História Hostage-Camren - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Allyson Brooke, Ariana Grande, Austin Mahone, Camila Cabello, Camren, Dinah Jane, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Mistério, Normani Kordei, Policial, Romance, Shawn Mendes, Suspense, Troye Sivan
Visualizações 474
Palavras 1.008
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Drogas, Estupro, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 22 - Parte 22


Camila Pov

-Conta logo viada, eu quero saber o que te fez ficar tão feliz assim. -Ele gritou batendo nas coxas me fazendo rir.

-Calma Austin, eu vou contar, mas preciso que você cale a boca. -Falei baixo.

-Como se Lauren pudesse te ouvir né?. -Respirei fundo.

-Lauren está no andar de cima Austin. -Ele arregalou os olhos.

-Isso é sério?Ela está mesmo aí?. -Banlancei em sinal positivo.

-Ela disse que está apaixonada por mim. -Falei sussurrando perto dele. -Ela disse que queria ficar comigo. -Coloquei a mão no peito e me encostei no sofá. -Tem noção disso?Ela quer ficar comigo mesmo eu estando toda fudida. -Ele riu.

-Amiga você não está fudida. -Passei as mãos no cabelo.

-Austin, ela disse que se apaixonou por mim desde a primeira vez que nos vimos, ela ainda era casada. -Olhei para o nada. -E eu não estava grávida. -Austin bufou irritado.

-Para de ser idiota Camila, sua gravidez não atrapalha o relacionamento de vocês, quer dizer, vocês estão em um relacionamento né?. -Ele perguntou me fazendo olhá-lo.

-Bom...Nós estamos juntas, mas não estamos em um relacionamento. -Ele riu.

-E o tal "fica comigo?". -Ri.

-Foi um pedido para estar com ela e não namorar Austin, para de paranoia. -Ele revirou os olhos.

-Você está esperando ela te pedir?. -Assenti.

-Óbvio que estou. -Olhei para minhas mãos.

-Camila, vocês são adultas, vocês não tem mais quinze anos, não precisa dessa palhaçada de pedir em namoro. -Olhei para ele furiosa.

-Nós estamos indo devagar. -Ele riu.

-O devagar de vocês inclui sexo selvagem?. -Nesse momento, ouvimos um barulho vindo da escada e nos levantamos quase que imediatamente.

-Lauren?. -Chamei indo até a escada.

-Jesus. -Ouvi seu resmungo e caminhei até lá.

-Meu Deus. -Quase gritei quando à vi no chão. -Você caiu da escada?. -Perguntei me agachando a sua frente.

-Caí, eu caí mas estou bem ok?Não me toque, eu posso ter quebrado algum osso. -Austin riu. -O que você tá rindo seu viado?. -Perguntou grossa.

-Da sua cara de palhaça que não é, estou rindo, porque foi bem feito para parar de ouvir a conversa alheia. -Cruzou os braços.

-Austin. -O repreendi.

-Eu não estava ouvindo a conversa de vocês, eu não preciso disso. -Disse se arrastando até próximo da escada novamente. -Droga, meu pé está doendo. -Olhei pra ela franzindo o cenho.

-Lauren, melhor irmos ao médico, você não sabe o que pode ter acontecido. -Me sentei ao seu lado e ela me olhou com uma cara triste.

-Eu vou ter que tomar injeção. -Choramingou e Austin riu.

-Porra, vamos no meu carro antes que eu chute seu pé e se ele não estiver lesionado, eu lesionarei. -Mexeu nos bolsos pegando a chave. -Vamos, se não eu vou desistir. -Se aproximou.

-Não pedi sua ajuda. -Lauren disse grossa mais uma vez.

-Não pediu mas eu estou oferecendo de bom grado, vamos logo cavala, levanta. -Puxou Lauren pelos braços. -Me ajude Camila. -Levantei e coloquei o braço direito dela sobre meus ombros.

(...)

-Vejamos. -Disse o médico colocando o raio-x na mesa à nossa frente. -Por causa da queda, você teve una entorse. -Franzi o nariz e ele riu. -Entorse é quando você torce o pé porém não atinge o osso. -Assentimos. -Vai ter que colocar gesso. -Lauren choramingou.

-Não, eu trabalho. -Ele negou pegando um papel.

-Atestado de um mês para você, nada de esforços, repouse para que seu pé possa voltar ao lugar. -Ela assentiu e ele anotou algo. -Sente ali, vamos colocar o gesso, você precisa ir. -Ele disse apontando pra mim, assenti.

-Vou te esperar lá fora com o Austin. -Falei levantando e ela assentiu.

Saí do consultório indo direto para a recepção onde Austin esperava de pernas cruzadas e cara de paisagem.

-O que deu?. -Ele perguntou ao me ver sentar.

-Ela vai ter que engessar. -Ele franziu o nariz.

-Que droga, não vão poder transar. -Disse debochado e dei um soco em seu braço.

-Vai se foder Austin, você só pensa nisso. -Cruzei os braços enquanto ele ria.

-Ai amiga, eu só fiz um comentário. -Olhei para ele de canto. -Só penso em sexo porque estou sem à muito tempo. -Olhei pra ele.

-Se o seu problema é dar, tenho um ótimo ativo pra você. -Ele se virou para me olhar.

-Interessante, conte-me mais. -Neguei revirando os olhos.

-Você nunca muda né?Meu Deus. -Ele riu me fazendo rir. -Ridículo. -Senti minha bochecha molhar. -Eca, vou virar travesti. -Ele riu me vendo limpar.

-Eu também te amo Camila. -Dei de ombros.

-Problema seu. -Ele riu e pegou seu celular.

Lauren Pov

-Não posso sem andar direito. -Resmunguei largando o apoio no chão.

-Lauren, por favor. -Camila disse se agachando e pegando os apoios do chão. -Para de agir como uma criança de dez anos e use essa porra. -Olhei para ela.

-Não me xingue. -Ela revirou os olhos.

-Pega isso logo e vamos. -Peguei o apoio e começamos a andar para o meu apartamento.

-Droga de perna. -Gritei irritada quando bati no arco da porta ao passar.

-Meu Deus Lauren, olha pra onde está indo, o arco da porta nem é uma coisa invisível. -Fechou a porta.

-Droga. -Resmunguei indo para o sofá. -Não acredito que vou ficar um mês sem fazer porra nenhuma. -Olhei para o lado oposto de Camila.

-Pelo menos vai ter mais tempo para mim. -Disse sentando ao meu lado, olhei para ela.

-Oh, não tinha pensado por esse lado, ficar com você o dia inteiro vai ser divertido. -Sorri e ela sorriu também. -Estou fudida né?. -Perguntei e ela franziu a testa.

-Acho que não, por que?. -Respirei fundo.

-Não vamos poder transar. -Camila explodiu em uma gargalhada me fazendo quase babar.

-Você machucou o pé Lauren, não os dedos. -Piscou e eu ri.

-Como sou lerda. -Resmunguei e ela riu.

-Não é não. -Se aproximou. -Eu escolhi o nome da nossa filha. -Olhei pra ela.

-Nossa?. -Perguntei arqueando as sobrancelhas surpresa.

-Sim, nossa, ou você quer ser a tia?. -Soltou um riso nasal me fazendo entre abrir a boca.

-Não, não, claro que não. -Umedeci os lábios. -Uau, eu vou ser a mãe dela também. -Camila riu. -Isso é incrível Camz. -Ela sorriu.

-Pensei em Scarlett e Sky. -Sorri.

-Scarlett é bonito, Sky pode ser um apelido. -Ela sorriu.

-Então vai ser Scarlett?. -Assenti. -Isso. -Gritou erguendo as mãos.

Gargalhei e ela segurou meu rosto roçando nossos narizes e sorriu franzindo o nariz antes de me beijar.


Notas Finais


Lolo lerdinha kkkk

O que acharam de Scarlett?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...