História How could the obvious be ignored? - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Dajan, Dakota, Debrah, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Letícia, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Violette
Tags Amor Doce
Exibições 84
Palavras 746
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Bishoujo, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


mais um capitulooooo \o/
esse capitulo ficou pequeno ;-;

Capítulo 3 - É para isso que servem os amigos...


Maldito despertador... Sonhei com ele... Okay, está na hora de assumir então, não é feio gostar de alguém, feio é desistir da pessoa por medo de tentar... Desço para a cozinha e vejo que minha mãe já foi trabalhar, ela começará a sair antes de mim agora... Ótimo, volto para o quarto, pego o note e mando a seguinte mensagem para a Rosa:

Eu: Rosa preciso que você venha qui em casa agora, vamos matar aula, tá aqui meu endereço...

alguns minutos depois:

Rosa: O que te deu garota? To terminando meu café e já to indo.

Eu: Ótimo, até daqui a pouco.

Vou para o banheiro, faço minhas higienes e coloco uma blusa listrada de roxo e cinza, um short, uma sapatilha preta e prendo o cabelo em um rabo de cavalo. Desço para a cozinha e como cereal, estou botando a tigela para lavar quando a campainha toca.
Deixo Rosalya passar e a levo para meu quarto, onde ela imediatamente começa a mexer em tudo.

- Rosa por favor, presta atenção - Falo e ela se senta na minha cama de frente para mim.

- Tá bom amiga, fala aí.

- Acho que estou apaixonada - Falo e escondo o rosto nas mãos, com vergonha demais para poder encarar a Rosa. - pelo Armim.

- AAAHH EU SABIA QUE VOCÊ GOSTAVA DELE!! - Quase morro do coração por causa do grito da Rosa.

- Eu esperava todas as reações, menos está. - Falo timidamente.

- Cara, vocês nasceram um para o outro, agora me conta exatamente como foi seu sonho.

- Tá bem:

A gente havia ido ao cinema, eu, você, o Armim e o Leigh, ai na hora de voltar para casa ele me beijou... eai eu acordei.

- Sério que você me chamou aqui por causa desse sonho? - Pergunta a Rosa com cara de tédio.

- Ahh, não quer ficar aqui não fica, vai lá pra escola, vai - Faço cara de ofendida.

- Ai amiga, é bom estar apaixonada, você tá fazendo muito drama. 

- É bom pra quem os garotos tem chance de se apaixonar - Falo fazendo beicinho.

- Amy, vou te falar uma coisa bem na tua cara, eu, o Alexy, o Lys e o Cast achamos que o Armim tá caidão por ti.

- C-como assim? - Me engasgo com minhas próprias palavras.

- Vocês gostam das mesmas coisas, e o Alexy disse que ele tá sempre falando de você, SEMPRE.

- Ai tá bom, coisa demais pra mim pensar, vamos fazer outra coisa?

- Temos que sair para fazer compras. - Fala Rosalya.

- AHH tá bom,vou trocar de roupa...

Botei uma blusa listrada branca e preta, uma calça preta e um tênis preto. Saímos e fomos em diversas lojas, compramos varias coisas. Voltamos para casa e fomos fazer o almoço, fizemos strogonoff, que ficou ótimo.

Depois passamos a tarde toda comendo sorvete, vendo series e conversando sobre garotos.

Quando minha mãe chegou insisti pra ela deixar a Rosa dormir aqui em casa e... ela deixou! Jantamos e fomos para o quarto, tinha uma mensagem não lida no note...

Armim: oiii, senti sua falta, você está bem??

- AIIIIIIIIIIIIIIIIIII MEU DEUUUUUS - A Rosa literalmente gritou.

Minha mãe subiu as escadas correndo...

- O que foi garotas?? - Pergunta ela desesperada.

- O Armim chamou a Amyyy - Rosalya dava pulinhos pelo quarto.

Minha mãe começou a rir.

- Que legal, só não grite assim mais haha - Diz ela saindo do meu quarto.

-Tá Rosa, se controla, vou responder ele. - Digo tentando parecer calma.

Eu: Oiii, também senti sua falta, estou bem sim, só resolvi matar aula kkk.

Armim: Que bom que não aconteceu nada, da próxima vez me convida para matar aula com você kk.

Eu: Convido sim kkk :3

Armim: Alguém matou aula com você? A Rosa e o Castiel também faltaram...

Eu: A Rosa veio aqui para casa, mas não sei porque o Cast não foi.

Armim: Pensei que o Castiel também tinha ido para ai, melhor assim ^^

Eu: 0.0

Eu: Vou ter que ir dormir Armim, bjuus, boa noite, dorme bem :3

Armim: Eu acho que vou dormir também, bjuus, boa noite, espero te ver amanhã *-*

- Ain, vocês são tão fofos, eu disse que ele gosta de ti - Rosa começou de novo.

- Isso não prova nada, agora vamos dormir Rosa...

Acabamos indo dormir as 04:00 da madrugada, sendo que teremos que acordar as 06:30...


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...