História Holland Sparks: A Profecia - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Annabeth Chase, Grover Underwood, Hades, Hefesto, Percy Jackson, Personagens Originais, Quíron, Thalia Grace
Tags Original, Percy Jackson, Pjo, Romance
Exibições 11
Palavras 552
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hello,
It'me.
Sorry, eu sei que demorei, mas aproveitem!

Capítulo 16 - Washington


Fanfic / Fanfiction Holland Sparks: A Profecia - Capítulo 16 - Washington

Holland:

Após terminar de arrumar nossas coisa e nos despedir de meus pais, seguimos para a estrada com o carro de minha mãe, mas prometi devolver o mesmo inteiro e sem arranhões quando essa jornada acabar. Então aqui estamos nós, escutando música eletrônica enquanto Grover dirige pela rodovia na direção de Washington.

(...)

Após nosso motorista quase nos matar cochilando no volante, paramos num hotel de beira de estrada qualquer e descansamos saindo novamente no dia seguinte pela manhã, até que não foi tão difícil, pois denotamos apenas dois dias para chegar na cidade, mas ficamos um bom tempo tentando achar uma vaga para estacionar.

_ Nenhuma pessoa vê que precisamos salvar o mundo? - pergunta Grover meio irritado e encontra uma perto de uma cafeteria. - Finalmente.

_ Pare de reclamar e vamos logo. - diz Dan saindo do veículo e se espreguiçando na calçada.

_ Essa é a capital... Que legal. - digo impressionada ao avistar ao longe a Casa Branca.

_ Nunca tinha vindo aqui não? - pergunta Thalia.

_ Nunca tinha saído da cidade, então... - respondo surpreendendo a todos.

Andamos pelas calçadas até um correio e fico confusa, mas quando as letras do letreiro mudam de repente, entendo que estamos no lugar certo. Entro com os mesmos e um sino soa pelo ambiente que cheirava a coisa velha, mas identifico o cara atrás do balcão, pois nos meus aniversários ele sempre aparecia com um presente novo.

_ Oi Henry! - sorrio me aproximando dele.

_ Olá pequena, se bem que você cresceu... - ele olha o resto do pessoal. - Vejo que já sabe de tudo, né?

_ Vocês se conhecem? - pergunta todos menos Dan ao mesmo tempo.

_ Claro! Ele sempre ia nos meus aniversários com um presente legal, minha mãe falou que ele era meu padrinho, então não via problema. - respondo.

_ Na verdade Holland... Meu nome verdadeiro é Hermes e sou um Deus Mensageiro. - diz com tranquilidade. - E os presentes eram de seu pai.

_ Ah. Mas você pelo menos chutou a bunda dele? - pergunto com um pouco de raiva.

_ Não, ainda sou jovem para o tártaro. - diz e rimos. - Venham, já fui informado do que está acontecendo e precisaram de certas coisas.

O seguimos para a parte de trás do local e me surpreende com o tamanho do "correio", tinha tantas esteiras e caixas, além de super encomendas. Um funcionário entrega nas suas mãos um cajado com duas cobras de prata envoltas nela, mas ele muda sua roupa e o cajado começa a falar discutindo uma cobra com a outra me fazendo rir.

Ele coloca o cajado para "pesquisar" sobre os métodos de irmos para o mundo inferior e voltar com segurança enquanto nos dá alguns apetrechos que segundo ele: "Irão ajudá-los nesta missão.", bem, não tinha como dizer não e estava me divertindo sentindo como se fosse personagem de um desenho de espião.

Depois de algum tempo e finalmente obter as nossas respostas sobre a localização fomos para a cafeteria. Todos pedimos a mesma coisa, acho que era néctar, não me lembro direito, mas era muito bom, tipo, muito bom mesmo. Sentamos em uma das mesinhas e sorrio com o clima agradável que fica ali entre nós, uma paz profunda e excelente para pensar...


Notas Finais


Desculpa o cap ser pequeno mas o tempo é curto.
😘😘😘

Me.

P. S.: Quero saber a opinião de vocês!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...