História House of Cards - JiKook - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Jimin, Jungkook, Kookmin
Visualizações 74
Palavras 721
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Rélou!
Adivinha quem voltou?
Eu messssssssma!

Como tô sedenta de escrever, decidi fazer um Yaoi hihihi
É o meu primeiro, então, peguem levem comigo, ok?

Eu espero que gostem, e já adianto que não vai ser uma fic tão longa... Mas vai ser ótima!


Aproveitem a leitura!

Capítulo 1 - Prólogo


“Uma casa feita de cartas e nós como bobos.

Mesmo que seja um sonho inútil, apenas fique um pouco mais.”



Acordei suando frio, como sempre.

As lembranças daquela última noite... De como ele me disse que não poderíamos mais fazer isso... Foi demais pra mim.


A pior parte de tudo isso, é ter que fingir estar bem, sabe?

Olhar para nossas fãs e sorrir, como se fossemos dois amigos que nunca sequer trocaram olhares afetivos.

O que claramente ninguém sabe, é que já fomos muito além disso.


Quando as luzes se apagavam, e as câmeras se desligavam, costumávamos nos amar intensamente... Um amor puro.. Único, eu diria.

Amar Jungkook me fazia sentir único.


Mas agora, Park Jimin... Agora você vai focar na sua carreira! Enquanto ninguém souber o que penso, é claro! 


Me levanto rápidamente da cama ao lado de Hoseok e vou em direção ao meu banho.

Quem liga que hoje faz um ano que terminamos?

Exato, o trouxa aqui.


— Jimin... Você está aí? - Hoseok me chama através da porta do banheiro e respondo brevemente com meu "hum" costumeiro. — Não demore, hoje a gravação começa cedo!


Ah sim, esqueci de mencionar.

Estamos em clima de comeback!

Hoje é o último dia da gravação do MV solo do Jungkook, onde eu faço uma pequena aparição por ser o hyung mais próximo dele.

Ótimo, não?!


Termino meu banho rápido, me enrolo na toalha e saio pelo quarto, sem me importar com Hoseok, já que ele já viu meu amado corpo inúmeras vezes.


— Animado pra hoje? - ele diz em seu tom brincalhão e bufo.

— Hyung, é só dois segundos, vai ser coisa normal.. - me aproximo do armário para pegar uma roupa qualquer, já que a mesma vai ser trocada depois.

— É a primeira interação de vocês assim.. Depois que... Você sabe.. - ele diz sem jeito e olho para ele, tendo certeza que estou com a maior cara de bunda do universo.

— Hoseok-ah, somos adultos agora... - digo mais para mim do que pra ele. — É como adultos que vamos lidar com isso.


Hoseok é o que mais se envolveu com nós dois.

Jogo a culpa no fato de sermos colegas de quarto, óbvio.

Foram várias as vezes que ele me ajudou a esconder as marcas que Jungkook deixava em meu corpo. Marcas nada discretas, aliás.


— Se você quer assim, Jimin, assim será. - ele me puxa para um longo abraço e respiro fundo. — Se não conseguir, você ainda tem o número daquele seu amigo em Busan.

— Eu não vou sair com o Sindae, ele é mais novo que eu. - afirmo e Hoseok cai na risada, como se eu tivesse dito alguma piada.

— Disse a mesma coisa em 2014, antes de começar a namorar com o Jungkook. - ele rebate.

— Eu amo, quer dizer, amava ele. - Hoseok me olha desconfiado e sorrio. — Sindae é meu amigo, apenas isso.


Sindae é um amigo da escola que estudei.

Pra ele, eu sou completamente hétero, assim como para praticamente todo mundo.

O problema? Bem... O Problema é que ele é perdidamente apaixonado por mim.

Muito mesmo, tipo, bastante!

Quando ele me disse, Jungkook estava do meu lado... Disse que se eu quisesse, eu poderia contar ao garoto sobre nossa relação, mas o medo falou mais alto...

Infelizmente, meu pais não é bem receptivo com homossexuais, muito menos quando se é idol.

Eu decidi manter a pose, Jungkook também.

Somos ótimos atores, aliás.


— Chegaram! - Taehyung vibra assim que abre a porta do carro para que possamos sair. — Vocês foram os últimos, novamente..

— Aigoo, a culpa é do Jimin! - Hobi aponta o dedo na minha cara. Sério? — Ele teve outro sonho ruim, coitado...

— Ainda vou descobrir a causa desses sonhos... - Tae diz com os olhos entreabertos no estilo investigador criminal, e depois abre um sorriso largo. — Vamos, tem que se maquiar.


Taehyung me leva até o camarim improvisado nas montanhas - sim, montanhas - e quando eu entro, lá está ele.

Jungkook está se maquiando... E ignorando minha presença.

Exatamente como ele tem feito desde o dia em que terminamos.

Eu definitivamente, odeio essa situação.

Mas o que posso fazer? 

É assim que tudo tem que ser. Para o nosso bem, é exatamente assim. 






Notas Finais


Esse foi o prólogo, as atualizações não serão tão frequentes... Vai ser tipo coisa de uma vez por semana... Mas elas existirão!

Saranghae ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...