História Hostage-Camren - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Allyson Brooke, Ariana Grande, Austin Mahone, Camila Cabello, Camren, Dinah Jane, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Mistério, Normani Kordei, Policial, Romance, Shawn Mendes, Suspense, Troye Sivan
Visualizações 473
Palavras 1.144
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Drogas, Estupro, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 21 - Parte 21


Lauren Pov

"Eu estou apaixonada por você". Essa frase estava rondando a minha cabeça o dia inteiro, porra, eu fui tão idiota. Eu poderia ter dito o mesmo, mas eu fugi, eu fugi como fugi todas as vezes quando era adolescente. Por que estou agindo assim?Por que estou me sentindo como uma adolescente de apenas quinze anos que não conhece o amor?.

-Dou cem dólares pelos seus pensamentos. -Vero disse sentando à minha frente.

-Eu sou uma idiota Iglesias. -Coloquei as mãos na cabeça apoiando os cotovelos na mesa.

-O que foi?. -Disse apoiando o rosto na mão direita.

-Camila disse que estava apaixonada por mim ontem.

-Oh, isso é incrível. -Ela disse sorrindo, neguei.

-Eu devia ter respondido à altura, a gente tinha acabado de... -Olhei para os lados. -A gente tinha acabado de transar, poxa, eu...Droga. -Coloquei a mão no rosto.

-Lauren, o que você sente, de fato, por ela?. -Neguei.

-Eu não sei Iglesias, ela me faz bem, melhor que qualquer outra pessoa, ela me faz sorrir, olhar pra ela é como...Como ter algo precioso, eu me sinto no dever de cuidar dela todas as vezes que chego em casa e vejo ela fazendo algo, eu me sinto vulnerável à ela, me sinto... -Suspirei. -Dependente. -Ela sorriu.

-Você está apaixonada por ela amiga. -Ela disse cruzando os braços em cima da mesa. -Assume isso pra ela antes que ela pense que você não quer nada com ela.

-Eu sei, eu não devia ter dito que precisava sair, droga Iglesias, o que ela deve estar pensando sobre mim agora?. -Vero riu.

-Provavelmente pensando em como te matar, foi bom te conhecer Lauren. -Sorri sem graça e ela riu acariciando minha mão em cima da mesa.

Camila Pov

-Como se eu soubesse. -Revirei os olhos.

-Você sabe, eu sei que sabe, agora desembucha. -Olhei pra ele.

-Eu não sei Austin. -Bufei irritada.

-Droga Camila, presta atenção, o que ela disse?. -Olhei pra ele.

-Preciso ir em um lugar, estou atrasada. -Tentei imitar sua voz e ele riu.

-Foi um choque pra ela amiga, relaxa. -Disse cortando os legumes.

-Eu não entendo Austin, sério, eu não entendo mesmo, estávamos...Bem, e eu fui abrir a minha grande boca e dizer que estava apaixonada por ela, eu sou muito idiota. -Bufei irritada.

-Mila, Lauren gosta de você, acredite. -Olhei pra ele. -Me disseram que viu nos olhos dela. -Franzi a testa.

-Quem?. -Ele riu. -Fala logo sua bixa. -Joguei o pano nele.

-Calma. -Riu. -Foi o Zayn ok?Calma. -Arregalei os olhos.

-O meu médico?Como assim?. -Sentei de frente para ele.

-Estou saindo com ele. -Disse sem me olhar.

-Austin. -O repreendi. -E o Nick?. -Ele me olhou.

-Não gosto de sádicos, não sou nenhum tipo de masoquista, posso gostar de levar uns tapas na bunda, mas não significa que eu goste de ser amarrado em um ferro e tomar uma surra com um chicote. -Rasguei uma gargalhada alta e ele me olhou sério.

-Díos mío, essa é nova. -Ele riu. -Então, ele é um gatinho, como dizem, vai com tudo. -Limpei o canto dos olhos.

-Eu vou. -Se levantou e foi até a pia. -Agora preciso ir pra casa, Ariana está me esperando. -Assenti. -Promete que vai ficar bem?. -Perguntou me olhando.

-Eu vou. -Sorri fraco.

-Conversa com ela ok?Ela deve ter tomado um susto, sei que não é novo pra ela, mas no caso, é um sentimento novo, ela deve gostar muito de você Mila. -Assenti.

-Eu vou pensar por esse lado. -Ele se aproximou e beijou minha testa demoradamente.

-Se cuida e me liga se precisar de qualquer coisa, até se for um abração daqueles. -Sorri e assenti levantando e levando-o até a porta.

Nos despedimos e eu voltei até a cozinha para terminar o jantar. Depois que Lauren saiu daqui, eu posso dizer que me deu uma vontade enorme de chorar, ela me deixou sozinha, depois de termos feito...Bom, sexo. E depois que eu assumi estar apaixonada por ela.

Mas que droga, eu só me fodo mesmo né?Senti meus olhos arderem, não estou chorando, não mesmo.

-Camila?. -Ouvi sua voz e respirei fundo fechando meus olhos. -Camz?. -Continuei cortando a cebola.

Ouvi seus passos se aproximar e senti sua presença na cozinha, logo seu cheiro estava emanando no local.

-Camila. -Ela chamou, parecia estar brava por eu não responder.

-Oi. -Respondi seca sem olha-lá.

-Podemos conversar?. -Perguntou se aproximando e agachou à minha frente. -Você está chorando?. -Tentou tocar meu rosto mas eu me afastei.

-Cebolas. -Apontei para a qual eu estava cortando e ela suspirou.

-Desculpa. -Olhei para ela de soslaio. -Eu...Eu não soube o que responder, a minha primeira reação foi querer sair correndo, desculpa por ter te deixado sozinha. -Disse baixo.

-Uhum. -Falei fingindo indiferença.

-Poxa Camz, estou falando com você. -Disse chateada.

-E eu estou ouvindo. -Olhei pra ela. -O que você acha que eu sou?Nós transamos, pela primeira vez, e nossa, você foi super romântica saindo correndo na primeira oportunidade como se eu não fosse nada, absolutamente nada pra você, na verdade é isso né?Eu não sou nada pra você. -Me levantei e ela se levantou também.

-Camila...

-Quer saber Lauren?Eu devia ir embora, definitivamente ir embora, não só da sua casa, da sua vida. -Quase gritei. -Não precisa sentir pena de mim, eu fui abusada sim, eu estou grávida?Ok, eu consigo me virar sozinha, eu não preciso que você sinta pe...

-Cala a boca. -Gritou me fazendo dar um passo para trás. -Você não me deixa falar, você não me escuta. -Disse alterada e deu dois passos para frente. -Eu fugi sim, fugi porque não sabia o que te responder, você me pegou...De surpresa, eu realmente não esperava que você dissesse primeiro. -Suspirou. -Você me faz bem Camila, bem até demais droga. -Colocou as mãos na cabeça. -O que você está fazendo comigo?Está me deixando louca, louca por você, eu não aguento ao menos ficar dois minutos longe de você, eu quero sempre estar perto, sempre estar te beijando, droga, eu fui uma idiota eu assumo, mas veja, eu estou aqui agora, te pedindo desculpas, aceite-as, eu não estou aqui por pena de você Camila, estou aqui porque... -Ela paralisou me fazendo soltar um riso irônico.

-Você nunca vai dizer. -Disse baixo.

-Estou aqui porque estou apaixonada por você. -Disse séria me fazendo ficar estática. -Estou apaixonada por você desde o dia em que te vi, eu não parei de pensar em você um sequer instante, e...Porra, toda vez que eu te beijo, eu sinto uma coisa estranha aqui. -Colocou a mão no peito. -Uma coisa que eu nunca senti, te perder, seria me perder Camila. -Passou as mãos no cabelo. -Eu te odeio por me fazer sentir isso. -Franzi o cenho enquanto umedecia os lábios. -Mas eu também...Te amo. -Disse se aproximando. -Eu nunca fui tão sincera na minha vida, eu quero ficar com você Camila, eu quero ficar com você até eu não ter forças, quero estar com você em todos os momentos, eu quero estar apenas com você, só com você. -Me puxou pela cintura. -Você quer ficar comigo?. -Fitei seus olhos e assenti rapidamente.

-Eu quero. -Sussurrei e tomei seus lábios em um beijo.


Notas Finais


Eita porra...

Deixem seus comentarios sobre isso...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...