História Honest - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Romance
Visualizações 3
Palavras 618
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Luta, Romance e Novela, Saga
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 30 - Semana das portas abertas


-Se  um Unicórnio apostar uma corrida com um dragão, quem chega primeiro? –Rafa perguntou no banco do passageiro

                -Provavelmente o unicórnio- Victória respondeu

                -Você acha? - A menina confirmou com a cabeça- E você Mel?

                -O que? – Perguntei confusa

                -O unicórnio ganharia do dragão? –Perguntou olhando para trás

                -Acho que não- respondi, contrariando a ruiva

                -A massa do dragão é muito maior que a do unicórnio, o que o deixaria em menor aceleração- A ruiva explicou tranquilamente

                -Verdade- Rafa falou colocando a mão no queixo

                E em cerca de dois segundos o carro foi estacionado, assim me fazendo pular para fora.

                -Mel! –Victória me chamou e eu olhei para trás- Seu trabalho- Ela veio correndo ao meu encontro- Boa aula! –Me disse sorrindo e entregando o trabalho

                -Obrigada- Respondi seca pegando e voltei a andar

               

 

 

 

 

                -Mel! - Tom me chamou- A Vic deixou a jaqueta dela no carro da Alice quinta, você pode devolver?

                -Ãhn, você não pode fazer isso?

                -Claro, só pensei que ia ser mais fácil...- Ele respondeu estranhando

                -Ah, deixa, eu entrego- Falei

                -Aconteceu alguma coisa?

                -Não, relaxa- Respondi pegando a jaqueta da sua mão e sai andando tentando não pensar na Victória e no Alex

 

 

                -... E quando estiverem saindo da sala, quero os projetos em cima da minha mesa, por favor senhores- Sr. Perez pedia assim que o ultimo sinal bateu

                Eu esperei sentada até a sala começar a esvaziar e guardei o me material, sendo a última aluna a sair. Deixei o desenho em cima da mesa do Sr. Perez, percebendo que o olhar dele se revezava entre o desenho e eu, me dando um leve medo.

                -Melissa- Escutei Clarisse me chamar

                -Clarisse? – Olhei assustada, parando no meio do corredor- O que você está fazendo aqui?

                -Semana das portas abertas- Ela disse como se fosse obvio- A escola trouxe nós e temos mais 1 hora, a menos que tenhamos carona para a casa

                -Certo- Respondi- Qual a próxima que você quer assistir?

                - Na verdade, eu já vi as que me interessavam

                -Ah- Respondi entendendo- Você quer carona

                -Nossa, como você pode deduzir isso? Logo da sua irmãzinha- Ela disse fazendo cara de cachorro abandonado- Mas já que você ofereceu carona, eu aceito

                -Vamos então- Eu disse indo na frente- Deu uma olhada em qual?

                -Eu olhei jornalismo, gostei, mas amanhã eu vou olhar psicologia no outro campus

                -É uma boa- Concordei- Se quiser carona, passa na turma da Alice e pede para ela

                - Certo

                -Quer que eu pergunte para ela? –Me ofereci, olhando para ela, enquanto saiamos do prédio

                -Seria incrível- Clary respondeu sorrindo

                -Hey! –Alex me chamou, ele se apoiava na moto dele, que estava estacionada na entrada do prédio de Artes

                -Ah, oi Alex- Eu disse para o moreno

                -Prazer Alex! –Ele disse estendendo a mão para a minha irmã, que retribuiu o comprimento do menino- E você é?

                -Eu sou a irmã da Melissa, Clarisse- Ela disse e ele me olhou

                -Ah, sim! –Ele respondeu, improvisando a melhor reação possível- Não sabia que você vinha para a semana das portas abertas

                -Nem eu- Eu falei olhando o moreno

                -Eu esqueci de avisar a Mel- Ela disse dando os ombros

                -A gente tem que ir- Eu disse puxando a Clary

                -Claro, foi um prazer Clarisse- Alex falou subindo na moto

                -O prazer foi meu- Ela disse e fez um tchauzinho para o moreno, que colocava o capacete

                -Melissa, eu falo com você mais tarde- Ele falou dando partida na moto

                -Certo- Falei e segui para o carro

                -De onde você conhece o motoqueiro? – Clarisse me perguntou

                -Aqui do campus- Menti

                -Acho que se tiver mais caras como ele, eu vou ficar com jornalismo mesmo-Disse, me fazendo rir

                -Certo



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...