História Hogwarts por outros olhos - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Potter, Andromeda Tonks, Angelina Johnson, Arthur Weasley, Astoria Greengrass, Blásio Zabini, Carlinhos Weasley, Dominique Weasley, Draco Malfoy, Fleur Delacour, Fred Weasley, Fred Weasley Ii, Gui Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Horácio Slughorn, Hugo Weasley, Jorge Weasley, Kingsley Shacklebolt, Lílian L. Potter, Lorcan Scamander, Louis Weasley, Lucius Malfoy, Lucy Weasley, Luna Lovegood, Lysander Scamander, Merlin, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Molly Weasley II, Murta Que Geme, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Percy Weasley, Personagens Originais, Poppy Pomfrey (Madame Pomfrey), Rolf Scamander, Ronald Weasley, Rose Weasley, Roxanne Weasley, Rúbeo Hagrid, Scorpius Malfoy, Ted Lupin, Tiago S. Potter, Victoire Weasley
Tags Albus Potter Dominique, Dezenove Anos Depois, Harry Potter, Hermione, Hogwarts, Hugo, James, Lily, Ron, Rose, Scorpius, Weasley
Exibições 41
Palavras 2.032
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 34 - Peter!


POV Annie

Eu me senti bem melhor, hoje depois da aula eu e Jake estávamos fazendo monitoria a noite quando ouço um barulho, Jake estava no andar de baixo então eu resolvo investigar, abro a porta e encontro Peter e Amber, se beijando, bem se beijando mesmo eu olho pasma e me recomponho

- Ei – eu falo e eles me olham assustados – Serio gente? – eu saio Peter vem atrás de mim

- Desculpe – ele fala e eu olho

- Dez pontos de cada um – Amber abre a boca

- Nem ousem protestar – alguém fala atrás de mim e vejo o professor Neville – dez de cada um e uma semana de detenção comigo, agora voltem para a monitoria! – ele fala bravo, eles saem

- Ah esse meu irmão – eu falo irritada – tem jeito? – Neville me olha rindo

- É só uma fase Annie – ele sai sorrindo, Jake estava parado um pouco a frente rindo

- Peter é muito burro mesmo, se pegar com a Amber no andar que você monitorava?

- Foi de proposito, aquele idiota – eu faço uma cara de nojo – Amber... – ele ri

- Ciúmes do seu irmão? – eu olho para Jake pasma

- O que? Claro que não seu babaca! – eu emburro ele e nós saímos rindo, era quase meia noite então vamos para a sala comunal, no caminho encontro James – Jay, para a sala pelo amor! – eu falo e ele me olha, ele conversava com uma menina da Corvinal

- Foi mal Ni – ele fala saindo, a menina me olha, reconheço ela era do sétimo ano, ela olha para Jake e pisca para ele

- Sinto muito James, dez pontos de cada um – a menina me olha pasma – e se continuar a ser sonsa eu dou uma semana de detenção! – ela sai irritada Jake ri alto

- ANNIE! – James fala

- Ah vá te catar você também – eu saio andando irritada e ouço James falar

- Que diabos deu nela hoje? – eu entro na sala, Lily e Hugo estavam lendo algo, eles pareciam cansados

- Boa noite Ni, como vai? – Hugo fala

- Pelo menos alguém está acordado por motivos bons – Lily me olha confusa – Seu irmão acabou de perder dez pontos – eu falo brava – achei justo por ele estar se pegando com uma menina do sétimo ano da Corvinal – Lily olha para James que acabou de entrar

- Perdi por estar me agarrando com ela ou por ela ter piscado para Jake? – James fala com um ar irônico

- Sei ser profissional James e na próxima te dou uma detenção direto com a tia Minie! – ele me olha assustado, Minie era o apelido fofo que demos para Minerva, ela é claro nunca ia saber disso mas gostávamos de falar assim quando ela não estava, era divertido

- Não ousaria! – ele fala

- Não cara! – Jake fala – não desafia ela não – James sobe xingando

- Relaxa Ni, fez o certo – Lily me olhava nós subimos e vamos dormir.

No dia seguinte James ainda estava bravo comigo e todos me defendem falando que eu fiz certo

- Tirasse os pontos só dela!

- JAMES! – eu me irrito – tirei os pontos porque essa é punição por pegar alguém nos corredores se agarrando, não porque ela deu em cima de Jake, porque se fosse para descontar isso garanto que daria a ela uma semana de detenção e ia ser a pior da vida dela, pode apostar! – eu falo e volto a comer

- Nossa – Luke fala sorrindo – não irritem mais a Annie, por favor isso dá medo! – todos riem e eu acabo sorrindo, quando estava saindo Peter me para

- Uma semana de detenção! – Amber estava atrás dele, ele segura meu braço com força

- Vá reclamar com o Prof. Longbotton Peter! – ele me olha com raiva

- Ela só fez isso porque era comigo! – Amber fala com um sorrisinho presunçoso

- Também acho, foi correndo contar para a Sue não foi?

- Ok, primeiro não ela não sabe, porque mal fala com ela ultimamente, segundo tirei pontos de James pelo mesmo motivo ontem – James concorda bravo e sai andando – e terceiro se fosse tirar pontos para qualquer vagabunda que você fica fazendo isso a Sonserina ia acabar com pontos negativos no fim do ano! – Albus segura o riso, Peter aperta ainda mais meu braço, Amber se aproxima eu nem tenho tempo de prever o que ia acontecer, mas Jake sim, ele segura o braço de Amber antes de chegar no meu rosto, ouço as meninas segurarem a respiração

- Nunca mais tente fazer isso! – Jake fala, Peter então empurra Jake que olha para Peter como se ele estivesse louco – VAI DEIXAR ELA BATER NA SUA IRMÃ? – Jake estava muito irritado agora

- Ela merecia! – quando ele fala isso eu é quem dou o tapa, mas em Peter, todos me olham pasmos, até mesmo ele, mas como ele me segurava ainda ele segura meu ombro, forte demais e me empurra o que me faz, como sou mole, cair no chão, Jake vai para cima dele e eles começam a brigar, mas os meninos separam eles rápido e Peter sai com Amber

- Mas que merda foi essa – Albus fala assustado, as meninas se olhavam, por ser na saída do café da manhã tinha bastante gente incluindo professores, Minerva pede para alguém chamar Peter e Amber para a sala dela imediatamente e sai, Jake se ajoelha na minha frente

- Tudo bem? – Não, eu estava dolorida, mas o emocional pesava mais, ele me ajuda a levantar, ele não tinha nenhum arranhão, em minha mente vem a foz de Yan “ o menino tenderia ir para o mal... você tem seu encantamento, ele tinha que ter um também! ”

- Estou bem, mas quero mandar uma carta para meu pai – eu falo

- Espera o almoço, vamos para a aula – Rose fala me abraçando suavemente – está machucada?

- Não – eu sigo com o pessoal para as aulas, no almoço James vem me pedir desculpas e conta que Peter levou uma suspenção de três dias e Amber também – ótimo mais uma para ele me culpar – eu falo pegando um pergaminho, começo a escrever para meu pai, na verdade descrevo o que ouve ontem a noite e hoje de manhã, peço para ele me responder assim que puder

- Quer que eu vá com você até o corujal? – Jake pergunta

- Acho que pode entregar a carta pessoalmente – Albus fala olhando pasmo para a entrada do salão, eu olho e vejo Yan parado, com uma cara nada boa

- Merlin – eu falo me levantando Jake se levanta e vai comigo, quando ele me vê sorri e logo me abraça me encaminhando para os jardins

- Como vai Jake? – Ele fala olhando para Jake e sorrindo

- Irritado e com vontade de matar seu filho, sem ofensas – eu acabo rindo

- Pode bater mais se quiser assim me poupa o trabalho – ele fala sorrindo e eu olho assustada – Sabe Annie, sua mãe educou vocês muito bem, o melhor que pode mas convenhamos que faltou Peter apanhar mais quando pequeno – eu rio

- Quem te contou? – Eu falo

- Minerva – ele me conduzia pelos corredores e paramos na frente da sala dela, ele fala a senha que eu não entendi muito bem e entramos, ela estava nos esperando

- Boa tarde Srtª. Flint, Sr. Harrison – nós nos sentamos – tomei a liberdade de manda uma carta aos seus pais do ocorrido, felizmente eu vi tudo, estava indo para a minha sala quando Peter te parou no corredor – eu olho para meu braço, Jake percebe e puxa minha manga, tinha um roxo nele, Jake olha pasmo

- Peter fez isso? – eu não tinha visto ainda na verdade

- Acho que sim, não me pareceu nada na hora – Jake me olha, meu pai olhava com uma cara muito séria e Minerva crispava os lábios

- Tira a capa – eu tiro e Jake puxa a blusa mostrando meu ombro que estava roxo também – Desgraçado! – Jake soca o braço da cadeira, ninguém fala nada por um tempo, entendia a frustração de Jake, ver ele machucado me deixaria assim também

- Bom, sua mãe chega em alguns minutos, vamos ver o que ela vai fazer – eu olho para Yan

- Sinto muito – ele fala – Minerva acho mesmo que tem algo de errado com ele, um encantamento, não sabemos ao certo ainda, mas só pode ser isso

- Sim, ele sempre protegeu Annie – eu concordo e Jake também

- Será que quando ele enfrentou ela ele não selou o encantamento dele, assim como Annie selou o dela quando percebeu que era comigo? – Jake me olha

- Uma boa opinião – Minerva fala, minha mãe aparece na lareira com uma cara péssima

- Annie? – Ela me abraça, ela olha para Yan, que simplesmente mostra meu braço a ela, ela começa a chorar

- Sinto muito, tudo isso é culpa minha! – Yan fala se sentando

- Sim é culpa sua! – Minha mãe fala e eu olho para Jake, ele aperta minha mão – Mas vamos enfrentar isso untos, vamos descobrir o que é e se tem uma forma de controlar! – Eu concordo, ela abraça Yan que se assusta mas retribui o abraço, Minerva explica o que fez com Peter e então minha mãe pede para eu ir para a aula que ela e Yan conversariam com Peter, eu e Jake saímos

- Porque ela mandou você sair? – Jake pergunta pegando minha mochila do meu ombro, imagino que depois de ver o roxo ele achou que doesse carregar

- Sempre foi assim, quando ela ia dar uma bronca nele, por culpa exclusivamente dele ela me deixava de fora, para meio que me poupar dos xingos e berros! – Ele sorri

- Espero mesmo que Yan bata nele

- Isso só pioraria as coisas – eu falo, nós vamos para a aula, depois no jantar Peter nem me olhava, Minerva diz que minha mãe conversou com ele, somente isso – nem quero saber, é assunto dele e já estou mal o suficiente – eu falo para o pessoal

- Você está certa, não se irrita com isso, é problema dele agora – Lily fala, nós vamos para a sala comunal, nós subimos e colocamos nossos pijamas, me sento encolhida no sofá, logo só sobramos eu e o pessoal na sala, Rose estava lendo sentada no tapete embaixo de mim, Jake jogava xadrez bruxo com Albus

- Tem jogo sábado – James fala animado, eu sorrio

- Acabem com a Sonserina por mim!

- Pode deixar – James fala animado e todos concordam

- E tomem cuidado também, sabe como é né... – eu falo e eles me olham sorrindo, sempre pedia cuidado antes dos jogos

- Nossa Annie, se anima um pouco por favor estou começando a ficar deprimido! – Jake fala sorrindo

- Serio? – Eu falo assustada

- Cheque – ele fala para Albus que bufa

- Não vale, me desconcentrei com a conversa – James ridele e Lily olha rindo também

- Toda vez é isso – ela fala rindo, Jake se levanta e senta do meu lado

- Está bem? – Ele pergunta

- Não, está mesmo se sentindo mal por que estar mal – ele concorda – isso é mal

- Nossa que frase estranha – James fala descontraindo – mal, mal, mal – ele ri, nós acabamos rindo. Depois de um tempo Fred dá um grito

- Que susto – Roxy joga uma almofada nele

- GENTE, ACABEI DE LEMBRAR DE ALGO... JAAAAAAMES! -  James olha assustado -  COMO NUNCA PENSAMOS NISSO!

- No que criatura? – James fala rindo

- Sala precisa, gente! Lembra que nossos pais contam

- Sim, mas na última eles falam que virou torrada! – Scorpius fala se espreguiçando, nós olhamos rindo – o que, meu pais estava aqui nessa época esqueceram?

- Tem como esquecer? – Albus fala irônica, mas eu vejo Scorpius olhar triste

- Enfim – Fred fala – e se não virou torrada? – Nós nos olhamos

- Não pode ser, como nunca averiguamos isso! – Rose fala

- Bom não sei, mas temos que fazer isso, fim de semana! – Eu falo animada, todos concordam

- É esse o espirito! – James fala colocando a mão no centro – vamos achar essa sala! – Aos poucos colocamos as mãos no centro também

- Vamos nessa! – Fred fala animado e jogamos as mãos para cima, logo vamos dormir.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...