História Hold my hand - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Caleb Rivers, Hanna Marin
Tags Caleb Rivers, Haleb, Hanna Marin, Pretty Little Liars, Rosewood, Tyshley
Exibições 50
Palavras 375
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Vocês estavam loucas por um cap novo, então tá aí!

Capítulo 17 - No matter the time


Fanfic / Fanfiction Hold my hand - Capítulo 17 - No matter the time

Eu terminei de ler a carta e meu corpo inteiro estava tremulo. Minhas bochechas coradas e molhadas com as lágrimas que insistiam em continuar caindo. Peguei o meu celular, mal conseguindo segura-lo. Disquei o número dele. Chamaram uma, duas, três vezes. Eu olhei o horário. Eu deveria desligar. Era meia noite. O telefone chamou mais uma vez e logo depois ouvi a sua voz, que no mesmo momento me fez suspirar, aliviada. Fiquei em silêncio, eu havia ligado, mas sem saber o que falar. Eu não precisava dizer nada, eu só queria ouvir a sua voz e o abraçar.
-Imagino que deve ter lido a carta que deixei pra você. -a voz dele estava rouca, eu devia ter o acordado. Eu estava sorrindo como uma boba e imaginava que ele estava assim também.
-Eu li. Eu amo você, Caleb. Eu..eu apenas estou confusa com tudo isso. Foram seis anos, nós nos distanciamos muito...
-Ei, não precisa se explicar -ele disse com a voz calma e suspirou- Eu posso ir aí te ver?
-Agora? Já é tarde, eu devo ter acordado você, pode descansar.
-Tudo o que eu mais quero agora é te abraçar, Hanna. Não importa o horário, eu quero estar aí com você.
 Ele desligou o telefone e eu me sentei no sofá, olhando para a porta, a campainha tocou e abri correndo, olhei em seus olhos e ele me abraçou com toda a força, sorrindo e me levantando do chão. Encostei minha cabeça em seu ombro, sorrindo feito boba. Ele me colocou de volta no chão e colou o seu corpo no meu, segurou na minha cintura e me beijou. Eu retribui com vontade, intensamente. Fechei a porta, ele foi me beijando, enquanto eu o guiava para o sofá, esbarrando em algumas coisas que cairam. Ele me deitou no sofá e ficou por cima de mim, continuando com os beijos que tiravam o meu fôlego. Suas mãos percorreram todo o meu corpo, arrepiando-o inteiro. Tirei a sua camiseta, com desejo. Eu estava morrendo de saudades dele, por inteiro. Eu o amava e não queria perder mais um segundo. Eu precisava dele, precisava daquele corpo colado no meu, me deixando com calor, dizendo que me amava e que seremos só nós dois. Pra sempre.


Notas Finais


Não esqueçam de comentar, dar as estrelinhas e colocar nos favs se gostar da fanfic! ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...