História Hold the Door - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 18
Palavras 429
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Saga, Suspense

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Vamo lá, JOOJ!

Capítulo 6 - Matamos alguém!!!


-Por que? -pergunta Enzo -Agora que ganhamos ajuda, você quer sair? Está ficando louco?

-Vocês estão? -sem resposta deles -Parece. Desde quando um homem quarentão que oferece um lugar no fundo de sua van sem janelas é uma fonte de boas intenções? Parece que  não estamos vivendo no mesmo mundo. Esse cara pode querer nos estuprar, ou sequestrar! Não sei você, mas eu quero sair.

Nesse momento, sentimos a van parar. Uma brusca freada nos faz ir para frente, e depois voltar o corpo para onde estava. O pequeno espaço de carga, que antes abrigava quatro jovens falantes e felizes, agora é  o lar da tensão e apreensão desses jovens. Passo um bilhete para Enzo, que repassa para Vinicius, e deste para Higor. "Quando ele abrir, chutamos com toda força.".Mensagem enviada com sucesso. Assim que o homem abre a porta, que era no estilo francesa, quatro pés adolescentes o acertam no rosto, no peito, no braço e na cintura.

O homem cai para trás, bufando, sem ar. Antes que ele recupere a consciência, corro até a porta da van e entro, fazendo sinal para eles fazerem o mesmo. Em milésimos de segundos eles se entreolham e entram no pequeno espaço que ates estavam, e dou partida na van, enquanto que o homem tenta nos alcançar correndo.

-Mais rápido, Kaiky! -grita Vinicius, desesperado -Ele está nos alcançando!

-Estou tentando -respondo, aflito -Não alcanço o acelerador! Ou acelero ou olha para onde vamos!

-Acelere, então!

Resolvo atender o pedido, e me esforço para pisar no acelerador. A questão não era que eu não via nada da estrada, mas o volante ficava na frente, então não via muita coisa, e perdia o controle constantemente. Após acelerar, a van perde o controle e entra no mato. Só me dou conta quando, pelo retrovisor, vejo o homem colocando as mãos na cabeça, e parando. Então, tiro o pé e olho para onde estou indo, e me desespero também. Após ficar alguns segundos com a van sem direção, piso no freio e puxo o freio de mão, fazendo-a parar bruscamente. 

Então, o homem volta á nos perseguir, e rapidamente olho embaixo dos banco, e encontro uma pá. Pego-a e abro a porta  silenciosamente. Os três correm, e Higor tropeça sem e cai, fazendo o homem ir pegá-lo. Ele o alcança antes que pudesse reagir, e começa á enforcá-lo violentamente. Enquanto Enzo volta para ajudar, vou por trás do mato, da maneira mais silenciosa possível, e, por trás do homem, o acerto na cabeça, fazendo-o largar Higor, (que agora estava roxo), e cair no chão, morto.


Notas Finais


Será mesmo, meus broders?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...