História Hope's Land ( camren) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Demi Lovato, Fifth Harmony, Justin Bieber, Selena Gomez, Zayn Malik
Personagens Ally Brooke, Ariana Grande, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais, Selena Gomez, Zayn Malik
Tags Ariana Grande, Camila Cabello, Camren, Demi Lovato, Fifth Harmony, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Selena Gomez
Visualizações 156
Palavras 2.639
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi galeraaa..

Talvez eu só poste esse hoje...
Gostaria de pedir a total atenção de vocês para esse e os próximos dois capítulos eles serão a chave para desenvolver tudo o que vai acontecer!

Obrigada pela atenção e boa leitura.

Até logo...

Capítulo 4 - Construindo uma amizade.


Fanfic / Fanfiction Hope's Land ( camren) - Capítulo 4 - Construindo uma amizade.

**POV Camila**

Acordei com a cabeça pesada e o corpo exausto não dormi a noite toda, além da bebida de ontem eu ainda ouvi toda a discussão entre Lauren e Selena, e por tudo o que ouvi não foi apenas uma discussão mas sim uma briga das feias. Não sei ao certo se foi por minha causa, ou por conta de uma mulher chamada Lucy, pude escutar o quanto Lauren se alterou depois de ouvir esse nome. Estava sentada na cama vagando pelos meus pensamentos quando ouvi batidas na porta, me levantei prendi o cabelo em um coque e eu usava um short curto rosa é um blusão branco que uso para dormir, ao abrir a porta meus olhos quase saltaram pra fora ao me deparar com aqueles olhos verdes me encarando.

- Bom dia Camila. - disse séria.

- Bom dia Lauren, em que posso te ajudar?

- Eu posso entrar? Gostaria de conversar com você. - falou mais relaxa ao perceber meu rosto sem expressão.

- Sim, só não repare a bagunça porque eu acabei de me levantar. - falei permitindo que ela entrasse.

Ela entrou e sentou na poltrona próxima a janela do quarto, pedi que ela aguardasse e fui ao banheiro fazer minha higiene e aproveitei para trocar de roupa, coloquei um short jeans e uma regata azul clara ,amarrei o cabelo em um rabo de cavalo alto e voltei para quarto , Lauren tinha um porta retrato com uma foto minha com meu pai quando entrei para polícia eu e ele de uniforme. Fiz um som com a garganta para que ela me percebesse, ela me olhou e ainda com o retrato em mãos.

- Algo interessante? - perguntei e ela sorriu fraco.

- Seu pai também é do FBI?

- Não, ele é polícia de Los Angeles, quase todos da família são da polícia, mas sou a única que entrou para a Federal. - falei e ela devolveu o porta retrato pra o lugar.

- Interessante, mas não foi para isso que eu vim até aqui. - falou e fixou os olhos nos meus.

- Eu imaginei, e qual foram os motivos que te trouxeram até aqui? - disse e me sentei na cama de frente para ela.

- Bem...eu...eu quero te pedir desculpas por ontem, acho que passei dos limites, não devia ter atrapalhado seu lance com a Selena. - disse e respirou fundo.

- Não existe lance nenhum entre mim e a Sely, foi apenas um beijo e eu já me arrependi, obrigada por ter tentado me "defender" , e fica tranquila que você não vai mais precisar brigar com suas amigas por minha causa, de hoje em adiante serei extremamente competente e focada no meu trabalho.

- O ponto não é esse Camila, ela estava bêbada e as vezes passa dos limites, e você não me parece o tipo de mulher que gosta de ser usada, e ela faz isso , usa e dispensa, enquanto ao seu lado profissional não tenho nada para reclamar, já notei o quão eficiente você é - falou e sorriu.

- Realmente não tenho vocação para objeto sexual, mas algo não me saí da cabeça e gostaria que você me respondesse. - falei me aproximando e abaixando na altura dela.

- E o que seria ? - disse engolindo a saliva com dificuldade e eu notei que minha proximidade a deixava nervosa.

- Você brigou com ela só por minha causa? Ou tem algo haver com a mulher que ela citou durante a briga? Quem é essa Lucy Lauren? . - falei e vi seus olhos se encherem mas ela prendia as lágrimas.

- Camila eu ainda não estou pronta pra falar disso, é algo que me machucou muito e ainda me machuca, mas em partes posso dizer que a briga foi resultado das duas situações. - falou tentando se recompor.

- Tudo bem Laur, mas posso te pedir uma coisa? - falei e ela se levantou e eu a acompanhei.

- Claro se estiver ao meu alcance eu farei. - falou enquanto sorria sem mostrar os dentes.

- Por favor não me chama de Camila, eu prefiro quando me chama pelo apelido que me deu. - falei e um lindo sorriso apareceu.

- Tudo bem, Camz! - falou e eu sorri

- Perfeito!! - falei e ela andou ate a porta para sair, mas antes me deixou um beijo na bochecha.

- Ahhh já ia me esquecendo, hoje é noite da pizza você vai né Camz? - falou e eu sorri por causa da carinha de pidona que ela fez.

- Claro conte comigo, e eu desço já para o almoço, Preciso de um banho primeiro. - falei e ela bateu palminhas.

- Tudo bem estaremos esperando. - disse e saiu.

Eu não sabia explicar o porquê mas a presença de Lauren sempre me deixava bem, esses dois dias em que cheguei já me fez ter um certo carinho por ela e ela aparentemente também por mim, logo vejo que teremos uma boa amizade, eu ainda preciso falar com Selena e esclarecer algumas coisas, não quero ter nenhuma distração enquanto estiver aqui e ela precisa saber disso.

**POV Lauren**

Tive uma conversa proveitosa com Camila apesar dela ter me perguntado sobre Lucy e esse era um assunto delicado e que me traz péssimas recordações. Desci para cozinha e encontrei Dinah e Normani aos beijos encostadas no balcão, depois que essas duas se passaram por um casal para se infiltrar numa gangue de tráfico de pessoas, pegaram gosto pela coisa e começaram a namorar.

Tossi para que elas notassem minha presença.

- Eu sinto atrapalhar a pegação mas aqui ainda é a cozinha e eu estou com fome. - disse e elas riram.

- Foi mal Laur, mas tá difícil manter a distância por muito mais que 30 segundos!!.- Dinah disse enquanto Normani a segurava pela cintura.

- Vocês duas parecem dois coelhos, não cansam não? - falei abrindo a geladeira e pegando a jarra de suco.

- Qual é Laur, até parece que você nunca se apaixonou por alguém, esqueceu como é?? - Mani disse e recebeu um tapa de Dinah.

Automaticamente meu rosto se fechou e as lágrimas antes por mim seguradas saíram violentamente me fazendo derrubar a jarra que se quebrou em vários pedaços como eu.

- Merda, viu o que você fez Kordei?! - ouvi Dinah soltar irritada.

- Desculpa Lauren eu não quer....- a interrompi antes que terminasse de falar.

- Esquece isso Mani, se me dão licença eu vou subir preciso ficar sozinha! - falei e saí rapidamente subindo para meu quarto e trancando a porta.

Me joguei na cama de bruços e enquanto as lágrimas caíam as lembranças vieram em cheio.

Flashback on.

- Amor para com isso as meninas vão chegar a qualquer momento. - falou enquanto eu colocava minha mão por dentro da calcinha.

- Eu serei rápida prometo. - disse e a penetrei um dedo, ela gemeu e jogou a cabeça para trás gemendo alto.

- Que bonito hein??? - Dinah disse e eu rapidamente me afastei.

- Caralho que susto!! Não podia avisar não?? - falei raivosa.

- E eu ia adivinhar que vocês iam estar quase transando em cima da mesa?. - Dinah falou enquanto Lucy descia da mesa e veio me abraçar escondendo o rosto em meu pescoço.

- Mesmo assim, tem noção do quanto é ruim ser interrompida em um momento desses? - falei e Dinah sorriu.

- Vocês duas precisam procurar um médico, a quantidade de sexo que vocês fazem ainda vai matar uma de vocês...

Flashback off.

-Quem me dera se esse tivesse sido o motivo da sua partida meu amor - disse em um sussurro com a voz falhada.

Eu jamais iria me perdoar pelo o que houve com ela, eu ainda vou me vingar! Peguei a foto de Lucy que fica do lado da minha cama e a segurei forte no peito.

- Aquele desgraçado vai pagar pelo que te fez amor! Eu juro! - cuspi as palavras em fúria. Chorei por mais tempo que posso me recordar.

** POV Dinah**

Eu sabia o quanto era difícil para Lauren ouvir ou falar de amor ou paixão depois de tudo que houve, mas parece que minha namorada já esqueceu o quanto foi difícil para que eu, ela e Ally tirássemos Lauren da depressão, foram meses e meses para fazê-la falar alguma coisa e até mesmo se alimentar bem, o FBI a afastou por 1 ano e ela frequentou vários psicólogos e até mesmo um psiquiatra, foi a época mais difícil que passamos. E mesmo depois de 3 anos ela ainda sofre quando ouve o nome de Lucy ou qualquer coisa que a lembre.

Voltei para realidade quando Normani parou em minha frente com cara de arrependida.

- Desculpa amor, eu acabei me esquecendo e falei demais. - disse triste.

- Não é pra mim que você deve desculpas e sim para Lauren. - falei e ela abaixou a cabeça.

- Desculpa pra Lauren porque?? O que você fez com ela dessa vez Normani? - Ally apareceu na porta da cozinha.

- Ela falou uma coisa e deixou a Lauren mal, ela ainda nem desceu para almoçar e dúvido que jante. - falei e Ally estreitou os olhos.

- O que você disse Kordei?? O que você fez com a minha fantasminha? - Allysson se aproximou com a cara fechada.

- e...er..eu apenas Perguntei se ela nunca esteve apaixonada ou se tinha esquecido como era estar, porque ela me viu com Dinah aos beijos na bancada da cozinha. - Normani falou e se escondeu atrás de mim, ela sabia que a bronca seria grande. Quando se trata de Lauren Allysson vira um gigante e perigoso leão ou melhor leoa.

- QUAL É A PORRA DO SEU PROBLEMA NORMANI?? - Ally berrou.

- Des...culpa Allycat eu não queria magoar ela, falei sem pensar. - a baixinha riu ironicamente.

- Você já esqueceu de tudo o que passamos com ela?? Quantas noites sem dormir achando que ela iria se matar ou sumir?? Você esqueceu do quanto ela perdeu peso e chorava todos os dias?? Como diabos você esqueceu disso?? Ela é tua amiga e além disso cuida de nós com a própria vida se possível, você vai subir agora lá e vai pedir desculpas até pra milésima geração da Lauren,vai fazer com que ela desça e coma com a gente. Entendeu Normani Kordei? - falou apontando o dedo na cara da Mani e eu permanecia em silêncio.

- Mais vocês tem que concordar que já passou da hora dela se recuperar e seguir em frente não é? - Mani falou e eu e Ally respiramos fundo.

- Sim, mas isso tem que ser uma decisão dela e não nossa, agora vai. - Ally falou e Normani subiu.

Passaram vários minutos e nada das duas, Selena desceu e logo depois Camila, sentaram na mesa sem trocar uma palavra e dava pra perceber de longe a tensão entre as duas, Allysson colocou a mesa já passava das 14h da tarde e todas estavam mortas de fome, mais alguns minutos e Normani finalmente apareceu mas sem Lauren e com um olhar triste.

Se aproximou de mim e me deu um selinho.

- Ela não vem amor. - falou e Camila nos olhou.

- Quem não vem?? - Camila perguntou e olhei pra Normani que a fuzilava com o olhar.

Por algum motivo Normani não foi com a cara da latina.

- A Lauren, ela está há 2h no quarto e parece que não vai sair de lá tão cedo. - falei e Camila se levantou indo em direção a escada.

- Onde você acha que vai garota? - Normani disse áspera.

- Vou buscar a Lauren! - Camila falou e subiu as escadas.

Normani ia se levantar mais eu a segurei.

- Me solta Jane ! - falou e eu a encarei.

- Deixa a garota tentar, vai que ela consegue. - falei e ela  balançou a cabeça negativamente.

- Não gosto dessa garota, a gente nem sabe sobre ela direito, não quero ela perto da Lauren. - falou irritada

- Exatamente você não sabe nada dela e já quer implicar com a coitada, relaxa Amor!! Aliás me chama de Jane de novo e você fica sem sexo por 2 meses!! - falei e lhe dei um tapa na coxa.

Ela sorriu e passou a mão na perna.

**POV Camila**

Subi determinada ao quarto de Lauren e bati na porta, ela disse com uma voz pesada e rouca para que entrasse.

Ela estava deitada olhando para o teto, me aproximei e sentei na ponta da cama.

- Eu...eu vim te buscar para almoçar. - falei e ela ainda olhando pra cima.

- Estou sem fome Camz obrigada! - falou sem me olhar.

- Então eu fico aqui com você. - disse e ela finalmente me olhou e pude ver que os olhos estavam um verde bem claro com um grande vermelho em volta.

- Não precisa estou bem, só não tenho fome. - neste momento pude ouvir o barulho da barriga dela roncando e ela me olhou envergonhada.

- Não é o que seu corpo diz! Anda vem comigo Laur, sei que você está triste e não precisa me dizer o porquê, mas ficar sem comer não vai resolver nada. - falei e ela se sentou na cama.

- Por que você veio trás de mim?? - ela falou me encarando curiosa.

- Porquê eu não quero te ver assim, não é essa a Lauren que eu conheci quando eu cheguei, e eu prefiro seu sorriso do que ver você chorar. - falei e ela sorriu fraco.

- Você fala igual a uma pessoa que eu gostava muito. - falou e vi seus olhos encherem.

- Então você tem por obrigação fazer o que eu e essa outra pessoa prefere e sorrir em vez de chorar. - falei e ela sorriu.

- E mesmo?? E Porque acha que eu faria isso por você? - falou com desdém.

- Não digo por mim, e sim por ela , e posso sentir que ela também não iria gostar de ver você sem comer não é? - falei e ela assentiu.

- Então vamos Laur, vamos comer. - disse e estendi a mão.

- Ok você venceu eu vou!! - falou e segurou em minha mão.

Saímos do quarto e descemos as escadas indo para cozinha as meninas viraram é quase que no mesmo momento Normani fechou a cara e me encarou como se fosse me matar. Não me abalei afinal eu consegui o que ela tentou e não teve sucesso.

O almoço e jantar foram tranquilos, eu estava entrando no meu quarto quando senti uma mão me segurando, me virei e sorri.

- Eu só queria agradecer por hoje, você foi maravilhosa Camz! Obrigada. - Lauren falou e me puxou para um abraço.

- Conte comigo sempre que precisar! Estarei aqui. - disse e nos separamos e ficamos com as bocas a centímetros de se encontrarem.

- Obrigada. - disse e beijou a ponta do meu nariz fazendo meu coração acelerar.

Ela se virou e logo entrou no quarto dela e eu no meu. Entrei no banheiro e Tomei uma ducha para acalmar, coloquei meu baby Doll preto com bolinhas rosas , quando estava indo para cama meu celular tocou.

Ligação on.

- Boa noite agente Cabello, sou eu a Sargento Lovato. - e só então me lembrei que teria que ir para Los Angeles amanhã para central.

- Boa noite Sargento. Como vai? - disse formal.

- Bem obrigada e com a senhorita? - Falou também formal.

- Ótima.

- Bem só liguei para lembrar da nossa reunião de amanhã, te espero na minha sala as 9h seja pontual e principalmente não diga para nenhuma das garotas sobre isso.

- Eu não me esqueci e fique tranquila que eu não direi nada.

- Perfeito, para que isso dê certo ninguém pode saber o que realmente você vai fazer aí. - falou e eu senti em mim que o fato de estar aqui não era simplesmente para ajudar.

- Tudo bem entendido Senhora! - falei e se despediu.

Ligação off.

Me deitei e não conseguia parar de pensar nessa reunião e qual era o motivo de estar aqui e não em outro lugar. Amanhã todas essas dúvidas serão respondidas...assim eu espero.


Notas Finais


É isso pessoal se eu conseguir posto mais um hoje!

Obrigada e comentem aí a opinião de vocês sobre a fic!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...