História História de Adam e Tommy - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Adam Lambert
Exibições 1
Palavras 594
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Capítulo 3


 No outro dia, já no estúdio, Tommy e os rapazes começaram a testar uns sons e ver o que era melhor. Tommy permaneceu calado quase o tempo todo causando uma certa estranheza no grupo. Até Adam se aproximar e perguntar: "O que você tem hoje? Está calado. Não está se sentindo bem?" Tommy respondeu: "Não é nada demais".
 Adam pediu uma pausa para o grupo descansar e foi falar de novo com Tommy: "Pode se abrir comigo. Agora que somos parceiros de equipe, pode falar o que quiser. Você está com problemas em casa? Brigou com sua namorada, ou o quê?"
 Bem que Adam queria ouvir que Tommy brigou com sua namorada.
 Tommy continuava sem saber como agir com o Adam e insistia em dizer que não era nada, que era apenas um problema pessoal. Não tinha como falar que o problema era ele e que se sentia constrangido com aquela situação em descobrir que o Adam era gay e tinha se interessado por ele. Logo ele, um cara hétero e noivo.
 Tommy ficou uns dias sem ir ao estúdio e todos começaram a achar que ele estava doente ou coisa parecida e foram visitá - lo. Eles disseram que sem ele o grupo estava incompleto e sem ritmo nenhum e que o Adam estava realmente preocupado com ele.
 Tommy só disse que estava com problemas pessoais e que estava dando um tempo no trabalho e que logo retornaria, que apesar de tudo não poderia perder aquela chance que surgiu na vida dele de ser famoso e talentoso. Mentiu para todos. Na verdade estava fugindo do Adam.
 Adam resolveu também visitá - lo e tirar a limpo de uma vez por todas essa história de não ir trabalhar por uma semana.
 "Olha aqui. Você não tem ido mais ao estúdio e nem atende minhas ligações. Diga logo de uma vez o que está acontecendo ou serei obrigado a te substituir  na banda."
 Mas Tommy não disse uma palavra sequer sobre o Adam ser a culpa de tudo aquilo.
 Tommy Foi obrigado a contar o que se passava ou perderia o emprego tão sonhado e que suou para ser um baixista que seria finalmente reconhecido e famoso. 
 "Olha, desde aquela noite que fomos comemorar na danceteria eu tenho notado que você tem me tratado de um jeito diferente e eu me sinto meio incomodado com isso. Sou um cara que está noivo, sou hétero e você é... ãhn...ãhn...é gay. Pronto! Falei."
 Adam não sabia que isso o deixaria tão mal, pois não era essa a sua intenção mas mesmo assim disse: "Ok, você descobriu, mas o que posso fazer se você mexeu comigo desde a 1ª vez  que você tocou para mim naquele teste? Pode voltar que eu não falarei nada á ninguém. Será nosso segredo. Prometo!" 
 Tommy aceitou o voto de silêncio e prometeu que voltaria no dia seguinte dizendo que o Adam o convenceu a voltar. Mas também exigiu que o Adam não o procurasse daquele jeito dando tempo para as coisas voltarem ao normal.
É claro que Adam aceitou: "prometo! Palavra de escoteiro!" 
 Passado os dias, tudo voltou ao normal e conseguiram gravar algumas músicas para o álbum e ensaiar alguma coisa para tocarem ao vivo na tv. Então lançaram finalmente o álbum, que foi um estouro de vendas e veio a surpresa: foram convidados a se apresentar no AMA 2009 - American Music Awards. e foi onde Adam surpreendeu Tommy com um super beijo gay ao vivo, chocando a todos que viram e também viraram assunto em tudo quanto era lugar. 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...