História How I feel? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Pensamentos, Sentimentos, Trabalho Escolar
Exibições 10
Palavras 460
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


E estamos aqui para um segundo dia de relatos e bom eu não vou precisar falar como estou já que o texto vai falar por si mesmo.
E sim está é minha vida.

Capítulo 2 - And the ghosts are back


And the ghosts are back

E os fantasmas voltam. 

Eu não sei o que eu fiz a você. Não sei se eu te magoei ou se te ofendi. Mas eu apenas queria saber. Saber o que fez você se afastar de mim.

Agora que você me viu naquele estado, tudo o que eu tinha desabou. Agora você tem o meu segredo em suas mãos. E eu estou com medo. Medo de que você possa falar isso para os meus amigos.Medo de que eles não me entendam. Medo de que eu seja vista como uma fraca e que tenha que receber toda a atenção.

Eu não sou um bebê. Eu não gosto de toda essa atenção. Eu entendo que eles se preocupem comigo mas, eu não quero mais ser o centro das atenções.

Você me surpreendeu. Ficou calado. Não se moveu. E as lágrimas - que outrora haviam cessado - começaram a cair ainda mais fortes.

A dor aumentava.

Minha voz falhava.

Minha respiração ficava pesada.

Meu corpo tremia.

Estava acontecendo novamente. Mas diferente das outras vezes, desta vez a culpa era minha.

Meu medo estava criando isso. Meu medo estava me matando. 

Eu cansei de fugir. Sim, eu sei que tenho que enfrentar meus medos. Eu sei. Mas eu sou fraca. Eu não consigo enfrenta-los. E antes eu só enfrentava por que você me incentivava. Mas agora. Você é meu medo.

Eu tentei não pensar no ocorrido. Mas era impossível. Eu sentia seu olhares em mim na hora da entrada. Eu sentia. Mas havia algo mais neles. Além da raiva e da repulsa. Havia algo ali que eu penso ser pena. 

Eu tentei não me importar. Tentei te esquecer. Mas você não saía da minha cabeça. Na hora da recreio. Quando eu pensava que teria paz. Você vem até os meus amigos.

Eu sei. Eles também são seus amigos. Mas, eu fiquei com medo. Eu tentei fugir. Eu tentei escapar das garras do destino. Eu tentei. Eu não tenho culpa de ter sido impedida. Eu não tenho culpa de perder a minha voz e forças. Eu não tenho culpa de não conseguido me mexer. Eu não tenho. 

Eu esperava tudo para aquele seus diálogos, que misteriosamente, começaram a fazer referências a mim. 

Eu esperava tudo para aquele dia. Menos aquilo. Menos ter que fazer dupla com você. Menos ter que interpretar com você. Menos ter que olhar, novamente, em seus olhos cor de âmbar. Que antes me transmitiam paz. Agora me transmitem raiva e desprezo. E que me causavam medo e preocupação. Preocupação por você ter aquele pequeno fato em suas mãos.

Agora eu tenho medo de você e as vezes os fantasmas voltam.

Eu não sei o que eu fiz a você. Eu tentei saber, mas ninguém sabe o estado em qual estamos.

"Parece que os fantasmas do nosso passado voltaram, não é mesmo?"



Notas Finais


Vou postar o flashback mais tarde. Se vocês quiserem é claro.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...