História Hope's Land ( camren) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Demi Lovato, Fifth Harmony, Halsey, Justin Bieber, Selena Gomez, Zayn Malik
Personagens Ally Brooke, Ariana Grande, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Halsey, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais, Selena Gomez, Zayn Malik
Tags Ariana Grande, Camila Cabello, Camren, Demi Lovato, Fifth Harmony, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Selena Gomez
Visualizações 201
Palavras 2.058
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei!! Vamos para o penúltimo capítulo dessa mini maratona!

Aviso de tiro!! E aguardem o último que saí daqui a pouco!!
Como eu disse eu demoro pois gosto de escrever na hora!

Qualquer erro corrijo depois!

Boa leitura!

Capítulo 8 - O Informante!


Fanfic / Fanfiction Hope's Land ( camren) - Capítulo 8 - O Informante!

**POV Lauren**

Quando acordei olhei para o relógio e eram 8:30h , fazia um tempo que eu não dormia tão bem e por tantas horas, me levantei e fui ao banheiro tomei minha ducha e escovei os dentes, terminei e fui me vestir, coloquei um calça preta confortável, uma regata branca minha toca preta favorita e minha camisa jeans de mangas compridas amarrada na cintura e meu inseparável coturno de couro preto e meu Rayban aviador, saí do quarto e desci para tomar café da manhã rápido, quando cheguei na cozinha encontrei Camila sentada na cadeira alta da bancada comendo panquecas, me aproximei e dei um beijo surpresa em seu rosto, ela deu um pulinho de susto e quando me viu abriu um largo sorriso.

- Bom dia Camz! - disse pegando um prato e me sentando ao lado dela.

- Bom dia Lern, você está com uma carinha ótima hoje.- falou e eu a olhei com um sobrancelha arqueada.

- Lern?? Isso é um apelido? - falei e ela sorriu assentindo.

- Não gostou?? Posso te chamar pelo nome. - falou me olhando séria.

- Eu gostei, pode me chamar assim. - falei piscando um olho.

- Então...onde vamos hoje?.

- Vamos visitar um informante meu, ele fica em um bairro aqui perto, ele deve saber quem esse cara que anda tirando a paciência do nosso amiguinho Zayn, preciso saber o máximo que puder, talvez isso nos ajude a pegar os dois, precisamos chegar no cara primeiro que o Malik. - falei e ela apenas concordou.

Terminamos nossa refeição e Camila estava pronta e eu também, então resolvemos ir para não perder tempo, peguei a chave do jipe e saímos, abri a porta para Camila e entrei também. Em alguns minutos estávamos no "beco da viagem" vocês devem imaginar o por que né?! Andamos até o loiro que ao me ver arregalou os olhos.

- O-oi... Lauren quanto tempo não é?! - Justin disse nervoso.

- Pois é...sentiu saudades?? - Ele sorriu nervoso e logo parou o olhar em Camila, eu revirei os olhos.

- Quem é essa Gostosa Lauren? - falou e Camila deu um sorriso forçado.

- Bem...essa linda mulher ao meu lado é uma amiga lésbica que não gosta de homens atrevidos, mas pode chamá-la de Camila. - Camila sorriu e estendeu a mão para que o homem a comprimentasse.

- Já saquei, mas eai em que posso ajudar minha velha amiga? - o loiro falou.

- Quero saber quem é esse cara novo que anda vendendo na área do Zayn, e não adianta me dizer que você não sabe , por que nós dois sabemos que você não quer mentir pra mim. - falei e o ele tremeu.

- Eu...eu...eu não sei muito sobre ele, aliás ninguém sabe, o cara é um fantasma ninguém conhece ele pessoalmente os caras que vendem pra ele me contaram que ele apenas faz a ligação marca o lugar da entrega da droga e depois outro lugar para pegar a grana, mas o bagulho dele é do bom, o pessoal tá muito satisfeito. - falou e eu tinha quase certeza que ele não havia falado tudo.

- Eu sei que você sabe mais que isso Justin, anda solta a língua! - falei o levando para a parede.

- E...eu..eu já contei tudo Lauren! - falou e antes que pudesse perceber Camila o segurou pela gola dá camisa com força, eu até retirei o meu óculos escuros pra ver melhor.

- Cara abri a porra da boca e fala o que a gente quer saber logo, sou mulher mas você não tem noção do quanto isso fica insignificante quando estou com raiva! E você não quer me ver com raiva não é?? - Camila disse e o garoto balançava a cabeça negativamente desesperado, eu gargalhei e ele me olhou como se me pedisse ajuda.

- Lauren tira essa maluca de perto de mim. - ele disse e eu levantei as mãos em sinal de rendição.

- Eu??? Claro que não vocês estão se dando tão bem!! Fala logo o que ela quer porque pelo jeito ela não tá brincando! - disse e Camila o encarava raivosa.

- Tá... Tá bom eu falo, mas só depois que ela me soltar. - falou e Camila soltou o rapaz que a olhava assustado.

- Pronto agora fala. - Camila rosnou.

- Tem um cara que trabalha diretamente pro Odin e sabe todos os lugares de entregas e pagamentos, mas vou avisando que ele não é legal como eu e não vai abrir o bico fácil. - falou e eu finalmente tinha um nome.

- Então o nome do cara novo é Odin?! E qual o nome do cara que trabalha pra ele?- falei e ele respirou fundo.

- Isso... pelo menos foi esse o nome que ele disse pro Cris, o cara que trabalha pra ele. - falou e já tinha ouvido esse nome.

- Cris?? Aquele que me deu um trabalhão da última vez? - perguntei e temi a resposta.

- Sim, é ele mesmo, eu espero que você já tenha se recuperado daquele tiro, por que provavelmente vai levar outro.- neste momento minha cabeça deu uma volta. - Droga- xinguei mais alto que gostaria.

- Qual o problema Lauren? - Camila perguntou ao me ver nervosa.

- Nada Camz, vamos embora. - disse e ela enrugou a testa.

- Cuidado em Lauren, e Aliás não fui eu que disse nada. - Justin falou enquanto íamos embora, eu apenas fiz sinal de positivo e coloquei novamente meus óculos.

Entramos no carro em silêncio, dei partida e segui para casa, Camila me encarava curiosa mas sem coragem de me perguntar nada e eu agradeci mentalmente por isso. Chegando em casa estacionei o carro e antes que Camila pudesse sair eu a segurei pelo braço.

- Ei...eu sei que você quer me perguntar alguma coisa, então pergunta logo. - falei e ela respirou profundamente.

- O porque você ficou tão nervosa por causa desse tal Cris? - me perguntou e eu criei coragem para falar.

- Há uns 5 meses eu estava investigando uma gangue do oeste que estava tirando o sossego da polícia local, eu e as meninas decidimos ajudar, mas a coisa era maior do que nós imaginávamos, eu e a Dinah fomos cercadas por uns 7 homens e trocamos tiros, conseguimos sair vivas porque conseguimos pedir reforço, mesmo assim eu levei um tiro no abdômen que quase me matou, a sorte foi que não atingiu nenhum órgão, mas foi um susto. - disse e Camila me fitava preocupada.

- Merda, então estamos com problemas imagino. - ela disse e eu sabia que teria que achar uma solução rápida.

- Sim e não... Na verdade eu sei exatamente o que fazer, mas preciso saber se você topa. - falei e ela me olhou curiosa.

- Fala logo Lern, você tá me deixando nervosa. - falou e eu sorri.

- Bom...nem eu e nem a Dinah podemos entrar neste caso, Ally está investindo um traficante de heroína que anda vendendo para menores de idade, Normani está em um caso de tráfico de animais silvestres... então... só sobram você e a Selena. - falei e ela bufou.

- Ok Infelizmente eu já entendi...vou ter que trabalhar com ela né? - falou irritada.

- Sim, vocês vão atrás do Cris e vão fazer com que ele acredite que Zayn está na cola dele e ele que tem que entregar o Odin para se livrar das consequências de enfrentar o rei de Miami Beach! Tentem ser o mais convincentes possíveis, acha que consegue? - falei pousando minha mão na coxa dela.

- Por mim tudo bem, só não sei se ela vai querer trabalhar comigo depois do fora que dei nela. - falou e eu a olhei surpresa.

- Você deu um fora nela? - perguntei e ela sorriu.

- Sim, eu nem queria ter ficado com ela, vamos dizer que apesar de bonita ela não é meu tipo! - falou e eu corei quando a vi me olhando mordendo o lábio inferior.

- E qual o tipo de mulher que te atraí? - não acreditava que eu havia perguntado aquilo, mas agora já foi vamos ver né.!

- Bem...na verdade...eu me senti atraída por você Lauren. - ela falou e eu arregalei os olhos.

- É...eu? Isso é sério? - disse e ela sorriu balançando a cabeça negativamente.

- Sim... é muito sério! Seus olhos me tiram do eixo,e essa sua boca vermelha me deixa maluca. - falou e eu respirei nervosa.

- Nossa Camz...eu nem sei o que dizer! - falei e antes de reagir aos lábios de Camila já estavam sobre os meus, eu me senti sem reação e não consegui retribuir o beijo.

Camila separou os nossos lábios e me olhou assustada talvez porque eu estava parada sem me mexer, ela rapidamente abriu a porta do carro e saiu correndo. Eu pisquei e me toquei que a deixei constrangida de novo, bati a cabeça no volante e me xingava mentalmente por ser tão lerda.

**POV Camila**

Saí do carro as pressas não acreditava que eu tinha feito aquilo, mas minha atração por Lauren já estava me deixando doida, entrei no quarto e me encostei na porta, eu não podia fazer isso, eu estava ali para investigar ela e não para beija-la , tentei me concentrar na minha missão e nos motivos que me levaram até ali, ela podia ser uma traficante ou até mesmo algo pior, mas algo em mim me dizia que ela não era nada daquilo, quando senti os lábios dela nos meus fiquei completamente perdida. Passei o dedo indicador pelo inferior me recordando do que acabava de acontecer.

Fui trazida de volta quando ouvi batidas na porta. - merda - disse baixo.

- Quem é? - perguntei indignada por alguém interromper meu momento de reflexão.

- Sou eu Camz, abri a porta por favor! - droga...era ela e agora o que eu faço?

- Lauren por favor e melhor a gente não se falar agora, estou morrendo de vergonha. - falei rezando para ela desistir, mas parece que as orações não estão resolvendo muito.

- Não vou a lugar nenhum, quero falar com você agora, por favor abri a porta! - disse firme e eu fraquejei.

Quando abri a porta Lauren me olhava com uma expressão diferente, não era como das outras vezes, eu dei o espaço para que ela passasse,fechei a porta e me virei para ela que já me encarava.

- Olha Lauren me desculpa eu não quer....- fui interrompida por ela colocando o dedo indicador no meus lábios.

- Apenas me escuta ok! - disse me olhando carinhosa. - Camila eu estou sozinha há muito tempo e confesso que nem me lembro mais como é beijar alguém ou qualquer coisa assim, mas eu não posso negar que me sinto imensamente atraída por você e isso me dá medo, medo de que eu possa me machucar e principalmente que você se machuque por minha causa, e mesmo com todo esse medo tenho vontade de tentar de novo, quero poder beijar de novo, abraçar, andar de mãos dadas...Camila eu quero tentar ser feliz de novo, e eu quero te dizer que se você quiser e tiver um pouco de paciência, eu gostaria muito de tentar com você, sei que isso pode ser uma baita loucura, mas não estou te pedindo em namoro, quero apenas curtir essa química que rolou entre a gente e ver no que dá.- Falou segurando meu rosto com as duas mãos e aproximando nossas bocas.

- Lauren...eu..isso...Eu topo. - disse e nossos lábios se encontraram em um beijo intenso nossa línguas travaram uma batalha quente enquanto minhas mãos se perdiam em seus cabelos enquanto as unhas curtas dela arranhavam minha nuca, o beijo dela se encaixava perfeitamente no meu me deixando completamente nas nuvens, nossos corações batendo acelerados juntos. A falta de ar fez com que o beijo fosse parado. Os olhos dela agora eram de um verde escuro e suas pupilas dilatadas, não pude evitar de sorrir tentando recuperar o ar.

- É melhor eu ir tomar um banho.- ela disse enquanto nossos corpos se separavam.

- Eu também preciso de um, te encontro lá em baixo para o almoço ok? - disse e abri a porta para que aquela tentação humana saísse do meu quarto antes que eu a agarrasse.

- Com certeza...Até logo Camz. - disse e me deu um selinho.

- Até logo minha linda. - disse e ela sorriu.

Quando fechei a porta e fui para o banheiro tomar meu banho, constatei minha calcinha completamente molhada...soube naquele momento que eu estava muito fudida e com sérios problemas...


Notas Finais


Primeiro beijo Camren!! Eai será que a Camila só aceitou pra por conta da missão ou ela realmente tá afim?? Será que a Lauren vai descobrir que Camila está investigando ela ? E quem será o tal Odin??

O próximo saí já já...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...