História Hold It against me - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Fifth Harmony
Tags Camren G!p
Exibições 343
Palavras 1.351
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P)
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ficou um pouco confuso eu acho. Mas e que eu tive que tirar algumas coisas pq senão JÁ dava pra perceber o plot da estória haha.
Boa leitura e desculpa se estiver fraco eu escrive esse Cap 60% alcoolizado.

Capítulo 3 - Você topa?


 

Minha mente tentava sair daquela situação de um jeito rápido mas n conseguia pensar em nada. Parecia que quanto mais eu pensava menos coisa tinha na minha mente. 

Okay Camila se joga no chão enquanto ele ainda está em choque e talvez ele tenha compaixão afinal eu sou tão jovem. Ele não matéria uma pessoa ou mataria? Meu deus eu cometi provavelmente o último erro da minha vida.

-Cris. - O homem em minha frente gritou e eu estremeço. Olha não é como se eu fosse uma super covarde mas digamos que eu estava longe te ter coragem pra enfrentar qualquer pessoa.

-Chamou papai?- O homem que abriu os portões do que estava sendo meu inferno pessoal adentrou e quando me avistou na sala. - O que foi pai? - Ele parecia um pouco envergonhado pelo "papai".

-Você pode chamar Lauren aqui? - Sua voz estava estranhamente calma. 

ESTARIA ELE PLANEJANDO MINHA MORTE JÁ?

-Pai ela está ocupa...- Ele foi interrompido por uma batida na messa.

-Eu mandei chamar ela não ligo para o que ela estava fazendo.

-Hm ja vou chama-la.

Sabe quando seu pau se encolhe e entra pra debaixo de sua pele? Era assim que eu estava nesse momento.

Eu me arrependia de ter transado com Lauren? Não? Mas podia ter sido por mais tempo. Triste demais essa minha vida.

A porta e aberta e uma Lauren com cabelos presos e um roupa de academia adentra o recinto. Quando ela olha para minha direção e me avista abre um sorriso lindo. Essa pode ser minha última visão então vou olhar por muito tempo.

-Filha essa mulher está falando que teve momentos íntimos com você nesse estabelecimento isso procede? -O tal de homem que não quer falar o nome diz. E novamente a calma em sua voz me dá pensar que ele já está em um proceso de planejar minha morte bem avançado.

-E verdade Papai.

LAUREN EU PENSEI QUE TINHA ROLADO UM MOMENTO COM VOCÊ.

-Okay. Eu. Estou. Tranquilo.

-Papai eu tenho vinte quatro anos eu sou bem grande pare de me tratar como se eu tivesse dez anos.

-Pelo menos ela é uma garota e garotas são amorosas e não querem apenas fazer maldades com meu bebezinho, tanto que essa coisa ai até voltou...

Ele continuou falando sozinho por um tempo. Parecia estar tentando aceitar o que tinha acontecido sem me matar. O que para mim ja era uma vitoria. AFINAL não morrer e muito legal.

- Okay. - O homem para de falar sozinho e começa a se comunicar com o exterior. - Você. -Ele aponta para mim. - espero que não pense que vai largar minha filha depois de ter disvirtuado ela.

Eu queria muito rir ja que quem tirou a pureza de meu corpo foi sua filha e não ao contrário. Mas pensei um pouco e resolvi não contrariar o senhor.

-Mike. - Lauren diz e faz uma carinha de raiva, o que a deixa 100% mais fofa. - EU tirei a inocência dela pai. - Ele arregala os olhos. - Pai e sério eu já tenho quase vinte cinco anos para de me tratar como uma criança. Eu transei com ela é ja transei com outras pessoas isso é normal.

OKAY ja percebi que meu momento com Lauren foi totalmente unilateral e que ela quer me ver sem vida.

-Eu... eu sou seu pai Lauren. - O homem que agora eu sabia que chama Mike fala e agora seu tom não era controlado e sim emocionado. Esse era um rumo que achei que não iria ser tomado hoje.

-Camila você pode nós esperar no corredor? - Lauren pergunta e toca em meu ombro. Quando senti seu cheiro eu não queria sair de seu lado, mas ai olhei para frente e vi seu pai com os olhos quase me derretendo e percebi que era melhor ficar longe,de preferência em outra cidade.

-Se você tentar fugir eu te acho, escutou? - Seu tom de voz era tão assustador ainda mas combinando com aquele olhar que senti que não iria precisar de ir no banheiro naquele dia.

Me levantei correndo e fui para o corredor. Escutei a porta ser trancada e me escorei na parede. Uma parte de mim (uma porcentagem grande) queria fugir daquele lugar e me mudar pro Canadá. Mas a outra parte sabia que se aquele homem me achasse ele não iria facilitar minha vida.

Fechei meus olhos internamente praguejando Austin, Dinah e Harry por terem me metido nesse confusão.

-Olá. - Abro meus olhos e Alexa( a pervertida do Jardim) estava muito proxima.

- Ahm olá.

Ela vestia um biquíni branco que a deixava muito gostosa meu deus. Sua mão direita foi colocada ao lado de minha cabeça e seu corpo colado ao meu.

-Pelo visto o Jauregui não te visitou ainda. - Ela diz e com a mão esquerda tira os cabelos e meu pescoço. Sua mão desde de meu pescoço até chegar em minha bunda onde um aperto forte e dado. - Nossa você é tão gostosa. Agora eu sei porque a Jauregui te deu sem cobrar.

Minha cabeça estava com a cara de raiva do senhor Mike e a cara não era as das melhores, o que significa que se ele me pegasse com Alexa me fez presentir que não era a felicidade que iria domina-lo.

-Eu não acho que isso vai dar alguma coisa boa. - Seguro em seus ombros os empurrando um pouco.

-Tem certeza. - Ele pega minha mão direita e leva até hm parte íntima, sua boca e aproxima de meu ouvido e uma mordida em meu lóbulo esquerdo foi feita. - Você tá sentindo minha boceta pra você Camila?

Sua pergunta era retorica isso era minha única certeza. Se eu estava exitada? Estava pra caralho. Eu iria fazer algo a respeito disso? Somente eu e minha mão em casa se eu sobreviver.

Eu estava em choque Alexa nada disse e apenas se retirou. Ainda tava um pouco atordoada quando a porta e aberta e apenas Lauren sai do escritório.

-Papai não vai te matar se e isso que está te deixando assim.

-Tens certeza? Ele parecia estar e controlando muito para não me matar.

-Relaxa Camila. - Lauren diz rindo e mexendo em seu cabelo que agora estava solto e um pouco rebelde. Mas não era qualquer tipo de rebeldia capilar comum, era diferente e dava um tão de individualidade. Eu tinha certeza que não iria haver ninguém com essas mesmas características de Lauren.

-Papai está chateado comigo por ter sabe transado com você. - Eu tenho certeza que estava corada. - Mas não tão chocado, graças a deus.

-Okay há que deu tudo certo pra você eu acho melhor ir embora. - Digo e tento me distanciar dela mas meu braço e segurado.

-Camila eu gostei muito do que fizermos aquele dia. Se quiser repetir. E quando eu digo repetir e agora.

-Ahm? - Eu estou tão confusa. Eu achei que seu pai iria primeramemte me matar depois te deixar pressa em uma Torre para ser intocada.

-Eu menti para meu papai e falei que nos estavamos meio que junta que só faltava oficializar. Senão você estava morta isso é certeza.

-Sabe Camila eu queria apenas transar com alguém cliente do meu pai pra deixar ele com raiva mas você se superou nesse quesito. Acho que e seu charme latino que está começando a me afetar.

Era a hora de agir. 

O Mike pai de Lauren Acha que estamos tendo um "relacionamento" Lauren me usou aparentemente para estressar seu pai. Alexa quer se envolver e um jeito safado comigo. E eu só queria dividir outro momento como o e outro dia com Lauren.

Em todos os casos Mike( que não tem nome de cara mal que pode potencialmente matar uma jovem adolescente) pode ou não cometer violencias contra minha pessoa.

Em todos os cassos aparentemente estava fodida.

Algo me dizia que tinha muitas outras coisas acontecendo e que ninguém iria me contar tão cedo.

Olhei no rosto de Lauren e porra ela é tão linda e gostosa.

-Já que estavamos ferradas que tal você ir para minha casa agora? 


Notas Finais


Desculpa se tiver um lixo mas e a vida depois eu corrijo e aproveito e faço isso nos outros.
O que vocês acham que estão escondendo da camilita?
Esse cap estava gigante de início mas eu tive q cortar mais da metade senão a fic iria acbar em um pouco mais de cinco caps só.
Muito obrigado pelos coments e os favs.
Até o próximo que so deve sair segunda por motivos q eu vou em um festival aqui da minha cidade e pretendo chapar muito me deixando impossibilitada de fazer coisa coisa. Assim q possivel a capa para a fic vai sair haha.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...