História História 16 - REFLEXO - Capítulo 20


Escrita por: ~ e ~RonoroaZoro-kun

Postado
Categorias Bleach
Personagens Hinamori Momo, Isshin Kurosaki, Karin Kurosaki, Rangiku Matsumoto, Shunsui Kyouraku, Toushirou Hitsugaya
Tags Akira, Bleach, Cadeira, Hinamori, Hinamori Momo, História 16, Hitsugaya, Hitsugaya Toushiro, Hitsugaya Toushirou, Hitsukarin, Ichigo, Karin, Kurosaki, Kurosaki Karin, Kyouraku, Matsumoto, Momo, Reflexo, Toushiro, Toushirou, Tsuruga, Tsuruga Akira, Tsuruga Akira-chan
Exibições 111
Palavras 978
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Esporte, Fantasia, Festa, Ficção Científica, Josei, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá, Minna-san! o/

Hoje eu não estou muito bem, como disse para aqueles que estavam acompanhando #INCENDIO, então ainda estou respondendo os comentários. Ok? Mas já quero agradecer a todos que comentaram nos capítulos anteriores! Pode deixar que irei responder!

Espero que gostem do capítulo de hoje! =D

Enjoy, Minna-san! o/

Capítulo 20 - Capítulo 20 - CONVITE


Após seu breve conflito com Byakuya, Hitsugaya retomou sua conversa com sua antiga amiga de infância, Hinamori, bem como também finalmente se desculpou por seus atos com a jovem enquanto esta lhe servia de assistente. A garota prontamente aceitou o pedido e pareceu ficar feliz em recebê-lo e disposta em retomar a antiga amizade com o grisalho. Contudo, apesar de estar à conversar com a tenente, o rapaz ainda mantinha em sua mente a breve discussão que tivera com o nobre e o incômodo que lhe trazia não saber exatamente o que acontecia entre a amiga humana e o esnobe shinigami.

A morena não entrou em detalhes no momento e o capitão não escutou qualquer coisa que lhe indicasse o realmente acontecia. Todavia, se fez nítida a tensão criada no momento do encontro entre os dois, assim como a visível irritação por parte da jovem causada pela aproximação de Byakuya.

Qualquer que fosse o motivo, o capitão de cabelos negros conseguira adquirir não mais do que o mais puro repúdio da garota. E o grisalho, bem conhecendo a amiga, sabia que tão negativo sentimento não era fácil de se criar por parte dela.

Byakuya, de alguma forma, insultara a morena.

Mais tarde, naquele mesmo dia, Karin retornou se encontrar com Hitsugaya e conversar sobre os pontos de sua nova proposta. Contudo, parecendo estar um pouco irritada ainda, a morena não quis comentar sobre o ocorrido entre ela e o capitão da 6° divisão.

    Karin ainda preferia manter sua vida oculta.

O grisalho preferiu não forçar, mas focou-se no ponto em que ao aceitar a proposta do novo treinamento com Karin. A garota se comprometia a ficar no mundo espiritual por pelo menos dois meses, o que lhe dava certo tempo para investigar e perguntar à amiga sobre o assunto em um momento mais propício.

O novo plano de treinamento estava pronto. O capitão deveria novamente seguir à risca uma bateria de exercícios, além de combates diretos e periódicos durante a semana com a morena. Nestes, o grisalho treinaria juntamente com Hyourinmaru para se acostumar com a sugestão de criação de elementos específicos usando o gelo como a própria garota sugerira durante sua análise do combate anterior.

Karin, diferente dos seres que normalmente o capitão enfrentava, era um ser híbrido e por conta disso, possuía diversos poderes aleatórios não podendo ser classificada unicamente como shinigami ou quincy. Graças ao treinamento com Yoruichii aperfeiçoou sua técnica de transformação, o que lhe garantia boa mobilidade moldando-se de acordo com a necessidade. Poderia ter desde a força e a velocidade de uma fera completa ao compacto tamanho de um felino doméstico que lhe permitia passar praticamente em qualquer entrada estreita e a discrição de seus silenciosos passos sem abdicar de seus aguçados sentidos.

Como quincy, a garota possuía o poder ilimitado que as partículas espirituais do mundo espiritual lhe ofereciam para ataque e regeneração, além da experiência em boa mira treinada durante seus anos de crescimento.

Já como shinigami, Karin possuía todas as técnicas e magias disponíveis para essa classe, incluindo o uso de sua zampakutou em seu estado inerte, bem como liberada - na qual se mostrou de igual tenacidade, já que sua shikai transformava-se em quatro longas lâminas que lhe serviam como garras artificiais capazes de cortar o mais duro aço e em seu bankai, derretia para revestir as garras naturais bem como as presas da morena, tornando-as incrivelmente mais letais.

Com isso, Hitsugaya havia acabado por adquirir uma adversária com um extenso depósito de ataques únicos e combinados, aumentando consideravelmente suas táticas de luta para conseguir manter-se em combate por maior tempo possível.

Os primeiros dias de treinamento se passaram e agora os dois se encontravam em um espaço fechado reservado por Kyouraku exclusivamente para os combates de treino dos dois amigos.

A área em que treinavam era um dos poucos pontos das antigas instalações da Gotei 13 que não se destruíram durante a guerra passada.

Possuindo um enorme pátio ao ar livre rodeado por altos muros e um bom dojo com equipamentos de musculação e tatames para prática de esgrima, o lugar se fazia um ótimo e isolado espaço no qual o grisalho e a morena podiam treinar sem serem incomodados.

O dia já se encerrava e os dois preparavam-se para se retirar no mesmo horário como de costume. Contudo, um bater no imenso portão de madeira chamou-lhes a atenção.

- Hitsugaya-taichou, peço permissão para entrar. - Chamou uma voz máscula e firme.

O capitão estranhou o chamado. Normalmente, os subordinados da 10° e da 13° divisão sempre  identificavam em sua chegada. O que logo significava que não se tratava de ninguém provindos das respectivas divisões.

- Permissão concedida. - Informou ele à espera da entrada do oficial.

- Parece que ainda vai ter trabalho hoje. Não se esforce muito. - Aconselhou a garota.

Karin fora a primeira a cancelar seus poderes. Já em sua forma humana, terminava de fechar novamente um grande casaco esportivo negro.

- Não acho que seja algo grave. Do contrário, receberia uma borboleta infernal no lugar da presença de um subordinado. - Explicou ele.

Hitsugaya por sua vez, guardava Hyourinmaru em sua bainha novamente.

- Hm… É bom que seja assim mesmo, então. - Opinou ela.

O pesado portão de carvalho logo se abriu, fazendo um alto ranger ecoar pelo local. No entanto, com o seu completo abrir, a figura a se formar no vão de acesso recém-criado não fora algo que normalmente iria ao encontro do capitão da 10° Divisão.

O visitante, nada mais era do que um shinigami da 6° divisão e, ao identificar o caso, Hitsugaya, de imediato, se incomodou.

- Senhorita Karin, o Kuchiki-taichou me pediu para que a viesse buscar. Ele a espera em sua sala e ordenou também, que isso lhe fosse entregue. - Informou a mesma voz de antes.

A morena não respondeu instantaneamente, levando certo tempo para processar a mensagem.

- Hein??? - Exclamou ela cética à um pequeno envelope nas mãos do shinigami.

Algo estranho acontecia naquele mundo.

Ventos contrários começavam a soprar.


Notas Finais


Espero que tenham gostado! =D

Até o próximo capítulo! o/

Kissus s2

P.S.: #Aviso na nota inicial!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...