História Hold my Heart - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Hospital, Kate, Luna, Mel
Exibições 27
Palavras 677
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Brotei com uma nova fic

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Hold my Heart - Capítulo 1 - Prólogo

Kate On

 - Pai, qual é a desse desespero todo? 

- Você está sendo transferida pra sede original do hospital 

- E daí? 

- Você só tem 19 anos, e só está trabalhando na sua área a 3 meses, e já ganhou uma vaga na equipe principal. 

- Ué, mas isso é bom, não? Isso prova que eu tenho capacidade pra ser uma boa médica. 

- Mesmo assim filha.... 

- Mãe, manda o papai parar ser surtar. 

- Charles Wilson Danvers pare surtar, você deveria estar orgulhoso de sua filha. 

- Mas Querida... 

- Mas nada. 

Minha família é tanto complicada, apesar do meu pai ser o Chefe da família, ele obedece todas as ordens de minha mãe, minha mãe é Amélia Danvers dona de uma das maiores empresas e ateliers de moda, conhecida internacionalmente, meu pai por outro lado é dono de uma empresa que gerência hotéis, imóveis, e também uma fábrica de carros, e no caso eu não quis seguir nenhum dos dois lados, sempre fui muito aplicada quanto aos estudos, e aos 12 anos me formei no ensino médio, e logo decidi fazer faculdade de medicina, 3 meses atrás eu me formei e logo fui trabalhar no hospital Price, mas há algumas semanas o próprio diretor do Hospital me convidou pra sede principal, semana passada completei 19 anos, e meus pais de aniversário me deram um apartamento e um carro, meio exagerado eu sei, e nessa semana eu irei começar a trabalhar lá, estou me mudando pro apartamento, que fica no Hotel W. Danvers, ou seja propriedade da minha família, há dois apartamentos na cobertura, um deles é meu, isso será cansativo, e parte do pânico do meu pai é por isso até porque quem me deu o apartamento foi minha mãe. 

- Querida eu até aceito ela trabalhar lá, mas contanto que ela more aqui. 

- Pare de Frescura, ela já tem 19 anos, ela já está criando asas e você quer ficar na cola dela, daqui a pouco ela vai estar namorando alguém e vai precisar do próprio espaço pessoal. 

- N-N-Namorando alguém????? Não vou deixar que ninguém tome a mão da minha filha sem permissão. 

- Pai não preciso que alguém tome a minha mão, preciso que alguém tome o meu coração, bom já vou indo meu apartamento há ta pronto e as malas já chegaram lá, tchau qualquer dia venho visitar.

- Como assim tomar o seu coração??? Saí de casa ouvindo meu pai desesperando, ele com certeza é um pai coruja. 

Kate Off

Luna On

Pi...Pi...Pi Desligo o relógio e logo me levanto. 

- LUNA - escuto minha irmã me chamando. 

- Luna, você ficou sabendo... 

- Bata na porta antes de entrar no quarto de alguém. 

- Aff, então ficou sabendo que vai entrar uma nova médica no hospital, na área de Neurologia e ela só tem 19 anos. 

- E você já está interessada na pessoa que nem conhece. 

- Eu estou na faculdade de Psicologia e tenho 18 anos, ela se formou cedo e com honras em Neurologia, e tem 19 anos, não vai ser um casal perfeito.

- Não existe casal perfeito Melissa. 

- Mel, okay, Melissa não, papai me chama de Melissa e tenho nojo dele por preconceituoso. 

- Mel, não seja idiota, não existe casal perfeito nem amor, pare de ser trouxa. 

- Nossa, tá mais pra onde vai com essa roupa? 

- Começo hoje à participar da equipe principal de Cardiologia, e hoje eu volto pro meu apartamento seu aniversário já passou, não tenho mais motivos pra ficar nesta casa. 

- Oh, olhe para mim, eu sou a Luna, tenho um apartamento próprio, e tenho uma vaga na equipe principal da minha área. 

- Não seja uma peste.

- Nossa, tá Tchau tô indo pra faculdade, se não chego a atrasada.

- Tchau.

Essa piralha não muda, mas um neurologista de 19 anos, com certeza é algo raro hoje em dia, como será que ela é?? De qualquer forma não verei ela tão cedo já que ela é da área de Neurologia



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...