História Hold On - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Magcon, The Fosters
Personagens Aaron Carpenter, Brandon Foster, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Dillon Rupp, Hayes Grier, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Jesus Foster, Kian Lawley, Lena Adams, Mahogany LOX, Mariana Foster, Matthew Espinosa, Nash Grier, Sammy Wilkinson, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Jacob Whitesides, Mahogany Lox, Matthew Espinosa, Nash Grier, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Visualizações 59
Palavras 2.061
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 32 - You don't know Cameron.


Fanfic / Fanfiction Hold On - Capítulo 32 - You don't know Cameron.

Continuação...

Yasmine ON.

– Que verdade?- pergunto sem entender, olho para eles.

– Também não sei!- Matthew disse

Camila olhou para Nanda que parecia assustada, repeti novamente a pergunta, tem algo ali que eu quero saber, porque eu sinto que tem.

– Ela está grávida!- Camila disse

– QUE?- Matthew perguntou

– COMO ASSIM? É DO JAKE?- ela assentiu

Oi? Como assim a Camila solta essa bomba desse jeito? Eu não como reagir. Matthew a abraçou e disse que não sabia se dava parabéns, afinal aquele não era o momento certo. Mas não havia momento certo, afinal minha melhor amiga de 17 anos está gravida e era de um cara que fez aposta idiota.

– Cara eu sei que não é um momento bom, mas eu vou ser madrinha gente!

– Opa, cheguei primeiro!- Camila disse e ela sorriu

Ajudamos ela levantar tiramos a areia que tinha nela, disse que vim para conversar com ela.

– Ela vai comer primeiro!- Matthew disse

Yasmine OF.

 

Recompus-me, fomos até a Quickly Ice, os meninos vieram até aqui, eu disse que não queria falar mais sobre isso, eles aceitaram e pedimos uns waffles e milk-shake. Ficamos um mais um tempo lá até ter que voltar para a escola eu não queria, mas não podia faltar, Marianna, Jesus estudam lá e poderiam contar a minha mãe.   Todos estavam pagando e saindo, fiquei mais para trás com Camila e Yasmine.

– Como ele soube?

– Eu não sei

– Ele estava muito irritado-Yasmine disse

 – Ele estava, gritou comigo e disse que eu precisava abortar e se eu contasse para alguém ele me matava junto com o bebê- digo.

– O Jake te ameaçou Fernanda? ELE FAZ O FILHO E NÃO QUER ARCAR COM AS CONSEQUENCIAS?- Camila disse nervosa

– Fala mais baixo e sim, mas de mim ninguém vai saber- digo

– Mas sua barriga vai crescer e ai?

– Quando começar a crescer eu dou um jeito- digo

...

As aulas pareciam uma eternidade, quando deu o sinal eu sai da aula para fora da escola, Marianna e Jesus iam embora com Sammy e eu ia até a assistente social. Yasmine disse que podia me buscar caso eu quisesse, mas não quero atrapalhar ela. Assim que sai vi o Carro de Cameron lá na frente, ele sorriu e fui até ele.

– Eai Milla- ele disse e me abraçou- está bem?

– Na real não! – digo e ele me olha e vejo Jake saindo da escola e Stephannie sorrindo

– Matthew me disse o que aconteceu hoje, com o Jake!- Cameron disse, mas eu temia sobre o que ele disse.

– Nem quero comentar

– Tudo bem. Quando quiser você sabe – Cameron disse e assenti.

– O que você faz aqui? – pergunto

– Eu vim te buscar, vamos sair um pouco!

– Desculpa Cam, não vou poder. – digo

– Porque?

– Tenho que ir conversar com o assistente social

– É sobre seus pais?

– Na verdade não sei, mas deve ser sobre meus pais biológicos.

– Quer que eu vá contigo?

– Não precisa, mas poderia me deixar lá?

– Claro e faço questão de ir com você!

Entrei, coloquei o cinto e Cameron dirigiu até lá. No caminho eu ia olhando meu celular temia do que o Matthew poderia ter dito ao Cameron, eu estava com medo. Quando notei que em meu celular havia várias ligações de Brandon e de Marianna, resolvi mandar mensagem para eles.

“O que aconteceu? Para que estão me ligando? xxNanda

Cameron me distraiu até chegarmos ao lugar onde minha mãe havia passado, descemos do carro logo entrando, fui até a secretária que me atendeu e me mandou esperar. Não demorou nem 5 minutos logo apareceu uma senhora me chamando, fui até lá e Cameron disse que iria me esperar lá e eu entrei em uma sala onde essa senhora sentou atrás de uma mesa e mandou me sentar em uma cadeira a sua frente.

– Milla Fernanda Byerly Wilkinson?! Eu sou Marie, sou assistente social.

– Sim, mas pode me chamar só de Milla ou Nanda.

– Então Milla, você sabe o porquê está aqui?

– Lena disse que a senhora me chamou para conversar.

– Sim, mas estou aqui para falar sobre o que você estava procurando- Ela disse pegando uma pasta – Sobre seus pais biológicos, você soube que os achou?  

– Eu soube e disse que aceitaria conhece-los.

– Isso! Mas no momento...

– Eles não querem me conhecer é isso né?!- digo olhando para baixo

– Não é isso que está pensando...

– É sim, eu sei!- digo com algumas lágrimas que insistiram em cair

– Desculpa a demora!- Lena disse entrando na sala e corri para abraça-la – Vai ficar tudo bem.

Quando me acalmei, olhei para a senhora Marie.

– Olha ela ainda não pode responder, pois sua mãe está fora do país e seu pai não sabemos.

– Você sabe o que aconteceu comigo para meus pais terem me abandonado?

– Olha querida, única coisa que sabemos é sua mãe assinou os papeis da adoção.

– Eu preciso sair- digo e me levantei correndo e sai da sala.

Vi Cameron sai andando rápido ate a porta que dava para o estacionamento e Cameron foi atrás de mim me chamando e logo segurou meu braço e eu o abracei chorando muito.

– Vai ficar tudo bem- Cameron me dizia e eu chorava

– Ela não quer me conhecer- digo chorando

– Com certeza ela está perdendo em te conhecer- Cameron disse e olhei para ele – Mas e seu pai?

– Eu não sei, eles nem sabem sobre meu pai.

– Se quiser podemos tentar descobrir sobre sua família-Cameron disse

– Milla, precisamos conversar!- Lena disse

– Eu não quero falar sobre o que aconteceu lá dentro- digo firme

– Não é sobre isso- Lena disse, Cameron me olhou assentindo dei um beijo em sua bochecha e segui até o carro junto com Lena.

Assim que entramos no carro Lena liga o carro dirigindo.

– Brandon me ligou mais cedo dizendo que ficou sabendo que você estava passando mal na escola, porque não se alimentou. Liguei lá e me confirmaram dizendo que você havia passado mal e que estava vomitando!

– Lena, eu tenho me alimentado. Foi só o cheiro forte do coração de boi de hoje!

– Vou ter que te examinar para ver como você está, porque ultimamente noto que não tem comido bem e Marianna disse que você tem passado mal!

– Eu estou bem mãe e prometo me alimentar melhor

– Mas do mesmo jeito você vai fazer uns exames comigo!

– Eu disse que estou bem e não quero fazer exame-digo firme e Lena para no sinal me olhando – Só estou passando por um momento difícil, como eu disse Jake e eu brigamos quando voltei de Los Angeles.- voltou a dirigir

– E foi começar a andar com esse Cameron que começou a ficar assim!

– Você não conhece o Cameron e saiba que ele me ajudou demais em todos os momentos que eu passei- digo- assim como todos ali.

– Milla ok, não quero discutir com você- Lena disse- Assim que chegar em casa a senhorita vai se alimentar e se souber que está passando mal novamente iremos ter que marcar de fazer os exames estamos entendidas? –Lena disse e assenti

Jake Austin ON.

Assim que as aulas acabaram, acabei encontrando Stephannie que já veio me enchendo o saco sobre Milla e quando estávamos saindo da escola notei-a conversando com Cameron Dallas, um carinha idiota que se formou e que Milla era apaixonada. 

Eu estava em um hotel barato com Stephannie.

– Mais rápido!- Stephannie dizia enquanto eu investia mais forte, até que chegamos ao nosso ápice e ela caiu sobre mim. Ficamos um tempo assim até eu retomar o folego e empurrei-a para eu me levantar. – Aí Jake!

– Me deixa Stephannie!- digo colocando minha Box

– O que foi que está assim?- Stephannie diz atrás de mim enquanto eu vestia minhas calças.

– Tudo isso já deu! Eu já ganhei a aposta e você recebeu sua parte - digo colocando minha blusa enquanto Stephannie me olhava indignada.

– Uma parte- Stephannie disse- Mas Jake...

– Mas nada.

– Eu não vou sair perdendo nisso! – Stephannie disse nervosa

– Não me procure mais- digo irritado peguei meu dinheiro deixei lá e sai a deixando lá

Dirigi o mais rápido para casa, só conseguia pensar nessa gravidez da Milla. Ninguém poderia ficar sabendo, se Stephannie soubesse ela iria acabar com Milla, comigo, com essa aposta e mancharia o nome da minha família. Se dependesse de mim Milla nunca iria ter esse filho e Stephannie nunca iria saber dessa história.

Jake Austin OF.

 

Assim que cheguei em casa, eu comi algo que minha mãe preparou, mandei mensagem ao Brandon dizendo que eu estava me alimentando e perguntando como que ele soube, mas já imaginava quem seria, Alexia.  Assim que subi para meu quarto vi Marianna na cama.

– Me desculpa por contar- Marianna disse

– Tudo bem- digo e coloco minha mochila em minha cama

– Você estava assim porque não estava se alimentando? Sabe quantas doenças você poderia começar a ter?

– Marianna, eu sei tá?! Mas estou me alimentando.

– Se precisar de algo sabe onde me encontrar né?- assenti

Sei o quanto as pessoas estão achando que estou com problemas de alimentação, falando que me devo alimentar entre varias coisas e até que isso era bom, afinal, não desconfiavam que estivesse com problemas maiores que alimentação e sim GRAVIDEZ.

[...]

Quarta-feira.

 

A escola havia se passado muito rápido, afinal eu fiz uma prova surpresa de Calculo, acho que fui até que razoável e tinha duas aulas que eu amava música e fotografia. Fotografia tiramos fotos no colégio em duplas, eu com Stassie e Camila fez com Yasmine. Na aula de Música estávamos aprendendo umas musicas aleatória, mas na real todas essas aulas passaram tão rápidas porque acho que estava com boas companhias, lógico que tinhas aquelas ruins, mas não me importava. Eu estava de bom humor e nada iria mudar isso.

Já havia voltado da escola, comi algo e fui trocar de roupa, coloquei uma legging e um top preto, coloquei meu tênis e desci.

– Vai onde assim?- Jesus perguntou

– Na academia com as meninas!- digo pegando minha garrafinha e colocando água.

– Posso ir com você?- Jesus perguntou

– Tanto faz- digo

– Vou trocar de roupa- Jesus diz e eu assinto.

Marianna estava treinando para sua peça de teatro, então ela se dedicava horas lá treinando, montando o cenário... Jesus acabou descendo trocado e fomos andando até a academia que não ficava longe. Assim que chegamos lá, Jesus foi fazer seu treino e eu encontrei Camila e Eric lá.

– Oi Camis e Eric!

– Oi Nanda – eles disseram juntos

– Cadê a Yas?

– Atrasada como sempre!

– Olá meninas, vamos treinar?- o professor diz

– Falta a Yasmine!- digo

– Vamos começar sem ela!- reclamamos, mas o nosso treinador era bem durão.

Começamos a nos aquecer, logo depois começamos a fazer nossa série, não demorou para Yasmine chegar e o professor manda-la para treinar. Nós três treinávamos sempre juntas, mas mês passado com essa volta a aula acabamos nem indo treinar mais, mas Yasmine iria voltar a treinar tênis e sua mãe ficou dizendo que ela ganhou uns quilinhos então a mandou voltar a treinar e ela consequentemente voltou a nos arrastar.  Assim que terminamos a série, fomos até o espelho, fizemos nossa pose e Yasmine tirou uma foto nossa (capa).

Depois fomos com Eric e Jesus tomar um shake e voltamos cada um para sua casa. Assim que cheguei fui tomar um banho e coloquei logo meu pijama afinal não iria sair. Assim que entrei no quarto notei Marianna meio mal.

– Marianna está tudo bem?

– Está!

– Não parece- digo me sentando em minha cama

– Eu só estou indisposta- Marianna disse e se levantou saindo do quarto.

Eu deitei em minha cama olhando para o teto, comecei a pensar sobre minha vida. Eu comecei a pensar o porquê minha mãe não me quis?  Se meu pai está vivo? Se ele sabe de minha existência?  Tantas pessoas que vem dessa vida de adoção não pegam famílias boas e mesmo sabendo que a minha escondeu isso de mim durante muitos anos de minha vida, eu sou muito feliz de cair com eles. Tenho uma mãe e um pai que fazem de TUDO por mim e pelos meus irmãos, que mesmo com a vida corrida deles, eles sempre voltam para casa, levam a gente para a escola, vão a reuniões, algumas festas... 

Depois de tudo que eles fizeram por mim, o que eu fiz com eles? Engravidei aos meus 17 anos, por uma aposta e de um garoto que ameaçou me matar e matar a criança que está dentro de mim.  


Notas Finais


queria saber a opinião de vocês , é importante para mim !

Se quiserem criticar , ou elogiar, ou mandar uma ideia :
• comentem pf !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...