História How Deep Is Your Love? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Selena Gomez, Zayn Malik
Personagens Selena Gomez, Zayn Malik
Exibições 4
Palavras 1.058
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Lírica, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Visual Novel
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Hallelujah


Fanfic / Fanfiction How Deep Is Your Love? - Capítulo 2 - Hallelujah

S
Hoje com toda certeza, era um dos piores dias da minha vida.
Ter que ver o caixão de minha mãe ser colocado sete palmos abaixo da terra não é algo muito legal de se presenciar. 
Ela morreu de câncer de mama dois dias atrás e minha ficha ainda não havia caído.
coloquem a música do link para tocar
A música preferida de minha mãe começou a tocar e meu coração se quebrou em mais milhões de partes. Lembro que quando eu tinha sete anos de idade, ela cantava essa música para eu dormir.
Eu e minha mãe sempre fomos muito unidas, sempre fomos uma amiga da outra. Ela me contava tudo e eu contava tudo para ela.
Me posicionei ao lado de meu pai e deixei que as lágrimas caíssem livremente.
Meu pai me abraçou forte e chorou junto comigo, enquanto algumas fotos de minha mãe passavam no telão atrás de nós.
Uma das fotos eu havia tirado, inclusive. Era uma que minha mãe estava no parque com Puppy, nosso labrador. Ela estava com seu típico lenço na cabeça e ria alegremente e Puppy lambia seu rosto.
Meu primo foi até o microfone e fechou os olhos, pronunciando os primeiros versos da música.
Ele respirou fundo e começou a cantar.

Well, I've heard there was a secret chord
(Bom, eu ouvi que tinha um louvor secreto)
That David played and it pleased the Lord
(Que David tocou e agradou ao senhor)
But you don't really care for music, do you?
(Mas você não liga muito para música, não é?)

Meu primo cantava sem vergonha e sua voz saía perfeita, mesmo com algumas lágrimas caindo sobre suas bochechas.
Era para eu estar cantando, mas tenho certeza que, no meio da música iria chorar feito um bebê.

The baffled king composing hallelujah
(O rei frustrado compondo aleluia)
Hallelujah, hallelujah
(Aleluia, aleluia)
Hallelujah, hallelujah
(Aleluia, aleluia)

Senti uma sensação de nostalgia me atingir e, me permiti, por alguns segundos, sorrir.

Well, your faith was strong but you needed proof
(Bem, sua fé era forte, mas você precisava de provas)
You saw her bathing on the roof
(Você viu ela tomando banho no telhado)
Her beauty and the moonlight overthrew you
(Sua beleza e o luar derrubaram você)

Fui até o caixão da minha mãe e me sentei em sua frente. 
– Mãe me perdoa, por favor. Eu devia ter ficado mais tempo com você em vez de só ficar trabalhando o tempo todo. Eu devia ter aproveitado o tempo que me restava. – Falei e lágrimas grossas começaram a cair por minhas bochechas.

And from her lips you drew the hallelujah
(E nos lábios dela você desenhou a aleluia)
Hallelujah, hallelujah
(Aleluia, aleluia)
Hallelujah, hallelujah
(Aleluia, aleluia)

Meu pai chegou ao meu lado e colocou uma das mãos em meu ombro.
– Vai ficar tudo bem, meu amor. Não é sua culpa.– Disse e eu o abracei forte, molhando seu terno por conta das lágrimas.
Meu vestido preto estava agora quase marrom pela terra contida na minha parte traseira.
Meus olhos provavelmente ficariam inchados de tanto que chorei nesses últimos três dias. 
Eu não tinha controle algum sobre mim nesses dias, qualquer coisa relacionada à ela me fazia chorar. Fosse uma peça de roupa ou uma fotografia. 
Tudo que me remetia à minha mãe me desmoronava.
Eu estava sentindo a pior dor da minha vida. Meu coração estava despedaçado.
Meu corpo estava cansado.
Meu cérebro não funcionava direito.
Eu não funcionava direito.
Por conta da morte da minha mãe, cancelei meus shows do mês inteiro que teria.

It's cold and it's a broken hallelujah
(É um frio e é um aleluia quebrado)
Hallelujah, hallelujah
(Aleluia, aleluia)
Hallelujah, hallelujah
(Aleluia, aleluia)

O caixão de minha mãe começou a descer e eu fechei meus olhos. Não queria ver aquilo.
Depois do caixão estar em seu devido lugar, eu e meu pai fomos embora, só nos despedimos de minha tia Betty que estava tão devastada quanto eu.
Quando cheguei em casa, tudo o que eu queria fazer era chorar e chorar.
– Filha, sua mãe pediu para eu te entregar isso quando ela morresse. Leia. – Disse e me entregou um envelope lilás, cor favorita de minha mãe.
Sorri e abracei meu pai como nunca. Afinal, só seríamos eu e ele daqui pra frente.
Fui até meu quarto e abri o envelope e comecei a ler parágrafo por parágrafo.

Minha pequena grande menina,
Se você estiver lendo essa carta, então provavelmente meu tempo na Terra se esgotou. Mas saiba que estarei com você nos seus sonhos e no seu coração.
Não tenho palavras para descrever o quanto estou orgulhosa e feliz por você. Espero que todos os seus sonhos se realizem.
Quero apenas agradecer pela filha maravilhosa que tenho. Obrigada por tudo meu amor.
Quero te pedir algo também. Viva a sua vida. Não fique se martirizando pela minha morte, não quero que pare de cantar, de fazer o que ama por minha causa. 

Tenha certeza de que eu estarei lá em cima te olhando e torcendo para que cada coisa em sua vida dê certo.
Faça isso por mim, viva por mim. Faça cada sonho seu se tornar realidade.
Selena, eu te amo demais meu amor.
Sei que você está chateada e triste, mas sorria. Sorria, porque seu sorriso era a coisa que mais alegrava meu dia. Sua
risada me fazia a pessoa mais feliz do universo. 
Você tem um brilho próprio meu amor. 
Você nasceu para ser uma estrela e quero que você continue fazendo o que sabe de melhor: trazer felicidade para as pessoas ao seu redor. 
Seja feliz, Selena.

Viva cada dia como se fosse o último.
Eu aceitei as minhas oportunidades e fui feliz. Sorri mesmo quando tinha tudo para chorar.
Espero que você faça o mesmo.
Com amor,
Mamãe.

– Eu farei, mamãe. – Sussurrei e deitei em minha cama. E, com os pensamentos em minha princesa, consegui dormir em paz, sabendo que ela agora era um anjo.
O meu anjo da guarda que estaria ali para mim, qualquer hora que eu precisasse de sua ajuda.

—————————••———————————••———————————••———————
Oi, amorecoss..
Sei que era para a fanfic ser publicada não nessa semana, na outra, mas eu não aguentei de ansiedade e comecei agora mesmo.
Deixem nos comentários o que estão achando, se eu preciso melhorar algo, etc.
Amo vocês,
Isadora.

link da musica: https://m.youtube.com/watch?v=0IpNGN9SzlU



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...