História Hope's Land ( camren) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Demi Lovato, Fifth Harmony, Halsey, Justin Bieber, Selena Gomez, Zayn Malik
Personagens Ally Brooke, Ariana Grande, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Halsey, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais, Selena Gomez, Zayn Malik
Tags Ariana Grande, Camila Cabello, Camren, Demi Lovato, Fifth Harmony, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Selena Gomez
Visualizações 267
Palavras 2.574
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá gente... capítulo novinho em folha! (Essa foto da capa é a mesma que a Lauren tem no criado mudo ao lado da cama ok) Bem como eu havia dito, eu só faria a maratona se conseguisse 10 comentários, como isso não aconteceu , não haverá maratona... infelizmente!
Mas para não deixar as pessoas que queriam a maratona na mão, vou postar dobradinha hoje! Um agora e outro no final de tarde! Obrigada aos novos favoritos e grata pelos comentários!

Boa leitura e vamos lá! ( Erros serão corrigidos depois.)

Capítulo 10 - Sombras do passado


Fanfic / Fanfiction Hope's Land ( camren) - Capítulo 10 - Sombras do passado

**POV Normani**

Depois de conversar com Dinah na noite passada fiquei a manhã inteira tentando convencer Ally a nos ajudar, mas como quase todas as vezes ela se negou alegando que não se sentia no direito de interferir na vida amorosa de Lauren, eu saí bufando indo em direção ao meu próximo alvo : Selena Gomez, tenho certeza que ela vai topar, sinto que ela tem motivos pra me ajudar!

Subi em direção ao quarto da Sely dando de cara com a tal latina.

- Oi Normani. - falou tímida

- Olá Camila. - falei e ia saindo quando ela me chamou.

- Normani eu gostaria de conversar com você, se não estiver ocupada. - disse me olhando séria.

- Tem que ser agora? - disse erguendo uma das sobrancelhas.

- Sim, é importante! - falou séria.

- Ok!! Vamos lá. - falei e ela abriu a porta do quarto para que eu entrasse.

Segui para dentro do quarto em silêncio, Camila logo atrás de mim fechando a porta, me sentei na poltrona e ela na cama, me olhava com um semblante nervoso e ansioso.

- Qual o teu problema comigo? - disse direta.

- Não entendi , como assim? - falei sarcástica.

- Não se faça de cínica, você me olha como se fosse me arrancar um órgão, e ontem quando Lauren me beijou você quase me bateu, então eu queria saber o que você tem contra mim se eu nunca te fiz nada!! - falou e eu sorri.

- Você não me engana! Sei que você está escondendo algo, você tem essa cara de sonsa mas sei que não é, não quero ver a Lauren sofrer, ela já sofreu demais e tudo que ela não precisa é de alguém que seja mentirosa e esteja se aproveitando dela! - falei soltando toda a sinceridade que eu possuo.

- Você está completamente enganada, eu não tenho nada a esconder diferente de você não é Kordei, todos do FBI conhecem seu passado sujo, e nem preciso dizer que a qualquer momento você pode ser exonerada!! Então eu te darei um conselho, não se meta na minha vida e muito menos na minha relação com a Lauren pois isso pode não ser bom para sua carreira como policial!! - Sorriu vitoriosa.

Mas que merda !! Essa garota está mesmo me ameaçando??

- Isso é uma ameaça Cabello? - disse já me levantando e ela também.

- Não!! Isso é um conselho, como você mesmo disse eu tenho cara de sonsa mas não sou , então cuidado! Não tente me prejudicar , porque se eu cair, você também caí junto!! - falou e ficamos frente a frente , nos olhares dizendo que a partir daquele momento a guerra estava declarada!.

- Se é assim que você quer, assim seja! Só não se esqueça que eu sou amiga da Lauren há anos, e ela confia em mim plenamente. - disse e ela gargalhou.

- Veremos! Agora se me dá licença tenho que ir no quarto dela, ela deve estar louca para me beijar de novo,e eu claro não a deixarei na mão. ! - falou e sorriu maliciosamente.

- Isso não acaba aqui Cabello!! Você vai se arrepender de tentar me ameaçar. - falei e saí fuminando de raiva.

Se ela acha que isso vai me impedir de continuar meus planos ela está completamente enganada, agora é que eu tenho motivos pra acabar com essa latina infeliz!

**POV Camila**

Consegui mostrar pra aquela abusada que eu não sou de brincadeira, eu sei o que ela quer mas não vou permitir que ela estrague tudo, eu preciso conseguir fazer meu trabalho e se isso vai me garantir um pouco de diversão e alguns orgasmos melhor ainda, Lauren é uma gata e vou adorar estar no meio das pernas dela.

Mas primeiro preciso conseguir armas contra meu principal obstáculo : Normani Kordei!

Fiz umas ligações e consegui o que eu queria! Tenho tudo que preciso, agora tenho que seguir meu objetivo. Tomei um banho rápido e coloquei um short jeans rasgado e uma blusinha solta deixando meu ombro direito a mostra, prendi o cabelo em um coque frouxo e fui em direção ao quarto de Lauren, bati na porta e ela me mandou entrar.

Ao entrar me deparei com uma Lauren muito sexy, ela estava também de short jeans e usando uma regata preta colada, cabelos bagunçados tipo pós transa, suspirei e me aproximei dela que estava deitada com as costas na cabeceira da cama lendo um livro.

- Oi gatinha! - disse me sentando ao lado dela.

- Oi linda, achei que você não ia voltar! - falou e selou nossos lábios.

- Eu disse que ia só tomar um banho e foi o que eu fiz! - disse e ela sorriu.

- O que acha da gente ir almoçar fora hoje? Preciso de um tempo pra pensar sobre o caso do Odin e também sobre a possibilidade da gangue do Xavier estar em Miami, e acho que você pode me ajudar, o que acha? - falou acariciando levemente meu rosto com o polegar.

- Ótima idéia, vai ser bom estar com você em outro lugar, de preferência um lugar onde as pessoas não me odeiem. - falei suspirando.

- As meninas não te odeiam Camz, elas apenas não estão acostumadas a me ver com alguém, isso é só ciúme, logo passa! - falou e eu sorri fraco.

Tenho certeza que ela mudaria de idéia se ouvisse minha conversa com a Normani hoje!...

- Tudo bem, eu só tenho que me arrumar melhor, você me espera? - falei meiga.

- Claro! Vou trocar de roupa também, te espero lá em baixo. - falou e eu a beijei rapidamente.

Saí do quarto dela e fui para o meu, a oportunidade finamente apareceu e eu não vou disperdiçar, preciso arrancar tudo o que eu puder durante esse almoço! Mas ao mesmo tempo sinto um nervoso tão estranho em saber que estarei sozinha com ela, as vezes tenho a sensação que estou sendo uma pessoa horrível, e algo me diz que ela não tem nada a ver com as drogas sumindo, aliás tenho quase certeza que tem um dedo da antipática da Kordei no meio! Mas se for mesmo isso eu vou descobrir, infelizmente não posso colocar minha carreira em risco, então se Lauren realmente tem algo a ver com isso não tenho escolha a não ser prende-lá.

**POV Lauren**

Estava esperando Camila na sala quando meu celular começou a tocar, olhei pro visor e não reconheci o número, mas resolvi atender.

Ligação on.

- Jauregui. - atendi seca.

- Como vai minha adorável agente drogada ?? - aquela voz... aquela maldita voz que me assombrava todas as noites dos últimos três anos...

- Seu desgraçado como você conseguiu meu número e o que você quer comigo?? - falei completamente irritada.

- ( gargalhadas) Eu liguei pra te lembrar da sua promessa, espero que a heroína não tenha feito você esquecer. - disse com a voz aveludada.

- Cala a boca seu maldito, eu não te devo nada, e será apenas uma questão de tempo até eu te achar, você vai me pagar por cada gota de sangue que tirou da minha Lucy,um juro que vou me vingar!! - cuspi as palavras com ódio.

- Cuidado agente Jauregui, não se esqueça que eu posso estar em qualquer lugar, além de ter quase certeza que você não quer que alguém se machuque por sua causa...por exemplo essa latina maravilhosa que você parece ser bem intima !! - meu coração disparou e meus olhos se encheram com lágrimas de medo...medo de tudo acontecer novamente.

- Não se atreva a chegar perto dela!! - Rosnei.

- Isso vai depender de você Lauren!! Seja uma boa garota e continue de boca bem fechada! - falou e em seguida desligou na minha cara.

Ligação off.

Agora mais do que nunca eu tinha certeza que não poderei ficar de braços cruzados,preciso achar esse maldito o mais rápido possível e evitar que ele machuque Camila, não suportaria passar por tudo aquilo novamente. Estava perdida em pensamentos quando senti um abraço me envolver pela cintura e constatei ser Ela.

- Vamos? - disse e me virou para ela, eu nem sequer havia percebido que estava chorando até ver a expressão preocupada de Camila.

- O que você tem Laur? Porque tá chorando? - falou secando minhas lágrimas.

- Só me abraça Camz, me abraça forte! - disse e não precisei fazer outro pedido, Camila me abraçou forte colocando uma mão em minha cintura e a outra segurando firme minha nuca, aquele contato me deixava segura e forte.

- Eu tô aqui, não vou te deixar sozinha! Vamos conseguir. - ela parecia ver dentro de mim.

- Me leva lá pra cima por favor! Perdi a fome! - disse e ela negou com a cabeça.

- Nada disso, você me disse que queria sair pra pensar, e então vamos sair, mas não para pensar e sim para distrair sua cabeça um pouco! - falou suspirando e passando a mão pelo meu rosto molhado.

- Eu não quero, prefiro ficar em casa...- falei triste.

- Você não quer não, e outra coisa você vai me explicar o que te deixou desse jeito. - falou e minha garganta secou.

- Tudo bem eu vou, mas eu prefiro esquecer o motivo que me deixou assim, quero apenas esquecer! - disse e ela sorriu carinhosamente.

- Ótimo então vamos! - falou e pegou em minha mão entrelaçando nossos dedos, fazendo meu coração acelerar.

- Vamos!! - disse e nos beijamos.

Eu e Camila conversamos por horas, tanto tempo que já estava anoitecendo quando resolvemos voltar pra casa, rimos muito durante o passeio , ela me contou algumas coisas sobre a família dela e sobre a carreira na polícia, e eu contei o básico, não queria que ela conhecesse meu lado obscuro, aquele cheio de mágoas e arrependimentos.

Quando chegamos em casa todas as meninas pararam o olhar em nós,eu e Camila bebemos vinho o que nós fez ficar bem alegrinhas, Ally sorriu ao me ver e Dinah também, apenas Selena e Normani pareciam não gostar muito da minha intimidade com a latina.

- Boa noite meninas. - eu disse alegre por conta do álcool em meu sangue.

- Ótima noite Jauregui! - Dinah respondeu sorrindo.

- Vejo que bebeu não é? Cuidado Lauren, não vai misturar seus remédios com bebida. - Ally me alertou.

- Fica tranquila, eu não tomei os calmantes hoje e nem ontem.- falei e ela sorriu.

- Sendo assim, tudo bem! - A baixinha respondeu.

Camila mordia o lábio enquanto corria os olhos sedentos sobre mim, eu sabia o que ela queria e eu na verdade estava louca por isso também.

- Vamos subir Camz, acho que bebi demais. - disse e pisquei para ela com um olho.

- Claro, eu vou te colocar na cama! - respondeu com a voz totalmente sensual. - Merda ela quer me matar.- pensei já perdida.

Camila me pegou pela mão e fomos subindo para o meu quarto, quando entramos ela me agarrou forte pela cintura e me jogou na cama subindo rapidamente em cima de mim, atacou minha boca com fome e desejo a língua quente me invadindo de forma possessiva, desci minhas mãos para a bunda dela e apertava a carne macia e deliciosa, ela soltou um gemido entre meus lábios enquanto começava um rebolar lento fazendo que nossos sexos roçasem por baixo do jeans, já sentia minha calcinha ir para o inferno, Camila não separava nossos lábios e aprofundava o beijo cada vez mais, os movimentos se intensificaram e foi minha vez de gemer abafado e ela interrompeu o beijo e pude ver os olhos castanhos brilhando intensamente.

- Eu não quero que você se entregue pra mim sem ter certeza que é isso que quer! - falou agarrando meus cabelos.

- Eu quero você...eu quero que você me foda gostoso nessa cama e me faça gozar.- disse de forma arrastada e rouca.

- Deus...você não consegue ser menos sexy? - falou e atacou meu pescoço dando chupões e mordidas.

- Cala a boca e me come logo Camila!! - disse quase como sussurro.

Entre beijos quentes e arranhões as roupas sumiram rapidamente,Camila tem uma pele quente e macia, ela beijava meu corpo com devoção e eu já estava completamente entregue, gemia o nome dela lentamente, ela atacou meu seio esquerdo com a boca enquanto maltratava o direito com os dedos, eu joguei a cabeça pra trás sentindo uma pontada na entrada do meu sexo, eu com certeza não aguentaria muito tempo se ela continuasse fazendo aquilo, sua língua quente circulando meu mamilo, e dando mordidas suaves, Camila começou a descer a mão direita lentamente pela lateral do meu corpo e minha pele queimava sob seu toque, meu corpo já não obedecia meus comandos e quando joguei a cabeça novamente pra trás e abri os olhos me deparei com a foto de Lucy no criado mudo ao lado da minha cama, a foto que tiramos no dia que eu a pediria em casamento e foi a última dela pois naquele mesmo dia fomos pegas e ela morta, num piscar de olhos todo o tesão e excitação deram lugar a tristeza e a culpa, peguei forte no punho de Camila e ela me olhou confusa.

- O que foi Lauren? Te machuquei? - ela disse e as lágrimas tomaram meus olhos.

- Não...eu...eu só não posso fazer isso...desculpa Camz!! Acho que ainda não estou pronta pra isso. - falei e ela me olhou compreensiva.

- Tudo bem, eu vou esperar por você, não queira forçar nada - disse e se levantou.

- Ei...você não forçou nada, eu só não consigo continuar agora, preciso de um tempo, eu não sou tocada por ninguém desde que ela morreu e ainda me sinto dela sabe, mas seja paciente comigo te garanto que vai valer a pena! - falei e ela sorriu enquanto se vestia.

- Eu entendo você, não tenho dúvidas que você vale a pena, vou esperar Lolo! - falou e eu não pude evitar o sorriso ao ouvir o novo apelido.

- Um novo apelido é? - disse e ela soltou um riso delicioso.

- Sim... vamos dizer que esse é mais romântico, e você precisa disso! - falou e selou nossos lábios e se virava para sair quando a segurei pelo punho.

- Onde você vai?

- Vou pro meu quarto, preciso tomar um banho e dormir.- falou e eu sorri fraco.

- Não quer dormir comigo? - falei fazendo beicinho.

- E melhor não! Estou excitada então prefiro não dormir com você, vai ser difícil me segurar se eu ficar muito perto, desculpa. - falou e eu corei.

- Se você diz tudo bem, eu acho que preciso ficar sozinha também, espero que você não tenho ficado brava ou frustrada - falei e ela sorriu sem graça.

- Não estou nem brava e nem frustrada, sei que você tem coisas pra se recuperar e vou te ajudar nisso, e quando isso acontecer você poderá ser minha do jeito que eu quero. - falou e piscou pra mim.

- Você é incrível Garota! Agora vai pro seu quarto senão não vou deixar você dormir longe de mim. Boa noite Camz!- falei e ela gargalhou.

- Tudo bem...eu vou! Boa noite Lolo, dorme bem! - falou e eu lhe joguei um beijo e ela sorriu, logo em seguida saiu me deixando sozinha.

Tomei uma ducha gelada e me xinguei mentalmente milhões de vezes!

- Eu preciso seguir em frente... Camila é especial, e ela me faz bem... preciso superar tudo isso para ser dela completamente! Ela vale a pena...eu sinto isso! - falei baixo enquanto me vestia.

Deitei na cama e me cobri, olhei novamente para o retrato de Lucy e acabei adormecendo me lembrando dela e de todas as coisas boas que vivemos juntas. 


Notas Finais


Eita!! Me falem a opinião de vocês hein!!
As coisas vão começar a complicar...

Até mais tarde pessoas!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...