História How Deep Is Your Love 2 - Capítulo 52


Escrita por: ~

Postado
Categorias Magcon
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack and Jack, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Everon
Exibições 52
Palavras 1.079
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello, GENTE VOCES ESTAO SUMIDOS.

Capítulo 52 - Forças.


Fanfic / Fanfiction How Deep Is Your Love 2 - Capítulo 52 - Forças.

Domingo ~ 4:20 AM.

EVILYN P.O.V.

Acordei com despertador chato, olhando a hora, parecia que eu não dormi, me levantei da cama e relaxando meu corpo e indo arrastada pro banheiro escovando meus dentes tomando um banho pra despertar. Abri minha mala com maior cuidado pra não bagunça mais quem disse que consegui? joguei roupa de um lado pro outro e quando peguei uma calça leggie preta e um moletom rosinha claro e uma regata branca e vestir. Calcei meu vans preto e arrumei de novo minha mala e comecei a rir sozinha.

Bom dia – Disse Gabi abrindo a porta. Quase 5 da manhã e você rindo?

Vendo que eu não nasci pra arruma mala – Disse rindo e ela se jogo na cama.

Faz leite da sua sobrinha pra mim – Ela entro debaixo do edredom e me encarou. Já treina pra se mãe.

Vai se ferra – Disse pegando minhas coisas e jogando na mochila. Vou desce pra joga isso logo no carro.

Povo ta tudo ai – Disse ela se levantando. Meu deus que mala pesada.

Eu vou sai de lá pra new york meu amor – Disse rindo e descendo encontrando Gina, Daniel, sierra, brent e Cameron dormindo no sofá.

Bom dia – Disse Gina me abraçando e eu cumprimentei todos.

Andei até o sofá e Cameron estava dormindo beijei seu pescoço e ele não se mexeu, joguei almofada na cara dele e pulei em cima dele e fiquei sentada em cima dele.

Sai meu – Ele disse bravo. Quero dormi porra.

Não – Disse rindo e pulei e ele se viro me derrubando no chão. Ai meu.

Ele se viro abrindo os olhos e me viu rindo no chão, ele se viro e volto a dormi, joguei almofada nele e todos rirem. Acabamos tomando café e chegou Chris e Nah com Tyler, Andrews e chesse.

Vamos pra gente pode chega mais cedo – Disse minha mãe. Quem vai com quem?

Sei lá – Disse sierra. Vamos gente resolve isso, meu irmão não vai acorda.

Acabou resolvendo que os meninos iria eles mesmo, em um carro iria Travis, meu pai, minha mãe, Gabi com Alisson. No carro do Daniel iria Gina, sierra, brent e no outro carro iria eu, cam, Nah e Chris. O tempo estava fechado e não estava claro e sim escuro parecia que ainda estava escuro isso que era 5 da manhã. Entrei na range rover cinza do Cameron e guardei minha mala junto com a dele e já estava a da Nah e do Chris. Cameron não estava com uma cara nada boa, ontem ele foi pra los Angeles pra festinha com meninos na festa do Taylor e voltaram tarde. Eu não fui fiquei com a Nah.

Da a chave – Disse esticando a mão pro Cameron. Vou dirigir.

Ta maluca – Ele coloco seu óculos. To bem já.

Nem fudedo eu entro nesse carro com Cameron nesse estado – Disse a Nah. Ela dirigir ou nada.

Vai logo bro – Disse Chris pegando a chave. Vai dormi vai.

Depois da parada eu que vou – Disse ele entrando na porta de trás e Chris foi na frente comigo.

Entrei e coloquei o sinto e me olhei no espelho e liguei o carro e saindo atrás do carro dos meninos. Iriamos pro mesmo sitio que formos alguns anos atrás. Estava um silencio no carro, Chris estava com o fone de ouvido e a Nah dormindo e Cameron também. Liguei o radio e fui o caminho inteiro dirigindo ouvido musica baixo. Quando meus belos amigos dormia.

(...)

Parada – Disse estacionando o carro na vaga, Cameron saio correndo do carro como Chris.

Eu disse que se bebesse muita agua – Disse a Nah rindo. Vamos miga.

Bora – Disse pegando meu celular e saído do carro e travando ele.

Entrei no estabelecimento e fui até a mesa onde estava todos, me sentei na mesa pedindo um café e um bolo. Fiquei vendo minhas redes social enquanto não chegava, Cameron sentou do meu lado.

Ta fazendo – Pergunto ele. Sentiu minha falta ontem.

Nenhuma – Dei ombro. Fiz coisas de meninas, não sentir nenhuma falta de festa.

Ta com febre – Ele encosto sua mão no meu rosto. Ta um pouco quente.

Mais deixa ele – Disse Nah. Vamos pra umas festas lá e deixa eles tudo preso dentro da casa.

Faça isso – Grito Chris. Essa não tem medo não.

Nenhum – Ela deu risada.

Terminei meu café e sai da lanchonete e fui tira foto com chesse, adoro o cabelo dele. Tirei foto com os outros meninos e me sentei no capo do carro do Cameron e fiquei vendo o sol aparecendo, era umas 8 da manhã. Cameron sentou do meu lado e pegou na minha mão.

Amor – Ele me encarou. To no tedio.

O que eu faço? – Perguntei sem entender e ele me beijo. Ah isso.

Ou isso – Ele me tiro de cima do carro me colocando no seu colo e beijo oi ficando mais intenso e sua mão no foi apertando minha bunda. Ou isso – Quando ele disse senti sua mão apertando meus seios.

Chega – Desci do seu colo. Ta com fogo de mais isso sim.

Apaga ele – Disse ele. Quando chegamos.

Vou pensa – Disse rindo e entramos no carro.

(....)

LUCY P.O.V.

Olhava com cuido meus braços segurando a Chloe e um sorriso pareceu no meu rosto quando matt apareceu no quarto com scott. Estava me sentindo completa com isso, não sabia onde cabia tanta felicidade na minha vida.

Te amo – Disse deixando eles dormindo e puxei matt. Me sinto a mulher mais feliz do mundo.

Eu que digo – Ele me puxo me dando um beijo calmo.

Abracei ele sorrindo, quem diria que estava me sentindo completa sabendo que menino que me conheceu chorando na boate seria meu marido. O menino que me levo pra comer um lanche sem me conhece seria o pai dos meus filhos.

(...)

Acordei com as crianças chorando, corri pro quarto do lado e indo ver o que eles tinha, sorte que contratei uma nova baba que eu não conseguiria cuida deles sozinha, sabendo que matt tem seus trabalhos. Depois que eles voltaram a dormi me sentei na sala e peguei meu celular vendo uma mensagem.

Salve gordinha – Evy.

Salve magrela – Eu.

Como anda se mãe nessa segunda feira linda? – Evy.

Estou muito feliz pra reclamar – Eu.

Meu deus – Evy.

Como anda ai no sitio? – Eu.

Está indo, ta legal – Evy.

Ah que tudo, aproveita – Eu.

Lucy eles estão gritando de novo – Grito matt. Socorro.

Ai meu deus me dar forças – Disse baixo me levantando. To indo.


Notas Finais


HELLO GIRLS AND BOYS.

RECADO......

Bem estou sumida por um motivo, provas isso sim. E como estou meia sem ideia nao sei o que escrever e os capitulos estao saindo uma bosta. mais eu vou arruma e como eu ja tinha escrito esse ai resolvi escrever mais um melhor pra pode recompensa ok. Comentem gente, tem muitas girls que sumiram :(


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...