História Hogwarts -A escola de feitiços. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, André Bourgeois, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nino, Plagg, Sabine Cheng, Tikki, Tom Dupain
Tags Adrianette
Exibições 116
Palavras 684
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi meus baby, a tia trouxe mais capítulo com uma música que eu AMO . Quer uma parte dela kkkk. Tá chega de doideira e vamos ao capítulo. BOA LEITURA.

Capítulo 3 - Música e uma menina chorona


Fanfic / Fanfiction Hogwarts -A escola de feitiços. - Capítulo 3 - Música e uma menina chorona

Adrien on
O " docinho" ficou ficou me olhando com um bico.  Peguei meu celular por que  aí vem coisa.
- Olha bem aqui bonequinho de plástico , se tá achando que eu tenho medo , tá muito enganado.
- Tá chega , eu só estou te avisando. 
- IDIOTA , IMBECIL , BOCÒ , LOIRO OXIGENADO E BUR. ...Gritou
Ela parou na hora que a porta foi aberta , por ela entrou a nossa amiga , Alya Sesarie a crush do Nino.
- Marinette dupain-Cheng , pode me explicar que escândalo é esse?
- Esse loiro burro , jogou mil aranhas em cima de mim , ALYA EU QUASE MORRI.
- Adrien por que você fez isso ? Cara ela tem aracnofobia , tipo ela tem coragem de tacar fogo nesse quarto para dar um fim nas aranhas.
Tomei um susto , olhei para a baixinha incrédulo , ela não faria isso certo?
Coloquei uma música do nada a discussão cessou , um silêncio predominou o lugar.
- Pausa essa música agora , por favor. Falou a tampinha subindo na cama,  fiz o que ela falou.
- Mari , se prepara . Falou a ruiva.
- Pronto pode deixar a música tocar.
Apertei o play , as duas começaram a dançar padronizado , pareciam que tinham ensaiado a dias . Olhei para baixinha que tinha um sorriso enorme nos lábios. Posso tirar uma conclusão , essa mina é bipolar.
Mari on
Eu AMO essa música , e tipo eu sei dançar ela todinha , fiquei pulando na cama e dançando ao mesmo tempo.  Depois que a música acabou , eu me deitei na cama e fiquei olhando pro teto.
- Boa noite , Mari , Adrien e Nino.
- Boa noite , migs,  bonequinho de plástico e NINO?
Me levantei da cama e fui até aonde o Nino estava . Fazia dois anos que eu não via ele.
- Mari quanto tempo. Falou me abraçando.
- Dois anos  . Falei retribuindo o abraço .
- O Jonas está aqui também .
- É sério ? Que horas são? Perguntei.
- São onze horas da noite, você não pode sair agora Mari , ou o dedo duro vai dar com a língua nos dentes.
Fuzilei o loirinho com o olhar , é claro que eu vou sair agora , e não é esse cabelo com anemia que vai me impedir.
Peguei uma lanterna e liguei , calcei minhas pantufas e vu alá , estou pronta pra sair.
- Se você sair o diretor vai saber docinho.
Peguei uma almofada e joguei nele, menino infernal .
A Alya já estava dormindo , o Nino também , e o Loiro estava acordado , mas quem se importa?Sorri desafiador pra ele e sai .
Adrien on
Na hora que ela saiu , eu peguei meu bloquinho de notas.  Não vai ser tão difícil quanto eu pensei.
Uma hora se passou quando a porta foi aberta , por ela entrou uma menina descabelada aos choros. Não era à mesma que saiu com um sorriso enorme no rosto.
Ela deitou na cama de bruços , os soluços eram audíveis assim como a sua respiração.
Me levantei e fui até ela , o que diabos eu tô fazendo?  Se ela tá chorando já é uma evolução.
- Mari , o que aconteceu?  Perguntei.
- Sai daqui . Sua voz saiu trêmula por causa do choro.
- Olha eu não vim pra zoar com você , é uma trégua . Falei com a mão no seu ombro .
Me sentei do lado dela e encostei minha costa na cabeceira da cama.
- Me fala o que aconteceu .
Ela fez uma coisa que me surpreendeu , ela me abraçou , demorei um pouco pra processar mas retribuir.  Comecei a passar a mão pelos seus cabelos,  até ela se acalmar.  Quando percebi a mesma estava dormindo no meu colo .
Fiquei observando o seu rosto vermelho e os cabelos que caiam sobre seus olhos.  Não parecia com aquela menina marrenta , que eu conheci mas se parece um. ..
- Anjo.

Contínua




Notas Finais


Espero que tenham gostado , se sim comentem e favoritem .
Música: Work From Home.
Gente espero que tenham gostado mesmo . Bjos da tia Lady.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...