História History (Taehyung) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Personagens Originais, V
Tags Bts, Taehyung
Visualizações 10
Palavras 781
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Visual Novel
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Nossa essa capa me deu um orgulho ♡

Boa leitura xuxus ●3●

Capítulo 2 - Chantagem


Fanfic / Fanfiction History (Taehyung) - Capítulo 2 - Chantagem

12 anos depois. 

 Passei minha vida toda em um orfanato, meus tios nunca vieram atrás de nós. Jungkook hoje tinha 19 anos e eu tenho 15. Cada dia que se passa, eu só consigo lembrar do que aconteceu. Eu fui separada do meu irmão por três meses...porque? Tenho pesadelos com aquela noite, fui diagnosticada com transtorno de estresse pós-traumático, o que é isso?, Um distúrbio caracterizado pela dificuldade em se recuperar depois de vivenciar ou testemunhar um acontecimento assustador. As pessoas podem ter: No comportamento: agitação, agressão, automutilação, comportamento autodestrutivo, gritos, hipervigilância, hostilidade, irritabilidade ou isolamento social...No humor: ataque de pânico, culpa, descontentamento geral, desesperança, perda de interesse ou prazer nas atividades, raiva, solidão ou sofrimento emocional Sintomas psicológicos: alucinação, ansiedade severa, depressão, flashback, medo ou desconfiança...No sono: insônia, pesadelos, privação de sono ou terror noturno...resumindo eu sou mais um problema para meu irmão. Mais ele nunca desiste de mim, mesmo que eu as vezes pego pesado ou algo assim. 

 ??- senhorita s/n? Vamos levantar e tomar um banho, você tem visitas. 

 Me levanto rápido e tomo meu banho. Eu sempre era devolvida ao orfanato pelos casais, eles não queriam uma filha problemática. Vou até a diretoria e kook estava sentado me esperando. Assim que ele me vê, me abraça forte e da um beijinho na minha testa. 

 -você está bem? Te machucaram? 

 -eu estou bem kook, mais...sonhei com a mamãe de novo...- abaixo a cabeça Triste. 

 - fica assim não- ele me abraça forte e lembro mais uma vez daquela noite, me afasto com medo. 

??-Então meninos por favor entrem aqui.

 Na sala estava um casal, estavam bem vestidos e não demonstravam nem um pouco de felicidade. Segurei na mão do kook e ele entrou antes de mim. Me sentei junto ao casal que me olhavam meio com raiva. 

 ...

 -Aqueles eram meus tios que nem quiseram saber se estavamos vivo...e agora...vamos morar com eles jungkook? 

 K-olha só s/n, vamos sair desse buraco...vamos ficar livre desse...desse chiqueiro. 

 - eu estou com um pré sentimento ruim sobre isso. 

 K- eu sei...mais por que não aceitamos e vemos como vai ser a nova vida? 

 ??-bom...n é questão de escolha meus queridos, ou vocês vão com os tios de vocês, ou eu separo vocês, um para cada canto do mundo, sozinho...sem Ninguém. 

 K-você não pode fazer isso... 

 ??- quer apostar? 

 Se eu não fosse tão fraca atacaria essa mulher agora...ai que raiva...ela me fez passar por cada coisa...eu apanhei tanto sem ter feito nada, jungkook sempre apanhava mais pois sempre entrava na minha frente para me proteger. Nossos tios não disseram nada no caminho até o aeroporto. 

 ... 

 Jungkook pov: 

 A Coréia não é do mesmo jeito que me lembrava, é mais bonita. Assim que chegamos na casa, encontro uma foto da minha mãe em cima da lareira, tanto tempo que não via seu sorriso... que saudade. 

??- bom eu sou kwan,sua mãe era minha irmã, eu trouxe vocês aqui para a Coréia para não ficarem enxendo meu saco mais ok suas pestes? 

 -ah... 

 Kw-n fale nada garoto, vocês não vão morar aqui mesmo. 

 S/n- como assim tia? 

 Kw- garota eu não quero que me chame assim, não vão morar aqui porque eu não suportava sua mãe e manos vocês, agora subam até o último quarto e só saiam na hora do jantar. 

 Bruxa...se bem qu minha mãe nunca falava muito e sua família. S/n dormia nz cama enquanto eu observava duas pessoas no jardim conversando, queria dar uma volta mais se eu for vou ser castigado? Por que isso está acontecendo?, escuto um grito e olho para minha pequena que novamente teve um pesadelo. 

 -ta tudo bem...calma estamos seguros aqui.- pego sua mão e mostro que não havia perigo.

??-que gritaria foi essa?

-desculpe ele teve um sonho ruim.

??- tudo bem mocinha?

S/n- estou sim.

- e vc é? 

??-oh perdão, sou SungJae,eu sou a governanta da casa, e está na hora do jantar.

S/n pov:

Descemos para a copa e nossos tios já estavam lá, as mesma pessoa que vi mais cedo também está,poupei  apresentação e me sentei.

Kw- arrumem as malas, amanhã bem cedo vão vão embora.

K- mais para onde vamos?

Kw- para um internato, que fica bem longe de mim.

?? - credo mãe...eles parecem ser legais.

Kw- silêncio filha, vá para seu quarto.

??- sim mãe.

Notei que a garota olhava fixamente para o kook, que sorriu envergonhado, ela percebeu meu olhar sobre ela e obedeceu sua mãe. Eu não estava com ciúmes.

...

K- oque foi aquilo mais cedo?

-eu que pergunto.

K-você estava com ciúmes >->

-oque? Estava não.

K-ah claro...tanto que apertou a barra do vestido até ele amassá- diz sorrindo e apontando para a barra do meu vestido.

-aff vê se me esquece. - deito na cama e durmo.

...

Eu realmente estava com ciúmes? 




Notas Finais


Oiii genten turu pão? N vou escrever mt aq pq sei q vc n lê kkk eu tb n lia...

Desculpe qualquer erro e um beijo no pescoço ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...