História Hostage-Camren - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Allyson Brooke, Ariana Grande, Austin Mahone, Camila Cabello, Camren, Dinah Jane, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Mistério, Normani Kordei, Policial, Romance, Shawn Mendes, Suspense, Troye Sivan
Visualizações 158
Palavras 1.105
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Drogas, Estupro, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 26 - Parte 26


Lauren Pov

Depois que despejei a notícia para a mãe do Shawn, ela me deu outro tapa na cara e foi embora. Agora estou dirigindo enquanto Camila vai ao meu lado, calada. Eu acho que não vamos trocar uma palavra hoje, porque o dia foi extremamente estressante e é capaz dela me agredir se eu falar alguma coisa.

Eu dirigia batendo os dedos no volante de acordo com uma música qualquer que tocava no rádio que liguei à alguns minutos para quebrar o silêncio.

O telefone de Camila toca, à olho de canto porém ela ao menos se mexe para pega-lo.

-Não vai...

-Não. -Diz me interrompendo com um tom grosso.

-Ok. -Suspiro e acelero o carro.

Logo chegamos no prédio e Camila desceu feito um avião indo na direção do elevador.

-Obrigada, eu não preciso de ajuda aqui. -Murmurei esticando o braço para o banco do fundo e pegando os apoios. -Mais grossa que eu em sã consciência. -Murmurei mais uma vez e abri a porta do carro.

-Precisa de ajuda?. -Uma voz feminina ecoou.

Olhei para cima e vi uma garota de cabelos loiros tingidos e olhos cinzas, corpo definido e certamente estava na academia por conta da sua roupa esportiva.

-Am...É, eu gostaria. -Disse sorrindo labial.

Ela segurou a porta do carro com a mão esquerda e com a direita me ajudou a sair.

-Não devia estar dirigindo com o pé engessado, sabia disso não é?. -Perguntou fechando a porta do carro, travei-o.

-Sim, mas eu realmente precisava. -Suspirei. -Obrigada pela ajuda. -Ela assentiu e sorriu.

-A garota que estava com você, por que não ajudou?. -Soltei um riso leve.

-Ela está de tpm. -A garota riu e assentiu.

-Bom eu tenho que ir, a gente se esbarra por aí, e cuidado com o pé. -Piscou, assenti. -À propósito, me chamo Keana. -Sorri.

-Lauren. -Ela sorriu e então saiu na direção oposta do meu prédio.

Ajeitei os apoios e fui em direção ao elevador. Quando estava perto da porta do apartamento, Camila abriu e parou com os braços cruzados me encarando.

-Quem é aquela garota?. -Franzi o cenho.

-Que garota?. -Continuei andando e me aproximando dela.

-A garota que você estava conversando lá em baixo. -Arqueei as sobrancelhas.

-Ah, é a vizinha do prédio da frente, é a filha da Sra.Issartel, aquela que te ajudou com as compras semana passada. -Ela assentiu e eu parei no arco da porta. -Está com ciúmes?. -Ela riu sarcástico.

-Me poupe Lauren. -Entrou me deixando ali e sentou no sofá emburrada.

-Ela me ajudou a sair do carro, porque até onde eu sei, você que deveria ter me ajudado. -Falei chateada enquanto fechava a porta.

-Desculpe, estou realmente estressada, mas não muda o fato de você estar conversando com ela, ela estava quase pelada ali. -Revirei os olhos e sentei ao seu lado.

-Ela estava correndo ou na academia, não sei, mas não estava pelada, para de ser ciumenta. -Apertei sua bochecha e ela me deu um tapa na mão.

-Para. -Disse emburrada.

-Para você de ciúmes, vamos, agora. -Puxei seu rosto fazendo-à me olhar.

Nossas bocas estavam próximas, seu olhar caiu para os meus lábios e eu os umedeci apenas para provoca-lá.

Me inclinei mais e rocei meus lábios nos seus fazendo Camila entre abrir os lábios. Mordi seu lábio inferior fazendo-à arfar. Me afastei dela com um sorriso e ela serrou os olhos.

-O que?. -Perguntei divertida e ela negou subindo no meu colo ficando com uma perna em cada lado.

-Você não pode me provocar e achar que vai fugir Lauren, não é assim que a banda toca. -Beijou meu pescoço.

-Ah, não?E como que ela toca?. -Perguntei sorrindo, ela me olhou.

-Não sei a resposta pra isso, mas dane-se. -Segurou meu rosto nas suas mãos e se inclinou para me beijar.

O beijo de Camila tinha gosto de morango por causa do seu gloss, eu gostava disso. Ela mordeu meu lábio inferior me fazendo gemer anasalado.

Mordi o seu também e apertei sua cintura com força sentindo a excitação correr por minhas veias. Camila desceu os beijos até o meu pescoço mordendo ali, o que me fez apertar sua cintura um pouco mais forte e ela gemer baixinho no meu ouvido.

-Céus. -Ela disse se afastando. -Melhor eu parar. -Disse quase se levantando, porém apertei sua cintura.

-Melhor nada. -Puxei seu rosto para perto novamente e à beijei.

Desci minha mão que estava em seu pescoço até seu seio esquerdo e o apertei fazendo Camila grunir entre o beijo. Desci minha mão novamente até suas coxas apertando ali e subi minha mão por dentro do seu vestido, obrigada por isso Camz.

Subi e desci minha mão na sua coxa, quase tocando sua intimidade. Camila quebrou o beijo e apertou minhas bochechas com uma mão só.

-Porra Lauren, não demore. -Gruniu.

Sorri e passei meu indicador junto com o médio em seu sexo coberto pelo pano, Camila arfou e me encarou mordendo o lábio.

Subi minha mão até o cós da sua calcinha e Camila se levantou me ajudando a tira-lá.

Suas mãos afoitas foram direto para a barra da minha blusa puxando-à para cima. Ergui os braços e Camila voltou a me beijar.

Nossos lábios se moviam de um jeito rápido, mas era extremamente excitante. Camila pediu passagem com sua língua, então eu cedi.

Nossas línguas agora se entrelaçavam, me deixando muito mais excitada do que antes estava.

Senti as pequenas mãos de Camila alisar minha barriga e chegar aos meus seios onde ela apertou me tirando um gemido não tão alto.

Desci minha mão direita por seu corpo novamente até chegar na sua intimidade onde introduzi dois dedos fazendo Camila apertar meus ombros.

-Porra. -Ela soltou quando comecei a estocar em seu interior. -Ahh, Lauren. -Segurou meu rosto em suas mãos e me beijou.

Continuei estocando meus dedos em seu interior e Camila gemia entre o beijo. Comecei a movimentar seu corpo com minha mão esquerda que estava em sua cintura fazendo os movimentos dos meus dedos se intensificar.

-Céus. -Gemeu alto jogando a cabeça para trás.

Me inclinei e beijei seu pescoço intercalando com chupões. Camila enfiou as mãos nos meus cabelos e os puxou com força fazendo-me encarar seus olhos.

Introduzi mais um dedo fazendo Camila gemer mais alto, sinto muito pelos meus vizinhos agora.

Comecei a estocar mais rápido e Camila rebolar no meu colo, logo senti suas paredes se fecharem e os movimentos dos meus dedos ficaram um pouco difíceis de fazer.

-Meu Deus. -Gemeu fechando os olhos e logo senti seu líquido quente escorrer por minha mão.

Puxei seu rosto para um beijo e Camila estava ofegante, sua mão direita empurrou meu peito fazendo-me encostar no sofá e ela sorriu no mesmo momento que soltou o ar pela boca.

Levei meus dedos até sua boca e ver Camila chupa-los era a cena mais excitante de toda minha vida. Sorri e puxei seu rosto novamente para um beijo sentindo o seu gosto na sua boca.


Notas Finais


Ops...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...