História Histórias Não Contadas - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, David Nolan (Príncipe Encantado), Dr. Archie Hopper (Jiminy Cricket), Dr. Whale (Dr. Victor Frankenstein), Emma Swan, Henry Mills, Lacey (Belle), Madre Superiora (Fada Azul), Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Neal Cassidy (Baelfire), Personagens Originais, Peter Pan, Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Roland, Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Sr. Gold (Rumplestiltskin), Tinker Bell, Violet, Vovó (Granny), Xerife Graham Humbert (Caçador), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Belle, Captainhook, Captainswan, Davidnolan, Evilqueen, Evilregal, Henrymills, Killianjones, Mrgold, Onceuponatime, Outlawqueen, Peterpan, Princecharming, Reginamills, Robinhood, Rumbelle, Rumple, Rumplestiltskin, Snowwhite, Storybrooke, Swanqueen, Zelena
Exibições 21
Palavras 1.005
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa Leitura!

Capítulo 20 - A Volta Do Robin Hood


Sete Meses Antes...


Após Robin Hood morrer para salvar Regina, muitas coisas tinham acontecido na pequena cidade, a vida de todos tinha recomeçado mas a vida de Regina era a mesma antes de Henry e Emma entrarem em sua vida. Robin Hood vagava pelo mundo desconhecido aonde viviam outras almas sofridas, tristes, sem coração, sem vida! Milhares daquelas pessoas foram vítimas de Hades e de Zeus durante batalhas que usaram para se defenderem. Robin apenas pensava em Regina, sua filha e seu filho Roland, a tristeza era imensa e as vezes Robin ía para um canto chorar amargamente.

Regina não aguentava mais ficar longe de Robin e durante uma semana, tentou criar outras porções mágicas com a ajuda de Emma e Gold, infelizmente foi perda de tempo por que nada fazia Robin voltar.


- Posso saber porque está com essa cara? - Zelena perguntou quando chegou na lanchonete da vovó e se deparou com Regina aos fundos com a cara amarrada quando estava com raiva de algo.

- Você acha que terei o Robin de volta? Já tentei tudo mas não consigo. - Regina falava com a voz rouca tentando ser firme mas não conseguia. - Emma e Gold tentaram me ajudar mas não a nenhuma chance ou possibilidade. Eu nunca vou ter meu final feliz! - Regina abaixou a cabeça e Zelena viu que ela estava realmente mal.

- Um homem não é oque precisamos maninha. - Zelena segurou a mão de Regina fazendo ela olhar para Zelena novamente. - Todos nós morrermos um dia, isso é normal mas o seu final feliz será ao lado das pessoas que ainda estão nesse mundo como o Henry, a Mary Margaret, o David, a Emma, eu e muitas outras pessoas que antes te odiavam, agora te amam.

- Eu nunca disse que precisava de um homem mas o Robin foi a pessoa que eu mais amei. 

- E logo você encontrará alguém melhor que ele, eu tenho certeza. - Zelena piscou para Regina que assentiu.


As duas conversaram por mais algum tempo e jantaram na lanchonete da vovó, Zelena deixou Regina em casa para ter certeza que sua irmã estaria bem.

Na volta para casa, Zelena passou na loja do Gold para buscar sua filha e leva lá para casa, a filha de Zelena era muito parecida com o pai mas no fundo, Zelena sabia que não demoraria muito e sua filha seria igual a mãe. Assim que colocou a filha para dormir, Zelena caminhou para o seu quarto pensando na tristeza de Regina, ela pensou e repensou até se lembrar de algo. Zelena se teletransportou e foi direto para o quarto da morena. Regina estava tomando banho e ouviu a porta do seu quarto bater, logo saiu do banho e colocou uma toalha em volta de sí e saiu para ver quem era o intruso.


- Nossa, achei que estaria dormindo. - Zelena falou se sentando na cama.

- Oque faz aqui? - Regina ficou confusa.

- Existe um jeito de trazer o seu amado de volta... - Zelena fez uma careta e Regina se agitou de alegria quase derrubando sua toalha. - Epa, não quero ver mulher nua não, tá? Ainda sou hétero. - Regina gargalhou de Zelena.

- Anda, conta logo o seu " jeito " de trazer o Robin de volta.

- Minha varinha! - Zelena abriu a mão e de repente a varinha apareceu.

- Essa varinha abre portais. Como saberei se o Robin está em algum? - Regina continuava sem entender.

- Basta pegar a varinha e pensar nele, tudo vai ficar bem. - Zelena tentou acalmar a irmã. - Eu vou com você. - Um sorriso brotou em Zelena.

- Então porque você não faz isso? 

- Porque eu não tenho muitos pensamentos de amor com ele. - Zelena debochou da irmã.

- Tudo bem. Então vamos! - Regina tinha esquecido que estava seminua.

- Ah claro, até porque o Robin vai querer transar com você em um lugar bem desconfortável. - Zelena revirou os olhos e Regina não entendia nada. - Vista uma roupa. - Zelena apontou para a toalha de Regina e assim ela entendeu e voltou para o banheiro e se arrumou.


As duas estavam prontas para ir. Regina pensou nos melhores momentos vividos ao lado de Robin e um portal se abriu no chão, era totalmente escuro e por um momento, Regina teve medo. Elas pularam e entraram em uma nova dimensão, escura e sem vida. Várias almas estavam indo para um lado e para o outro, Regina e Zelena procuraram por Robin durante meia hora, quando finalmente se cansaram, depararam com Robin chorando em um canto aonde estava um lado azul.

Elas se aproximaram e Regina chamou por Robin que não a correspondia, quando Regina virou para olhar a face da pessoa que chorava perto do lago, viu Robin que permanecia sem olhar para ela, apenas estava com os olhos tampados com a mão. Regina estava chorando de alegria enquanto Zelena olhava fixamente para o lago azul brilhante a sua frente. Regina pegou nas mãos de Robin e ele abriu os olhos, não estava acreditando que Regina estava ali, na sua frente. Os dois se abraçaram e se beijaram por um tempo até Zelena interrompe lós avisando que estava na hora de ir. Mais uma vez o portal se abriu e eles voltaram para Storybrooke, Robin estava normal como uma pessoa que ainda não tinha morrido. Zelena alertou aos dois que toda magia vêem com um preço e eles precisavam ter muito cuidado.


Dias atuais...


Regina se lembrava daquele resgate e se perguntava como Robin Hood mudou tão rápido, ela queria que seguisse em frente assim como ela estava tentando mas parecia que ele seguia seu caminho para um lado ruim, escuro e sombrio, Ele estava fazendo coisas horríveis e ela queria explicação mas nao sabia aonde encontra ló.

Emma e Regina foram para a floresta encontrar Killian e Robin que precisavam se explicar pelo que fizeram com Zelena. Algo estava errado, os dois não eram assim e foi um choque para as duas mulheres que conheciam tão bem os rapazes e do nada cometeram essa bobagem.


Notas Finais


Eu tinha digo antes que iria explicar a volta do Robin Hood para Regina... Aí está! Espero que tenha gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...