História Hold Me Tight - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Comedia Romantica, Drama, Escolar Superior, Sexo
Exibições 52
Palavras 946
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Dez


Fanfic / Fanfiction Hold Me Tight - Capítulo 10 - Dez




Faltava meia hora até Tae chegar e eu ainda não estava pronta... Meu quarto estava revirado com roupas espalhadas por todos os lugares e eu andava de um lado pro outro só de toalha tentando escolher uma.

- Vai com o vestido soltinho... Ele fica lindo em você! - Park disse em cima da minha cama desarrumada cerrando as unhas.

- Boa ideia... Onde ele tá?

- Jura que você vai encontrar nessa bagunça? - Park me desafiou rindo.

- Está tudo sobre controle... - falei jogando as roupas pra cima procurando pelo vestido.

- Você deu mesmo um fora no Hope? - Park perguntou.

- Não exatamente... Foi o Tae que deu o fora nele por mim!

- Vixi... É pior do que eu pensava! - Park disse rindo.

- Como assim?

- Como eu disse... Hope é um dos maiores pegadores da faculdade, ou seja, ele nunca levou um fora na vida... Deve ter sido um choque levar o fora de um cara. - Park disse pegando uma pessa de roupa minha e jogando no chão, enquanto andava de um lado pro outro procurando o tal vestido.

- Que isso... Ele vai superar! Afinal eu sou só uma garota, nada que vá fazer muita diferença na vida dele... - resmunguei com a cabeça dentro do guarda-roupas.

- Hum... Sei... E o Taehyung? - Park perguntou me fazendo olhar pra ela.

- O que tem ele?

- Você gosta dele? - ela completou me analisando. Eu não sabia responder... Ele era uma presença inevitável na minha vida agora, em todo buraco que eu ia, ele já tava lá, mas... Gostar dele? Eu não sei se é isso ainda.

- Talvez... Como amigo! - falei meio receosa.

- Amigo? - Park perguntou indignada. - Você só gosta dele como amigo?

- Eu não sei ta... Talvez, eu precise de mais um tempo pra descobrir... - falei olhando pro nada.

- Pois descubra logo... Porque, pelo que eu vejo com meus dois olhinhos é que ele gosta de você! - Park falou se levantando da cama. - Vou começar a me arrumar... Boa sorte com o seu namorado! - ela disse em tom de deboche e eu joguei a coisa que estava na minha mão nela, minha chinela. Park saiu do quarto rindo e eu fiquei sentada no chão, no meio daquelas roupas pensando no Tae... Balancei a cabeça. "Porque eu tô pensando no Tae?" Me levantei. "Ele só me perturba..." Então como se fosse inconsciente eu comecei a sorrir. E não conseguia mais parar. Ate que alguém abre a porta do meu quarto de novo.
- Seu namorado chegou! - Park disse animada. E eu me levantei rápido.

- O que? Ma-Manda ele esperar... - falei nervosa.

- E eu tenho escolha? Você ainda tá só de toalha... - ela falou rindo. - Veste qualquer coisa e desce.

- Tá, tá... - Park saiu do quarto de novo me deixando sozinha. Comecei a procurar o vestido com mais vontade e achei. Ele estava no canto que eu tinha revirado já três vezes e não tinha visto... Revirei os olhos e fui me vestir correndo. O vestido era florido e curto... Era uma gracinha.
Aí a parte mais difícil que era meu cabelo... Mas resolvi que iria deixar solto, as ondas castanhas dele iam fazer o resto. A maquiagem, fiz uma coisa rápida e fraca. Acho que não demorei muito, foi o meu Record!
Desci as escadas correndo e avistei Tae sentado no sofá. Ele estava sorrindo, mas assim que me viu o sorriso dele sumiu e ele se levantou de uma vez.
Ele não disse nada, só ficou me encarando com uma cara meio abobada.

- Tá olhando o que? - perguntei ficando com vergonha já. Tae balançou a cabeça e riu.

- Fracamente... Você exagerou! - ele disse vindo mais para perto de mim.

- O q-que?

- Como espera que eu reaja com você vestida assim na minha frente? - ele disse chegando mais perto e me abraçando forte. Então ele suspirou forte no meu ombro. - Eu não sabia que você podia ficar mas bonita do que já era... Me impressionei...

- Olha só você falando coisas estranhas de novo... - falei rindo sentindo meu rosto queimar. Tae se afastou de mim e ficou me olhando.

- É... Mas mesmo assim você se atrasou, eu disse que vinha te buscar as 7, não dava pra se arrumar mais cedo? Agora vamos ficar pouco tempo lá... - ele disse indignado pegando na minha mão e me puxando para fora de casa.

- Onde exatamente é lá? - perguntei enquanto era puxada.

- Você vai ver... - Tae disse rindo malicioso.

- PARK, TO SAINDO! - gritei em direção ao quarto dela.

- DIVIRTAM-SE, USEM CAMISINHA! - ela gritou de volta das escadas e Tae riu. Eu arregalei os olhos.

- PA-PARK! - a repreendi envergonhada.

- PODE DEIXAR, PARK! ATÉ A FESTA! - Tae gritou de volta pra ela e ouvi ela soltar uma gargalhada. Saímos do apartamento com Tae rindo e eu com a cara mais vermelha do mundo.

- Vocês são especialistas em me deixar com vergonha... - falei quando entrava no carro com o Tae.

- É porque você fica muito fofa quando ta com vergonha! - Tae falou apertando minhas bochechas. Eu o olhei sem ânimo e ele riu.

- Então, pra onde vamos? - perguntei sem demonstrar que estava ansiosa.

- É surpresa!

- E se você me seqüestrar? - falei o olhando suspeita.

- Possa ser que eu faça isso... Ou... Possa ser que não. - ele disse num tom malicioso e ligou o carro.

(...)



🌼🌼🌼🌼🌼🌼🌼🌼🌼🌼🌼🌼🌼🌼
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...