História Horror: A Casa dos Assassinos - Capítulo 2


Escrita por: ~

Visualizações 9
Palavras 524
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Hentai, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Espero que gostem ♥

Capítulo 2 - Jeff the Killer


Fanfic / Fanfiction Horror: A Casa dos Assassinos - Capítulo 2 - Jeff the Killer

Acordei em um lugar abafado e empoeirado, abri meus olhos e vi que eu estava em um lugar escuro. Me levanto do monte de panos em que estava deitada e olhei em volta quando minha visão se acostumou. Ainda era noite. Acho que eram umas 23:00 horas ou um pouco mais.

De repente, em um canto do comodo, vi um vulto. Ele estava parado me encarando de uma forma intimidadora.

- Já acordou? Geralmente demoram mais... - Disse o vulto com uma voz assustadora.

- Quem é você? - Perguntei com curiosidade.

- Ei ei ei! Só isso? E as outras perguntas tipo: "Onde eu estou?" ou "O que fará comigo"?

- Bem... nós estamos no casarão no meio da floresta e... se você não me matou ainda acho que é porque não pretende fazer isso tão cedo...

Ele bufou com a minha resposta e começou a chegar mais perto.

- Você não respondeu ainda... - Minha voz sai mais fraca.

- Você ainda não entendeu? - Ele fez uma pausa dramática - Sou seu pior pesadelo.

Nesse exato momento pude ver seu rosto. Era o homem de antes. Com a boca cortada e feições brancas, de perto ele dava menos medo do que quando o avistamos a distância. Os cabelos negros chamuscados iam até a altura do ombro e aquele sorriso macabro deixavam seu rosto marcado na memória de qualquer um.

- JEEEEEEEEEEEEEEFF!!! - Uma voz gritou vinda de um andar acima de onde estavamos - CADE VOCÊ SEU IDIOTA!?

- CARALHO MANO!! - Ele respondeu voltado para trás - VOCÊ DESTRUIU O CLIMA!! VOU MATAR VOCÊ FILHO DA PUTA!!

- TÁ, DEPOIS QUE TENTAR ME MATAR, LAVA LOGO A PORRA DA LOUÇA, BELEZA?

Jeff se virou para mim com uma expressão amarga. Eu me segurei muito para não rir.

- Não acabei com você ainda, mocinha - Ele disse tentando retomar a postura de fodão - Nem tente fugir daqui.

Dito isso ele se virou e saiu do comodo que obviamente era um porão. Vasculhei rapidamente o local e quando eu estava terminando encontrei algo que me fez quase cair pra trás.

A cabeça de John e seus colegas estava jogada dentro de um caixote, os olhos arregalados de medo davam a ele uma expressão engraçada de quem estava prestes a morrer.

Um sorriso surgiu em meus lábios e uma risadinha me escapou quando peguei sua cabeça decaptada. Encarei mais um pouco aquela bela cena até que quando me dei conta eu estava rodopiando pelo porão.

- Esse é a melhor coisa que já aconteceu na minha vida! - Comemorei.

- Então a sua vida deve ser uma merda.

Me virei rapidamente e finalmente notei que Jeff me encarava. O modo como estava sentado nas escadas indicava que ele estava ali a alguns minutos.

- Er... - Gaguejei sem graça ainda segurando a cabeça - O quanto você viu?

- O suficiente para constatar o quão distraida você é enquando dança.

Senti meu rosto queimar.

- Foi você que os matou?

- Sim, e vejo que gostou.

Um esboço de sorriso surgiu no rosto de Jeff, seus olhos arregalados me olhavam de cima a baixo.

- Já decidi - Voz dele tornou-se mais animada - Você vai ficar com a gente.

- "A gente"?

- Isso mesmo, eu e meus amigos.


Notas Finais


Arigatou se leu até aqui 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...