História House of Cards •taegi• - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Kim Taehyung, Min Yoongi, Suga, Taegi
Exibições 70
Palavras 332
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeonghaseyo sz

Essa one foi inspirada num fmv que eu vi, obrigada por ler :3

Capítulo 1 - One Shot.


Point Of View Taehyung.

Eu não sabia ao certo como começar aquela carta. Eu nunca pensei que Yoongi faria tanta falta assim na minha vida.

“Querido Yoongi. Pode ser meio clichê lhe chamar de querido, mas já estamos na idade de ser clichê, não é mesmo?
Você não está mais aqui, mas sinto sua presença ao meu lado sempre que vou deitar. Eu na verdade, não tinha ideia de como começar essa carta para você, eu simplesmente lhe deixei sem explicações. No começo, eu achei que seria fácil te superar, mas ao passar do tempo, eu percebi que não, eu percebi que eu descartei o meu maior tesouro, a minha vida. Quando eu recebi a notícia de que você morrera num acidente de carro, meu mundo desabou. Eu sentia a culpa tomar conta do meu eu, fazendo assim, eu voltar a morar onde morávamos. Se lembra? Da velha casinha bem arrumada em Busan? A casinha de frente à praia? Sim, eu estou morando aqui até hoje. Mesmo sabendo que você não está mais aqui ao meu lado, enxugando minhas lágrimas ou abraçando meu corpo trêmulo pelo medo da chuva, eu venho te pedir perdão. Perdão por tudo que eu já lhe fiz, eu sei que é um pouco tarde, pois há seis anos eu não vejo seu rosto, mesmo com rugas, continua perfeito, como quando éramos jovens? Se lembra? Do Jimin que vivia brigando com Jeongguk, do Hoseok que não parava de sorrir por um segundo? Do Seokjin abraçado com Namjoon na beira do mar? Pois é, essas lembranças ainda são frescas na minha memória. Mesmo vocês não estando mais entre nós, eu ainda posso sentir o vento da juventude bater em meus fios brancos.
Talvez não seja a minha hora ainda, mas eu juro, que um dia irei te encontrar no paraíso, e então poderemos ser feliz. Eu te amo.
Com todo o amor que alguém poderia dar, Taehyung.”

E então eu coloquei a carta em sua lápide e fui embora


Notas Finais


Obrigada, e eu não me responsabilizo por lágrimas. Annyeong~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...