História Hit your Wings - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags All Out!!, Anime, Captain Tsubasa, Comedia, Days, Esporte, Futebol!, Giant Killing, Haikyuu, Inazuma, Mangá, Shounen, Soccer, Super Onze
Visualizações 9
Palavras 3.734
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Romance e Novela, Shounen
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Esses dias tavam meio complicados pra postar, até por quê, não sei se viram, mas comecei a escrever uma história de terror e mistério chamada Our Last Trip (Deem uma olhada depois!).
Isso não significa que não irei postar mais Hit Your Wings, ainda é meu foco principal.
Obrigado por mais uma ajuda lendo, espero que gostem desse capítulo.

O Jogo passado estava 6 a 0, quando, no último minuto, Kazami recebeu a oportunidade de fazer o sétimo gol. Será que ele fez?

Perfil dos Personagens: Link nas Notas Finais

Capítulo 13 - Warrior


Terceiro dia, tarde após o jogo entre Wakasuki Wyverns, quarto 305 (Masumi, Keisuke, Urimu e Tsukishimi).

Urimu e Tsukishimi estavam conversando, olhando pela janela do quarto do hotel, enquanto Masumi estavam conversando sobre o jogo do dia seguinte, o assunto atentou aos dois calouros que admiravam a vista da janela.

- Então amanhã vocês provavelmente vão ter oportunidade de jogar - Disse Masumi, para Keisuke.

- Não sabia dessa regra - Comentou Keisuke.

- Que regra? - Perguntou Urimu, entrando na conversa.

- Bom, lembra que o Kazami disse que todos teríamos a oportunidade de jogar? - Perguntou Masumi.

- Claro.

- Então, amanhã tenho quase certeza que vai ser esse o jogo. Existe uma regra da Gold Week que consiste em você colocar 11 reservas para jogar como titular.

- Como assim, como você sabe que vai ser amanhã? - Perguntou Tsukishimi, também entrando na conversa.

- É que tinham duas equipes que considerávamos fortes nesse acampamento. O Yajirado Ioki, que ganhou da gente, e o Instituto Fuha, que a gente enfrenta no último dia - Assertou Masumi - E duas mais fracas. Sobre o Seitaruha, do jogo passado, não tínhamos tanta certeza, por isso entramos com o melhor time possível. Quanto ao Kameshimoto, soubemos bem antes e já vimos alguns jogos deles, eles não têm nada demais, então é um bom teste. - Concluiu Masumi.

- Sério? Que massa! - Exclamou Urimu, olhando animado para Tsukishimi - Finalmente vou agarrar em um jogo!

- Mas acho que esse jogo vai ser ainda mais importante pra uma pessoa do que pra gente... - Disse Keisuke.

- Quem? - Perguntou Urimu.

Enquanto isso, Ayamina e Ohama caminhavam pelo hotel, e, no seu corredor, notaram alguns barulhos vindos do quarto 301 (Kazami, Akimoto, Nichiharu e Kazemashiba). - O que será isso? - Questionou-se Ayamina, olhando para Ohama, que, logo em seguida bateu na porta:

- Ta tudo bem?

-....

- É o Ohama, ta tudo bem aí?

Nesse instante, Nichiharu abriu a porta com cara de poucos amigos. - Ta sim, o que foi que houve?

- Atrapalhamos seu sono? - Perguntou Ayamina.

- Ahn? Talvez, fala o que foi que houve... - Disse, arrogantemente, Nichiharu.

- Nada cara, é que a gente ouviu uns barulhos aí de dentro - Respondeu Ohama - Você parecia estar brigando com alguém, sei lá, a gente ficou preocupado.

- Ah, não era nada demais, eu só to estressado por causa de hoje cedo... mas não precisam se preocupar com isso. - Disse Nichiharu - Agora, se me derem licença, vou descansar - Concluiu fechando a porta.

- Beleza... 

- Ohama, precisamos falar com o Kazami-san. - Disse Ayamina, apressando o passo.

- O que? Não cara, ele só ta chateado, jogou mal... é normal... e não vamos nos meter nisso!

- Claro que vamos, Ohama, não sei você, mas eu vou - Triunfou - É pelo bem do time! - Concluiu Ayamina, saindo em partida pras escadas. 

- Espera! - Disse Ohama, no instante em que Aoki e Iruka desciam as escadas.

- Pra onde vocês vão, calouros? - Perguntou Aoki.

- Ah, olá Aoki-san, Iruka-san! - Reverenciou Ayamina - Eu to procurando o Kazami-san, vocês viram ele por aí?

- Ah, o Hideki...? Acho que ele tá na cobertura - Orientou Iruka.

- Valeu! - Disse Ayamina, correndo pro elevador, Ohama o seguiu.

Ayamina e Ohama chegaram até a cobertura do prédio, onde eles não conseguiram avistar ninguém, contudo, ouviram uma voz de choro.

- O Kazami não ta aqui, Aya...

- É, mas ta ouvindo isso? - Perguntou Ayamina.

- O que?

- Voz de choro...

- O que tem?

- Eu quero ver quem é! - Disse Ayamina - Pode estar precisando de ajuda.

Ao arrodear a cobertura, eles puderam escutar a voz, em prantos e lamentos, mais de perto.

- Eu sou realmente um merda! - Falou a pessoa.

- O que será? - Perguntou Ayamina, que se escondia com Ohama.

- Shiiiu, faz silêncio! - E voltaram a escutar as falas da pessoa, que parecia estar no telefone:

- Como eu não seria um merda? Sequer um gol eu consigo fazer! - Nesse instante, eles concluíram que a pessoa chorando no telefone era Kazami, que havia perdido o que seria o sétimo gol na vitória por 6 a 0 contra o Seitaruha, no último lance. 

- É o Kazami... - Comentaram entre si, e continuaram ouvindo.

- Eu sei que eu sou importante pra eles, sei que me machuquei, Yunno, e tem sido muito duro pra mim... - soluçou Kazami - você não tem ideia do quanto é duro pra um atacante ficar sem fazer gols... - Pausou para ouvir o que Yunno, sua amiga, dizia no telefone - Sim... eu sei... mas eu... eu vejo o Yamamakoto crescer aos poucos, ele já ta bem acima do meu nível, não vou voltar a ser titular... meu último ano ta acabando Yunno, eu não consigo tirar essa dor de ter perdido tantos gols da minha cabeça. - Lamentou-se

- Coitado... - Comentou baixo Ohama.

- Eu prometi pro Aoi-senpai que seria campeão um dia, que eu iria crescer... parece que Deus não quis que fosse a minha vez, que eu fosse ser um grande jogador pros Wyverns... - Pausou em meio a prantos - ...Sim, Yunno, eu reconheço que sou um grande homem, mas eu queria ajudar em campo! A última vez que eu fiz um gol... ainda tava no segundo ano, sabe o quanto isso me dói?... Não sei nem por que pergunto - sorriu Kazami - você tem sido tão importante pra mim, desde que éramos crianças... obrigado, Yunno... 

- Caralho... - Sussurrou Ayamina...

- Eu sempre penso em você na hora que vou entrar em campo - continuou Kazami, agora sem o choro interrompê-lo - lembro de quando a gente era criança, eu dizia que ia ser um grande jogador, que nem os da seleção japonesa, os meninos riam de mim por ser gordo e você me defendia, você sempre esteve lá... você é como se fosse uma irmã pra mim, Yunno, eu amo você de verdade - Disse, voltando a derramar lágrimas e soluçar - ...Eu... e-eu prometo que vou fazer meu melhor amanhã, vou te ligar feliz amanhã.... obrigado de verdade - Agradeceu Kazami - Até mais, amo você, cara! - Despediu-se e desligou o telefone.

Nesse momento, Ayamina e Ohama saíram da cobertura antes que Kazami os visse, e voltaram pro quarto.

- Que cara é essa, que lobo comeu a comida de vocês? - Perguntou Gaburieru, em tom de brincadeira, ao receber Ayamina e Ohama abatidos no quarto.

- Longa história... - Disse Ohama, sentando-se na cama.

- Poxa, parece que foi sério, me conta o que rolou... - Falou Gabu.

- Bom, primeiro a gente ouviu uns barulhos de grito do quarto dos veteranos, o Nichiharu tava bem puto, a gente foi falar com ele, perguntar se tava bem, ele foi bem rude, parecia estar muito estressado - Contou Ayamina.

- Que estranho... ele é sempre tão legal com todo mundo e animado - Observou Gaburieru.

- Verdade.

- E depois o que a gente viu foi pior... - Relembrou Ayamina - O Kazami-san... fomos procurar ele e pra falar sobre o Nichiharu, mas... - Disse Ayamina, quase chorando.

- O que houve, cara?! - Preocupou-se Gabu.

- O Kazami tava muito mal... - Concluiu Ohama.

- O que? Sério? Por causa do gol perdido hoje?

- Sim, ele tava chorando muito no celular, falando com a amiga dele, Yunno, acho que você não conheceu ela... enfim, ele tava se lamentando muito... - Disse Ohama.

- Caraca...

- É, Gabu... - Continuou Ayamina - Não sei se você conhece a história do Kazami direito, mas ele chegou a dizer que "A última vez que fiz um gol foi no segundo ano, tem ideia do quanto isso me machuca?", ele se machucou no final do segundo ano, e, quando se recuperou, se machucou de novo.

- Ele é tão forte, tão admirável - Disse Gabu, admirando-o - Ele, sempre que entra, finaliza muito, mas a bola parece não querer entrar.- Nesse momento eles foram interrompidos pelo barulho de uma privada sendo acionada. 

- Opa! - Disse Ganbajjo, motorista do time saindo de dentro do banheiro - Vocês tão falando do Hideki gordinho?

- Hideki gordinho? - Questionou Ohama.

- Era o apelido dele no primeiro ano, HAHA... - Caçoou Ganbajjo - Mas, falando bem sério... esse menino é um guerreiro, um guerreiro de verdade, lembro de quando ele se machucou, foi feio a cena, eu assisti o jogo... - Relembrou o motorista.

- Caramba...

- Se espelhem nele, na garra del, na força de vontade que ele tem... - Orientou Ganbajjo - Vocês podem ter o Akimoto como capitão, mas o verdadeiro líder desse time se chama Hideki Kazami, o gordinho! - Disse rindo, e saindo do quarto.

- Caramba, pensei que o Ganbajjo-san não tivesse utilidade além de cagar... - Comentou Ayamina.

- Falando em cagar... - disse Ohama - esse merda desse motorista infestou o banheiro com cheiro de merda, puta que pariu! - Concluiu o zagueiro, fazendo Gabu e Ayamina caírem na risada.

Algumas horas depois, após o jantar, o time inteiro se reuniu no quarto 301, para a reunião pro jogo contra o Kameshimoto, que aconteceria no dia seguinte. Akimoto e Kazami passaram as informações, disseram que o time do Kameshimoto não tinha nada demais, exceto pelo camisa 10 - Horuto, ponta direita, o goleiro, camisa 1-Kagawa e o ponta esquerda, capitão, número 7- Yurimura, que não é tão bom, mas joga bem. O adversário se posta em campo na formação 4-3-3

Ainda disse para ter cuidado com as pontas, é por onde eles atacam, o resto do time não tinha nada demais. Como esperado por Masumi, o time foi escalado completamente reserva, da seguinte maneira, no 4-5-1:

GOL-12-Urimu; LTD-17-Keisuke; ZAG-13-Ohama; ZAG-5-Genki; LTE-22-Tsukishimi; VOL-14-Endoyama. VOL-15-Imamori; MC-23-Yuurimada; MD-21-Shimeji; ME-16-Ayamina e ATA-19-Kazami, como capitão.

Após a reunião, no quarto, Ohama e Ayamina conversavam antes de dormir.

- Você notou? - Perguntou Ayamina, no meio da noite.

- O que?

- O Kazami, ele tava muito animado, como sempre, nem parecia que ele tava mal mais cedo.

- Acho que ele tem que se manter assim, sabe? Se ele aparecer mal, pode desestruturar todo mundo - Afirmou Ohama.

- Verdade, Ohama...

- Agora o Nichiharu... tava calado, acho que ele sentiu ter jogado mal, visto o Genbo entrar e mudar o jogo - Observou Ohama.

- Verdade, verdade, isso me preocupa, eles não podem ficar mal, são dois dos 3 pilares pro time funcionar... eles dois e Akimoto, se a gente perder eles, o time não levanta mais... - Concluiu Ayamina, antes de dormirem.

Na manhã seguinte, todos se encaminharam para o campo, e foram juntos para a partida. Akimoto, que ficaria no banco, passou as últimas instruções, e reforçou a escalação passada no dia anterior [Reveja acima, caso tenha dúvida durante o jogo]. Antes de começar a partida, numa rodinha, Kazami puxou a palavra.

- É a primeira vez que vou jogar de capitão depois de muito tempo, não sei se vocês tem noção do quanto isso importa pra mim... queria primeiro me desculpar pelo gol perdido nos últimos dois jogos... vou dar meu máximo hoje. - Disse Kazami - Confio em cada um de vocês, e vamos vencer hoje... precisamos da vitória! Vamos levar os 6 pontos e deixar o time mais tranquilo pra amanhã contra o Fuha! - Exclamou 

- ISSO AÍ!

- Vocês são fodas... Urimu, confio no seu potencial, você será goleiro titular nos próximos anos, então aproveite essa chance!. - Disse Kazami - Tsukishimi e Ohama, vocês dois já jogaram e foram muito bem, nem preciso dar boa sorte pra vocês, os dois são muito bons mesmo sendo calouros!, Genki-kun, confio em você, sei que é duro nunca ter sido titular do time, mas você faz parte disso, sua alma conta muito pra gente, dê seu máximo!. Endoyama e Imamori, aproveitem a oportunidade pra jogar bem, vocês evoluíram muito desde o ano passado, sei que podem ser titulares no futuro! Assim como vocês Yuurimada e Keisuke, mostrem o serviço, corram do jeito que vocês sabem - Falou Kazami, motivando cada um dos jogadores -  E você, Shimeji, jogou pra caralho quando entrou ontem, a gente confia pra porra em você, eu disse que você sabia do seu potencial!

- Obrigado, Kazami! - Gritou Shimeji, confiante.

- Nada... e por fim, Ayamina, sei o quanto foi duro jogar mal naquele dia, machuca mesmo, mas a gente acredita em você... eu acredito... do mesmo jeito que seu irmão acreditava em mim - Falou o capitão - e, pra finalizar... não sei se vocês sabem, mas meu apelido era Hideki gordinho - Falou em meio a risadas - Mas, no final do ano, o irmão do Ayamina, Kaeda Aoi, me deu um apelido... "Warrior", eu acredito nisso, por mais que eu jogue mal, erre muito, sou um guerreiro de verdade, nunca desisti, então nunca desistam!

- BORA, WAKASUKI!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! - Gritaram todos do time, até os titulares (que estavam no banco).

O jogo começou, logo no primeiro minuto o Kameshimoto tomou a inciativa. O meia-central do adversário, camisa 8, abriu o jogo pela ponta-esquerda com o capitão 7-Yurimura, que recebeu e conseguiu driblar Shimeji com facilidade, ele chamou um dos meias, fez a tabela e passou nas costas de Keisuke, chegando até a linha de fundo e fazendo o cruzamento. A bola foi forte e alta, nas mãos de Urimu........ mas ele deixou passar! Urimu não foi com a mão firme e a bola passou furada. Nas costas do goleiro vinha o craque do time, 10-Horuto, o atacante do Kameshimoto tomou a frente de Tsukishimi e chutou pra dentro do gol! Wakasuki 0-1 Kameshimoto!

- Puta merda, vamos acertar!!! - Gritou Akimoto do banco.

- Porra... foi erro meu - lamentou-se Urimu, que falhou no lance. 

- Tudo bem, Urimu, todo mundo tem que errar uma hora! - Disse Genki, o zagueiro, reconfortando-o. 

- BORA, NÃO DESANIMEM! - Gritou Kazami, que já botava a bola no círculo central.

Aos 3 minutos, o time tentou sair com a bola no pé, o jogo estava muito aberto. Endoyama, o volante, roubou a bola do meia do Kameshimoto e tabelou com Imamori, ele partiu pra cima e jogou mais à frente, no meio, com Yuurimada, que girou pra direita e tocou em Shimeji. O camisa 21 dos Wyverns já estava marcado, mas ele conseguiu tocar na linha de fundo, de primeira, pro camisa 17-Keisuke, que estava improvisado na latera-direita. Keisuke, por sua vez, passou em alta velocidade e foi até a linha de fundo, cruzando na área. O zagueiro mais alto do Kameshimoto foi todo na bola, mas Kazami o surpreendeu, tomando sua frente e cabeceando forte, mas a bola foi pra fora, pertinho da trave! - BOA, KEISUKE! - Aplaudiu Akimoto, do banco.

- BORA PORRA!!!!! - Aos 5 minutos, o Kameshimoto ensaiava uma pressão, os três meias centrais (Yuurimada, Endoyama e Imamori), não conseguiam roubar a bola, então, surpreendentemente, Kazami voltou até o campo de defesa e roubou a bola com um carrinho, atropelando o adversário. - AQUI, KAZAMI!!!!!! - Shimeji pediu a bola pela direita, chamando a atenção da defesa, contudo, Kazami viu a passagem de Ayamina, livre pela esquerda. Lá ele deu  - VAI, KAEDA! - A bola foi muito alta e Ayamina dominou com a ponta da chuteira, a bola deu um quique e ele avançou tocando nela estufando o peito, adiantando-a. Ele foi em diagonal pra área, em velocidade, na saída do goleiro, porém, um dos zagueiros chegou no carrinho e ele teve que driblar, cortando, de letra, pra direita, de onde ele já chutou.... porém a bola foi fraquinha na mão do goleiro, pois a direita é sua perna ruim. - VALEU, AYAMINA, BOM LANCE! - Aplaudiu Iruka, do banco.

Aos 8 minutos, os Wyverns foram pro ataque de novo, dessa vez, Ayamina pressionou o adversário e Tsukishimi roubou a bola na defesa, jogando com Yuurimada no meio, o meia, por sua vez, tocou de primeira pra Imamori, que driblou um marcador e lançou forte na frente pra Kazami, entre os dois zagueiros, ele fez um giro, passando entre os dois defensores, atropelando-os. - ESSE CARA É MUITO FORTE, CUIDADO! - Gritou o capitão do Kameshimoto (7-Yurimura), no momento em que Kazami explodia correndo com muita força em direção ao gol do adversário, porém, ele não é tão rápido, e deu tempo de um defensor chegar cortando no carrinho pra direita, onde Shimeji vinha acompanhando, o que ele não esperava era que o capitão adversário, Yurimura, iria acompanhá-lo e roubar a bola. - Merda... - lamentou-se Kazami. - Se eu fosse mais rápido...

Aos 10 minutos os Wyverns tentaram pela esquerda com Ayamina, o camisa 16 driblou a marcação do 10-Horuto, que ficou comendo poeira e tocou no meio com Yuurimada, o camisa 23 dos Wyverns lançou nas costas do defensor e Tsukishimi apareceu na lateral esquerda da área adversária, cruzando a bola com muita força pra dentro da área, a bola foi muito alta, passava por todos, mas Kazami entrou entre os dois zagueiros e saltou cabeceando forte1 - VAI, KAGAWA!!!! - Porém, o goleiro adversário pulou no cantinho e espalmou pra escanteio!
Na cobrança, Shimeji jogou dentro da área, a zaga deu o primeiro toque, no primeiro pau e ela subiu pro alto! Kazami disputou a bola com o defensor e resvalou pro lado, onde Ohama chegou cabeceando e............. KAGAWA! O Goleiro do Kameshimoto encaixou a cabeçada de Ohama! - Boa, Kagawa!!! - Parabenizou o treinador do Kameshimoto.

O jogo era lá e cá, aos 14, o meia central do Kameshimoto saiu da marcação de Imamori com um lindo drible e fez o lançamento nas costas de Tsukishimi, que não alcançou a bola com um carrinho, o camisa 10, Horuto, obrigou Genki a sair da área pra marcar, o camisa 5 dos Wyverns foi em cima e tentou o desarme, ele quase atropela Horuto, que fez o drible pra linha de fundo e cruzou na área, o arco da bola foi indo pra fora da área, onde surpreendentemente o camia 7-Yurimura, chegou chutando de voleio pra fazer o gol.... mas Ohama colocou a cara na bola, que foi pra escanteio!
Na cobrança, a bola subiu muito e Genki usou o corpo pra sair dos atacante e tirar de cabeça pra lateral frente, onde Yuurimada completou com um chutão! A bola foi no meio de campo pra Kazami, que disputou a bola alta no meio de campo e jogou pra trás em Shimeji, que puxou o contra-golpe lançando Keisuke na direita. O camisa 17 do Wakasuki explodiu em uma arrancada pra chegar na bola, Ayamina acompanhou pela esquerda. Os defensores tentaram acompanha, Keisuke cruzou na área, Ayamina entrou nas costas da defesa, ele viu que não alcançaria a bola de cabeça e saltou fazendo um giro, dando uma meia bicicleta e chutando a bola em direção ao gol..... mas Kagawa defendeu!

No banco...

- O que ta achando dos jogadores, Akimoto? - Perguntou Kazemashiba, o goleiro titular, que estava na reserva nesse dia.

- Bom, começando pelo goleiro. O Urimu falhou, mas não podemos pressioná-lo. Genki e Ohama tão bem na zaga. Tsukishimi e Keisuke apoiam bem no ataque, mas falham defensivamente, Keisuke ta perdoado, pois é meia direita, como Shimeji ta na mesma posição que Ayamina, Keisuke teve que cair pra lateral - Disse Akimoto - Já os meias... Imamori, Endoyama e Yuurimada tão fazendo o esperado.

- E os da frente?

- Ayamina e Shimeji tão muito bem, Kazami ta bem, só falta o gol... a gente ta melhor, só não ta chegando no ponto certo! - Exclamou Akimoto, confiante.

- VAMOS, HORUTO-KUN! - Aos 18, o camisa 7, Yurimura, driblou Shimeji e Keisuke com dois toques na bola e foi marcado por Endoyama, que o obrigou a virar o jogo pro camisa 10. Horuto dominou no peito e, sem deixar cair, deu um lençol/chapéu/cobertura em Ayamina, e foi pra cima de Tsukishimi, ele o enganou e cortou pro meio, ele armou o chute mas Imamori apareceu no desarme. No último milésimo, Horuto cortou pra dentro da área, mas Genki chegou roubando a bola, atropelando o adversário. - BOA, GENKI-CHAN!!!! HAHAHA - Gritaram Aoki e Iruka, torcendo pelo amigo, que tirou a bola no chutão.
Lá na frente, Kazami dominou no peito, um pouco a frente do meio campo e prendeu a bola com o corpo. Ele segurou e tocou atrás em Yuurimada, o meia central dos Wyverns dominou, driblou o primeiro adversário e abriu na esquerda, Ayamina dominou e tocou na frente, tomando a frente do adversário, ele avançou explosivamente, mas foi rapidamente marcado pelo volante adversário, que obrigou o camisa 16 a tocar no meio com Kazami, o centro-avante apareceu como opção, a bola veio a média altura, ele deu uma puxeta e passou da marcação do zagueiro, porém, ele voltou atrás em Yuurimada, pois teve o ângulo fechado. Yuuri dominou e tocou e tocou na outra lateral, onde Shimeji dominou, driblou o lateral esquerdo do Kameshimoto e cruzou. Kazami subiu mais que todo mundo e cabeceou FORTÍSSIMO! Mas KAGAWA DEFENDE MAIS UMA!!

! - BORA!!!! - Ao grito de Akimoto, Ayamina recupera a bola na lateral esquerda da área, o ser marcado, ele toca atrás em Tsukishimi, no domínio do camisa 22, Horuto chegou marcando, então Tsukishimi tocou no meio com Imamori, que chegou dominando e driblando o marcador, ele voltou atrás com Endoyama, que virou na lateral direita. Agora que o Kameshimoto estava recomposto, Keisuke tocou em  Yuurimada e passou correndo na lateral, o meia deu um tapa na bola pra Shimeji, que jogou na linha de fundo, onde Keisuke passava. O camisa 17 foi forte na bola e cruzou! Ela passou por todo mundo, mas Ayamina chegou na linha de fundo, evitando a saída e tocando pra trás, onde Kazami estava sozinho!

- Vamos lá, Kazami-san... você é o verdadeiro guerreiro, você merece esse gol! - Pensou pra si Ayamina, tocando no camisa 19.

A bola foi a meia altura pra Kazami, que viu apenas Kagawa à sua frente. O camisa 19 dominou com a coxa direita e ajeitou a perna esquerda pra dar o volei.... ele encheu o pé e...........................

- VAMOS, KAZAMI!!!!!!!!!! - Gritou Nichiharu, do banco de reservas.

CONTINUA.


Notas Finais


Perfil dos Personagens: https://arboes.wixsite.com/hiturwings/personagens

Espero que tenham gostado, comentem o que acharam, o que esperam do capítulo 14 e etc...
Obrigado por ler!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...