História Hot Camren - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Exibições 783
Palavras 2.326
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heeey caros leitores..
Eu não sei ao certo o que fazer, se eu continuo escrevendo hot ou se faço um história.. uma continuação...
Então.. nos encontramos nas notas finais ^-^

Capítulo 1 - A primeira vez



Eu estava nervosa. Minhas mãos soavam, eu estava desesperada.. Aquele sonho só me serviu para trazer mais desejos inusitados e completamente.. Quentes! Não vou negar que ultimamente meus momentos com a Camila tem se intensificado bastante. Toda vez que estamos sozinhas os beijos, as carícias, o seu corpo, tudo até o ambiente me convidam a perder a cabeça. Desde que começamos a ficar pensamentos impuros me invadem, meus sonhos me perturbam e para piorar ainda mais essa noite ela estava dormindo em minha casa, com um mine pijama transparente q só me fazia ficar mais quente ainda. Me levantei da cama sem fazer barulho para não acordar a pequena. Eu precisava me aliviar. Corri para o banheiro, me despi rapidamente e já estava, com os olhos fechados, embaixo da água gelada quando sinto um corpo quente cola-se ao meu. Automaticamente sinto meu coração disparar pelo susto.


- Hey Laur, sou eu _ disse me tranquilizando automaticamente_ o que a senhorita está fazendo tomando banho gelado as duas e meia da manhã? Está tudo bem?


 E naquele momento pensamentos que ainda não haviam ido embora começaram a me invadir mais forte q antes. Imaginei aquele pijama grudado no corpo dela. Imaginei aquele corpo sem nem uma roupa. Imaginei o gemido rouco no pé do ouvido enquanto beijava todas as partes do seu corpo. Senti meu corpo se esquentar bastante ,mesmo tendo a água gelada se esforçado para levar junto com ela esses pensamentos. Em um momento de surto e levada pelo desejo, mudei as posições e a imprensei rapidamente na parede do banheiro. Ouvi um gemido baixo que me deu mais pólvora para manter meu fogo.


 - Não Camz.. Eu não to bem, no momento estou entrando em combustão


Disse perto de seu ouvido, minha voz saiu mais rouca que o normal. Somente nessa frase transmiti todo o desejo que sentia. Nesse momento senti a garota a minha frente estremecer aos meus braços, percebi todo o seu corpo se arrepiar. Escorei minhas mãos na parede, uma de cada lado da cabeça da minha latina quente. Olhei bem no fundo dos olhos dela e bem de vagar abaixei minha cabeça e me perdi no pescoço daquela q me provocava desejos fora do comum. Eu sugava sua pele sem medo algum e beijava logo em seguida. Minhas mãos já passeavam pelo seu corpo. Primeiro subi um pouco sua blusa encharcada. Arranhei sua barriga bem de leve subindo diretamente para seus seios. Fiz isso algumas vezes, até q ela puxou meu rosto de seu pescoço já maltratado e colou nossos lábios começando um beijo bem quente . Enquanto com a mão esquerda eu apertava carinhosamente um de seus seios desci minha mão direita pelo seu corpo e parei em cima de sua intimidade sobre o short do pijama. Movimentei minha mão circularmente e bem lentamente naquele local. Parei bruscamente e a encarei. Ela me olhava com cara de quem ia ter um troço e me mataria em seguida, eu ria internamente e comemorava por tê-la deixado com vontade. Com o que me restava de sanidade desliguei o chuveiro e sai me secando para o quarto.. Sabia que aquilo não iria longe pois além de ser a primeira vez dela ela não faria isto comigo nuca. Éramos amigas antes de tudo e a conhecia bem.. Ela não iria me deixar ir tão longe. Ela estava esperando o 'príncipe (ou princesa) encantado(a) ' para isso e eu sabia que essa não era eu. Me deitei na cama sem roupa alguma e esperava a Camila sair do banheiro, aproveitei esse tempo pra me acalmar. Esse episódio do banheiro tinha sido bem quente. Uns vinte minutos tinham se passado e nada dela sair de lá. Entrei bruscamente e bufando no banheiro pela sua demora. 


- Camila, me desculp..


Meu coração parou com a cena que eu vi. Ela encontrava-se sentada no chão escorada na parede no mesmo local q eu havia a imprensado . Estava sem roupas. A boca entreaberta. Com uma mão ela massacrava seus seios e com a outra exercia movimentos circulares bem lentos em sua intimidade. Quando ela pousou seus olhos sobre o meu corpo nu percebi q seus movimentos ficaram frenéticos. Minha boca se encheu de água automaticamente.

 
- Laur.. Me.. desculpa.. Mas.. Você.. Me.. Deixou.. Assim.. E.. Eu.. Precisava..

 Eu não conseguia me mover. Fiquei louca e paralisada com aquela cena ,aquele corpo ,aquela voz. Levada pelo desejo me apressei até ela, me agachei e a peguei no colo. Sai do banheiro me esbarrando em algumas coisa e para a minha surpresa a desgraçada não tinha parado com seus movimentos. A joguei na cama sem delicadeza nem uma e logo me repreendi.. eu precisava me controlar e ser delicada. Coloquei uma perna de cada lado do corpo dela e sentei em seu quadril sentindo nossas intimidades mais que molhadas se encontrarem. Um choque percorreu o meu corpo nós gememos em satisfação ao mesmo tempo. Comecei a beijando calmamente, aproveitando cada minuto. A sensação de tê-la ali, entregue, me causava diversos arrepios. O beijo ficou urgente. Ela precisava de mim assim como eu precisava. Foi a ultima coisa que eu precisava para liberar aquele gás que estava me consumindo a alguns meses. Com certo desespero passei minha boca pela bochecha até chegar no lóbulo da sua orelha. Ali mordi e senti seu corpo estremecer completamente. 


- Você deseja ser minha senhorita Cabello ?_ ela soltou um gemido sôfrego e em um movimento brusco mudou nossas posições. As cortinas estavam abertas, a lua estava bem clara iluminando todo o quarto me dando uma visão privilegiada daquela garota que tanto queria por cima de mim. Aquilo me despertou sensações jamais sentidas e olha que já estive com várias garotas e garotos.. Mas ela era diferente, ela fazia diferente. Senti o corpo dela se levantar um pouco. Olhei pra ela q tinha saído de cima de mim para conectar o celular na caixa de som. Em poucos segundos ouvi uma batida completamente sensual que me envolveu ainda mais ao clima. Senti o corpo da mais baixa voltar ao normal e com isso senti movimentos lentos e tímidos que nós gerou suspiros e gemidos. Enquanto isso ela maltratava meu pescoço e eu.. Aaa.. Chegava ser vergonhoso o meu estado. Eu só me permitia fechar os olhos e me segurar para não gritar, não me desesperar e tudo junto. Minhas mãos estavam na bunda dela apertando e ajudando nos movimentos.


 - Ccccaaaammmzzz.. _ ela levantou o rosto e pude ver um sorriso sapeca em seus lábios. Mudei as posições novamente e estava no controle. Eu queria a ouvir pedindo mais. Maltratei seu pescoço, segui o caminho para seus seios calmamente. Comecei pelo direito. Eu passava a língua calmamente por ele e sugava seu bico. Não sabia de onde tinha encontrado tanta calma.. Mas estava me controlando bem. Fiz o mesmo processo no outro e já descia por sua barriga, beijando e chupando sem pudor algum. Segui o caminho até sua cintura. Ao chegar lá afastei calmamente suas pernas. Olhei para ela e a cena me deixou louca de prazer. Ela estava corada com os olhos fechados e bem comprimidos.


 - Lauren.. Por favor.. Acabacomisso.. logo_ pediu sôfrega e eu sorri com isso.


 - Camz,camz.. Pra que a pressa? Curta o momento, respire.._ disse o mais irônica e sexy o possível. Abaixei e beijei sua coxa por dentro. Camila estremeceu mais uma vez naquela noite.


 - Abra os olhos pra mim! Preciso olhar seu olhos!_ ordenei e logo vi seu olhos abrirem completamente perdidos de luxúria. Decidi acabar com a tortura e fui direto para o lugar proibido, o lugar q eu desejava. Comecei arranhando sua coxa e beijando logo em seguida, sem nunca cortar nosso contato visual fui subindo os beijos para sua virilha e eu não sabia quem estava mais desesperada.. Ela ou eu. Antes de começar o meu trabalho analisei bem o rosto dela. Ela estava mais linda que normalmente. Percebi que sua pele tinha uma fina camada de suor, sua boca estava entreaberta, seus cabelos estavam bagunçados, mas não em um estilo Camila Cabello normal, ela estava.. Uma Camila Cabello que eu não sabia definir, uma versão completamente desconhecida por mim. Ela parecia viva e completamente sexy. Pedi permissão com meus olhos e juro pra você que senti ela me repreendendo por demorar tanto. Primeiro soltei um pouco de ar quente pela boca em sua intimidade e ela gemeu. Comecei bem de vagar.. Não, eu não queria tortura-la ,só queria tornar inesquecível ,dar a ela o máximo de prazer possível. Passei minha língua desde sua entrada ao seu nervo inchado e pulsante. Afastei os lábios maiores e comecei a passar a língua ao redor do seu clitóris. Sinto o corpo dela todo estremecer quando chupo com tudo seu nervo. Seus gemidos ficaram mais intensos fazendo com que eu ficasse em uma situação critica. Ela começou lentamente rebolar em meu rosto e eu já estava mais que quente. Coloquei mais pressão e rapidez na minha língua. Ela fechou as pernas com tudo e com leveza e sem parar afasto-as novamente. Sinto os dedos da minha latina agarrarem meu cabelo me empurrando ainda mais para seu centro. Ela guiava minha cabeça e eu fazia o trabalho. Eu fazia tudo com carinho e isso estava sendo completamente novo. Alguns minutos depois sinto o corpo dela convulsionar e segundos depois o líquido dela derrama pelos meu lábios. Com calma e muita gana lambi tudo a limpando. SENHOR!! Ela tinha um gosto maravilhoso! Subi rapidamente pelo corpo dela e coloco meu peso parcialmente sobre o dela e fico a admirando enquanto ela recupera o fôlego. - Você é tão linda!! Posso passar minha vida inteira te olhando e nunca vou parar de me surpreender com os leves detalhes- disse e a vi corar forte. Passei a mão esquerda pelo rosto dela bem lentamente, desci pelo pescoço ,clavícula, seios, lateral do corpo, braços, até encontrar a mão da garota. Até então eu não havia percebido, mas estava perdidamente apaixonada por aquela garota. Percebi que a respiração dela tinha normalizado e ela me olhava intensamente. Com calma voltei a beija-lá e aos poucos transmitindo todo o meu desejo. Passeei minhas mãos pelo corpo dela sentindo e gravando cada detalhe dele até chega em sua intimidade. Deslizei meu dedo do meio até sua entrada. Nesse momento eu abri meu olhos e afastei meus lábios dos dela.

- Camz, meu amor, vai doer um pouco. Se quiser que eu pare e só me pedir. _ ela continuou me olhando e apartou minha mão que ainda estava entrelaçada a dela.


 - Por favor Laur, me faça sua!


Meu coração disparou e então com um pouco de força para não machuca-la pressionei sua entrada sentindo meu dedo romper o seu hímen. Olho para seu rosto e seus olhos estavam fechados e comprimidos.. Dessa vez tinha uma expressão de dor e então deixei meu dedo no mesmo lugar sem movimentar esperando que ela se acostumasse com ele. Alguns segundos depois vejo os seu olhos abrirem e o seu quadril se mexer contra meus dedos em um pedido para prosseguir. Tomo seus lábios com desejo. Solto minha mão da dela para arranhar sua barriga e apertar seus seios. Começo a movimentar meu dedo com velocidade. Sem avisar adiciono mais um dedo e sinto a latina cravar as unhas nas minhas costas e gemer mais forte contra meus lábios .Desço meus beijos para seu pescoço sem parar meus movimentos.


 - Aaaaaaa.. Laur.. Por favor mais rápido, mais rápido... Isso.. Aarrr..


 Levo minha outra mão a sua intimidade e lá começo a masturba-la. Sinto o corpo dela arquear abaixo do meu. Eu estava quase gozando somente em senti-la e ouvi-la. Mas algumas estocadas e sinto meus dedos serem esmagados pelo seu interior e sinto seu líquido escorrer pelos meus dedos. Um gemido alto saiu de seus lábios e meu corpo não aguentou e entrou em um orgasmo violento junto com o dela. Continuo meus movimentos até sentir o corpo da mais nova relaxar. Desabo sobre o corpo dela e escondo meu rosto em seu pescoço e abro um sorriso quando sinto as mãos da latina percorrem minhas costas. Levanto meu rosto e olho profundamente nos olhos dela. Eu estranhamente estava me sentindo completa. Meu coração estava a mil.


 - Vem comigo, meu bem. Eu preciso dar um banho em vc!_ disse dando um beijo em sua testa e a ouvindo e vendo sorrir daquele jeito que acaba comigo, aquele jeito que a deixa bem menina mulher.

 
Tirei meu corpo de cima do dela e novamente a tomei em meus braços. A levei para o banheiro e com cuidado lavei seus cabelos e cada parte do corpo dela, percebendo algumas marcas que eu havia deixado e sentindo a sua sensibilidade. Ela estava sonolenta e mole. Eu a sequei e coloquei uma roupa quentinha. A levei para a poltrona que havia no meu quarto enquanto trocava os lençóis da cama, desligava o som e fechava a cortina. A guio pra cama, cubro seu corpo e deito a seu lado a abraçando. Imediatamente a sinto se aninhando em mim e colocando sua cabeça em meu pescoço onde ela beija calmamente e eu arrepio até o último cabelo da cabeça.


 - Loooo.._ me chama com a voz manhosa e eu me derreto e sorrio como uma boba_ eu.. Bem, minha noite foi maravilhosa, você é maravilhosa e.. Engraçado, eu não precisava esperar ninguém, você sempre esteve aqui.. Eu não queria dizer isso, mas, eu te amo, de verdade. Não foge de mim, por favor, não quero te assustar. _ sinto meu coração disparar com aquela declaração. Penso alguns minutos antes de falar e nesse tempo sinto a respiração da garota grudada a mim ficar calma, ela havia se entregado ao cansaço.


 - Eh Camz.. Eu também te amo_ sussurrei de volta para mim porque a a garota a seu lado já estava completamente apagada.
 E então foi assim que tudo começou...
 


Notas Finais


Então tá ai.. Agora preciso da opinião de vocês.. continuo essa história ou faço só hot's????
Espero que tenham gostado.. sou nova nisso hahaha


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...