História How could the obvious be ignored? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Dajan, Dakota, Debrah, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Letícia, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Violette
Tags Amor Doce
Exibições 112
Palavras 1.630
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Bishoujo, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiii, essa é minha primeira fanfic ^^
Nem sei se alguém vai chegar a ler mas emfim...
"bora" pra história

Capítulo 1 - Nova escola... novas pessoas...


Acordo com o maldito despertador tocando... Nos primeiros momentos em que estou acordada fico meio perdida sem saber exatamente onde estou até que lembro que essa é minha nova casa, meu novo quarto, minha nova vida...

Bom, primeiramente uma apresentação rápida:
Nome: Amy Underwood, idade: 15 anos, altura: 1.54, hobbies: ler, jogar videogame (muiiito), correr, cozinhar, tenho cabelos loiros e olhos azuis esverdeados. Isso ai, agora vocês sabem um pouquinho de mim.

Vou para o banheiro, faço minhas higienes e visto uma roupa, decido que no meu primeiro dia de aula quero causar boa impressão então visto meu moletom de lã azul,uma calça preta e um tênis azul, passo um pouco de maquiagem apenas para esconder um pouco as espinhas que nasceram em minha pele durante as férias.
Acabo de me maquiar exatamente quando minha mãe começa a chamar meu nome e a dizer que estou atrasada, olho no relógio e vejo que já são 07:40. Ótimo, chegar atrasada logo no primeiro dia de aula.
Desço as escadas correndo e  minha mãe e meu pai já estão arrumados para trabalhar, meu pai beija minha testa enquanto minha mãe me serve de torradas. Engulo-ás o mais rápido que consigo junto com suco de maça. Minha mãe e eu saimos de carro as 07:55 sendo que as aulas na Sweet Amoris começam as 08:00.

Chegamos as 08:05, minha mãe me deixa no portão (que por sorte está aberto), me da um beijo na testa e vai trabalhar. Sigo para dentro da escola e entro dentro de um corredor, olho ao redor e não vejo ninguém, acho que todos estão na aula. Começo a me desesperar me questionando como acharei minha sala nessa escola de três andares até que um garoto loiro, bem bonito por sinal, abre a porta me assustando.

- Olá, você deve ser Amy Underwood, certo? - O garoto me pergunta.

Aceno afirmativamente com a cabeça 

- Ótimo, estava me perguntando se você não havia se perdido na escola haha - Continua o garoto - A propósito, meu nome é Nathaniel, sou representante de turma, venha comigo, temos que terminar os últimos passos de sua inscrição na escola.

Sigo Nathaniel até a sala que ele havia acabado de sair ele me explica que essa sala se chama grêmio e que se eu precisasse de algo era só vir ali. Após terminarmos tudo sobre minha ficha de inscrição ele me leva até a minha sala.

- Com licença professor, desculpe pelo atraso de Amy, ela estava comigo terminando sua ficha de inscrição. - Diz Nathaniel ao professor.

- Oh claro, meu nome é Faraize, sou professor de geografia - Diz o professor e estende a mão para mim apertar.

- Prazer em conhece-lo - Digo de cabeça baixa sentindo todos olhares direcionados a mim, sinto minhas bochechas queimando.

- Por favor senhorita Amy, sente-se ao lado de Armim.

Olho para ele confusa, sem saber quem é esse tal de "Armim". Até que um garoto que até então estava mexendo no seu celular ergue a cabeça e fala:

- Eu sou o Armim - E volta sua atenção ao celular de novo.

Me sento ao seu lado, um pouco constrangida, mas feliz por não ter que me apresentar na frente de todos. Tenho MUITA vergonha.

- Armim, pode por favor, guardar o celular e prestar atenção na aula - Pede o profº Faraize.

Armim guarda seu celular contrariado, começo a observa-lo, ele tem cabelos pretos desgrenhados como se ele não tivesse penteado quando acordou e lindissemos olhos azuis. Meu Deus que garoto l-i-n-d-o.

- Então, Amy não é? - Pergunta Armim me tirando do transe.

- S-sim - Respondo timidamente.

- Nome legal, como você já deve ter percebido meu nome é Armim, qual sua idade?

- T-tenho 15 anos, e v-você?

- Tenho 16 - Responde ele descontraidamente.

O professor pede silêncio obrigando-nos a pararmos de conversar.

Emfim a aula acabou, estava saindo da sala quando alguém puxou meu braço, dei um pulo de susto e acabei quase caindo em cima da pessoa que puxou meu braço.

- Opa, desculpa. Não era minha intenção te assustar. - Fala Armim parecendo sem graça.

- Tudo b-bem - Falo sentindo minhas bochechas pegando fogo, sua mão ainda está no meu braço.

- Aonde você vai agora? - Me pergunta ele.

- Não sei direito - Falo sem graça.

- Vem comigo então, ai eu te apresento para a galera.

- Okay.

Armim me guia através de corredores e salas de aula até chegarmos em um local que acho que é o refeitório onde á no minimo um bolinho com umas 4 pessoas conversando animadamente. Nos dirigimos até elas.

- Armim, onde você estava até agora? - Pergunta um garoto de cabelos azuis, que percebi quase imediatamente devia ser irmão de Armim,pois a semelhança era enorme, talvez até fossem gêmeos.

- Estava convidando a Amy para vir se juntar com a gente. - Responde Armim.

- Aiii meu Deus, amei a sua mochila. - Uma garota com lindos cabelos platinados e olhos de um amarelo fascinante praticamente gritou.

- Aiii meu Deus, amei seu cabelo - Respondo usando o mesmo tom dela, acabamos rindo que nem loucas.

- Já vi que vocês duas vão se dar bem, - Fala um garoto com cabelos platinados com as pontas pintadas de preto, e MEU DEUS, ele é heterocromático. - meu nome é Lysandre, prazer em conhece-la senhorita Amy . - Fala ele e logo após beija minha mão.

- Ah, nem me apresentei, - comenta a garota dos cabelos platinados - meu nome é Rosalya, mas pode me chamar de Rosa, espero que sejamos ótimas amigas.

- Também espero Rosa. - Corando com tanta gente sendo simpáticos comigo.

- Heyyy, meu nome é Alexy, - Fala o garoto de cabelos azuis - como você já deve ter reparado, sou irmão gêmeo daquele ser humano anormal viciado em jogos ali. - Ele apontou para o Armim, que botou o dedo do meio para o irmão e voltou sua atenção ao seu jogo. - Alguém já te disse que você é muito fofa? - Pergunta Alexy me dando um abraço de urso logo depois, quando ele me solta do abraço sinto que estou mais vermelha do que o  cabelo do garoto que está conversando com o Lysandre. 

- Meu Deus Alexy, assim vai acabar matando a Amy de vergonha, se não matar ela sufocada antes. - Disse o Armim.

- Você está é com ciúmes dela Armim, vai admite, depois vem aqui e abraça ela também. - Fala Alexy para o Armim que agora olha para o irmão com uma expressão homicida no rosto.

E eu estava quase morrendo de vergonha e felicidade ao mesmo tempo, era apenas meu primeiro dia de aula e eu já tinha amigos.

- Ae novata, meu nome é Castiel. - Disse o ruivo que estava conversando com  o Lysandre.

- O-olá - Digo sem saber direito o que responder.

Do nada, ouço um ruido vindo doas auto-falantes das paredes.

*Alunos da Sweet Amoris,* - Diz a diretora através dos auto-falantes acoplados as paredes - *Tenho um comunicado a dar a vocês. Vocês serão liberados das aulas de hoje agora, pois haverá uma reunião com todos os professores, é isso, bom dia a todos.*

Os alunos começaram a festejar loucamente, mas a professora que estava supervisionando o refeitório mandou que todos ficassem quietos, pegassem seus pertences e fossem para a casa.

Fui pegar meu material sozinha, pois a Rosa foi ao banheiro, o Lysandre e o Castiel foram para o lado contrario ao meu e Alexy ficou conversando com Armim. Estava chegando meu armário quando...

- Ei novata!

Me viro e vejo uma loira com ar de patricinha com um decote ridiculamente enorme.

- Quem você pensa que é para ficar dando em cima do meu namorado? - Perguntou a garota.

- Que? Que namorado? - Pergunto confusa.

- Você sabe muito bem. - Continuou a garota, agora se aproximando mais, recuo e pergunto novamente:

- Quem é seu namorado garota?

- Não se faça de tonta, eu vi você dando em cima do MEU Castiel. - Ela está prestes a me dar um tapa quando o Armim e o Alexy chegam.

- Ambre, o que você pensa que está fazendo com a Amy? - Questiona Alexy a loira que se chama Ambre pelo que eu ouvi.

- Ela fica dando em cima do meu Castiel e ainda vem se fazer de tonta. - Fala Ambre.

- Você sabe que o Castiel não gosta de você, não é? - Pergunta Armim de um jeito quase cruel.

- Mas.. Afff. - Ambre nos da as costas e sai empinando a bunda.

- Você tá bem Amy? - Pergunta Armim com uma expressão preocupada.

- A-acho que sim. - Respondo um pouco trêmula.

- Aí amy, não liga pra Ambre não. - Fala o Alexy me abraçando, meu Deus ele ama abraço.

Saimos da escola.

- Alexy, vou levar a Amy em casa, depois a gente se vê. - Fala Armim de um jeito apressado e me puxa para irmos embora.

- Ah não Armim, nós vamos no shopping agora, - Fala Alexy puxando Armim. - Desculpa Amy, mas se eu não obrigar ele a ir hoje ele nunca mais vai.

- Haha Tudo bem, tchau meninos, até amanhã. - Me despeço e vou para casa.

Chego em casa e meus pais ainda não voltaram do trabalho, isso quer dizer que vou poder jogar na TV da sala que é muito maior do que a do meu quarto, pego um pacote de Doritos e um copo de coca-cola. Jogo até meus pais chegarem em casa, depois vou para meu quarto e faço os deveres de casa, depois jogo um pouco no notebook e vou dormir.

 

 

 

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...