História Hit Me - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Gay, Jihope, Jikook, K-pop, Lemon, Namjin, Orange, Sugamon, Taegi, V-hope, Yaoi, Yoonmin, Yoonseok, Yuri
Exibições 189
Palavras 2.186
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Harem, Hentai, Josei, Lemon, Mistério, Orange, Romance e Novela, Saga, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Gay Party?


Fanfic / Fanfiction Hit Me - Capítulo 7 - Gay Party?

Festa Gay?

 

P.O.V. Vee

-Ei! Mia!!! – eu gritei do outro lado da boate pra ela, como essa guria tá sempre no ar?? – Me alcança aquela garrafa de Absolut?? – meio que indaguei rindo, ela jogou... ELA JOGOU A PORRA DA GARRAFA PRA MIM – MIA!! FICOU DOIDA, MULHER???

-Não *risos* Só queria ver a sua cara!

-Vai se foder! – peguei a garrafa e ajeitei em seu devido lugar – Iremos atrair o público LGBT! – eu meio que gritei. Claro, na festa de hoje à noite viriam muitos héteros, bissexuais, transexuais, gays... Cara, vai ser foda. – Com que roupa vai vir a festa?

-Lembra que temos um chefe, Vee? Então ele nos deu algo especial para usar! – Mia tirou da mochila dois sutiãs com pinos, um dourado e outro prata. A olhei boquiaberta... É bonito, só que...

-Sério isso?? Meu irmão estará nessa festa, eu não posso usar isso na frente dele. – ela revirou os olhos e guardou a roupa.

-E daí? Vee... Você já ficou com ele, ainda fica. Você é uma vadia. Qual o problema dele te ver usando isso?

-Mesmo que ele só goste de mim como irmã... Jungkook é protetor e ciumento. Fora que, conversamos e vamos parar com isso! Se nossos pais descobrem é o nosso fim, fora que ele está gostando de um garoto e ainda não sabe.

-E você sabe?! – ela se sentou ao meu lado, enquanto eu conferia a lista de bebidas – Miga...

-Mia, eu sinto! – olhei para o meu celular que estava em cima do balcão – Aliás, Jimin me pediu um favor irrecusável... Me achou um bom partido pro irmão dele.

-Você?? Sério?? Realmente ele não te conhece!! – Mia falou em meio a gargalhadas, a olhei seriamente e ela parou – Qual o favor que ele te pediu?

-Quer que eu dê um jeito no Jihyun... Colocá-lo na linha. Entende?

-Entendo. Apesar desse jeito pros outros... Você é a melhor pessoa que conheço!! – Mia bebeu um gole d’água e olhou pro nada pensativa – Parece que terminarei o ano sozinha de novo!

-Mia... Na festa de ano novo você pegou 15 garotos e garotas... Não terminou o ano sozinha não! – tentei ser engraçada com aquela situação, mas só arranquei meio sorriso – E o... Yoongi?

-É o que? Ele é meu amigo, melhor amigo.

-Sumy... Tu te cuida, o Jimin ficou um pouco incomodado com a aproximação dos dois. – Mia odeia quando a chamo de Sumy, isso porque quando menor, não essa não é a palavra, quando ela era criança, tinha uma menininha que ela gostava e começamos a chamar ela de Sumy só pra incomodar... Coitada. Mal sabe que agora é o shipp que eu criei....

-Não me chama de Sumy. E pelo que eu notei... Jimin não precisara ter cuidado comigo... – ela se aproximou e sussurrou – E sim com aquele ali... – Mia apontou para a porta da boate, Yoongi e Hoseok juntos.

Hoseok ria descontroladamente do som que a porta fez ao fecha-la, fazendo comparação do som com uma lhama se afogando. Yoongi tentou não rir, mas acabou largando um sorriso. Os dois se vestiam bem e vinham na nossa direção.

-Oi Yoongi! Oi...Hoseok? – Mia os cumprimentou.

-Isso! – Hoseok se virou pra mim e sorriu – Pensa que eu não te reconheci ontem? – eu mordi meu lábio inferior, abrindo um sorriso mágico – Vem cá, Vee! – ele me abraçou feliz.

-Hoseok!!! – olhei para Mia e Yoongi, que tinham uma expressão de tédio... SE BEIJEM CARALHO, PORRA OS DOIS SÃO MUITO SHIPPAVEIS, PUTA QUE PARIU... Mesmo assim acho ele mais fofo com o Jimin – Enfim gente, Hoseok e eu somos amigos “virtuais”! Eu não tinha te reconhecido ontem, desculpa!! – ontem, mas foi essa madrugada...

-Nem eu, até achei super estranho você com o Kook! Enfim, Yoongi veio aqui para pagar os nossos ingressos pra festa de hoje!

-Isso mesmo... – Yoongi sorriu de canto e sentou do lado da Mia, Hoseok sentou ao seu lado e eu continuei a conferir a lista.

-Por que não convidou o Jimin? – Mia indagou, finalmente levantando a bunda da cadeira e pegando 4 garrafas de cerveja da geladeira – Não irão sentir falta das garrafas... – ela alcançou uma pra cada um, eu desisti e me sentei com eles.

-Ele e Jungkook farão parte do show... Daí eu tropecei no Hoseok, ele começou a rir e o convidei. – Yoongi bebia sua cerveja e gesticulava enquanto falava – Cara, depois que vocês saíram lá do apartamento foi foda! Tipo, eu dei a ideia pro Jimin da gente beber um pouco de vodka... O menino ficou todo animadinho e até dançou pra mim! Depois quase caiu no sofá e dormiu.

-Jimin realmente é uma figura... – Mia comentou – Sabe do Jihyun? 

-Aquele imprestável? – Hoseok escutava atentamente, até perguntar isso:

-O irmão daquele anão...? – começamos a rir um pouco – Cara, ele é bem estranho e parece ser bem preconceituoso!

-E é... Menos com os amigos! – Mia cutucou Yoongi – Acredita que essa daqui vai ter de dar um jeito nele!?

-Sério? – Min Yoongi me olhou indignado – Boa sorte!

-Seu namorado que me pediu... – falei normalmente, me levantando e indo até o sistema de som conferir se tudo estava certo – Disse que o guri precisava de um rumo.

-Hum... Precisa mesmo. Só que Jimin não é meu namorado...

-Então a sua lhama afogada que me pediu! – o som estava em ordem, já poderíamos voltar ao apartamento e aguardar o horário da festa. – Podemos ir... – Mia me olhou e apanhou o dinheiro dos dois, entregando o ingresso em seguida.

-Tchau meninos, até a festa.

-Ok!!!!!!!!! – Hoseok se expressou e foi até a porta – Gente... Sério, imagina se realmente tivesse uma lhama se afogando... O que a gente faria? – Yoongi o olhou o julgando, porém riu logo em seguida.

-Você faria respiração boca a boca. – Yoongi foi até ele.

-Só se a lhama fosse você! Tchau gente, até a festa! – Yoongi arregalou os olhos enquanto ria, saindo do local e deixando apenas eu e a Mia.

P.O.V. Yoongi

-Entendeu Hoseok? – eu indagava enquanto apagava o fogo e tirava a panela do fogão – É fácil de mexer nessa porra, sabia? – ele sorriu e me olhou curioso. – O que foi?

-Não achei que eu conseguiria fazer amizade rapidamente aqui no prédio, só isso. – ele se dirigiu até a geladeira e apanhou duas latas de cerveja, me atirou uma e se deitou no sofá.

-Hoseokão!

-Eita cu, mal te conheci e tu já me deu esse apelido de merda? – ri um pouco do seu comentário – Suguinha!! – corei um pouco, e me sentei ao seu lado.

A maneira como tínhamos nos conhecido foi engraçada, e agora eu noto que ele é engraçado quando quer. Só que, como ele disse, ele não achava que ia fazer amizade logo comigo, digamos que eu tenho preguiça de sair de casa, de conhecer pessoas novas... Mas Namjoon costuma dizer que eu falo descontroladamente depois de conhecer bem a pessoa... Oh droga!

-Suguinha!!

-Puta que pariu, o que tem comigo pra vocês sempre quererem me chamar de Suga ou Suguinha?? – ele riu e pegou o celular.

-E eu vou saber?! Apenas aceite! – ele suspirou – O que aconteceu pra estar desse jeito com o Namjoon? – Eu estava bem puto da vida com o Nam...

-O guri tinha saído sem nem avisar e está se relacionando muito com um cara que mal conhece, que acabou de se mudar pra cá... Ele prometeu pra mim que ia tentar sempre estar do meu lado e a porra do ser simplesmente some na noite e eu tenho que ir atrás dele! – Hoseok me olhou com um sorriso irônico no rosto – Que foi?

-Acha errado ele se relacionar com o Jin? – fiquei em silêncio – Você está aqui bebendo comigo e já fomos até a uma boate de manhã e eu mal te conheço. Yoongi... Isso é mesmo preocupação ou é... ciúme? – What?

-Claro que não Hoseokão, eu apenas... – abaixei minha cabeça e sussurrei – Apenas tenho medo que algo aconteça comigo o com ele. – Hoseok levantou minha cabeça levemente.

-Não irá acontecer! Tenha certeza disso, Suguinha! – ele sorriu e se levantou – Se me der licença, vou tomar banho pra irmos a festa depois, ok?!

-Aham... Eu vou também ir me arrumar daí te busco daqui a pouco! Até! – eu já fui me levantando e ele me parou – Que foi? /rt.

-Me prometa que vai aproveitar a festa como se jamais aproveitou uma noitada maravilhosa! – ele virou os olhos, parecia que tentava imitar aquela carinha do Taehyung de malicia.

-Você mal chegou aqui e já pegou os costumes do Tae??

-Fazer o que, né?! – ele sorriu – Me promete logo, caralho!

-Ok... O que quer dizer com esse aproveitar... Noitada maravilhosa...?

-Vai entender na festa... – ele mordeu o lábio e se virou em direção ao banheiro do seu apartamento.

Dicas para entender o povão que mora nesse prédio: ninguém se ama, todos se pegam. Sempre foi assim!

P.O.V. Vee

As portas da Blue Light tinham acabado de abrir, os músicos que tinham contratado estavam em seus lugares e nesses poucos minutos de largada da música boate encheu de uma forma assustadora. Jimin e o meu maninho chegariam em uma hora, já que uma das apresentações especiais seria deles. Jihyun tinha acabado de entrar no local, já vindo pra mim, ficando frente a frente comigo no balcão.

-Uou! Pensei que odiasse homossexuais! – comentei enquanto preparava um coquetel pro Jihyun – Boa noite!

-Boa noite, Vee! Não é que eu odeie... Essa festa não é para todos os gêneros??

-É claro que é, mas fizemos uma conta e o público maior é da comunidade LGBT. Enfim a festa é para todos que a quiserem e se respeitarem!

-Falando assim até parece que tu não pega o próprio irmão! – esse comentário foi bem desnecessário.

-Jihyun... Acredita em Adão e Eva?

-Que??

-Acredita em Adão e Eva??

-Bom... Digamos que... Talvez...

-Então... Como você acha que a porra do mundo evoluiu apenas com uma mulher e um homem? Acha mesmo que não teve parentes que se pegaram? – ele bebeu e voltou a me olhar cínico – Na boa, não achei que os comentários que ouvi a seu respeito fossem verdade... Vai aproveitar a festa!

-Hey!?

-Fala...

-Tá linda! Desculpa por ser assim, mas vai por mim, vai aprender a conviver comigo! Quem sabe até... – ele passou a língua no lábio inferior.

-Nem nos meus piores pesadelos! – eu aceitei a proposta do Jimin, agora é só o meu plano dar certo.

P.O.V. Namjoon

-Mia!! Mia vem cá! – eu exclamava no balcão do bar, apoiando um dos meus braços no ombro do Jin – Esse aqui é o meu querido Kim Seokjin, tem alguma coisa foda pra nos recomendar??

-Oi Seokjin... Por acaso o Nam já bebeu? Ele já nos apresentou e nem se lembra! – ela riu e chamou um dos nossos colegas de trabalho – Comecem bem, Lago Azul pra vocês dois!! – era um negócio azul com uma rodela de limão de enfeite e gelo.

-Espera... O que vai nisso?? – Jin indagou curioso, experimentando um pouco, dando um sorriso pra mim depois.

-Suco de limão, vodka, soda limonada, Curação Blue e um gelinho básico! – Jin arregalou os olhos ao ouvir isso.

-Tem Blue nessa merda? – eu perguntei, tirando as palavras da boca de Seokjin – Mia, tu sabe muito bem que isso quase sempre... Não dá bom eu tomar isso! – ela começou a rir.

-Nem eu! Isso quase nunca dá certo! – Mia ria freneticamente.

-Fiquem tranquilos rapazes, eu vou cuidar vocês! Não deixo mais vocês beberem isso hoje a noite! A menos que me peçam... Ai não tem como, né?! – respirei fundo e nós dois acabamos com os nossos drinks.

Jin sorriu envergonhado pra mim e eu sorri pra ele. Seokjin trajava uma calça de couro preta justa, uma camisa preta com bolinhas brancas, um sapato social e seu cabelo até que estava mais arrumado. Achei engraçado Jin ter aceito meu convite, pois... Não sabia que ele curtia esse tipo de coisa, digo, festas e tal... Isso é algo mais atual pra mim!

-O-o que foi?? Por que está me olhando desse jeito??

-Não posso mais te olhar agora? – perguntei rindo, Mia tirou nossos copos de nós, visto que a bebida havia acabado e colocou outra, já iniciando o relatório. Eu já tinha tomado isso uma vez, até que foi bom.

-Red Bubble... Vinho espumante, Grenadine... É isso ai, tem uma fatia de limão também! Bom apetite!! Ah... Vocês comeram antes de vir pra cá??

-Sim, não somos tão doidos quanto pensa! – viramos o drink e ela riu.

-Aham, tô vendo! Eu vou preparar mais um, pois estou inspirada!

-Alegria total?! – Jin perguntou rindo, olhando pra mim em seguida.

-Tem uma bebida com esse nome sabia?! Vou fazer essa!

-Ih... – Jin me olhou intrigado – Bem-vindo ao porre da semana Jin!

Olhei para a porta de entrada da boate, Yoongi estava ali com o Hoseok, os dois riam feito dois abobados... Essa não... Os filhos da mãe beberam antes de vir pra cá! Essa festa... Jesus Cristo! ALEGRIA TOTAL! Era uma bebida rosa, ela simplesmente veio parar na minha mão e na do Jin, era apenas um copo gigante com dois canudos.

-Mia...?

-Vamos lá, dividam! Vai ser legal... – ela nos olhou maliciosa. É essa festa vai ser uma delícia!  


Notas Finais


Depois de acordar das profundezas de um sono sem igual, trago a vocês um cap curto que promete muito para o próximo, só aguardem com calcinhas novas e coletes a prova de balas.
Roupa da Mia e da Vee: http://www.polyvore.com/mia_vee/set?id=209262269
Gente... Eu ando com uns sonhos de V-Hope aqui... Tá tudo tão maravilhoso *-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...