História Homophobic + namjin - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Bangtan Boys, Ciumes, Homofobia, Medicina, Namjin, Universidade
Exibições 455
Palavras 789
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Chapter Seven


*SEOKJIN*

Ele desligou a ligação na minha cara e bloqueou meu número. Fui até a Universidade fechar meu ano.

Jung su: Pense bem, seokjin. Você esta cometendo bobagem!

Seokjin: Eu sei o que quero, é isso que eu quero!

Jung su: Namjoon sabe da sua decisão?

Seokjin: Ele não se importa!

Jung su: É isso que você quer?

Seokjin: Sim!

Jung su: Assine aqui!

Seokjin: Pronto!

Jung su: Se um dia você quiser voltar, é só vim aqui!

Seokjin: Sentirei saudades, até mais!

Voltei para minha casa, peguei a minha pequena mala, tranquei a porta e saí sem olhar para trás.

Eu estava indo para Gwacheon, faz muito tempo que eu não vou para lá, nunca mais falei com os meus pais, mas nem vou falar com eles, é complicado.

Já era a noite, já tinha chegado em Gwacheon e estava na minha antiga casa, tive que falar com o Hyun Shik para pegar a chave da minha casa, não foi fácil por que ele achava que eu não era o Kim seokjin, eu não mudei tanto desde os 15 anos...

Deixei minhas coisas no meu quarto e fui tomar banho, depois de um longo banho me vesti e fui no mercado comprar comida, estava morrendo de fome. Paguei a senhorita do caixa e fui embora!

Cheguei em casa novamente e fiz naengmyeon para comer, coloquei em um prato e fui assistir Televisão, não tinha nada interessante, que chato!

Lavei a louça, escovei meus dentes e fui dormir.

*dia seguinte*

Me levantei da cama e fui tomar banho e fazer minhas higiene matinal. Tomei café e sai para andar pelas ruas e lembrar da minha infância, estava tão concentrando andando pela rua e lembrando do passado que nem percebi que meu celular tocava.

Seokjin: Alô?

Jimin: Onde você se meteu caralho?!

Eu comecei a rir com o desespero de jimin!

Jimin: eu não estou achando graça seokjin, onde você se meteu?

Seokjin: Eu estou bem, isso que importa!

Jimin: Você some e nem quer falar para onde foi, fala logo!

Seokjin: Eu precisei sair por um tempo!

Jimin: Para que sair? sua casa é aqui!

Seokjin: ....

Jimin: Você volta amanhã né?

Seokjin: Não, vou ficar aqui por um tempo!

Jimin: Tudo bem me mantenha informado, tchau!

Seokjin: Tchau!

Desliguei o telefone e me sentei em um banco de uma praça e fiquei olhando umas crianças brincando. voltei a andar pela cidade, aqui era um tédio mas era tão bom estar aqui e relembrar o passado, obviamente as coisas boas que ocorreram aqui mas também era impossível não lembrar das ruins.

*Flashback*
   
lá estava eu, no último andar da escola sentado junto de kyung, ele tentava me consolar.

Kyung: Me conte o que aconteceu, se quiser é claro!

Seokjin: Meus pais, eles disseram...

Kyung: Seokjin respira!

Seokjin: Meus pais disseram que não me aceitariam como eu sou e que eu estou morto para eles. Eu me odeio!

Kyung: hey, não se odeie por isso!

Seokjin: como não me odiar? eles são tudo que eu tenho!

Kyung: Você tem a mim!

Seokjin: Mas você vai se afastar, todos fazem isso!

Kyung: Eu não sou todos seokjin!

Seokjin: Mas....

Ele não deixou eu continuar e me beijou, o beijo era calmo e envolvia paixão e carinho, ele acariciava meu rosto durante o beijo fazendo minhas bochecha queimarem de vergonha.

Kyung: Eu te amo seokjin, Não fale coisas sem sentindo isso me faz querer  te beijar!

Seokjin: Então me beije!

parei de relembrar e nem percebia que eu sorria, kyung foi meu primeiro amor, as pessoas dizem que o primeiro a gente não esquece mas eu acho que isso não é verdade, será que kyung ainda mora por aqui? faz muito tempo que não o vejo!

Já que é para voltar ao passado eu fui para minha antiga escola, entrei e tive várias lembranças, eu andava distraído e esbarrei em alguém e sentindo algo extremamente quente cair em minha mão me fazendo gritar.

??: Me Desculpe eu não te vi!

disse o bom homem passando um pano em minha mão, eu observa o seu rosto, eu o reconhecia ou apenas ja tinha o visto!

Seokjin: Eu tenho a leve impressão que te conheço, qual seu nome!

??: kyung!

Seokjin: Sabia que era você, você mudou muito, não te reconheci!

Kyung: SEOKJIN?

Seokjin: Sim, sou eu!

Kyung: Não acredito, você não mudou muita coisa na verdade, nada!

Seokjin: Assim você me ofende!

Kyung: Não é minha intenção haha, como você está?

Seokjin: Eu estou bem e você?

Kyung: bem, obrigado!

Seokjin: virou Prazer... Digo, professor?

Kyung: Virei sim, é bom dar aula!

Ficamos alguns minutos conversando mas ele teve que voltar mas marcamos de tomar um café na minha casa um dia desses.


Notas Finais


naengmyeon= macarrão frio. O capítulo ficou muito grande. o que acham dessa volta do kyung? COF COF não deixem ele estragar o shipp COF COF


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...