História Hollys Koppi - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~Hoseokaum

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Baby Boy, Daddy, Daddy Kink, Namjin, Vmin, Yoonseok
Exibições 499
Palavras 1.035
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olha só essas delicinhas de favoritos 💖💖💖😘😘
Esse capítulo combina bem com o nome huehuehuehue
Ta curtinho mas esperamos que vocês gostem 🙈

Capítulo 2 - Pão de Mel


Fanfic / Fanfiction Hollys Koppi - Capítulo 2 - Pão de Mel

- ... Então você com cuidado faz assim e assim. – pude ouvir a voz de Hoseok assim que entrei no Hollys Koppi. Ele estava treinando Taehyung, o novo funcionário da cafeteria. Assim que me viu deixou a bisnaga de glacê a qual confeitava um cupcake, e veio até mim. – Bom dia hyung! Chegou cedo hoje.

- Sim, vim ajudar vocês a abrirem a loja. Estava muito entediado em casa. – ri fraco. Já fazia algumas noites que eu não conseguia dormir direito.

- Hyung, bom dia! – um Taehyung sorridente se juntou a nós dois. 

- Bom dia Tae. – retribuí o gesto. – Estava aprendendo a decorar os bolinhos? – ele assentiu, com um bico nos lábios. – Não é tão difícil quanto parece. Vem, vou te ensinar uma técnica minha. – o garoto se encheu de alegria.

Taehyung havia sido contratado há dois dias, ele tinha muita vontade de aprender, e pegava o jeito das coisas rapidamente para alguém recém-chegado no mundo dos Baby Boys. Ele havia ganhado um concurso que eu promovera no Tumblr, e após ver o quão fofo ele era, não pude deixar de me encantar ainda mais por ele. 

- Estava pensando em fazer cupcakes com a massa vermelha para o próximo encontro, hyung. – Hoseok observava-me ensinando o mais novo a não tremer tanto no momento da decoração do pequeno bolo.

- Com o glace branco e gliter? – ele assentiu. – Vai ficar maravilhoso. Se colocarmos as toalhas de mesa num tom rosa bem claro, vai combinar perfeitamente.  – lhe sorri.

Conheci Hoseok nos primórdios da minha ascensão como Baby Boy. Mesmo sendo alguns anos mais jovem, ele entrara nesse mundo pouco após o meu ingresso, e não demorou para que fizéssemos amizade –ainda que virtualmente-, e quando contei a ele minha ideia de fundar o Hollys Koppi, ele adorou, e aceitou o convite de trabalhar comigo no mesmo instante que eu o fizera.

- Hyung, já fiz a lista de convidados do próximo encontro, e também separei o perfil dos interessados em começar a participar do mesmo. Coloquei as duas listas em cima da sua mesa, depois dá uma olhada. – se levantou, em busca de uma flanela para limpar o balcão.

- Certo Hobi, obrigado. – Taehyung agora fazia suas tentativas, me surpreendendo com a habilidade recém-descoberta do garoto. – Muito bem, Tae! Pegou o jeito tão rápido.. – alisei seus cabelos, vendo um delicado tom rosado impregnar suas bochechas. – Hobi, você viu algum cara que seja um potencial Daddy? – me virei, observando o garoto que agora limpava as mesas.

- Vi sim, se não me engano, o nome dele é Park Jimin. Ele trabalha no enorme prédio espelhado na rua da frente. – ele deixou o pano de lado, sumindo escritório a dentro, voltando com uma folha em mãos. – Aqui, hyung. Ele é bem bonito. – Hobi deixou um daqueles sorrisos maravilhosos escapar. 

- Está interessado, Hobi? – perguntei num tom de brincadeira. – Faz tempo que você não se encontra com alguém, não acha que está na hora de voltar a ter um Daddy? 

- Você sabe como é, hyung... Muito difícil encontrar algum que não queira somente saciar fetiches. – ele tinha um olhar triste, e eu sabia que ele estava se lembrando de seu ex. – Então, não. Não estou interessado, mas acho que ele combinaria com você, hyung. – sorriu novamente e piscou.

- Será? – ri comigo mesmo. – E você, Tae? O que acha desse aqui? – lhe mostrei a folha, que havia uma foto anexada com um clip.

- Wow, ele é bonito mesmo! – havia deixado a bisnaga de lado. – Concordo com o Hobi hyung, ele combina com você, hyung. – sorria fofo.

- Quem sabe... Coloque-o na lista, Hobi. – lhe entreguei a folha.

- Certo, hyung. Vou mandar um e-mail formalizando o convite. – e dito isso, ele sumiu novamente para dentro do escritório.

Voltei minha atenção para Taehyung, que confeitava os últimos cupcakes que seriam comercializados aqui naquele dia. 

A Hollys Koppi era aberta a todos durante os dias da semana, e por ser localizada no centro de Seoul, era sempre movimentada. Os encontros aconteciam aos sábados, geralmente. Nesses dias específicos, o acesso era privado, restrito aos que possuíam nome na lista, apenas.

Talvez eu devesse tentar me relacionar com alguém de novo, e talvez Park Jimin fosse um bom pretendente. 

Teria continuado a pensar sobre, se Hoseok não tivesse voltado com os olhos maiores que os de um ocidental.

- Hyung. Ele quer trazer um... amigo. 

 

POV Namjoon
 

Estava no meu escritório que ficava na Dogok- ro, não tinha muito tempo em que havia assumido a empresa da família, já que meu appa não tinha mais disposição para este mundo dos negócios. Meu escritório ficava no 11º andar, o prédio não era não grande, mas era o suficiente para mim, já que tínhamos outras filiais por toda a Coreia e Japão e eu não precisávamos de nada grande, afinal só com uma sala e um computador conseguia levar aquela empresa pra frente.

Lia alguns papéis sobre uma nova aquisição de um pequeno prédio que ficava ao sul de Gangdong- gu, onde seria a nossa próxima loja de cosméticos. Reparei quando meu irmão entrou afobado na sala, ele trabalhava comigo, mas fazia parte da equipe de marketing, já que ele era ótimo em se auto promover desde criança, sempre conseguindo tudo o que queria.

- Hyung, hyung, hyung. – ele falava abanando as mãos na minha cara me tirando dos meus pensamentos.

- O que foi pequena pimenta? – eu sabia o quanto ele odiava aquele apelido e era por isso mesmo que eu usava.

- Aish hyung... Mas enfim, espero que não tenha nada marcado pro final de semana, pois já temos compromisso. – ele saltitava feito uma gazela em frente a minha mesa.

- Compromisso aonde Jimin? Você sabe que eu prefiro ficar em casa...

- Baby boys hyung, lindos e fofos baby boys… - Os seus pequenos olhos brilhavam em excitação, e droga, aquele menino conhecia meus pontos francos e o maior deles com era certeza delicados meninos de cinta-liga e bochechas rosadas.


Notas Finais


Não consegui segurar a piada com a pimentinha do Jimin, desculpas xjiajsoajsiajajsushus
Está sendo delicioso escrever essa fanfic e esperamos que vocês gostem tanto quanto nós 💟

Obs. Dogok- ro é uma avenida em Gangnam e Gangdong- gu é um bairro em seul.



Anyon 🤗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...