História Hope of tomorrow - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Linkin Park
Personagens Brad Delson, Chester Bennington, Dave Farrell, Joe Hahn, Mike Shinoda, Rob Bourdon
Visualizações 29
Palavras 849
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Harem, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Minha única maneira de superar tudo o que aconteceu nesses dias foi escrever uma fanfic que me fizesse lembrar do meu grande ídolo.
Nessa fanfic eu não apoio uso de drogas e nem a violência.
Fiquem bem.
Pra sempre Chester Bennington.

Capítulo 1 - Welcome to my life


Ayra's pov on

Me joguei do lado contrário de Chester na cama suada e ofegante e tentando normalizar a minha respiração após mais uma de nossas transas matinais. Olhei para o lado e Chester me observava com um cigarro entre os lábios com um sorriso fraco. Me chamo Ayra Zahi mas vocês devem me conhecer apenas como diretora de marketing do linkin park e atual namorada de Chester Bennington, tudo começou com um encontro entre mim e Mike Shinodda para produzir algumas imagens para um de seus raps e então minha vida deu uma tremenda reviravolta, quem diria que a filha de um comerciante indiano com uma mãe brasileira estaria ganhando o mundo com uma banda de rock.

-Você por acaso marcou algum compromisso pra gente hoje? - Chester perguntou se levantando nu pelo o quarto enquanto abria a cortina do hotel em qual estávamos.

-Não senhor Bennington, mais isso não quer dizer que temos trabalho a fazer. Temos que fazer a passagem de som para o show de amanhã. - Falei também me levantando seguindo em direção ao banheiro onde entrei direto para o box para tomar um banho.

Eu mexia no computador enquanto esperava Chester terminar de fazer uma ligação para irmos tomar café com os outros meninos. 

-Você precisa se desligar um pouco Ay, não sai nunca desse computador - Chester falou me puxando da cadeira e dando um beijo no topo da minha cabeça. 

Dei um sorriso e ele selou nossos lábios por um momento, eu tinha sorte de ter alguém tão atencioso na minha vida como Chaz. Nossa história começou no meio de um turbilhão de emoções que ele vivia após seu divorcio com Talinda o que gerou duas tentativas de suicídio da parte dele. Eu o ajudava como amiga porém com o tempo era impossível não se apaixonar por aquele ser humano e foi assim que eu tomei atitude do nosso primeiro beijo e ele me levou para o alto de uma montanha para me pedir em namoro um mês depois.

Saímos do quarto e eu esperávamos o elevador de mãos dadas, assim que parou no nosso andar e as portas se abriram surgiu duas mulheres com vestidos curtos e que na hora que viram Chester sorriram como nunca, ja era acostumada com coisas do tipo.

-Você e o cantor do Linkin park - A loira dos olhos azuis perguntou com um grande sorriso nos lábios e Chester apenas confirmou com a cabeça e as duas começaram a falar entre elas.

-Você por acaso pode nos dar um autógrafo - A ruiva mais alta perguntou e Chester apertou os olhos para enxerga-la pois estava sem óculos.

-Claro, passem na minha mesa mais tarde- Ele falou e então descemos do elevador em direção ao restaurante.

Ele andava um pouco rápido para não ser interrompido novamente eu sabia que ele gostava de sossego pela a manhã e evitada qualquer tipo de contato.

Assim que chegamos na mesa ja vimos todos os meninos comendo e rindo na mesa, cumprimentamos todos e logo chegou um prato com panquecas para Chester e uma salada de frutas para mim.

-Nem precisamos caçar a marca nova que a Ay deixou no Chester hoje, olha o chupão que ele está no peito. -Brad falou rindo apontando para a camisa gola V de Ches que tinha uma mancha roxa. 

-Vocês ficam com inveja porque não tem uma namorada que gosta de sexo igual a minha - Ele falou com as sombrancelhas levantadas e eu escondi o rosto com vergonha.

-Não sei como não apareceu um neném até hoje com o ritmo de vocês - Phoenix falou empurrando meu ombro rindo.

-Estamos trabalhando bastante pra isso -Chester falou beijando meu rosto vermelho de vergonha. 

-Eu voto pra Ayra dar um pé na bunda do Chester pra ele ter inspiração para o novo album - Mike falou e todos riram e Chester apenas levantando o dedo do meio para todos.

Passamos um tempo comendo, as duas fans foram até a mesa e praticamente se jogaram em cima dos meninos. Eu estava deitada na cama enquanto Chester tocava violão criando uma melodia, então eu vi ela largar o violão com brutalidade no chão e seguir para a sala da suíte onde eu ouvi um vidro se quebrando, levantei rapidamente e corri até a sala onde vi ele sentado no chão tendo uma de suas crises de ansiedade que tanto lutávamos controlar durante aqueles meses.

-Amor tenta se controlar eu estou aqui com você - Falei abraçando seu corpo enquanto ele tremia e respirava com dificuldade.

Comecei a fazer carinho em seu rosto enquanto ele tentava se acalmar eu cantava uma música qualquer e ele tinha olhos fechados.

-Me desculpe te fazer passar por isso - Ele falou com a voz rouca e baixa.

-Não precisa agradecer amor, respira e se acalma eu estou aqui - Falei e ele assentiu segurando minhas mãos e assim que ele voltou nos fomos descansar um pouco.

Chester era um turbilhão de emoções e sua cabeça era totalmente instável mas para mim nada importava, eu queria apenas ver ele sorrindo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...