História Hold Me Tight (잡아줘) - Namjin ABO - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Alfa, Beta, Bts, Jin, Namjin, Namjoon, Ômega, Rap Monster, Seokjin, Wolves
Exibições 494
Palavras 1.854
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Pessoal!!!!! Muito obrigada pelos favoritos todos! nem imaginava que já teriam tantos <3
Desculpem os erros e boa leitura <3

Capítulo 5 - Who are you?


Fanfic / Fanfiction Hold Me Tight (잡아줘) - Namjin ABO - Capítulo 5 - Who are you?

Jin's POV

Eu corri, corri até onde não consegui mais, eu sabia onde estava indo... estava perto da minha casa do lago, onde eu sempre passava meu cio escondido de tudo e todos, porém, agora que a adrenalina estava baixando, meu ombro doía muito, latejava forte e me dava dor de cabeça, meus membros bons já não respondiam normalmente pelo meu mancar que piorou e então minha visão começa a embaçar, me sinto ofegante demais e então o ciclo se completa e eu caio duro no chão.

Acordei meio lento, senti a claridade em meus olhos e soltei um gemido frustrado

XxxX: oh, vc está acordando? -assim que ouço alguém falando comigo, eu percebo que estava deitado no ombro dessa pessoa

Não consigo nem me assustar, estava muito cansado e com muita dor em meu ombro. Então ele me encosta no muro atrás de nós e me olha, era um alfa, assim que ele se moveu eu senti seu cheiro, ele era bonito, tinha os cabelos loiros e os olhos bem puxadinhos

Jin: quem é vc? -pergunto num sussurro tentando me manter acordado

Suga: ah sim, meu nome é Min Yoongi, eu te achei deitado aqui, perdendo muito sangue e então fui atrás de ajuda... o alfa lúpus do clã que eu moro mandou uma enfermeira, mas como nem seus documentos estão com vc, ele não te deixou entrar na nossa província e bem, eu te trouxe até aqui, fiquei esperando que acordasse, pois seu cheiro pós cio ainda está meio forte e pode ter alguém mal intencionado... vc sabe -ele dá de ombros de um jeito fofo e eu sorrio

Jin: obrigado por me salvar, Yoongi, serei eternamente grato -digo ainda fraco

Suga: bem, eu posso te levar pra sua casa se quiser, meu líder disse que vc pode trazer coisas ruins pro nosso clã, então sei que ele não vai te deixar entrar... e ainda levamos sorte que o cara que mora nessa casa quase nunca aparece... nunca vi a cara dele antes e isso que eu vivo aqui, sabe...

Olho bem pro muro, não me era estranha, então eu me apoio mais no muro e vejo a casa, começo a rir e ele me olha estranho

Jin: agora vc está vendo a cara do cara que mora nessa casa, Yoongi -então ele deixa um leve sorriso escapar também- fico feliz que eu tenha conseguido chegar até aqui... -tento levantar, mas ele me impede, me pegando no colo

Suga: se vc se esforçar demais, pode acabar abrindo os pontos da sutura que foi feita... E bem, vc está péssimo, aposto que não dorme há dias por causa do seu cio -afirmo e ele sorri de lado- então ponha logo a senha nesse portão para que a gente possa entrar 

Coloco a senha e então o portão destrava e ele me leva pra dentro da casa, me colocando em minha própria cama, suspiro aliviado por ter chego nela sem mais nenhum dano físico 

Suga: durma, se sentirá melhor 

Jin: mas e vc? -pergunto preocupado- não quero que me deixe sozinho, estou com medo -digo o olhando

Suga: vc não vai ter mais nenhum surto de "quero sexo", né? -nego e ele afirma- então eu ficarei na sua sala, quando acordar, tome um banho e relaxe bem, quando estiver melhor eu vou embora, está bem? -afirmo

Jin: muito obrigado, Yoongi, não sei nem como te agradecer -sorrio sem graça

Suga: pode começar por me emprestar uma coberta para eu também descansar, já que está com meu casaco de frio -ele diz sem graça e eu olho pra mim mesmo corando rapidamente

Jin: e-eu não tinha percebido... me desculpe -digo me levantando e logo sentindo ele me segurar

Suga: o que eu disse sobre descansar? -ele adverte e volta a me deitar- deixa que eu pego, onde está

Jin: na porta de cima desse armário -aponto a porta certa e ele pega o maior edredom

Suga: estarei dormindo no seu sofá -afirmo e em segundos pego no sono

Eu dormi muito bem, acordei e era fim de tarde, soube pelo sol, eu dormi muito, considerando que era muito cedo quando eu acordei no protão de casa com Yoongi, eu devo ter passado a noite desacordado. Joguei toda a minha preguiça de lado e me levantei, peguei minhas roupas limpas e cheirosas e tomei um banho de banheira muito gostoso, na temperatura que eu gostava, quase dormi novamente, mas lembrei que Yoongi deveria estar com fome e o mínimo que eu poderia fazer seria mostrar meus dotes culinários pra ele.

Saí da banheira e me sequei já vestindo em seguida, vou até a sala e vejo ele dormindo, como disse que faria, eu devia tê-lo cansado muito fazendo ele ficar de olho em mim todo aquele tempo, chequei se ele estava bem coberto e fui pra cozinha, comecei a preparar o prato de carne que eu mais gostava e queria comer pra recuperar minhas forças

Suga: esse cheiro está maravilhoso -ele chega por trás de mim me assustando

Jin: puta que me pariu -coloco a mão no peito- que susto homem! pra que fazer isso? -ele ria, seu sorriso me encantou, ele era um alfa que fazia meu tipo ideal, além de ter cuidado de um completo estranho sem ser sua obrigação

Suga: desculpe... mas eu estou com fome -ele diz com a mão na barriga 

Jin: pode se sentar, eu já estou servindo -sorrio de lado e ele se senta já balançando as pernas por ansiedade

O sirvo e me sirvo em seguida

Suga: waaaah~ isso está maravilhoso! -sorrio- seu alfa tem muita sorte de tê-lo em casa -meu sorriso some, eu não queria lembrar daquilo

Jin: eu não tenho um alfa, Yoongi

Suga: não? -ele me olha surpreso- achei que tinha, seu corpo está todo marcado e seu pescoço está roxo, achei que estivesse marcado

Jin: não não... -suspiro triste- isso foi só um erro meu... na verdade, o pior erro que eu já cometi na vida -ele me olha confuso

Suga: e pq um erro? vc precisava de alívio, um alfa lhe deu esse alívio

Jin: bem... foi ele quem estraçalhou meu ombro desse jeito... -ele me olha assustado- pois é... tivemos alguns probleminhas e então isso aconteceu 

Suga: aigo, agora quero saber da historia toda -ele pede e eu acabo por falar tudo, já que eu também ansiava por alguém para desafabar sobre tudo o que aconteceu entre mim e Namjoon- bem, ele estava errado em te tratar mal por não querer te marcar... mas fazer xixi nas pernas dele... -ele nega com a cabeça- acho que até eu ficaria bem chateado

Jin: não consigo te imaginar bravo... vc é tão doce -ele me olha surpreso

Suga: doce? eu? -afirmo- não sou -ele diz e eu rio

Jin: é sim... e sua ômega tem muita sorte de tê-lo -dessa vez ele quem fica incomodado

Suga: eu não tenho um ômega -o olho surpreso- mas enfim, a comida estava ótima, mas eu preciso ir, marquei com um amigo de encontrá-lo em Seoul

Jin: oh, posso ir junto? tenho que dar notícias minhas à minha irmã 

Suga: eu vou de moto... e bem, seu braço não está muito bom pra isso

Jin: eu consigo! -digo quase em desespero em pensar em No Eul sozinha todos esses dias

Suga: está tão preocupado assim? -afirmo rapidamente- bem... então vamos 

 

[...]

Suga: tem certeza que podemos ir no meu amigo antes de ir na sua casa? -afirmo, no caminho eu havia explicado tudo à ele- bem então chegamos -ele estaciona e eu fico atrás dele enquanto ele bate à porta 

Namjoon: hey, Suga! achei que não viria mais! -eles se cumprimentam e meu sangue congela, me escondo ainda mais atrás dele desconfortável

Suga: eu estava cuidando de um ômega que chegou todo machucado lá perto do clã, ele desmaiou e eu não consegui deixá-lo pra trás, não é, Jin? -ele me olha e eu engulo em seco me escondendo ainda mais atrás dele- o que houve? -ele pergunta confuso e eu nego com a cabeça rápido querendo sair correndo dali- ei, calma, olha pra mim, tá tudo bem... esse aqui é o Namjoon, ele não vai te machucar

Jin: ele já machucou, Yoongi -ele me olha ainda mais confuso e Namjoon o empurra pro lado com os olhos arregalados me olhando

Namjoon: então é vc?! -ele me olha com raiva e eu me encolho- FORA DAQUI! -ele grita com a voz de alfa e eu me encolho com as mãos no ouvido

Suga: ei, ei ei! Namjoon! não precisa ser rude assim! ele já está assustado o suficiente! 

Namjoon: eu não quero esse ômega perto de mim, Yoongi, eu quero ele longe de mim! ou então o considere morto! 

Suga: oh... acho que entendi -ele olha pra mim e em seguida pra Namjoon- então foi em vc que ele mijou? -ele arregala os olhos em surprese pelo amigo saber da história e então Yoongi gargalha alto- meu deus, Nammie, que tempestade em copo d'água! vc mereceu, vai? -ele continua rindo e Namjoon me olha com ódio, eu não olhei em seu rosto em nenhum momento, mas mesmo assim me senti assustado o suficiente pra começar a chorar

Namjoon: para de rir, vai? eu estou muito puto com isso, ninguém nunca fez isso comigo antes! 

Suga: vc está com medo, não é? -de repente ele fica sério novamente- medo de que ele consiga te controlar como a Jisoo fez -ele debocha- qual é, Namjoon, releva! vc já viu o que fez no ombro dele? olha pra ele, olha como ele está assustado de só ouvir sua voz, vc traumatizou o ômega e ainda quer mais? -ele se agacha próximo a mim- venha, Jin, vou te levar até sua casa, assim sua irmã saberá cuidar de vc direito, ok? -afirmo- e mais respeito Namjoon, eu ainda sou seu hyung, então por favor

Namjoon: está defendendo esse pedaço de merda? -seco minhas lágrimas e por um momento me senti corajoso com Yoongi ali

Jin: escuta aqui, Namjoon! o único pedaço de merda que eu estou vendo aqui é vc! vc não passa de um alfa machista e mimado que sempre teve tudo o que quis na mão e por isso explode e desconta sua raiva em qualquer um que saia do seu controle! repetindo, o pedaço de merda aqui é vc! -o olho com raiva- e além do mais, vc pode até me assustar com essa sua voz de alfa, mas quanto mais eu ouço sair palavras da sua boca, mais nojo eu consigo sentir de alguém como vc, se alguém aqui deveria estar longe de mim ou morto seria vc -ele ia responder, mas Yoongi nos interrompe e me leva embora antes que Namjoon fizesse algo comigo de novo

Suga: que mancada hein? -ele ri debochado- se eu soubesse que era ele quem tinha te feito isso, eu não te levaria lá...

Jin: a culpa não é sua... quem te deve aqui sou eu... obrigado por tudo, Yoongi

Suga: eu volto pra te ver em breve -ele sorri e então liga a moto já arrancando com ela indo embora


Notas Finais


E por hoje é só!
Espero que tenham gostado!
Até logo! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...