História House Of Cards. - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Arrogante, Drama, Frio, Heart, Hopemon, Jikook, Mistério, Namjim, Namjin, Sugamon, Taegi, Taejin, Vhope, Vmin, Yoonjin, Yoonkook, Yoonmin
Exibições 120
Palavras 744
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - Drogas, Amores e Dores ?


"Amor é tão doloroso, yeah

Despedidas são ainda mais dolorosos

Eu não posso ir, se você não está aqui

Me ame, me ame

Volte para os meus braços

Amor é tão doloroso yeah"           ~ Love Is Not Over (BTS)

POV. Park Jimin (ChimChim/ Jiminnie)

 

Eu sou do tipo que pessoa que sempre não se valoriza e nunca está satisfeito com sua aparência, já devem saber. Mas devem querer saber mais ainda o porque de eu estar falando sobre isso, eu explico.

Minha vida é como um déjà vu, eu sinto como se tudo repetisse, mas na verdade está tudo sobre controle, menos eu.

       Depressão ? Eu não tenho certeza se tive, ou tenho, quem sabe um psicologo resolva, ou uma dose de amor do Jungkook possa dar um jeito. Por mais incrível que pareça, a tela do meu celular estava desligada e eu nem me importava eu conversar com o Jeon agora. 

 Era uma dor tão inexplicável e forte, queria eu saber porque o meu coração escolheu justamente ele, o Maknae, o terrível e ao mesmo tempo inocente Jungkook, Park Jimin onde foi parar sua esperteza ?!

"Jimin, sua esperteza se afogou, porque o amor do Jungkook tomou conta de tudo dentro de você"

Uma voz ecoa pela minha mente, seria a loucura ? Não sei, realmente agora a melhor resposta pra tudo é "Não sei", nem um "Talvez" seria capaz de corresponder alguma coisa, algum sentimento, algum pretexto. Mas é aquela querida frase; "Já dizia a lenda que VENCEDORES, vencem dores.", mas eu n~çao sou um desses vencedores, pelo menos no amor não.

...

Mas pensando em outra coisa, meu aniversário já é no próximo mês, tão rápido, eu me sinto um garoto de 15 anos iludido e perdido pelo mundo, há ! Me lembro quando tinha 15 anos... Ou até mesmo 10, eu nunca pensei que seria um k-Idol ou nunca pensei em me apaixonar de verdade, a minha paixão era correr por ai, saborear a comida da minha mãe, ouvi-la cantar para mim todas as noites antes de dormir, ralar o joelho e me gabar para meus amiga dizendo que simplesmente não doía o ferimento, mas não doía mesmo, porque a dor do amor, essa ninguém pode ter controle, dor de verdade é quando você chega aos seus 18 anos. você começa a ter maturidade e perceber o quanto você já foi imaturo e idiota.

Já amei outra pessoa e não fui correspondido, mas como eu disse quanto mais velho você fica, mas as coisas pioram, então a dor de agora é pior que á antiga, gostar é uma coisa, amar é outra, são totalmente diferentes.

- Jiminnie ! Sai de baixo dessa cama que eu estou escutando seus soluços há tempos. - Ouço a voz de Taehyung e faço uma contagem de 1 á 3 mentalmente.

- Tae, eu estou apenas com um resfriado. - Falo e ele se abaixa me olhando de baixo da cama, encolhido.

- Sério ? Então eu sou a cara da Amy Winehouse ! - Ele fala com um tom obvio de pura ironia.

- Nunca ! - Falo e ele decide vir até a mim e fica do meu lado, e de repente me abraça também, esse pequeno Alien me assusta ás vezes, mas mesmo me assustando, algumas das atitudes me fazem tão bem.

- Jimin-Hyung, é o Kookie né ? - Ele fala e eu fico em silêncio, só senti seus braços me apertarem mais, era confortante e acolhedor, mas ao ponto de vista de alguma pessoa seria estranho, dois seres masculinos se abraçando de baixo de uma cama, não importa a opinião dos outros agora né ?!

Tae sabe o que eu passo, porque ele passa o mesmo, mas acho que ele nem se preocupa tanto e á pessoa não gostar dele, ele sabe que á pessoa o ama - Hobi ama o Tae - ele se preocupa em á pessoa sumir e ele não consegui demonstrar seus sentimentos, mas acho que está na hora de cada um se ajudar nessa casa...

Mas afinal, e a brincadeira ? Já acabou ?

- Por que seus olhos estão vermelhos ? - Tae sussurra. - Não está usando drogas né ? 

- Talvez... Uma chamada Jeon Jungkook, te encanta, te vicia, te deixa louco e acima de tudo... Faz você sentir a dor do amor. - Falo ele me olha com os lhos arregalados, esse V, mesmo sendo um bobo, sempre consegue ser fofo. 


Notas Finais


ENTÃO GENTE ! TUDO BEM ?
Eu to bem.... Estranha e sentimental hj... KKKK NOSSA QUE IDIOTA.
Eu não estou normal ! Sério.
M,as esse foi o capítulo, desculpa se esta um pouco fara de rumo, mas acho que ficou bom, meus pensamentos precisamos ser postos pra fora ! BEIJOOOOOOOOOO
MANOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO JIMIN FEZ ANO A UM TEMPO ATRÁS, FIQUEI QUE NEM UMA DOIDA AQUI SÓ PRA CONSTAR ! Mas gente, pensa em uma ser humana que esta fazendo curso em Inglês e Coreano particular ?! EUUUUUUUUUUU, amo vcs <3
Ainda vou aprender coreano ! Meta de 2017 já ! KKKK nem chegou 2017, mas é isso ![BEIJOOOOOOOOOOOOOO]


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...