História How Deep Is Your Love 2 - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Magcon
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack and Jack, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Everon
Exibições 221
Palavras 2.935
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


3/5

Capítulo 18 - It Hurts To Know


Fanfic / Fanfiction How Deep Is Your Love 2 - Capítulo 18 - It Hurts To Know

Quarta Feira ~New York 10:30 P.M.

Cameron P.O.V.

Olhava pra janela vendo a never tomando conta da cidade. Estava muito frio, passa esses dias aqui em new york até segunda sozinho. Apenas com os colegas e sem namorada. E não e legal. O motorista paro em frente ao prédio e vejo uns seguranças abrindo a porta. Olho a rua estava lotada de fãs gritando.

CAMERON – Os gritos era alto.

EU TE AMO CAMERON – Gritaram eu apenas acenei e sorrir.

AMO MUITO VOCES – Gritei entrando no hotel.

O homem pego minha mala e levo até meu quarto, enquanto eu terminava de fazer o check-in do quarto.

587 – Disse ela entregando o cartão. Tenha uma boa noite Senhor Dallas.

Pra você também – Disse sorrindo e sai de lá indo pro elevador.

Fui pro 7 andar, caminhei até meu quarto e vendo a Katy saindo do quarto do lado.

Tia – Disse sorrindo e ela venho até mim.

Cam – Disse ela me abraçando. Seu quarto nesse corredor.

Sim e esse do lado – Disse abrindo. A senhora estar no quarto ao lado.

Não meu quarto e 4 andar – Disse ela. Evilyn estar nesse.

Affe – Disse revirando os olhos.

Até amanhã no desfile dorme bem meu querido – Disse ela beijando minha testa e saiu.

Joguei minha mochila na cama e fui até a varanda. Dava pra escuta uma música do quarto ao lado. Fui até mais pra perto e vejo Alisson e Evilyn dançando de sutiã e calcinha. A Evilyn desceu até o chão e volto sorrindo. Mordi o canto da minha boca olhando aquela cena.

CAMERON ACORDA, VOCE NAMORAA, NÃO CAI EM TENTAÇAO DA MILLS NÃO.

Me joguei na cama e apagando as luzes, vou dormi que ganho mais. Fechei os olhos e a música estava mais alto. Virava pro lado e outro e nada de dormi já estava começando a ficar de madrugada mas a gritaria não parava. Liguei na recepção e depois de um tempo acalmo. Agora sim eu durmo.

Quinta feira ~New York 12:00 P.M.

Evilyn P.O.V.

Estava no carro com Alissa cantando umas músicas com o motorista do UBER. Estava morrendo de frio e Alissa também. Mas nossa roupa estar curta. Alissa estava usando uma saia branca de cintura alta e um cropped aberto preto e cabelo liso com um salto branco. Ela estava linda. Eu estava usando um salto preto e um vestido aberto no meio dos seios bem colado. E curto preto. Usando um colar na garganta pra chama atenção. A never tinha parado de cai e acabamos chegando.

Parei pra tirar as fotos na entrada e com meu grupo na categoria. Conheci Amanda ela e um amor de pessoa. Cameron chego usando um terno azul escuro e óculos escuro. Confesso estava um gostoso. Ele bateu os olhos em mim e desceu pra minhas penas. Revirei os olhos e continuamos com as fotos.

Vai começa o desfile – Chamou a mulher e todos formos pro lugares.

Andei até a cadeira que estava com meu nome. E estava como. Advinha. Evilyn, Cameron, Alissa, Neels, Amanda, Twan. Me sentei e Cameron se sento e fico olhando pra frente com celular na mão. Ele apoio os cotovelos no joelho.

Hey – Disse Alissa me olhando. Ontem alguém estrago nossa festinha.

Verdade – Disse olhando pra ela.

Cameron que quarto estar – Pergunto Twan.

587 – Disse Cameron olhando pra ele.

Filho da puta – Comecei a dubla minha fala, foi ele que acabo com a minha festa.

O desfile tinha começado, não estava nem ai pro desfile, minha mente estava longe em como eu vou me vigar do Cameron. Isso sim, até que as roupas da coleção estava lindas. Depois desse desfiles, formos pra uma areia onde tinha as roupas nas zara a vendar. Muito fotógrafos e famosos bebendo. Acabei conhecendo as três mulheres que me inspira em maquiagem. Sim a Kim Kardashian, Kylie Jenner e a Kendal Jenner. Tirei umas quietas fotos. Que dizer eu coloquei meu celular na hora de tirar a foto e apertava várias vezes. Apenas mudando as poses. Kylie foi uma fofa como as outras. Quando minha mãe me deu o batom dela de aniversario eu pirei. Com ela gravei pro snap e tirei foto com ela no celular. CHUPA.

Eai ta viva – Disse Neels me olhando.

Eu to – Disse rindo. Eu vou posta essas fotos e fazer um quadro.

Meu deus – Disse Twan rindo.

Vamos galera pra galeria, já vai começa o desfile da minha mãe e depois festinha – Disse sorrindo. Agora eu vou dar de paparazzi quero foto com vários famosos.

Se fosse mulher do Cameron iria tirar foto com as estilista famosas – Disse Twan encarando o Cameron e amiga da minha mãe.

Vish não preciso de Cameron pra tirar foto com famosos – Disse sorrindo e seguimos até os carros.

(...)

O desfile da minha mãe foi o maior sucesso como sempre, eu fico feliz querendo seguir o caminho como ela. Mas não sendo ela que senhor ou eu vivo ou trabalho. A festa estava pra rola depois do jantar, e sobre mais fotos com famosos sim eu conseguir. E dia muito feliz pra mim.

Hey quer ser vingar do Cameron – Disse Alissa. Sua hora.

Olhei Cameron sentado na mesa junto com umas modelos, e uns amigos dele. Pisquei pra Alissa e peguei uma taça de vinho e andei até a mesa. Enquanto menos espero vejo Alissa piscando pra mim e me empurro fazendo eu cai em cima do modelo e vinho indo na roupa do Cameron.

O MEU DEUS – Grito ele vendo sua roupa toda suja.

Tropecei com salto – Disse encarando o chão. Me desculpa meninos e meninas.

Que isso mills – Disse a modelo. Isso sempre acontece.

Verdade – Disse o modelo que cai em cima.

Desculpa ai pela sua roupa, manda sua namorada lava ai sai a manchar – Disse encarando o Cameron.

Hahah – Ele deu uma risada falsa e saiu.

Sim eu queria grita de felicidade, ele acabo com a minha festinha eu acabei com a dele. Agora sim vamos aproveita a festa.

Sexta Feira ~New York, 2:31 P.M.

Cameron P.O.V.

Hoje iria rola o desfile anoite, Passei a tarde fazendo compra em new york. Comprei um vestido pra Heloisa, espero que ela goste. Fiquei encarando aquela enorme janela de vidro vendo new york nevando. Estou afim de fazer algo divertido.

Já sei – Disse saindo do quarto.

Ouvi uma conversa da Alissa que ela e a Evilyn iria pra Chanel compra algo de presente. Corri na recepção e perdi uma chave do quarto 588. Eles me deram a chave reserva. Disse que era um amigo da dona do quarto pra eu fazer uma surpresa. E como sempre elas caiu. Cheguei no quarto e vendo.

A cama bagunçada com várias roupas intima em cima jogada, um canto do quarto cheio de sacolas de marca. Ela sim faz compra. As roupas dela estava guardada no armário, tudo em ordem com sapatos e tudo. Andei no banheiro vendo sua maquiagem em cima da pia e cheiro de perfume estava no ar daquele quarto.

Sorri maldoso e peguei seus batons e escrevendo Vadia, Chamando atenção? Joguei uns treco no chão quebrando tudo. Liguei a banheira e jogando vários quadradinhos com cores dentro. Fui dançando até o armário e jogando tudo pelo quarto. Fiz a maior bagunça naquele quarto. Peguei as roupas intimas e jogando em cima da tv. Abri seu notebook e tirei uma foto com dedo pra ela.

Peguei um lápis e um papel escrevendo ‘’Nesse jogo quem ganha sou eu’’.

Sai do quarto e fui até a recepção e disse que não era o quarto dela que eu errei. Disse que nem entrei e nada. Elas guardo a chave e eu voltei pro quarto. Me sentei na varanda bebendo meu suco. Engasguei com suco que levai.

AAHAAAAHAHAHHAHA – Ouvi o grito histérico dela, que me fez sorrir.

Evilyn P.O.V.

Filha para de chora – Disse minha mãe mexendo no meu cabelo, enquanto a mulher que trabalha com ela estava arrumando minhas roupas com estavam.

Quem fez isso – Disse limpando as lagrimas. Minhas maquiagens todas foi jogada for, quem foi a vadia que fez isso.

Chamando atenção – Ouvi Alissa dizer. Evilyn que isso.

Porque você tem uma foto do Cameron no seu notebook – Pergunto Neels. Matando a saudade.

Cala boca – Disse vendo a foto e vendo o cartão. Nesse jogo quem ganha sou eu Hahaha.

Que foi – Pergunto Alissa.

Cameron dallas – Disse jogando o cartão. Ele ta jogando pesado, eu vou acabar com a raça desse menino.

O que vai fazer – Pergunto Neels.

Eu vou indo nessa briga eu não me meto – Disse minha mãe saindo do quarto.

Eu vou empurra dele de uma escada, vou prender ele dentro de uma quarto e taca fogo nele e corta o pé dele isso sim – Disse jogando um perfume no chão.

Eita porra – Grito Alissa. Mas se você fazer isso hoje ele vai continua.

Eu não vou fazer nada até domingo no castelo – Disse me sentando. Ele vai se arrepender por ter conhecido a nova mills.

Quero ver sangue – Grito Neels me abraçando. Vamos se arruma pro desfile.

(...)

O desfile estava lindo, como disse eu não iria fazer nada agora com Cameron mais aquele menino, me empurrava, pisava no meu pé, fazia eu tropeça, jogo vinho em mim durante esses desfile e na festa.

Vai fazer nada não – Disse Cameron jogando meu cabelo no meu rosto. Vamos lá vem.

Eu não vou – Disse me virando e ele venho no mesmo carro que eu.

Vai lá Evilyn me mostra o que se vai fazer – Disse ele sorrindo. Quero ver.

Vou fazer nada com você menino – Disse pegando no meu celular, ele tiro celular e jogo no chão.

Vai FAZ ALGO – Grito ele pra mim.

Não – Disse sorrindo.

Se ta aprontando né assim que eu gosto – Disse ele saindo do carro assim que chegamos.

Não aguentei e peguei never na minha mão adendo e joguei na cara dele. Sai correndo e ele venho atrás de mim jogando eu no chão. Ele sento em cima de mim, comecei me debate com ele até que chutei ele e sai correndo.

Vai se ferrar Cameron – Gritei entrando no hotel.

Sabado ~New York 8:00 A.M.

Cameron P.O.V.

Acordei olhando para os lado e era so um sonho. Sim eu sonhei que a Evilyn estava com uma faca deitada do meu lado. Não sei mas ela está me dando medo sem fazer nada. Me levantei indo lava meu rosto e tomo meu banho. Visto meu terno. Estava nevando mais ainda. O desfile iria começa as 10. Então e tempo pra eu toma meu café no restaurante do hotel.

(...)

Eai cam ta vivo – Disse Twan me encarando. Pensei que a mills iria te mata depois que se fez.

E pequei pesado mais eu não ligo – Disse vendo o jogo de basquete. Ela tem dinheiro pra compra aquelas baboseira dela.

São maquiagens que custaram cada dedo seu – Disse Alissa sentando. Fica nessa folga mesmo.

Ela disse que não vai fazer nada comigo – Disse sorrindo.

Hahaha – Neels apareceu rindo. Você ando com a Evilyn durante 4 anos ou mais e sabe como ela não e de perde.

Mas ela disse não ia – Disse, vejo a mills abrindo um guarda-chuva e saindo do hotel. Ela vai me mata será.

Ela ta comprando apenas as maquiagens que senhor estrago – Disse Alissa. MAS – Ela grito. Tenho dor de você.

Essa eu quero ver – Disse Twan rindo.

O que será que a Evilyn está aprontando, ela vai me mata aqui. Era so uma brincadeira, espero que ela não faça nada comigo.

(...)

Os desfiles foram um sucesso, e eu ainda tinha um pensamento longe de onde a Evilyn estar ou ser ela vai me mata aqui na frente de todos. Anoiteceu eu não quis ir pra festa. Fui pro hotel. Assim que a porta do elevador abriu apareceu a Evilyn toda de preto.

Ai que horror – Disse colocando a mão no peito.

Ela saiu do elevador e sumiu. Sim eu estou ficando com medo da Evilyn fazendo nada comigo.

Domingo ~ New York 8:00 P.M.

Evilyn P.O.V.

Estava arrasando com vestido longo preto, aberto atrás e um salto. Cabelos em cachos na ponta. Batom vermelho e um colar de pedras. Hoje eu me vigo pelas minhas maquiagens ou eu não me chamou Evilyn Cecey Mills.

Minha mente so pensava nas músicas da Lana Del Rey. Estávamos chegando e parece que hoje tudo conspira pra mim. Estava tocando ‘’ High By The Beach’’. O salão todo paro quando entrei. Não sei mais parece que foi que estavam entrando em casal. Sentir alguém me dando a mão era o Cameron.

Você é bipolar – Disse entrando com ele e paramos pra tirar as fotos.

Eu apenas estou vendo se você vai me mata na frente deles – Disse ele sorrindo. Eu sei que mandei você fica longe de mim, mas se não percebe que o destino ta contra a nossa vontade.

Não sigo caminhos com destino – Disse me soltando dele. Eu faço meu destino.

Ele me encaro serio eu comecei anda naquele castelo bebendo. Sabia que nesse joguinho de não fazer nada e deixa o Cameron maluco. Ele não me deixaria em paz, estava dançando e ele na minha cola so bebendo. Eu ia no banheiro ele estava na porta me esperando. Eu ia no bar eu i comer eu ia toma um ar ele estava em algum canto me vigiando.

Alissa bota o plano em atividade – Disse no ouvido dela ela saiu.

O castelo era cheio de escadas e quartos, tinha um quarto onde estavam as bebidas. La tem uma escada que vai direto pro corredor. Onde eu vou empurra ele. Eu não to nem ai pra se ele vai se machuca mais eu vou mata ele a eu vou.

Subi pro anda de cima e percebo o Cameron parando de conversa e vindo. 1) Fazer ele te seguir. Cheguei na varanda da escada e vejo o Cameron vindo. 2) Não responder nada o que ele pergunta.

Ta fazendo aqui – Pergunto ele. Vamos descer – Disse ele segurando meu braço apenas andei com ele até a escadas e coloquei o pé empurrando ele.

Cameron deu três rodada na escada caindo, ele começo a grita de dor. Vejo Neels e Alissa arrastando ele até o quarto eu desci.

Para de graça – Grito Cameron. Porque me jogo da escada sua bipolar.

Cala a boca – Gritei. Agora e minha vez de fala – Disse pegando uma garrafa e quebrando ela no chão.

Maluca me solta – Grito ele.

Sabe a bipolar aqui – Gritei. Essa mesmo que correu atrás de você e que te perdoo pelos seus erros, a mesma que penso em você quando perdeu a memória, a mesma que estava do seu lado quando tudo começo – Gritei encarando ele. Essa menina que você chama de bipolar e a mesma menina que você, VOCE PERDIU EM NAMORO EM CASAMENTO – Gritei segurando o choro. O que você fez com Derek não tem perdão.

Sabia – Disse ele. Vai falar do seu namoradinho.

Cala boca – Disse. Sabe ele, ele sim e um cara que eu posso me entrega e sim ele posso confia mais em você Cameron – Disse encarando ele. So sabe joga na minha cara que eu não sou boa em nada que eu dor ataque sem motivos ou querendo chama atenção – Disse chorando. Suas palavras me machuco quando você disse que iria seguir em frente com a Heloisa, eu aceitei e você fez o que – Disse virando de costa pra ele limpando as lagrimas. Você foi cuida da minha vida, teve que lá fala pra todo mundo que eu estava fumando pra chama atenção porque, porque não tinha como guarda pra você seu ódio por mim.

Eu não te odeio – Disse ele.

Mas eu sim – Disse encarando ele. Toda vez que eu te ver eu vou me arrepender por cada mas cada lagrima, sorriso, te amo, prazer na cama – Disse encarando ele. EU vou apaga isso e você Cameron vai se torna apenas o menino de 3 anos atrás quando eu pisei na escola e você já começo a me irrita.

Evilyn para não fala isso – Grito ele.

Eu não te amo mais Cameron – Gritei, ele me encaro sério. ME ESQUECER, ESQUECER QUEM FOI EU E SEGUE SUA VIDA E ME DEIXA EM PAZ, SE TERMOS AMIGOS EM COMUM, E MARCAMOS PRA SAI OU UMA FESTA, FINGI QUE NÃO ME CONHECE, EU NÃO QUERO OUVI SUA VOZ DEPOIS QUE SAI DAQUI, EU NÃO QUERO NADA COM VOCE TA ME ENTENDENDO, VAZA VAI EMBORA E NUNCA MAIS OUZA FALA EVILYN MILLS – Gritei quebrando mais bebidas.

Cameron estava parado e me encarando, via as lagrimas caindo do seu rosto, eu sentia raiva dele nesse momento eu so quero vive. Cameron estava descalço e ando pro meu lado mais eu empurrei ele e sai de lá. Ouvi ele grita e vejo sangue, ele tinha furado o pé

Socorro – Grito ele. Me ajuda.

Tchau Cameron – Disse descendo.

Eu sai de lá correndo em choros, eu so quero ir embora pra minha casa. Eu so quero ficar em paz. Chamei uma ambulância e mandei minha mãe ver o Cameron. Peguei minhas coisas e peguei o primeiro voo pra los Angeles. 


Notas Finais


Chorei e vocês ???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...