História Hopeless Fountain Kingdom - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 6
Palavras 640
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desesperança não é um lugar,que não passa de um estado de mentira.Ficaremos bem se continuarmos assim.

Capítulo 2 - Don't Play


Fanfic / Fanfiction Hopeless Fountain Kingdom - Capítulo 2 - Don't Play

Eu acordo,faço minha rotina diária,tomo café,troco de roupa,vou pegar o primeiro ônibus,ao chegar no primeiro ponto,escuto algumas mulheres falando do acontecimento de ontem

Mulheres-você viu aquilo?que diretora é aquela que deixa até um ladrão entrar em sua escola?

Eu ainda estava muito perplexo com o que tinha acontecido.O ônibus chega,vou mais uma vez pra o segundo ponto,lá encontro Roberta e Yasha.

Matheus-Yasha?o que você tá fazendo aqui?

Yasha-Fiquei com medo dos assaltos que tiveram no ponto,e achei melhor vir pra cá,pois tem mais gente.

Yasha pegava o ônibus umas 2 ruas subindo do nosso ponto.

Ao chegar na escola,não subi pra sala,pois nossa primeira aula era no laboratório de informática.

Eu sentei do lado de Ricky,que era minha dupla,enquanto fazíamos o código,eu tinha o costume de me deitar em seu ombro,pois seu casaco era fofo e quente.

Ricky-Não durma na aula.-Disse ele passando a mão nos meus cabelos.

Jay-Ricky,você vai fazer seu aniversário de 16 anos né?

Ricky-SIM!VAI SER UMA FESTA DE ESTRONDAR,VAMOS TER BEBIDAS,GARRAFAS,GOGO BOYS,VAMOS CONTRATAR GAROTAS TAMBÉM!!!

Matheus-Bom,2 coisas,a primeira,eu tô com medo dessa sua festa segundo,todo mundo escutou isso.

Todo mundo da sala olhava pra gente com olhares tortos.A aula foi boa,pois me descontrai e acabei esquecendo um pouco dos acontecimentos do dia passado.

Quando saí da sala,encontrei Roberta consolando Rei,uma amiga nossa.

Matheus-O que aconteceu?

Roberta-aquela peste do Caul fez bullyng com ela de novo!Fica com ela aqui,eu vou falar com ele!

Matheus-É realmente uma boa idéia fazer isso?

Ela não me escutou,e foi subindo as escadas direto.Foi diretamente a minha sala,já que eu estudava com ele.

Roberta-CADÊ O CAUL?

Caul-Você não deveria ficar gritando numa sala de aula,aqui não é uma feira sabia?

Roberta-Primeiro de tudo,quem é você pra se dirigir assim comigo?Você faz bullyng com a minha amiga,e acha que eu vou deixar passar?

Caul-Relaxa,aquela idiota nem liga,ela é só uma gordin-

Roberta acabou com todas as suas palavras com um tapa na cara dele.

Caul-VOCÊ TA LOUCA GAROTA?!

Roberta-NEM MESMO TENTE ZOAR MINHAS AMIGAS DE NOVO!

Caul tenta bater nela,até que um professor entra na sala e segura seu braço,era nosso professor de química,Eddie.

Eddie-pra diretoria,agora.

Caul-mas eu..

Eddie-EU DISSE,AGORA,DEU PRA ENTENDER?

Caul saiu da sala resmungando,e desceu pra diretoria.

Rei-Roberta,você tá bem?Eu escutei a gritaria lá embaixo e vim correndo saber se tava tudo bem.

Roberta-Não se preocupa Rei,e não vai mais mexer com você.

Matheus-Já que tá tudo resolvido,eu vou andar um pouco,as duas podem sentar e relaxar um pouco.

Eu saí da sala e desci as escadas e fui pra o portão da escola,enquanto estava andando pra o portão,eu tropecei,alguém me pegou e me levantou antes que eu caísse.

Ricky-Opa,cuidado Matheus.

Matheus-Ai,obrigado.

Ainda abraçado nele,eu escutei a música que ele estava escutando,mesmo estando de fone.

Matheus-Ta alto hein?O que você tá escutando?

Ricky-blackbear,eu amo,bem,eu vou pra sala.

Matheus-Ok.

Eu ainda não tinha percebido que ele só disse aquilo porque eu estava abraçado nele,e assim ele não podia sair do canto.

Matheus-AHH,desculpa-Eu fiquei envergonhado e vermelho na hora.

Ricky-Nada não-Ele deu uns tapinhas super de leves na minha cara e saiu.

Yasha chegou depois disso com uma cara assustadora.

Yasha-Posso saber o que o talarico está fazendo com ele?

Matheus-Você me conhece e sabe que eu não faria isso.

Yasha-Eu sei eu sei,só tava brincando.

As aulas acabaram,fomos pra casa,no dia seguinte fiz minha rotina,peguei meus ônibus,ao chegar na escola,quando entramos no portão e fomos seguindo,uma gota caia na minha cabeça.

Matheus-Ai!

Roberta-O que foi?

Matheus-Na verdade foi só uma gota,é que eu sou dramático.

Roberta-Gota do que?se nem tá chovendo.

Alunos-OLHEM O QUE TA ESCRITO LA EM CIMA!!!

Ao olharmos pra cima,o nome "Hopeless"(Sem Fé,Desesperança)estava escrito com uma tinta vermelha,um vermelho similar a cor de ssangue.Corremos pra diretoria pra saber o que aconteceu,e a única coisa que vimos foi,a diretora Naid,chocada olhando a secretária Karla,que constantemente repetia a palavra hopeless,chorando.

 

 


Notas Finais


Embora desesperança não seja um lugar,que não passa de um estado de mentira,pessoas ainda são afetadas por ele.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...