História Histórias ligadas - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Novela, Revelaçoes
Exibições 18
Palavras 617
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oiiiiiiiiii, gente desculpa pelo cap de hj está muito pequeno. Boa leitura.

Capítulo 7 - Essa é sua história


Fanfic / Fanfiction Histórias ligadas - Capítulo 7 - Essa é sua história

Gabriel on

~~ Flashback on ~~

Eu tinha dezesseis anos e estava em uma festa numa boate, fui até uma pista de dança e comecei a dançar e sem querer eu esbarrei em uma moça e ela era muito bonita, desde então viramos grandes amigos, até que um dia quando eu estava bêbado acabei contando meus sentimentos por ela, três anos depois desse dia que eu me declarei nós nos casamos, mas foi três anos depois do nosso casamento que tudo começou a dar errado. Uma amiga da Isabella que eu conhecei bem pediu para a Isabella cuidar da filha dela, pois ela estava saindo do país, até ai tudo bem, mas outra mulher apareceu e pediu para Isabella cuidar da filha dela também, pois ela não estava preparada para virar mãe agora, eu não concordei com isso mas a Isabella fez do mesmo jeito, e foi depois disso que eu e a Isabella começamos a brigar quase todo dia, estava cada dia mais distante dela quase não tocava nela e nós termos intimidades estava cada dia mais difícil, mas eu relevava tudo.

Até que descobrimos que a Isabella estava grávida e por alguns instantes tudo parecia ter voltado ao normal e que nosso casamento estava salvo, mas como nada é perfeito, quando você fez um ano pareceu que todos os problemas estavam voltando, só que em dobro, a empresa que eu trabalhava faliu e eu fiquei desempregado, então a Isabella dobrou o turno no emprego e nosso contato ficou cada vez mais difícil, eu ia procurar emprego e sua mão fica cuidando de você e de tuas irmãs e depois ela ia trabalhar, quando eu ia ficar com ela, ela falava que tava cansada, não recebia atenção e nem tocava minha mulher já tinha muito tempo. Havia chegado em casa frustrado por não ter conseguido o emprego de novo e hoje a Claudia ( amiga da sua mãe) estava cuidando de você e de suas irmãs e ela me disse que vocês estavam dormindo e que agora era hora dela cuidar do pai das crianças, ela começou a me beijar e eu acabei cedendo, quando eu vi estávamos eu e ela no quarto meu e da Isabella transando, quando eu olhei para a porta do quarto e vi a Isabella me olhando com lágrimas nos olhos, nesse momento eu me destemperei e acabei agindo sem pensar, te peguei e trouxe comigo sem olhar para ela.

Eu não acredito que eu fiz a mesma coisa que eu julguei meu amigo por cometer, eu trai minha esposa. Eu amava e ainda amo a sua mãe, mas na tive coragem de olhar nos olhos dela depois do que eu fiz, deixei ela sozinha com as suas duas filhas, eu já estava começando a ter carinho pelas aquelas meninas. Então filho desde então nós viemos morar aqui nos Estados Unidos, aonde eu cuidei de você até hoje.

~~ Flashback off ~~

- Então filho essa é sua história.

Antonio: Por que só me contou isso agora?

- Pois eu estava esperando você estar preparado para eu te contar isso, Se você não quiser mais falar comigo tudo bem.

Antonio: Pai eu não estou bravo com o senhor, talvez um poço, não vou parar de falar com você, tenho quinze anos e tenho vontade de enfrentar meu passado e também de conhecer a minha mãe.

- Obrigado meu filho e eu te juro que nó iremos enfrentar esse passado juntos.

Gabriel off

Antonio on

Eu ficar sabendo da minha história só me deu mais vontade de ir atrás da minha mãe, o que meu pai fez não tem explicação, mas não tenho raiva dele, só espero que minha mãe me aceite


Notas Finais


Revelações kkkkkkkk. Vejo vcs no próximo cap *3*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...