História Horror!Loonie: A garota das duas personalidades - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Undyne
Tags Descontrolamento, Experiencias, Horror!loonie, Horrortale, Ódio, Tortura
Visualizações 20
Palavras 388
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Luta, Magia, Romance e Novela, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Vish

Capítulo 5 - Torturas? Adoro


Fanfic / Fanfiction Horror!Loonie: A garota das duas personalidades - Capítulo 5 - Torturas? Adoro

P.O.V NARRADOR

Após a aceitação de Loonie de participar daquela série de torturas, a rotina dela mudou drasticamente para a pior do que ela já passou, parecia que procurar Chara não era mais o problema principal.

Todos os dias, Loonie dormia numa cela fria que ficava nos fundos da casa dos esqueletos, recebia uma dieta diária de comidas podres ou mal cozinhadas, obviamente não comia muito, e isso fez ela ficar mais magra e mais pálida, e ainda com mais fome.

Após o café da manhã, Sans chama ela para a sala para ficar com Papyrus enquanto Undyne e Alphys não chegavam, Alphys iria ajudar nas experiências, afinal ninguém ali sabia mexer nas máquinas direito.

Papyrus não entendia o que se passava com Loonie naquele momento, para ele ela apenas era uma amiga nova, o que fez os dois gerarem uma amizade um tanto estranha, mas claro, não tinha tanta opção no subsolo.

Após a chegada de Alphys e Undyne, Sans algemava Loonie e levava-a bruscamente sem arar até o laboratório em Teraquente, dando puxões fortes e de vez em quando alguns tapas na cara dela ou ameaças de morte. Undyne ficava caçoando dela o caminho todo enquanto Alphys apenas olhava a cena em silêncio.

Ao chegarem no laboratório (a pior parte disso tudo) começavam as "brincadeiras"....
Loonie tinha sido torturada até quase morrer naquele local, com a desculpa que tinham que ver o quão longe a determinação dela iria, e como previsto, ela não cessava. Houve vezes que Loonie morreu por estar muito fraca da fome ou cheia de dores, aí ela acordava no último Ponto Salvo.... Que era no mesmo corredor onde ela se encontrou com Sans e Undyne na primeira vez. Então ela tinha que fazer o caminho todo junto com Sans, mas sempre com experiências e torturas novas.

Ao longo dessas experiências, Loonie acabava criando cicatrizes em vários locais, ela usava o casaco para esconder os vários cortes (que ainda sangravam de tantos tapas que Sans já tinha dado neles).
Depois de várias torturas, Loonie era levada de volta para a casa de Sans pela noite, onde Papyrus sempre recebia ela com um sorriso grande. Loonie não podia falar o que estava acontecendo porque senão iria morrer pelo Sans por causa do Machado.

Resumo disso tudo: Loonie estava sozinha.




 

Até que um dia.......

[CONTINUA....]
 


Notas Finais


...shiV


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...