História Hold me tight - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Personagens Originais
Visualizações 37
Palavras 832
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello!
Sim, sim, mas uma One.
Não consigo me segurar hahah.
Espero que gostem.

Aviso: tentativa de suicídio/ automutilação

Boa leitura!

Capítulo 1 - Hold me tight


Fanfic / Fanfiction Hold me tight - Capítulo 1 - Hold me tight


Você se sentou, a faca em uma mão e o frasco de comprimidos na outra.

O sangue escorria de seus pulsos. Você pensou naquilo como a maneira de acabar com toda a dor emocional que tinha dentro de você.

— Ninguém iria sentir falta de mim, de qualquer maneira. -  Você disse a si mesmo. - Nem mesmo meus próprios pais.

Você se lembrava de todas as vezes que seus pais lhe chamaram de "inútil" ou "Decepcionante", o que fez você chorar ainda mais ainda. Você abriu o frasco de comprimidos e olhou para o balcão que tinha um copo de água em cima.

— Ei, eu só vim para...-  Seu vizinho, Hoseok entrou em seu apartamento assim que você estava prestes a engolir as pílulas.

Sua mandíbula atingiu o chão, bem como tudo o que ele estava segurando. Você e Hobi se tornaram amigos muito bons no ano passado, então você se sentiu confortável com ele apenas entrando em seu apartamento, sem sequer bater ou coisa assim.

Você tinha esquecido que você pediu que ele viesse para consertar sua TV.

— O que você está fazendo?! -  Ele imediatamente correu para o armário e pegou uma toalha, molhando-a e limpando-a em seu pulso.

Ele então descobriu o remédio que você estava segurando e tirou de suas mãos.

— Hobi, você não precisa...

— Pare com isso. O que você acha que está fazendo? - Lágrimas começaram a formar em seus olhos.

"Por que ele se importa tanto?" Você pensou para si mesmo.

— Hoseok, eu não agüento mais. Eu tentei ser forte para lidar e superar as coisas, mas eu simplesmente não posso. Eu sou uma decepção e eu sou inútil. 

— Você está louca? Você é o oposto completo de uma decepção e você está longe de ser inútil.

— Ninguém iria sentir falta de mim de qualquer maneira. - Ele lhe deu o que alguns chamariam de um " olhar de morte. "

— Eu. 

Você riu e revirou seus olhos.

— Sou apenas a garota da porta ao lado, Hobi.

— Sim, a garota da porta ao lado a qual eu tive sentimentos desde que ela se mudou. Para ser honesto, eu nem sei como consertar uma TV. Eu vim só para falar com você e eu estava planejando te chamar para jantar. Me escuta, eu me apaixonei por você e caí forte. Eu preciso de você na minha vida e ninguém vai tomar o seu lugar. Eu quero você aqui comigo. Você! Eu nem quero pensar na minha vida sem você nela.

Seu cérebro demorou um minuto para registrar suas palavras, mas quando isso aconteceu, você não pôde deixar de chorar. Alguém realmente seria devastado se você não estivesse viva. Ele inclinou a cabeça para cima e plantou um pequeno beijo suave em seus lábios.

— Precisamos levá-la para um hospital. -  Ele começou a se levantar, mas você agarrou seu braço rapidamente.

— Sem hospitais. Eu não quero ser admitido numa ala psiquiátrica.

Ele podia entender isso.

— Você tem um kit de primeiros socorros, certo?

  Você balançou a cabeça e apontou para um pequeno armário logo acima de sua pia. Ele a tirou e começou a vasculhar, puxando gaze e fita adesiva. Ele tomou seu braço.

— Eu posso? - Você balançou a cabeça. Ele envolveu a gaze em torno de seu pulso que antes estava cheio de sangue e prendeu com segurança em seu braço. Ele então pegou você e levou você para o seu sofá, delicadamente deitando a ali.

— Você está com fome? - Você balançou a cabeça

— Não.

— Você comeu alguma coisa hoje? Novamente, você balançou a cabeça "não".

— Então eu vou fazer algo para você. Você não pode ficar com o estômago vazio.

— Por que você está fazendo tudo isso por mim? -  Ele se virou e lhe deu um pequeno sorriso.

— Amor à primeira vista, linda. -  Você sentiu seu rosto ficar quente quando ele foi te preparar algo para comer.

Não demorou muito tempo, depois que você comeu que você começou a se sentir cansado. Você se deitou no colo de Hobi, fechando os olhos e ouvindo a TV.

— Você pode ir para casa se quiser

Você poderia dizer que ele também estava ficando cansado.

— Eu não vou deixar você, eu quero ter certeza que você está bem.

— Eu vou dormir no sofá, você pode pegar minha cama.

— Com certeza, não! - Ele mexeu você um pouco para que ele pudesse deitar ao seu lado, puxando um cobertor cobrindo ambos. - Não vou, ok?

— Ok.

Ele envolveu seus braços em torno de você e te deu um beijo na bochecha. Começou a acariciar seu cabelo e cantar-lhe uma canção, que você conheceu como uma da banda. Aquilo foi o suficiente para você fechar os olhos mais uma vez, escutando o som reconfortante de sua voz e entrando em um sono tranqüilo, sentindo-se muito mais seguro nos braços de Hoseok


Notas Finais


Então, bom? Ruim?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...