasuhina
Exibições 149
Palavras 2.606
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Gente eu queria ter postado antes mas o capitulo ficou tão grande que demorou para eu terminar de reler e tudo, fora as alterações que eu faço kkkk perdão espero que curtam.

"A males que vem para o bem" Vão ver como esta simples oração vão perturbar vocês durante este capitulo!, Para terem noção disso eu escrevi ele com muito raiva,muita raiva mesmo! kkk

Espero que gostem.
Boa leitura! :)

Capítulo 47 - Pressure And Fear


Fanfic / Fanfiction Hinata e Seu Estilo de Vida (Nova Versão!!!) - Capítulo 47 - Pressure And Fear

Hinata

Acordo deitada numa cama porem uma cama estranha, olho ao meu redor e vejo que não estou no quarto de Naruto me levanto de pressa e vejo que um cateter esta pregado em meu pulso.

Afinal estou num hospital?

Toquei meus pés ao chão gelado sentindo-me mais forte do que no dia anterior, além do mais estava mais animada. “Uai! ”

Caminhei até a janela ao lado de um armário e olhei lá fora, realmente o movimento agitado lá embaixo acompanhando das ambulâncias, confirmavam a minha pergunta anterior.

Escutei um estalo atrás de mim era a porta, quem passara? Só poderia ser.

Naruto: Finalmente – Sua expressão era um pouco animada, dava para notar que ele estava segurando.

Hinata: O que estou fazendo aqui? – Não consegui falar ou fazer outro tipo de pergunta a não ser essa.

Naruto: Ontem à noite você teve uma recaída, nada grave mas, você está anemia – Seu tom era calmo ao falar da minha doença.

Hinata: Que?! Nada grave?!

Naruto: Você não anda comendo direito! A falta de ferro te custou caro – Eu me assustei, não imaginei que a falta de alimentação me levaria a isso.

Hinata: Nossa.

Naruto: Não se preocupe, eles realizaram uma transfusão em você – diz levantando o braço alisando uma parte a qual estava com um curativo estéril.

Hinata: Não me diga que você?

Naruto: Sim eu te doei sangue, o que posso fazer se temos o mesmo tipo – Até nisso nós temos que combinar e bom demais para ser verdade.

Hinata: Chega a ser irônico...kk – Não pude deixar de dar risadas fracas ele apenas sorriu. – Mas espere um momento, você é um doador? Desde quando?

Naruto: Alguns meses, o meu avô que autorizou.

Hinata: Que surpresa – Eu caminhei até a cama me sentando nela.

Hinata: Ai,ai eu sou uma burra!- Digo, já nervosa.

Naruto: ...

Hinata: Como eu pude ser tão idiota a ponto de vir para cá! Na esperança de... reencontrar o Sasuke?! E-eu nem sei onde ele está para começar! Nem sei se o que aquele estranho me disse era verdade.

Naruto: Hinata espere! - Eu o encaro – Desculpa eu ter falado com você daquele jeito eu não quis... – Arrependimento era o que via em seus olhos.

Hinata: Não peça desculpas... eram só verdades.... Eu que deveria me desculpar por ser tão egoísta e não...conseguir esquecer certas coisas – Eu também tinha minha parte da briga.

Hinata

Naruto: ...

Hinata: Bem.... Acho melhor eu voltar né, desistir desta loucura kk – O loiro conseguia ver tristeza em seus olhos, ele de fato via o quanto ela havia lutado para estar ali. E agora desistir constrangida dos problemas que causara, ele a odiara por tê-la reencontrado ali, mas, isso estava mudando.

Naruto: Não diga isso! – Falou por impulso.

Hinata: Não dizer o que?

Naruto: Desistir, não pega bem.

Hinata: O que você quer que eu faça? Eu fui chutada tive meu ombro deslocado, dormi no meio do lixo! O que mais tá faltando além de... estar com você, não leve a mal Naruto e-eu sei que não está feliz por me rever aqui. – Falou alisando o ombro torcido.

Desabafa alisando o ombro que ainda doera.

Naruto: Eu não disse que não estava...- Mentiu, para não a magoar mais, porem uma parte de si realmente não ficara infeliz por revela muito pelo contrário.

Naruto: Passou por tudo isso só para desistir no final? É assim então? – Ele foi se aproximando.

Hinata: Você me teve a coragem de me perguntar “por que não desiste? ”, conseguiu o que tanto queria – Falou agora derrotada.

Naruto: Não estava querendo que você desistisse, só achava que era uma loucura da sua parte ficar vagando pelos Estados Unidos até morrer.

Hinata: ...

Naruto: Já parou para pensar que a partir do momento em que entrou aqui deu tudo errado?

Hinata: ... bom tinha mais coisa antes, mas... aqui piorou.

Naruto: Você não teve a ajuda de ninguém até agora! Como pensava chegar em Sasuke sozinha? Você também é tola por isso.

Hinata: Olha eu não pensei em tudo ok! Achei que poderia fazer isso muito bem sozinha

Naruto: Está explicado! Da próxima vez “pense!”.

Hinata: Vai ficar me dando sermões.

Naruto: Até você ver que está sendo uma covarde, sim! – Quando ela já foi ver ele já estava a sua frente, esticou seu ombro e disse – Vai doer você está preparada? – Ele falou com mais de um sentido aquelas palavras.

A Hyuuga então prestou melhor atenção no que acabara de fazer, dera a volta ao mundo por quem amava, se supôs a situações constrangedoras, para no fim “Desistir?!”, quem era ela agora? Quando ela tomara aquela decisão?

Naruto: Vou repetir vai doer você está preparada? – Diz novamente.

Hinata: Pode pôr no lugar! – Falou determinada Naruto assim fez, arrancando um “ai” da jovem.

____________________________________________________________

Em NY

Sasuke estava sentado num banco esperado que Kaguya saísse do quarto de seu avô, a coisa havia sido séria Madara tivera um infarto porem ficaria bem segundo os médicos.

Dentro do quarto...

Kaguya: Você enlouqueceu?! Como pode ser tão burro a ponto de não tomar os calmantes!

Madara: Ora,ora quem está preocupada! – Ironizou.

Kaguya: Eu preocupada “HAHAHA” engraçadinho, como se já não bastasse o pirralho querendo vender a empresa! EU poderia me matar agora – Diz ela pondo as mãos no pescoço e insinuando um suicido.

Madara: Não exagere! – Ela solta um suspiro e ajeita o cabelo.

Kaguya: O que pretende agora? Sabe que ele não pode vender a empresa não?!

Madara: Mas vai, não posso força-lo a isso, tudo que ele falou ontem.... Me fez ver que estou sendo um tolo ao querer que ele assuma tudo – Kaguya não acreditara que as palavras de Sasuke fizera efeito.

Kaguya: E não vai! EU estarei com ele, eu me casarei com ele! – Diz otimista.

Madara: Acha que ele vai se apaixonar por você! Ainda mais a pouco tempo que perdeu a Hyuuga.

Kaguya: Eu não quero saber desta falecida infeliz...

Madara: BASTA! – Gritou – Eu vou desistir! Essa história chegou num ponto em que não dá mais!

Kaguya: ora,ora o vovô está com medo de morrer!

Madara: Não é nada disso!

Kaguya: rsrsrs sei...- Ela se levanta da cadeira a qual estava sentada e pega a bolsa que estava no criado – Só vou te dizer uma coisa “Madarinha”, ah males que podem vir para o bem.

Ela caminhou até a porta soltando um sorriso.

_________

A porta se foi aperta e Kaguya saiu, ao avistar Sasuke ali sentado num dos bancos, olhou para ele e soltou um sorriso.

Kaguya: Pode entrar lá Sasuke-kun – Diz calma ele correspondeu positivo com a cabeça e adentrou o quarto, Madara estava deitado e coberto com um lençol branco que ia até sua cintura e um aparelho cárdico estava em um de seus dedos.

Sasuke: ...- Ele encarou ao avô ali que o encarava de volta de maneira séria.

Madara: ...

Sasuke: Que bom que ficou bem.

Madara: A morte quase me pegou, mas... não foi desta vez – Sasuke deu um suspiro.

Sasuke: Me desculpe vô eu só...- O impede que termine.

Madara: não é você que precisa pedir desculpas, e-eu realmente fui um péssimo avô.

Sasuke: Bom que sabe – Justificou.

Madara: rsrsrs – Sasuke achava estranho ver seu avô ali rindo, até parecera ser outra pessoa do que na noite passada – Eu fui, uma péssima pessoa! Todo esse tempo, eu só queria fazer com que nossa família fosse unida e feliz... porem ao invés disso tudo que fiz foi nos separar.

Sasuke: ... – O moreno levemente discordava do jeito dele, jamais vira-o tão calmo e arrependido.

Madara: Sei que deve estar desconfiado de mim kk afinal não é todos os dias que você me vê assim – O mais novo se assusta.

Sasuke: Nunca te vi assim.

Madara: rsrsrs, Sasuke eu realmente estou decepcionado com você! E ao mesmo tempo arrependido por ser assim desse jeito com você, eu já deveria imaginar que não era isso o que queria – Olhou o vazio não queria o encarar naqueles momentos.

Sasuke: ...

Madara: Você tem total liberdade para vender a empresa...Eu não vou te impedir, não vou te segurar, “não vou mentir” – O jeito melancólico era indispensável, Madara estava arrasado.

Sasuke: ...

Madara: Não irá falar nada?

Sasuke: Eu não esperava que te levar para o hospital te mudaria assim, estou surpreso.

Madara: Não fique! Aquelas palavras...valeram a pena

Sasuke: Hum.

Madara: Voltando ao assunto principal... faça o que tende de fazer, vamos dar um jeito eu sei disso! - O mais novo encarou o mais velho e pensou o quanto seu avô lutou por aquilo lutou para fazer o essencial para mudar o mundo “Ele só queria revolução! ” Pensou ele.

Por mais que pensasse que seu avô era ruim no fundo ele conseguia ver a vontade dele de fazer o bem. Ele estava certo!

“Onde eu estou com a cabeça?! O que estou fazendo com a minha família!?”- Pensou novamente o mais novo.

Neste momento Madara já estava prestes a contar a verdade sobre Hinata sobre o que realmente aconteceu, ele estava prestas a desfazer seu arco de mentiras e liberar Sasuke de seu domino.

Madara: Sasuke eu preciso te...

Sasuke: E-espere! – Madara o encara.

Madara: O que foi?

Sasuke: O que estou fazendo?!

Madara: Do que está falando – Diz ele surpreso.

Sasuke: Como posso ser tão burro!

Madara: Fale logo, Baka!

Sasuke: “Eu não vou vender as empresas! ”, você lutou para criar tudo isso para eu finalizar.... Eu não posso! O meu dever é fazer o que for possível para renova-la e continuar com o seu sonho, ou melhor com o nosso sonho!

Madara só faltou chorar, não estava acreditando, aquilo estava mesmo acontecendo?!

Madara: N-não quero que faça isso para me agradar...

Sasuke: E não vai ser, agora é eu que quaro fazer isso.

Madara: ... – Madara balançou queria contar a verdade, mas...

Sasuke: O que você ia dizer?

Madara: .... Nada ... – Falou frio.

Sasuke: Ótimo, eu já vou preciso fazer umas coisas.

Madara: Vá com calma aquilo não é para crianças – A vontade de Madara de ter o terceiro herdeiro já tombara porem o jogo virou de modo absurdo, ele estava assustado pela primeira vez na vida. Como seriam coisas agora? Ele poderia novamente tirar proveito disso?!

Sasuke: Não sou uma criança, não mais!

Madara: Até “meu neto” – A expressão dele mudara após o neto sair do quarto, ele soltou um sorriso de orelha a orelha e sem se controlar – AHAHAHAH!

Lá fora Kaguya estranha o sorriso otimista do rapaz e decide entrar lá novamente para ver o que conversaram porem Mikoto lhe barra.

Mikoto: Você já entrou querida agora é minha vez. – Diz calma.

Kaguya: Oh eu sou tão tapada kkk pensei ter esquecido algo no quarto, mas não foi nada.

Mikoto: Oh sim – Ela caminhou até a porta e Kaguya revirou os olhos.

Minutos depois a grisalha foi até o moreno que estava na sacada a cima do hospital.

Kaguya: Pelo visto a conversa foi reconfortante. – Diz animada, e ele a encara – Oh desculpe eu não pude deixar de notar.

Sasuke: Eu vou retomar a empresa e me por como novo presidente – Ela arregala os olhos.

Kaguya: C-como? Ah horas atrás você não disse que...

Sasuke: Esqueça aquilo.... Não era eu – Para Kaguya era uma questão de tempo saber o que causou sua mudança instantânea, o que mais importava para ela no momento era a empresa.

Ela se jogou descarada sobre ele lhe abraçando por trás.

Sasuke: O que está fazendo?

Kaguya: Eu...posso te ajudar Sasuke-kun sabe disso.

Sasuke: ... – Ele nada respondeu, apenas permitiu que aquele breve momento rolasse, ele sentira algo que a muito tempo não sentia seria “amor? ”

_________

Longos dias se passaram e enfim era primeiro de dezembro.

Naruto: Como quer começar com isso? – Perguntou cansativo.

Hinata: Eu não sei só agora que me recuperei completamente poderei pensar melhor.

Ela estava sentada a mesa tomando um café da manhã enquanto isso, Naruto punha um copo de leite para se sentar também.

Os dois não perceberam, mas estavam mais amigos, aos poucos deixavam o passado no passado!

A TV da sala estava ligada era se possível ouvir o som do jornal que era exibido.

Naruto: O que vai fazer quando o encontrar nem sabe se.…- A pergunta tinha sua resposta certa.

Hinata: Primeiro temos que planejar algo, não posso ir com tudo como fiz para vir para cá.

Naruto: Acertou! – Os dois se encararam sorridentes, mas em questão de segundos desviaram os olhares.

Jornalista: Para começar esta manhã fresquinha, vamos falar das famosas e ao mesmo tempo tão pouco faladas empresas Uchiha!

O sobrenome conhecido ressoou no ouvido da Hyuuga, quando a mesma se dera por si já estava frente à TV respirando ofegante.

A programação mostrava um grande arranha-céu negro e o monte de pessoas na porta frente ao um grande palco, em cima dele estavam Madara, Kaguya,Fugako e alguns colaboradores mas Hinata já encontrara o que procurava, seu ex sério e impecável estava ao lado da grisalha a espera de algo.

Hinata: O meu kami! O-onde ele está? Que lugar é esse?! – Essa não era a única pergunta ali, mas várias rodeavam suam mente ela queria atravessar a TV, queria se tele transportar o que fosse possível.

Naruto chegara ao cômodo logo atrás dela.

Jornalista: Esta coletiva de empresa está prometendo, segundo o presidente Fugaku Uchiha – Diz animada.

Hinata: Naruto que lugar é esse?

Naruto: Eu não sei, nem imaginava que as empresas eram tão grandes.

Jornalista: Nos nem esperávamos por...- Ela foi interrompida pois a cena cortou para frente ao púlpito a qual estava Madara sorridente. – Oh o ex-presidente o senhor Madara Uchiha vai dizer algo!

Madara: Nesta manhã tão esperada por mim e por meu filho...- Ele foi interrompido pois um bando de pessoas que começaram a bater palma, após isso ele continuou – Sei que vocês ficarão tão surpresos quanto eu quando souberem, acho melhor o meu neto explicar a vocês.

Ele saiu do púlpito e muitos bateram mais palmas.

Hinata: Ele é aquele velho que falou comigo dias atrás.

Naruto: Acha mesmo que ele está mentindo para o Sasuke.

Hinata: Eu tenho certeza!

Sasuke: Bom isso deve ser uma surpresa para todo mundo, até mesmo funcionários da nossa empresa. – Ele deu uma leve pausa respirando fundo, soltou um sorriso e todos bateram palmas como se já soubessem o que ele diria – EU SEREI O NOVO PRESIDENTE DAS EMPRESAS UCHIHAS!

A plateia fez o AoE, fogos foram soltos e fotos começaram a ser exibidas na tela falando a respeito dele.

Hinata estava perplexa! Se agachou no chão e imagina a mudança do jovem.

Hinata: E-ele me esq...

Naruto: Hinata não entenda errado ele pode só...

Sasuke: Vamos caminhar para um futuro melhor e esquecer do passado! – Novos aplausos foram ouvidos.

Jornalista: Ai agora a grande, magnifica, favorita e DIVA! Colaboradora das empresas, Srta.Kaguya Ootsutsuki!

Kaguya: Chegou a hora da Revolução, um novo mundo está por vir e eu ajudarei! Cria-lo!

Todos bateram palmas animados, Kaguya olhou sorridente para Sasuke que devolveu o olhar.

Hinata notou isso é fez uma careta.

Hinata: Quem ela pensa que é? Viu como ela olhou para ele?

Naruto: Que isso Hinata é normal...

Hinata: Eu vi ele devolveu ainda, E-ele me esqueceu! Completamente! – Falou a última frase sem forças.

Naruto: Hinata... – Ela tampou o rosto e correu para as escadas, subindo-as e entrando em seu quarto.

Hinata: c-como ele pode! Será mesmo que tudo que tivemos não foi nada... – A pressão e o medo lhe tomam, pois, a tristeza já estava presente uma das coisas que ela mais temia acontecera? Será mesmo que Sasuke a esquecera?

Como se diz Kaguya “A males que vem para bem”

Continua


Notas Finais


E né parece que o "bem" esta do lado de Kaguya e Madara, é agora?!! O.o, o próximo é breve gente bjs! e ai o que acharam?

PRÓXIMO CAPITULO: A todo custo - Parte 1


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...