História Hold Me Tight - VKook - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Namjin, Taekook, Vkook, Yaoi, Yoonseok
Exibições 233
Palavras 1.040
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente, me desculpem pela demora eu tive alguns probleminhas e não pode postar, tanto que eu atrasei minhas outras duas fics, sorry por isso <3

Capítulo 2 - Two


Fanfic / Fanfiction Hold Me Tight - VKook - Capítulo 2 - Two

"Aquela fora a pior época da minha vida, a época a qual eu perdi o amor da minha vida."


 

“Hey mãe

Agora você pode confiar em mim, estarei sempre ao seu lado

Hey mãe

Por você ter se doado para mim e ter sido meu suporte

Hey mãe

Agora você pode acreditar no seu filho, você pode sorrir.”


 

Sim, aquela fora a pior época da minha vida, e eu estava tão confuso com tudo, com a volta de Jungkook e sua família, eu me afastei de meus amigos, eu só queria ficar longe de tudo e todas, eu até tentei afastar minha mãe, mas eu a amo muito, seria impossível abandona-lá, e bom, pelo visto ela me ama também.

Ela às vezes é grossa e ignorante comigo, mas na maioria das vezes ela é gentil, e parece se importar comigo, e para mim isso está bom.

Eu não quero que ele voltasse. Eu não queria ter que enfrenta-lo novamente. Eu não queria ouvir o que ele disse quando ficamos sozinhos. Por que se eu fizesse isso, a minha vontade seria de não soltar ele nunca mais, e ficar beijando-o para sempre. Mas eu não posso fazer isso, eu tenho faculdade, uma vida, e muitas coisas para fazer.

- Hyung? - ele me olha enquanto eu estava pensando em coisas estranhas como sempre. - Hyung?! - ele diz mais alto e manhoso.

- Hm? - digo olhando o mesmo.

- No que estava pensando?

- Faculdade, minha mãe... - faço uma pausa. - Você...

- Como assim? - ele me olha confuso.

- Não é nada demais... - digo e logo meu telefone toca.

Quando vi de quem era soltei um longo suspiro.

- Alô?

- Tae... - escuto a voz manhosa de Hoseok.

- O que você quer Hobi? - pergunto me levantando da cama e me afastando um pouco.

- Você não pode vir me encontrar? Preciso de você agora... - escuto sua voz manhosa.

- Não posso, tenho convidados em casa. - digo me sentando na cama e observar o rosto confuso de Jungkook.

- Quem? - ele pergunta.

- Jungkook... - digo desligando o celular.

Eu não era bobo nem nada para saber que Hoseok falaria um monte sobre isso.


 

HOSEOK


 

Não acredito no que eu ouvi, quando o mesmo desligou, minha única reação foi gritar no meio da rua. Como ele pôde? Voltar assim, como se nada tivesse mudado...

- Ele não pode fazer isso, não pode...

Mordo forte meus lábios, provavelmente ficará um corte, sim, eu odiava Jeon Jungkook, por qual razão? Simplesmente por ter ido embora do nada, sem avisar ninguém, deixando Tae sozinho, e com o seu coração na mão.

Somente eu sabia das atrocidades que seu pai fazia, isso por que eu os peguei no flagra, se não Tae não teria ninguém para desabafar, e sofreria sozinho, eu me sinto mal por ele, ter que fingir que nada acontece, e ele faz muito bem, quem vê seu sorriso, jamais imaginaria o que ele sofreu e ainda sofre...

- Aish... Taehyung é mesmo um idiota...


 


 

AUTORA


 


 

Hoseok queria entender o que se passava com Taehyung, ele sabia da verdade, mas não o entendia, ele queria, pois assim, quem sabe Taehyung lhe amasse como ele o ama.

Taehyung infelizmente, jamais conseguiu esquecer Jungkook, mesmo que o mais novo não soubesse disso, dessa paixão que vinha desde o colegial, ele ainda o amava, e mesmo que ele ficasse com Hoseok, ou outros caras, ele ainda não conseguia esquecer.

Ainda não conseguia o esquecer, talvez fosse impossível, talvez ele não quisesse, talvez fosse melhor assim.

Hoseok sempre foi apaixonado por Taehyung, e talvez não tenha percebido o quanto Yoongi o amava, os olhares, os toques, o carinho que o mesmo direcionava apenas para si. Ele nunca havia percebido. Isso é tão trágico, o pobre amor de Yoongi não é correspondido, assim como o de Hoseok, e agora eles têm mais uma coisa em comum. A ferida em seus corações.

Diferente de Hoseok, Yoongi jamais irá deixar transparecer esse dor. Jamais irá dizer o quanto seu coração dói quando o mesmo vem desabafar sobre Taehyung, mas isso não importava, eles eram amigos, e Yoongi conhecia o seu lugar, e sabia que não era no coração de Hoseok, por isso nem tentava mais, diferente de Hoseok que tenta ter Taehyung, mas isso não será possível, o coração de taehyung já fora roubado há muito tempo.

 

Taehyung estava tentando prestar atenção em Jungkook, mas não queria, seria um erro, ele sabia que o mesmo poderia ir embora a qualquer momento. Ele iria deixar Taehyung novamente, e Tae não poderia permitir isso novamente, seria muito doloroso para si ter que passar por isso novamente.

Mas ele ainda estava muito feliz por tê-lo novamente ao seu lado, e era bom saber que Jungkook estava ali.

 

- Hyung? Por que não está prestando atenção no que eu falo? – ele me chama.

- Hm? O que estava dizendo? – digo guardando meu celular.

- Nada, não era nada importante. – ele diz indo para a janela do meu quarto e fica observando o movimento na rua.

 

 

 

JUNGKOOK

 

 

Depois de ser claramente ignorado mais uma vez por Taehyung foi para a janela do mesmo, fiquei ali observando as pessoas passando e os carros também, queria entender o porquê estava sendo ignorado, isso estava sendo cansativo, e também, eu já havia explicado o que tinha acontecido, e talvez ele ainda não confie em mim, não totalmente. Não sei o que eu deveria fazer para fazê-lo acreditar que eu não irei abandona-lo outra vez, e bom, eu nem sei se eu deveria fazer algo. Eu pensei que ele acreditaria em mim, mas parece que eu estava errado.

Dou um longo suspiro e apoio meu rosto em minha mão esquerda observando as pessoas passando, e logo desvio meu olhar para o céu, as estrelas estavam tão brilhante, observando dali, eu parecia tão pequeno se comparado a imensidade do céu, e de certa forma eu realmente era pequeno, tão pequeno nesse mundo tão grande.

Sinto alguém me cutucar e me viro para ver quem era imaginando quem seria.

- Minha mãe está nos chamando para jantar... – o mesmo me diz apenas assenti seguindo o mesmo em silêncio para a cozinha.


Notas Finais


Espero que gostem <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...