História Honour or Love (Jikook/ Kookmin) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, V
Tags Jikook, Jimin, Jungkook, Taehyung, Vkook, Vmin
Exibições 153
Palavras 1.778
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oláaaa. Eu sumo mais eu volto. Então, o cap está pequeno pois eu estou super ultra hiper mega ega master blaster doente e amanhã tem aula-e talvez quase com 100% eu não vá-. Estou um tanto ocupada também..mas está aí. Boa leitura!!

Capítulo 10 - Talvez


Fanfic / Fanfiction Honour or Love (Jikook/ Kookmin) - Capítulo 10 - Talvez

Eu me sentia estranho em relação a esse novo amigo do Jungkook. Não sei...Ele me parecia estranho. Ou eu que sou muito ciumento? Não importa, eu não gostei dele e eu sendo mais velho sei mais do que ele...ou tento saber. Levantei da cama durante a madrugada com esses pensamentos na cabeça. Me digiri até a cozinha para beber um copo d'água, eu precisava esquecer esse novo incomodo, digo, novo amigo. Mas foi a pior idéia que eu tive durante o dia e a noite..Jungkook estava acordado, conversando com alguém as TRÊS horas da MANHÃ! E óbvio, que era errado e eu iria ficar para ouvir. E o melhor era que o idiota falava por viva-voz.

-Mas, Hobi..você não tem que dormir?
-Tenho, mas prefiro ficar acordado com você
-Para de ser fofo comigo..eu vou me apaixonar-Ele dizia rindo. Meu pau pra ele. Pra eles dois..não. Só pro Kook!
-Pode se apaixonar. Eu não quebro seu coração não, querido
-Aish, para, Hoseok!
-Mas você é muito fofo..
-JUNG HOSEOK PARA!
-Não grita. Vai acordar seu irmão, Doonie-DOONIE? ESSE ERA O MEU APELIDO, PORRA.
-Quando estou com você meio que esqueço das coisas...você é muito legal, Hyung-Hoseok riu.
-Eu sou bem chato na verdade
-Não é
-Falando em não..não é hora de criança dormir?
-Cala a boca!
-Respeita seu Hyung e vai dormir
-Tá, tá. Você é chato sim. Pode parar.
-Falei...Jungkook?
-Euzinho
-Você...você..a gente se conhece a um tempo, certo?
-Corretíssimo
-E..você...me vê como um melhor amigo?
-Hoseok, porra. Fala logo..quer saber se eu gosto de você ou se você gosta de mim?
-Sim..isso...
-Fala então
-Eu..go-gosto de você. Por isso vivia adiando nosso encontro para nos conhecermos..
-Por que não disse antes?
-Eu tinha medo
-Medo..do que?
-De você gostar de outra pessoa..
-É...eu acho que gosto..mas não sei. Quem disse que essa pessoa não pode ser ou passar a ser você?
-Sé-sério? Não brinque comigo
-Não estou. Acha que eu seria capaz disso? Logo eu um ser tao fofo e adorável?
-E metido
-Calado..enfim. Você gosta mesmo de mim?
-Sim..podemos nos encontrar para falarmos melhor amanhã?
-Claro..quero muito saber mais sobre isso-Ah, não quer não
-Obrigado...que horas?
-Deixe-me ver...as 14:30?
-Ótimo. Onde?

Ah, você não vai mesmo a esse encontro. Eu andei rápido até o fio do WiFi, rezando para ser call do WhatsAPP e cortei o fio com uma faca. A internet caiu na hora. Só pude ouvir Jungkook dizendo: "Puta que pariu" e um lindo "eu vou te matar, Jimin". Era bom mesmo ele saber que fui eu.  Mas nada me impedia de bancar o sonso.

-Kook... Que gritaria é essa? Me acordou-Ele se virou lentamente e me olhou com certo ódio. Eu quis rir. Mas não poderia.
-Não seja sonso
-Sonso.. Eu?  Nunca, meu amor.
-Você cortou a droga do fio da internet
-Eu?  Por que eu faria isso?
-Por causa do Hoya Smile... Seria ciúmes? -Eu?  Com ciúmes daquilo.. Faça-me o favor
-Já não bastam os meus problemas. A morte da mamãe, você me confundindo... Ainda tem isso?
-Eu confundido você?  Com o que?-Sorri surpreso
-Com.. Com... Com o foda-se. Por que fed isso?
-Desculpa. Eu fui infantil e fiquei desesperado. Não quero você gostando de outro cara
-PARK JIMIN. EU GOSTO DE QUEM EU QUISER
-KOOK.. NÃO, VOCÊ É ME
-EU NÃO SOU SEU.. EU.. Eu.. Eu não.. Posso-Ele disse olhando para os lados
-Por que não quer
-Claro que não
-Então quer dizer que você quer?
-Sim.. Não.. Eu não.. Jimin, não me atrapalha com o Hoseok.
-Não vou.. Só não venha chorar no meu morno, quando se decepcionar por ele não ser o que espera, ou por não ser melhor que eu
-Quem te garante que você é melhor que ele?-Eu andei até sua direção e fiquei o encarando de perto. Fazendo com que o mesmo corasse.. Ficasse vermelho.
-É.. Me diz você. Por que corou? Ele deve ser melhor que eu, não?
-De-deve, claro.  Você não é o Deus do mundo, Jimin
-Vamos ver se ele é melhor que eu então!

Eu sentei no colo dele e o beijei de forma intensa, mas calma. Explorei todo o canto de sua boca enquanto a língua dele dançava com a minha. Se ele não queria, por que sempre me deixava beijá-lo?  Não que eu esteja reclamando, é muito bom que ele deixe, mas isso está me irritando.. Acho que.. Talvez eu o deixe mesmo. Nem eu sei mais, só sei que o amo e que isso e machuca muito a cada dia que passa. Eu tornei o beijo mais intenso puxando os cabelos dele com força e o mesmo arranhou meu pescoço.

-Me-me mostra então como você é melhor que ele
-Não sei se eu quero
-P-por favor-Fiquei surpreso.. Será que ele estava começando a ceder ou era só sexo para ele
-Não sei.. Vai ficar com o Hoseok
-Ji-Jimin.. Por favor.. Eu preciso
-Eu precisei durante anos-Eu dizia enquanto chupava seu pescoço com força e pressionava a língua durante a s chupadas, fazendo ele gemer-Mas você.. Não queria e não quer
-Eu.. Que-quero
-O que?
-Transar com você-Sabia.. Ele tinha meu amor e coração.. Já dele, eu só tinha o corpo e o desejo. Que injustiça, porra.
-Jeon Jungkook! Sabia que eu odeio isso?-Eu rasguei a blusa dele com força
-Isso o que?-Ele disse surpreso enquanto eu chupava todo seu tronco até o cós da bermuda.
-Você.. Só me usa pra satisfazer seus desejos sexuais.. E o pior é que eu gosto.
-Sinto muito-Ele dizia enquanto eu tirava sua calça e cueca juntas
-Eu também
-Pe-pelo que?
-Por isso-Eu virei ele de costas e penetrei meu membro fundo e forte. Indo violentamente o fazendo gritar de dor e choramingar.

A cada estocada eu ia com muito mais força, fazendo com que o corpo dele fosse bruscamente jogado para frente. Eu estava descontando toda minha raiva nele.

-Você é tão gostoso.. Eu.. Fico tão excitado. Mas quando lembro que você só quer isso.. Dá raiva!-Eu estoquei forte atingindo seu ponto fraco, fazendo ele gritar muito alto.

Então passei a atingir só ali. Ele gemia descontroladamente. Eu peguei seu membro e comecei a masturba-lo de forma intensa. Logo ele se desfez na minha mão e eu sorri.  Estoquei mais seis vezes até que eu gozasse dentro dele e e joguei no sofá ofegante.

-Eu sou..  Melhor... Que.. Esse. Ho-Hoseok-Ele não disse nada. Apenas ficou recuperando o ar olhando pro teto.

Eu deixei isso pra lá e fui me vestir. Assim que acabei, vi que ele havia feito o mesmo e tornamos a nos deitar no sofá. Eu olhei para ele e notei que o mesmo estava chorando. A gente havia acabado de ter uma rapidinha.. Por que ele chorava?

-Jungkook?… Que foi?  Não chora.. Droga, filho da puta!-Eu o deitei sobre meu peito e fiquei fazendo cafuné.
-Minha vida, Chim…ela é uma merda
-Não.. Você tem a mim
-Mas.. Não é certo
-Kook…de novo isso?  Não acha que cansa?
-É, Jimin. Não acha que cansa?  Ter um filho da puta gostoso atrás de você, que se confessou sem medo e, você não ir atrás dele por causa do seu próprio irmão? Sendo que ele namora um amigo seu e vocês cometeram traição? Como acha que eu me sinto? E.. A mamãe morreu e você nem mostra que se importa..
-Eu me importo sim, ok? Eu não demonstro pois prometi a mim mesmo que me mostraria forte para você. Para você poder passar por isso, sabendo que estou aqui. Pois mesmo que não goste.. Ainda somos irmãos e eu estarei aqui pra você sempre. Mesmo que me odeie.. Mesmo que eu odeie isso.
-Desculpa.. Eu estou.. Confuso. Não sei o que fazer.
-Tudo bem-Eu exitei bastante, mas lhe dei um selinho bem demorado e sorri acariciando o rosto dele.
-Volte a dormir.. Por que acordou?
-Pesadelo com a mamãe
-Anjo.. Ela... Morreu, ok? Ela não vai voltar. Não é a mamãe. É um demônio, eu acho. Não intendo dessas coisas, mas se te faz mal não é bom, ok? Tenta esquecer isso. Quer dormir comigo?
-Sim.. Por que está com minha blusa?
-Preguiça de por uma calça
-Idiota.. Me leva?
-Levo!-Eu o peguei no colo e o fiquei encarando bem de perto. Até ele corar.
-Para-Ele desviou o olhar e eu ri.
-Vou dar um jeito na nossa situação, eu juro que você será meu!-Eu lhe dei um selinho longo.
-O QUE ESTÁ HAVENDO?-Era Tae entrando com duas malas na mão. Que ele faz aqui as quatro da manhã.

Eu separei o beijo correndo e o olhei nervoso. Eu estava de costas para a porta…será que ele viu algo?

-O Doonie dormiu e fui levá-lo para cama-Olhei nervoso para Kook e o mesmo fingia dormir. Ótimo, ele é esperto.
-Não quero insinuar nada…mas parecia que estavam se beijando
-Beijando ele?  Kim Taehyung.. Ele é meu irmão. Meu dongsaeng.. Eu o beijei sim, foi um beijo na testa. Como sabe que eu sempre faço quando o ponho para dormir
-Desculpa…é que o pai de vocês mandou  mensagens a quase uma hora e não responderam
-A internet caiu....
-Ah, sim. Ele voltou e me pediu ajuda com as malas
-Pra que se são só as dele?
-Não são não. Ele está com uma mulher
-Uma mulher? Ele.. Ele é louco? Ele não pode-Eu dizia quase gritando.
-Vai acordar ele. Calma. Vá dormir.. Amanhã você resolve tudo isso melhor.. São quatro da manhã. Ok? Quero que saiba que estarei aqui sempre.
-Tudo bem, obrigado, meu amor-Ele veio até mim e me deu um selinho demorado.
-Não tem nada. Descansa... -Ele deixou as malas na sala e se foi.

Eu subi para meu quarto e deitei ele na cama. Antes de me deitar eu o observei. Ele era tão delicado e frágil.. Merecia cuidado. Cuidado que só eu poderia dar, nenhum Hoseok nem nenhuma outra pessoa poderia dar a ele o que eu tenho: o amor verdadeiro e forte.. Pois eu sim o amo de verdade, com tudo que há em mim. Finalmente eu me deitei e o mesmo me abraçou, como quando éramos crianças.

-Você ainda é meu irmão, Chim.. E eu te amo-Ele disse antes de apagar.
-Também te amo. E prometo fazer com que você possa me amar como quer..

Jimin'S POV off

-Não foi o suficiente.. Não achei o que eu queria
-Eu estou tentando.. Saia amanhã as quatro horas. Melhor, eu te ligo na hora.
-Tudo bem.. Faça seu trabalho bem feito, senão...
-Eu já sei, porra. Já sei.. Ainda sou seu Hyung. Me respeita
-Tudo bem, foi mal, Chato-Um riso pode-se ouvir do outro lado da linha.
-Tudo indica que vai ocorrer mais cedo do que pensa.
-Assim eu espero……


Notas Finais


Atéee o próximo!
Beijos, morangos e abraços. * ---- *


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...