História How Deep Is Your Love - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Exibições 29
Palavras 1.251
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente do céu fazem alguns séculos que não escrevo nada, quanto mais posto algo aqui, maaaaas eu tive um sonho muito louco e eu transformei ele em fanfic (não me perguntem por que), se estiver uma bosta, me perdoem, faz muito tempo mesmo que não escrevo, não sabia nem como começar, e se estiver bom MUITO OBRIGADA DEUS EU NÃO DESAPRENDI A FAZER A ÚNICA COISA QUE EU SABIA FAZER!
Anyway, boa leitura <3

Capítulo 1 - Reencounter


Fanfic / Fanfiction How Deep Is Your Love - Capítulo 1 - Reencounter

- Vamos logo pro restaurante, eu to com fome.

- Ta bom, ta bom, eu to indo.

Eu não sabia naquele momento, mas essa inocente decisão de ir até aquele restaurante naquele dia e naquele horário, faria com que eu reencontrasse algumas das pessoas mais importantes da minha vida. E por pura ação do destino, lá estávamos eu e minha querida amiga Hannah indo almoçar fora na lanchonete que costumávamos ir com nossos pais quando éramos bem pequenas.

- Lisy, aqueles ali não são os garotos da...

- Sim, são eles mesmo - a interrompi.

- Você não vai ir falar com eles? Você já os conhece a tanto tempo...

- Se eles me virem, e manifestarem-se, eu vou, caso contrario, não, eu não vou.

- Só por que o Niall está lá?

- Sim, só por que o Niall está lá.

- Cara, eu entendo que ele seja seu ex namorado e tudo mais mas, vocês terminaram por absolutamente nada, por que você o evita tanto?

Após não obter respostas, Hannah chamou a garçonete, fizemos nossos pedidos e por sorte, nenhum deles me viu, por enquanto. E foi só a minha comida chegar para que Liam visse Hannah e a gritasse, não era pra menos, ele é apaixonado por ela desde os 10 anos de idade. O único problema, é que ao vê-la, fez questão que ela fosse se sentar junto dele e dos garotos, e bem, ela aceitou. Quem tem a Hannah como amiga não precisa de inimiga.

Ao nos aproximarmos, eles me viram e Louis foi o primeiro a gritar.

- LISY, QUANTO TEMPO GAROTA!!

- Olá Louis, como está?

Todos os outros me cumprimentaram, Hannah e eu nos sentamos e comemos enquanto conversávamos com Louis, Liam, Harry e Niall. Eles eram todos amigos desde que nasceram, moravam todos na mesma rua, que por acaso, era a mesma que Hannah e eu morávamos com nossos pais, então crescemos todos juntos, brincando juntos, estudando juntos, passando todos os dias juntos até o fim do ensino médio, depois disso os garotos seguiram um rumo para sua universidade e Hannah e eu seguimos outro, e não nos víamos desde então.

Niall estava estranhamente legal comigo, fez varias piadas, brincadeiras, e puxava todos os assuntos possíveis.

Em certo momento, pedi que Hannah fosse comigo ao banheiro, e ela me acompanhou.

- O que está sendo aquilo tudo entre vocês na mesa? Todo aquele assunto, todas aquelas risadas...

- Achei que você saberia me responder.

- Acho que ele te quer de volta.

- E eu acho que ele namora a Tiffany.

- E eu acho que você ta cagando pra isso.

- Na verdade eu estou cagando pra ela, e não pra isso.

- Você me irrita, principalmente quando se trata do Niall, eu ouço a mesma ladainha de vocês a oito anos.

- Eu não estou enrolada com ele a oito anos.

- Vocês se gostam desde os doze anos, vocês tem vinte, então sim, eu acho que está, já faz todo esse tempo que ouço você falando dele e ele falando de você e blá blá blá.

- Ta bom, ta bom Hannah.

Saímos do banheiro e ao olhar para a mesa, Niall, Liam, Louis e Harry não estavam mais lá, apenas pediram que as garçonetes nos avisassem que eles haviam pago nossa conta. Saímos da lanchonete e de longe, vi Niall fumando um cigarro encostado na parede do outro lado da rua.

- Eu odeio ele.

- Por que?

- Ele sabe o quanto eu o acho sexy fumando, e resolveu fazer isso bem agora?

- Ué Lisy, ele fuma, você esperava o que dele?

- Que ele não fumasse na minha frente só pra me provocar.

- Vem, vamos nos despedir dos meninos e ir embora logo, não aguento mais o Liam me cantando.

- Como se não gostasse...

Atravessamos a rua e estávamos indo na direção de Liam, Louis e Harry. Mas como eu disse, quem tem a Hannah como amiga, não precisa de inimiga, então ela caçou e arranjou um modo de que eu passasse em frente ao Niall, e claro, exatamente como ela previa, ele segurou meu braço fazendo com que eu parasse em frente a ele.

- Não vai me dizer tchau?

- Não pretendia.

- Pelo modo como estávamos conversando lá dentro, achei que estava tudo bem.

-Achou errado.

- Qual é Lisy?!

- O que você esperava?

- Ganhar um beijo, no mínimo.

- Sabe qual é o seu problema? Eu nunca ter contado a verdade sobre o nosso término a ninguém. Se eu tivesse dito a verdade ao invés de ficar com vergonha e acompanhar você com suas mentiras você não acharia que tem toda essa moral.

- E você vai fazer o que? Contar a verdade dois anos depois?

- Eu deveria.

- Vá em frente, a única pessoa que vai se importar com essa história depois de todo esse tempo é a Hannah, e olhe lá.

- Depois ainda me perguntam por que eu nunca mais quis saber de olhar pra sua cara. Ainda tenho que ficar ouvindo comentários ridículos de pessoas dizendo “mas vocês terminaram por bobagem, por que não voltam? Por que você o trata assim?” até parece que a culpada sou eu.

- Você não disse a verdade porque não quis, eu nunca te obriguei a nada.

- Argh, você é impossível garoto.

- E você adora.

- Eu odeio você Niall.

- Então faz o seguinte, vai lá e conta pra eles tudo o que eu fiz, você vai se sentir melhor.

- Talvez eu vá.

- Talvez eu te beije.

- Vai trair a Tiffany também? – sorri sínica e me retirei indo até Hannah e os garotos.

- Vamos Hannah?

- Vamos, tchau meninos, até outro dia.

- Tchau Hannah. – responderam em uníssono.

- Tchau gente, foi bom ver vocês três, nos vemos por ai.

- Tchau Lisy. – responderam novamente em uníssono.

Fomos para casa e Hannah passou o caminho todo me perguntando sobre minha conversa com Niall, então depois de chegarmos em casa, resolvi contar toda a verdade a ela.

- Hannah, você quer mesmo saber o que eu conversei com Niall?

- Sim, eu quero.

- Neste caso, preciso te contar a verdade sobre o fim do meu relacionamento com ele.

- A verdade?

- Niall e eu terminamos porque eu descobri que ele me traía, desde o primeiro beijo aos doze anos, ele já tinha outras, e continuou tendo outras durante todos os anos que sucederam. Ele nunca foi fiel a mim nem a ninguém, e eu nunca nem desconfiei, até o dia em que fui visita-lo na universidade sem avisar e o peguei com outra, nós brigamos feio, ele apanhou de mim e da garota que estava com ele, ela era uma das namoradas dele assim como eu, não sabia de nada. Ela foi embora e a briga não cessou, quando ele confessou que nunca tinha sido fiel a mim, joguei nele tudo o que vi pela frente, até jogar a aliança que ele havia me dado. Eu fiquei tão envergonhada por nunca ter nem sequer desconfiado de nada que resolvi acompanhar sua mentira e dizer a todos que a razão do nosso término foi a distancia, a falta de convivência.

- Eu não acredito que escondeu tudo isso de mim.

- Me desculpe. De qualquer modo, hoje apenas discutimos mais sobre tudo isso. Eu estava ótima sem vê-lo, e se possível quero me manter assim o resto da vida.

 


Notas Finais


Luv ya <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...