História Hinny - OAI temp 2 - I love you, but I can't remember why - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Potter, Andromeda Tonks, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Lílian L. Potter, Luna Lovegood, Ronald Weasley, Tiago S. Potter
Visualizações 51
Palavras 1.539
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Magia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


GRAÇAS A MERLIN EU CONSEGUI to tentando postar esse cap há uns 3 dias e finalmente consegui,
Preparados??
Jogo dos dez valendo
Como eu estou mt ansiosa eu vou postar esse cap msm assim mas isso não vai acontecer de nv ok?? ( não sei com quantos coments tá o outro cap masok kkk)
Prepaarados??
jaaaa

Capítulo 15 - "Não precisava nem pedir"


Pov Gina

Estavamos indo de carro para casa buscar Bonnie,  quando Harry diz:

- Amor acho que é melhor eu voltar depois e buscar a Bonnie por que não vai caber com ela aqui vai ficar apertado, o que vc acha?

- Eu concordo meu bem. - respondo e ele faz a curva na rua

- Papai a Bonnie!! - diz Alvo preocupado

-O papai vai voltar para buscá-la depois, aí ela vem bem confortável, que tal? - respondo e ele mostra mão num sinal meio falho de joinha.

Chegamos na Toca e Hermione vem nos cumprimentar e Harry começa a tirar as malas do carro:

-Ei Potter quer ajuda? - pergunta Draco que surpreendentemente estava lá com Astória, ele de camisa branca e bermuda militar, ela de vestidinho branco e florido, Harry assentiu e os dois foram levando as malas para dentro da Toca com a ajuda do meu irmão que também veio ajudar.

-Oi cunhadinha - digo e  Hermione me mostrou o dedo do meio e em seguida  se virou para Lily que ainda estava na cadeirinha do carro - Oi sobrinha como vai?? - a morena abre o carro e começa a tirar os cintos e acaba mexendo na touca da pequena que se mexe um pouco por causa do frio - Ops, olha Ginevra ela é ruivinha, RONY  VEM VER SUA SOBRINHA E PARA DE COMER PELO AMOR DE DEUS

- Primeiramente: Ginevra é o teu cu, segundo é segredo vou mostrar a noite só -e então vejo Rony correndo em nossa direção com a boca cheia, e em seu encalço Harry e Draco sujos de farinha

- UKE FOI MULHER - diz meu irmão com a boca cheia parecendo um esquilo - em seguida ele olha para Lily com a voz afetada : - Oi fofinha, ela é ruivinha! - ele diz com uma voz parecida com a do Mickey, um personagem trouxa que Harry me mostrou, e Hermione disse que ele era tipo um Harry Potter do  mundo trouxa, e isso me custou vários minutos sem ar depois de rir enquanto ele amarrava a cara.

Enquanto ele falava eu, Harry, Hermione e Draco ficávamos rindo da cara dele e ele amarrou a cara:

-Que foi? Não gostam da minha linda voz? 

- Eu gosto de uma outra voz que vc faz...- disse Hermione maliciosa e Draco ergueu as mãos em rendição

-Ei tem crianças no recinto - disse o loiro apontando para Lily e todos rimos

- Ela é ruiva e linda igual a mãe - disse Harry me abraçando por trás e encaixando sua cabeça em meu ombro

- Rony vê se grita mais alto, a Mongólia ainda n te ouviu, sua besta quadrada. - digo dando uma cotovelada em suas costelas - É surpresa, vou mostrar à noite

- PAI VAMOS JOGAR QUADRIBOL, TRÁS O TIO RONY  E O TIO DRACO- gritou Tiago

- JA TO INDO - gritou Harry de volta sem nem tirar a cabeça de meu ombro

-PORRA HARRY NÃO GRITA NO MEU OUVIDO - eu disse e ele passou por trás de mim e deu um tapa na minha bunda e na minha cabeça enquanto meu irmão nos fuzilava com os olhos - EI  - ele levou Lily e a deixou com Alvo e junto a Rony e Draco foram para a parte do jardim onde costumávamos jogar quadribol enquanto isso minha mãe veio nos cumprimentar, e nos chamou para entrar

- Mamãe, por que Draco  e Harry estão sujos de farinha?- pergunto

- Harry estava me ensinando a fazer um salgado trouxa, chamado de empada ( N/A: Tem um restaurante chamado Rancho da empada, lá eh mt bom sério VAO COMER LÁ) e o Draco estava me ajudando enquanto seu irmão comia os que já estavam prontos

- Onde está Jorge e Papai? - pergunto

- Eles foram no Beco diagonal comprar umas coisas e voltam daqui a pouco.

E em seguida entra um Harry ofegante:

- Amor eu vou ir buscar a Bonnie, ok? - ele pergunta e em seguida grita para Rony  e Draco: - VCS VÃO COMIGO MALFOY E WEASLEY PRO CARRO JÁ - e em seguida ouço murmurios de 'oq? ah claro' e tô indo caralho não grita', e ele me diz que  não queria ir sozinho e disse para eu ficar e conversar um pouco, e então todos foram para o carro e seguiram pela estradinha.

-Meninas, vou buscar o cadeirão e o bercinho para Lily, vou levar as coisas lá para cima, já volto - diz minha mãe - Hermione querida, você pode ver se as empadas estão queimando para mim? Não! Agora não, daqui uns cinco minutos, sim? - ela adiantou quando a morena fez menção de levantar, assim que ela saiu eu pergunto para Hermione:

-Cadê o Hugito e a Dona Rosa?

- Os dois estão lá brincando, Rony ensinou- a a jogar quadribol e ela amou! Já o Hugo prefere ficar no chão assim como eu. E não chame ela de 'dona Rosa' parece que ela tem uns 60 anos - começamos a gargalhar e só paramos quando fui buscar água fazer um cafezinho, ficamos conversando sobre amenidades até Hugo entrar rasante na cozinha:

- Tia Gina! Tia Ginaa! A Lily tá cholando!! - diz ele preocupado e eu sigo o pequeno até onde ele e Alvo estavam sentados.

- Oi mamãe! O que está havendo aqui Alsev? - diz Tiago brincalhão - Esse é  apelido que dei para ele, e o meu não pensamos ainda, mas precisamos né Alsev? - ele explica e começa a falar com o irmão e o primo enquanto eu pego Lilian e vou para meu quarto arrumá-la, tirei sua roupinha e arrumei uma banheirinha com água morna e separei uns shampoos e condicionadores com sabonetinhos, estava molhando seu cabelinho e ia pegar o shampoo, mas estava sem minha varinha, e a bosta do sabão tava na minha cômoda meio longe da onde eu estava

-Droga, precisava do shampoo, que merda - pensando alto sem querer e volto a molhar minha pequena para que ela não fique com frio, e do nada apareceu uma mão e me entregou o shampoo, vi Harry parado ali e depois de me recuperar do susto ele pergunta:

- Oi anjo, Hermione disse que vc estaria aqui, acabei de voltar, os pequenos estão brincando com a Bonnie e encontramos Fleur e Gui, eles vão vir também. - ele disse e eu assenti e em seguida ele me deu um beijo demorado, onde eu pedi passagem com a língua e ele cedeu, mas aí somos banhados de água com perfume infantil, e vejo que Lily bateu a mão e o pé na banheira nos encharcando inteiros.

Eu e Harry gargalhamos e acabemos de dar banho nela, quando acabei, sequei-a enquanto Harry escolhia um macacãozinho branco de bichinhos, vesti-a e coloquei a touquinha para a surpresa, e amamentei-a enquanto balançava para ela pegar no sono, quando ela adormeceu coloquei-a no berço em  que mamãe buscou no porão e me larguei na poltrona que havia no quarto

- Cansada? - pergunta Harry rindo pelo nariz e sorrindo ladino

-Morta - respondo e nós rimos

- Sei como te animar - ele diz e antes que eu perguntasse qualquer coisa ele sai correndo e volta ofegante com Bonnie que estava com uma roupinha por causa do frio, ela vem e se aninha o  meu colo, ela ainda estava pequenininha, mas já estava bem maior do que quando voltamos do hospital. Faço carinho nela e sinto algo entre sua roupa tiro e para a minha surpresa tinha um anel com uma pedrinha vermelha quando tiro o anel de sua roupa, a cachorrinha pula de meu colo e sai do quarto, Harry segura minha mão enquanto eu olhava para o pequeno objeto confusa, percebo que ele havia ajoelhou em minha frente e meu coração começa a bater mais forte

-Gin...eu recentemente percebi que mesmo quando estávamos lá naquela casinha no morro depois de fugirmos de Hogwarts, eu pedi sua mão e vc aceitou, estava pensando nisso e vi que nós realmente não havíamos casado realmente, e mesmo que tenha se passado muitos anos e coisas tem acontecido, mesmo que nós já tenhamos 2 lindos filhos e uma linda menininha - ele dizia carinhosamente enquanto olhava de mim para o berço onde Líian dormia - meu amor por vc só aumenta a cada dia, vendo vc ser tão linda como mãe, tia, madrinha e ser tão perfeita, como só vc consegue ser, por isso queria te dar um casamento que vc merece...Então? Você aceita? - ele pergunta meio aflito meio ansioso, e eu já estava chorando rios de lágrimas, mesmo que já tenhamos filhos e já eramos praticamente casados, ele se preocupou com isso, achei extremamente fofo, comecei a balançar a cabeça positivamente que nem uma louca antes de pular em seu pescoço e abraça-lo fortemente, um abraço que ele retribuiu e se levantou comigo abraçada

-Claro Harry, vc não precisava nem pedir! Aceito, Aceito Aceito - digo entre lágrimas depois de nos separar e puxei nus camisa e roubei-lhe um beijo.

- Malditas borboletas, me sinto um adolescente de novo - ele diz coçando a nuca e eu rio dele enquanto ele cora


Notas Finais


Espero que tenham gostado
Comentem e lembrem-se JOGO DOS 10


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...