História Hot breeze (jikook) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 176
Palavras 1.002
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Colegial, Crossover, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Spoilers, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


TITIA TATA VOLTOU
Aconselho vocês a ouvir love is not over do BTS,mas se não tiver pode ser qualquer musica triste.
~correndo pra bem longe~
So preparem os kokoros
Boa leitura bichas <3
Kissus

Capítulo 7 - You drive crazy boy


Fanfic / Fanfiction Hot breeze (jikook) - Capítulo 7 - You drive crazy boy

   AUTORA POV

Jungkook estava no carro com seus pais,alegremente cantando músicas que tocava no rádio,com destino a praia de Busan.

Eles estavam incrivelmente felizes, uma familia que é rotulada como familia perfeita.

Mas como todos sabem nada é perfeito, assim como o pequeno e indefeso jungkook estava se divertindo com sua mãe, o senhor jeon também entrou na brincadeira,querendo desfrutar esse momento em família.

E com essa pequena distração,aconteceu uma coisa inesperada por eles,principalmente pelo pequeno jeon jungkook.

Naquela hora tudo que jungkook viu foi uma luz forte vindo em direção ao carro, e ouvindo gritos desesperados de sua omma,não conseguiu fazer nada,ficou estático sentado naquele banco.

Derrepente ele sente um bague que joga o alto móvel longe, ouvia sua mãe gritando pelo seu nome,olhou na direção dela e a mesma estava com sangue escorrendo de sua cabeça,e a cabeça dela batendo contra o vidro diversas vezes com um olhar desesperado,seu pai estava desacordado,ele até cogitou na possibilidade de seu appa estar morto.

O carro começou a dar várias voltas pela estrada diversas vezes, até que ele para em um brusco movimento em um muro  próximo a um posto de gasolina, nessa momento jungkook não conseguia pensar em nada.

Porque no mesmo momento o lado do passageiro bateu com força no muro,o que fez sua omma praticamente ser jogada contra a parede de concreto, tudo isso pra jungkook passou em câmera lenta,foi tão chocante,que ele nem ao menos sentiu ser machucado nesse acidente,foi tudo tão rápido e ao mesmo tempo devagar pra ele naquela hora,vendo sua mãe ser dilacerada por um muro na sua frente,ver tudo,ouvir tudo,acontecer na sua frente como se fosse um filme de terror em 3D.

Só o que ouviu em seguida foram gritos de pessoas desconhecidas, sirene de ambulâncias e de viaturas,derrepente sua visão embasa, seus ouvidos começam a fazer um zumbido ensurdecedor, em seguida ele apaga.

   JUNGKOOK POV

Acordei em um pulo,ofegante e com o corpo totalmente suado,olhei pros lados assustado. Tentando entender o do porque daquele sonho horrível vindo me assombrar de novo.

Virei meu rosto pra ver as horas e ainda era 3:27 da manhã, passei minha mão direita na testa afastando os fios grudados de suor,derrepente me veio uma grande vontade de chorar,e foi o que eu fiz me Encolhi na cabeceira da cama,escorei meu joelhos até o peito e enterrei minha cabeça ali,deixei as lagrimas saírem livremente libertando a dor que eu sentia no peito.

Memorias boas começaram a surgir em minha mente do tempo que eu era feliz com com meus país,quando minha mãe me dava um beijo molhado na testa antes de entrar na escola, no dia que ela me ensinou a andar de bicicleta e eu cai e me machuquei minha bochecha no que resultou em uma cicatriz,quando eu e meus país assistiam um filme todo sábado a noite sentados no sofá e comendo besteiras.

                 Amor é tão doloroso yeah

             Despedidas são ainda mais dolorosas

          Eu não posso ir,se você não está aqui me ame,me ame

           Volte para os meus braços

       Amor é tão doloroso yeah

     Despedidas são ainda mais dolorosas

       Eu não posso ir,se você não está aqui

     Me ame,me ame

 Volte para os meus braços

                       Love is not over 

                                                     BTS

No tempo que minha mãe morreu,quando eu tinha apenas 9 anos, eu fiquei traumatizado, me Fechei de tudo e de todos,fiquei arrogante, e desrespeitoso.

Meu pai ficou frio,se focou totalmente no seu trabalho a ponto de deixar o próprio filho ser cuidado por empregadas,nunca mais se relacionou com nenhum mulher. Agora eu estou aqui com essa vida de merda,tendo tudo e ao mesmo tempo nada,pois uma parte do meu coração de pedra esta vazio esperando ser preenchido.

Depois de tempos me afundando em lagrimas e memórias, decidi me levantar pra tomar um banho já que eu não ia conseguir dormir mesmo,olhei no relógio e já era 5:56 nossa fiquei tanto tempo chorando. Pensei comigo.

Entrei no banheiro logo me olhando no espelho,eu estava com a cara inchada nariz e olhos vermelhos pelo choro,pra complicar estava com olheiras horríveis.

Me dirigi até o chuveiro ligando o mesmo e deixando a água relaxar meu corpo. Não demorando muito já sai com a toalha enrolada na cintura,resolvi não ir a escola hoje, pois com essas lembranças horríveis me rondando não vou conseguir pensar em nada e em ninguém, e do jeito que estou não vou ter cabeça pra lidar com Sun Hee.

Fui ao meu guarda roupa e peguei só uma calça moletom cinza,e fiquei com meu abdômen nú mesmo.

Eu já ia indo em direção a porta do quarto quando me lembro do baixinho - vulgo jimin - me lembro do beijo que eu dei nele e do nosso trabalho que a gente nem começou a fazer.

Mesmo não estando na condição de ver a cara de alguém,vou mandar uma mensagem pra ele vir aqui terminar essa merda de trabalho logo.

        Suspiro.

Vou até meu celular no criado mudo indo direto no contato dele.

Assim que eu vejo jimin online meu coração começa a bater forte. Tendo ignorar isso e mando a mensagem.

       MENSAGEM ON

Eu :garoto passa na minha casa hoje,quero terminar aquele trabalho o quanto antes...e sobre o beijo aquele dia,só esquece.enviado as 6:12

De imediato ele respondeu.

Baixinho idiota: okay...depois da escola eu passo ai. Enviado as 6:12

      MENSAGEM OFF

Nada mais eu respondi,me joguei na cama fitando o teto,automaticamente meus pensamentos foram pra aquele menino de cabelos laranja, que derrepente me deixou tão confuso.

                     





Notas Finais


Gente eu precisa parar o capítulo ai,porque eu dividi ele em duas partes,É preciso fazer isso
Então oq vocês acharam? Bem triste ne,eu resolvi de última hora fazer esse cap contando um pouco da morte da mãe do jao cu,não teve diálogo nesse eu preferi fazer assim.
Demorei pacas fazendo, mereço um prêmio jsjajaaja

Quando eu escrevi do acidente, eu chorei muito,porque a trouxa aqui fico ouvindo música triste, ai já viu ne.

Espero que tenham gostado desse capítulo.

Até o próximo capítulo jikookas
KISSUS DE FLOCOS
💜💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...