História História Intensa de Amor - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~RushiRashiya

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Anna Heartfilia, Aquarius, Cana Alberona, Erza Scarlet, Flare Corona, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Happy, Igneel, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Kinana, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Mavis Vermilion, Michelle Lobster, Mirajane Strauss, Nashi Dragneel, Natsu Dragneel, Personagens Originais, Rogue Cheney, Silver Fullbuster, Sting Eucliffe, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Tags Fairy Tail, Lucy, Nalu, Natsu, Romance
Exibições 254
Palavras 3.370
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Harem, Hentai, Lemon, Mistério, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


B
O
A

L
E
I
T
I
R
A

Capítulo 7 - Hey , Meu amor , Ellio


Fanfic / Fanfiction História Intensa de Amor - Capítulo 7 - Hey , Meu amor , Ellio


Lucy Pov's:

~05:30

Já é quase hora de ir pra escola , cá estou na varanda do meu apartamento , já que sou de uma pousada , Estou no segundo andar observando as poucas pessoas que passam por aqui. Eu realmente queria entender oque está acontecendo , Natsu e eu não nos conhecíamos porém descobrimos que nós somos amigos de infância...

-- Que blá , Blá blá  é  esse? -- Um ser humano que pra mim é meio pombo mas adoro , entra no meu apartamento sem mais nem menos. Provavelmente eu estava mumurrando para mim mesmo , que mania!

-- Olha quem veio me visitar... -- Sorri divertidamente olhando para trás, e adentrei para dentro do meu quarto ,como diabos ele conseguiu a chave do meu apartamento

-- Você é estranha sabia? -- Ele sorriu se sentando na minha cama

-- Ellio Garcia , Uma vez que você  é meu parente no papel,  não quer dizer que lhe aceito. -- Eu apenas disse num tom rebelde e sem hesitar o encaro

Ele tem um Ar de pessoa poderosa , De fato Ellio é milionário mas não esbanja sua riqueza. Tem cabelos olhos azuis claros e é Ruivo natural. E tem uma personalidade peculiar , por assim dizer

-- Calminha , você ainda não me perdoo e nem esqueceu do meu deslize? -- Ele diz normalmente como se estivesse se divertindo e de fato ele estava

-- Se você está falando , De quase me fazer ser vendida numa boate , pode apostar que sim.. -- Eu digo rangendo os dentes sentando ao lado dele , aquele dia era um dia amargo e muito doloroso pra mim

-- Eu realmente sinto muito... -- Ele colocou a mão na minha cabeça , Me lembrei de relance do Natsu , mas com Ellio eu simplesmente não conseguia ser rude.

Permaneci sentindo as mãos dele fazendo cafuné em minha cabeça,  Corada com o carinho.

Ellio foi sempre a pessoa que me salvou , Cuidou e me protegeu. Ele tinha 18 anos quando me adotou , ele já era bem famoso naquela época , e Eu 12 , de certo modo , era crescida e pra mim ele só queria fazer "Aquilo" por isso me adotou mas não era assim. Não , e eu estava muito enganada...

-- Eloísa morreu.. -- Ele suspirou pesadamente e eu arregalei os olhos-- Naquele dia , faz quase 2 anos... Quando lhe falei sobre a Fairy Tale... e quando quase lhe vendi.. . --Ele pôs as duas mãos na cara , como se segurasse

-- E-Eu nunca.. pensei nela... -- Eu realmente me choquei , Eloísa era a namorada dele , Detestava ela por causa disso desde quando ele me adotou, apesar de ser uma pessoa boa... Ciúmes? Talvez.. Ela tinha uma doença mas Ellio nunca me contou e provavelmente era a única coisa que Ellio temia.

-- Eloísa via você como uma filha.. -- Ele diz lacrimenjando , sua voz estava falha e fraca-- Eu realmente não devia ter falado de Fairy Tale para você.. Você deveria voltar comigo...-- Diz com tom de arrependido e Lucy via aquele homem em fagalhos , estava com a cara muito diferente do Ellio que conhecia

-- Ellio.. -- Sussurrei-- Eu Nunca mencionei eles , nunca perguntei e nem mesmo perguntei se você seria meu pai a partir daquele dia que me adotou... -- Ellio ouvia atentamente , seus olhos demonstravam que ele sabia oque eu iria falar-- Estou em busca.. -- Ele tapou minha boca com umas das mãos  e me olhou

-- Eu sabia que esse dia chegaria.. -- Ele suspirou e tirou a mão da minha boca-- Lucy , não sou contra saber quem eles são , não conheço sua família mas sei de coisas bizarras.. -- Ele fitava Lucy que estava com o coração na mão

-- Você sabe de algo? -- Eu agarrei o braço de Ellio rapidamente-- Porque não me conta? -- Eu praticamente implorava com os olhos

-- Lucy... -- O Ellio me olhava  , Provalvemente pensava "a pequena de 16 anos , tão inocente no sentido de conhecer o mundo real" A Realidade

Realmente... Eu não conhecia ainda.

-- E-Eu estou me lembrando de Fragmentos.. de Discussões entre a Família Heartfillia e.. -- Eu disse Eufórico e Ellio se assusta-- Posso estar falando coisa com coisa mas não estou doida.. -- Eu disse normalmente

-- Desde quando? -- Ele diz sério e eu me sinto pequena igual formiga de repente

-- Ah.. -- Suspirei , não havia contado -- Eu vejo desde que cheguei aqui na cidade . -- Menti , se falasse que desde que ele me falou sobre a Fairy Tale , ele se sentiria culpado

-- Vamos voltar! -- Ellio me fita seriamente , indo em direção à minhas roupas , ele iria me levar embora!

-- Eu simplesmente não posso... -- Eu disse me levantando da cama

-- Porque diabos não? -- Ele se pergunta pegando minha mala que estava em cima do guarda-roupa

-- Você não vai entender.. -- Eu falei em tom de reprovação,  pude sentir a raiva de Ellio

-- Você nunca me contrariou... -- Ele disse com uma face de tristeza

Me senti sem chão,  mas preciso mesmo que ele seja contra

-- Ellio.. Ellio.. Olha pra mim.. -- O Puxei seu braço e fiquei cara á  cara , Segurando seu delicado rosto e tão perto daqueles lábios. Que com certeza nunca os beijaria-- Não dá mais , Eu preciso e desejo saber a verdade. -- Eu disse encostando nossas testas.

-- Lia.. Eu não quero perde-la também..  -- ele começou a chorar forte , Como um homem de 22 anos chora assim?

-- Eu... Sou forte.. -- nós dois nos abraçamos , Ele me apertava , Essa é a primeira vez desde que ele me adotou que ele me abraçou com o se eu fosse a coisa mais importante do mundo.

-- Então Tenho duas coisas pra falar.. -- Ele.. ele me largou e eu me surpreendi

-- Fale... -- falei Meio ressentida

-- Havia duas famílias muito amigas e bem prestigiadas da Espanha...--E Eu novamente me surpreendi e nem me importei pelo fato de eu ser da Espanha 

-- Heartfillia e Dragneel... -- Falei sem hesitar e ele me olhou de relance

-- Ambas as Famílias , Sumiram , Purrf...  não se acham fotos , Nem registros nem nada do tipo.. -- Falou ele meio encabulado

-- A Razão de não terem contactado você como uma Heartfillia sobrevivente , É que você foi parar na Dinamarca, É lá onde eu lhe adotei.. E as pessoas do orfanato me falaram algumas coisas que me intrigaram.. -- Ele disse pensativo e eu estava intrigada

-- Oque foi? -- Perguntei curiosa e apressada

-- Você foi deixada toda machucada , Você tinha cabelo preto , E a todo momento chamava pelo nome de uma pessoa... -- Ele falou normalmente-- Como era? Um.. Etoo..  N-N....Tsu... -- Tentava se lembrar

-- Natsu... -- Eu coloquei as mãos na cabeça,  Maldita , Me contorci no chão

Que dor..

" -- Haha.. Eh.. Natsu.. -- Eu olhava o menino me puxando pra algum lugar , estavamos num Jardim?

-- Nossos pais... São pessoas más.... -- Ele parou de me puxar , Se sentou no chão e chorou. Batendo o pé no chão e eu observava , algumas lágrimas desciam no meu delicado rosto.

Eu entendia.. "

-- N-Natsu... -- Me sentei no chão,  Aquela dor ordinária,  sempre acontece quando lembro de algo

-- Isso mesmo.. .mas você está bem? -- O Ruivo olhava-me preocupado , de certo modo , pra ele eu estava sofrendo

-- Está Tudo bem... -- Eu disse confortando-o -- Eu tenho que me arrumar. Tenho aula hoje.. -- Disse indo pro meu armário e tirando meu uniforme

-- Eu irei ficar por 4 dias... -- Ele diz normalmente se jogando na cama , ele é mais um irmão Vagabundo que nas  horas vagas vem atarzanar minha vida.

-- Seu obcecado por dinheiro , vai emprestar uma grana? -- Eu disse fazendo sinalzinho de dinheiro

-- Pode falar chefia... -- Ele diz sorrindo pegando a jaqueta social dele no canto da cama

-- é  mentira.. -- Sorri mostrando língua e indo pro meu banheiro , levando tudo , toalha , roupas pra trocar

Já em baixo do Chuveiro

-- Ellio preenche meu amor de Homem e mulher , mesmo sendo incorrespondido.. o amor dele por mim é de irmão,  mas o amor de pais.. cadê vocês mamãe e papai? -- Eu senti que ia chorar , mas segurei

---------------------------------- Quebra tempo-----------------

Autora Pov's:

Já era o primeiro tempo , O professor passava exercícios , Natsu estava estranho e Lucy percebeu , ele não estava sorrindo ou bagunçando,  e nem estava com cara que acordou de bom humor , Após terminar de copiar

-- Tsuna... -- O chamou , quase ninguém sabe seu verdadeiro nome -- Oque aconteceu?

Estranhamente pra ela que esperava algo rude , ele sorriu pra ela , ela se sentiu lisonjeada por algo tão bobo

-- Tive um sonho.. -- Ele completou inquieto -- Não foi dos melhores...-- disse sério

-- Você acha? -- Perguntou curiosa -- Que isso é? -- Indagou

-- É um pouco parecido com o sonho que você apareceu , só que dessa vez foi em pedaços..-- Disse sério 

-- Alguém vai morrer? -- Quando Lucy falou o Rosado gelou dos pés à cabeça

-- Eu não posso morrer... -- Ele sussurrou e Lucy não ouviu , Ele abaixou a cabeça

-- Seja oque for , Estou aqui com você.. -- A Loira sorriu gentilmente

-- Obrigado.. -- O Natsu olhou-a como agradecimento

-- então?  -- Lucy esperou o Rosado continuar e ele suspirou

-- Uma Garota , Vai estar numa situação estranha , e eu não poderei/irei ajudar..  ou algo assim.. -- Falou baixo mas ela ouviu

-- Será Eu? -- A Garota se perguntou brincando e Natsu fitou-a

-- Não,  No sonho a garota não tinha peitos,  não pode ser você.. mas não  mostrou nem a cor de cabelo dela -- O Rosado falou normalmente , não queria soar pervertido

-- Agh.. -- A Lucy se sentiu exposta , com vergonha ela quase bate no menino

-- No Outro , Alguém fugia de alguém,  mas pessoa que fugia não queria fugir... -- Ele se perguntava se fazia sentido

-- Contraditório.. -- Lucy diz mastigando seu chiclete

-- No terceiro... bem.. -- Hesitou ea Loira ouvia ele atentamente-- Bem... Eu morria.. -- Fechou os olhos , não queria ver a cara da Loira

-- V-Você tá brincando ne? -- Dizia a Loira assustada , Ela não acreditava em nada de sonhos ou supertições,  mas desde que a mesma lembrou o passado só  com situações eo rosado acertou que iria conhecer ela através de um sonho ela passou a duvidar.

-- O-Olhe.. -- Tentava acalma-la

-- Eu briguei com o Garoto que eu gosto  só pra poder ficar aqui com você e desvendar o passado,  E você me apronta que pode vir à morrer? Vai me deixar sozinha? -- Exclamava irritada e confusa.. Sozinha não,  Ela não iria conseguir

-- Eu... -- Colocou as mãos nos braços da Loira-- Não irei morrer... -- Ele disse apertando os ombros da mesma -- Eu também,  Quero desvendar isso com você!

-- Tsunaa!! -- A menina sorriu , Por impulso , acabou abraçando-o eo rosado,  ficou vermelho e nem conseguia se mexer , Nenhuma garota fez isso com ele do nada. Nem mesmo Lisanna que sempre fora á ser grudada  à ele

E aquilo ficou constrangedor

Para Ambos.

-- Uou.. Tsuna é um mal caráter,  tirando uma casquinha da prima dele. -- Um garoto gritou de trás

-- Que isso , Tsuna.! -- Alguma menina gritou manhosa

-- Olha aqui.. --Uma Rosada se pronunciou-- Eu não aguento mais ver meu irmãozinho idiota conversando com uma estranha.. --Apontou pra Lucy-- Enquanto sua namorada está ali..Sozinha.. --olhou de relance pra Lisanna-- Você não me contou que tinha uma prima , tsunaaaa... -- E cochichos rolaram

"Ele mentiu "

" Lisanna ainda ajudou esses burros , ela é um anjo"

"Tadinha dela , Lisanna merece alguém melhor- ''

'' Meu pensamento e respeito pelo Tsuna realmente eram podres "

-- Tsu! -- Lucy se via desesperada enquanto olhava pra natsu , com ela vai provar algo assim? 

-- Lucy ... -- Ele olhou-a , tanto ele quanto ela vão ter de se virar

-- Não façam isso! -- A Coice chamada Lisanna se pronuncia. E novamente Natsu se vê sendo protegido por ela

-- Lisanna.. --A Loira olhava a menina , poucas vezes elas se olharam , Nem oi elas trocaram massss.

-- Eles são Primos ,  Tsuna-san me falou que eles são...-- ela pensou um pouco-- são de outros país,  Ele realmente se lembrava dela , Mas ela era muito fria e na dela , Então não queria papo , mas rolou o acidente e....-- Ela falava meio nervosa e com o coração na mão

-- Ela por acaso lê nossas mentes? -- Novamente Natsu e Lucy se olhavam surpresos

-- É  verdade mesmo? -- A Rosada,  Meredy diz-- Zeref , Você sabe de algo? -- Perguntou ela ao rapaz que olhava o nada

E Natsu trancou o cu , Zeref não gostou muito de tudo , afinal eles não se falam desde a briga.

-- Sim , É verdade, Eu e Natsu somos irmãos de Sangue e sou mais velho que ele , De fato Lucy nos visitava frequentemente quando éramos pequenos.. -- É então que Natsu percebeu,  Era uma mensagem

Muitos "Ahhhhh taaa" passaram pela boca do pessoal

-- " Se quiser descobrir , Descubra... Ela está no meio mesmo '' -- Lucy sussurrou no ouvido de natsu

-- Tipo isso.. -- O Natsu coçou a Nuca e suspirou

-- Hey , Prima-Nee-San... --Meredy olhou pra Lucy-- Você sabe que ao todo somos 5 irmãos,  né? -- Disse normalmente -- Mesmo alguns não  sendo de sangue..-- Meredy olhou Natsu e Zeref-- esse rosado não é meu irmãozão por vários motivos , mas cuide dele por mim.. -- Ela sorriu e se voltou pro seu lugar

-- Hai! --Lucy sorriu gentilmente

E Lisanna via aquilo com dor , estava acabando seu tempo com ele

_____________________Quebra Tempo_________________

Já na Saída da Escola

Todos saiam rindo e conversando normalmente , enquanto Natsu e Lucy se empurravam brincando

-- Desgraçado!! -- Lucy dizia empurrando ele , eppaa quase caiu

-- Lalallalaa.. -- O Rosado irritava a Loira de um jeito único,  Quem sabe a próxima vida alguém faça uma careta melhor que ele

-- Tsuna!! Para! -- O menino começou a fazer cócegas nela , Enquanto andavam para fora da Escola

-- Diga que sou o "melhor  homem , Senhor  Natsu-sama" -- Ele insistia , Lucy já estava vermelha

-- Kyah! Meior gay , Natsy-shama.. -- A Menina ria tanto que mal controlou as palavras e Natsu parou mas começou a rir descontroladamente

-- Você é a Melhor... -- O menino fez um carinho na cabeça dela rapidamente e riu sem jeito e Lucy se chocou do nada

Lucy corou sem sabe o porque

-- Natsu.. -- Pegou a mão dele e colocou na cabeça-- Faça carinho... -- Pediu em

Era a vez do Rosado corar e se surpreender

-- N-Não era você que não gostava? -- Dizia envergonhado,  tinha pessoas olhando também , mesmo que tentasse tirar a mão,  As mãos de Lucy seguravam as mãos dele na cabeça dela

-- Mudei de ideia.. -- Assim que sentiu o Rosado fazer o carinho , Fechou os olhos , Se sentiu relaxada , até mais do que quando Ellio fez.

Natsu lhe causa muito conforto,  As palavras dele são sempre quentes e seguras...

-- Obrig-- Ao tentar agradecer , Sentiu o Rosado lhe puxar pela cintura , Sendo  assim fazendo ambos sentir a respiração um do outro, Com ambos os corpos colados um no outro , O local já estava deserto , os alunos já tinham ido , O tempo podia ter parado ali mesmo. Apenas ouvia o barulho da moto que quase atropelou Lucy , por ali se esvaindo

O Rosado apenas sentiu os braços pequenos da Lucy envolver sua cintura , ela lhe abraçou

Natsu pode sentir o doce aroma no cabelo de Lucy , Doce.. Era doce , tão amarelos , Como o Sol, Brilhosos , como ela transmitia tanta calmaria? Como ela fazia aquilo tudo ficar tão intenso?

-- Obrigada.. -- Natsu não via o rosto e Lucy , Ela estava tentando não demonstrar estar envergonhada e ruborizada

-- Devia ter visto a moto... -- O Rosado acariciou o cabelo da Loira

-- Eu estava... Sendo confortada.. -- Ela sorriu

-- Você acha que não tínhamos intimidade , Certo? -- Dizia Natsu calmo e só abraçado a Lucy , vendo o imenso céu azul

-- Claro.. -- Ela brincou

-- Eu acho que eu a chamava... -- Dizia Natsu Encabulado -- Quando eu era menor , Eu fui preso num orfanato que traficava pessoas,  num caso de morte , Eu me recusava a chamar por ajuda , Mas um nome me acalmava.. -- Ele via aquele céu,  Que ele seguiu por 16 anos

-- Eu o chamei também... -- Eo rosado se viu surpreso-- Falaram que eu tinha cabelo preto... E nós somos da Espanha , Me bateram muito antes de eu chegar no orfanato. -- Ela diz apertando o abraço

-- Somos parecidos em alguns aspectos,  Acho que éramos muito próximos... --Brincou Natsu

-- Agh..  Será?  -- falou irônica e sem jeito , não queria separar o abraço

-- Assim vou ficar de vela.. -- Um Homem , falou num tom de deboche

Lucy ruborizou igual robô danificado

-- Ahhh.. . -- Ela empurrou Natsu que caiu de bunda no chão e ela sorriu ao ve-lo

--Agh..-- Exclamou a dor

-- Ellio.. -- Ela começou a ir em direção à  ele , sorrindo

Espera.. 4 minutos

-- Ellio!! Já falei pra nunca me buscar! -- Disse dessa vez furiosa

-- Mas eu precisava compensar nossa pequena briguinha... -- Ele disse colocando a mão na cabeça dela

E Natsu , Bem ele se via perdido , Lucy nunca ficou sorrindo tão abobalhadamente como agora e depois explode em furia..

-- Ah , Natsu, Esse é Ellio Garcia , Meu Pai no papel,  Ele que me adotou... -- Disse envergonhada,  Parecia mais que estava apresentando seu pai ao seu namorado

-- Ah... tá .. -- Natsu respondeu seco , Não fui com a cara dele , não fui mesmo!!

-- Prazer.. -- Ele acenou para Natsu é bem..  Natsu ficou intacto mas sorriu

-- Até mais , Luce.. -- O Rosado sorriu pra ela , E virou as costas indo pra sua casa que por sinal era pro mesmo lado que a dela

-- Sinto que ele não gostou de Mim..  --Ellio olha o Rosado batendo o Pé

-- Jura? -- A Lucy sorri torto e logo dá um passo , Olhando o Rosado se distanciar deles dois-- Ele é da Família Dragneel.. -- E Ellio se surpreende

-- Coincidência? Destino? -- Ellio se perguntava, fazendo no le uma careta,  Fazendo Lucy Rir , Ele era o irmão De Lucy tirando o papel de lado , para protege-la ele faria tudo!

-- Con-se-quên-cias.. --Ela soletrou vendo que o Rosado não estava mais em sua vista.

Seu amor por Ellio não deveria existir , não são de sangue,  mas ainda são pai e filha. Tirando o papel,  Eles se tratam como irmãos.

To Be Continue

Autora: Hahahah , Ellio é um tipo de Personagem que não dá pra odiar , Ele é cômico e divertido , Eu lhes mostrei o lado que Ellio odeia , Chorar,  Chorar é  o estopim para o ser humano , Chore de raiva , tristeza ou felicidade.
Se chorar nada transborda ao ponto de doer tanto , machucados psicológico acabam com o ser humano e chegam a ser pior que os fisicos...Nossa Lucy vai sofrer um pouco mais pelo Ellio , Desculpem e Natsu vai começar a perceber , Que os pais na verdade eram demônio vestidos de anjos! PRA Natsu,  Lucy é Insubstituível. a Coisa vai ser intensa.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...