História How I Met Your Friends - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Friends, How I Met Your Mother
Personagens Barney Stinson, Lily Aldrin, Marshall Eriksen, Robin Scherbatsky, Ted Mosby, Tracy McConell
Tags Friends, Himym, Swarkles, Yuri
Exibições 25
Palavras 2.117
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ficção, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


PERDOEM A DEMORA E NÃO DESISTEM DE MIM
BOA LEITURA

Capítulo 5 - Aquele com o encontro.


- A gente claramente não precisava saber disso. - Marshall disse gemendo de dor, uma dor interior e mental. 

- Eu estou traumatizada para o resto da minha vida. - Tracy disse e Robin podia jurar que ela estava com os olhos cheios de água, e também percebeu que a voz dela estava embargada, como se estivesse prestes a cair no choro, mas não podia culpar ela, era um história que Robin nunca esqueceria, e não era de uma maneira boa que ela repassaria e relembraria aquela história em sua mente. Quase vomitou imaginando a cena e murmurou um: "Por favor, alguém apaga minha mente..."

- Eu preciso ligar pra minha mãe. - Ted disse olhando perdidamente para um ponto fixo. - Só pra dizer que eu amo ela. - Ted terminou e pegou seu telefone, ainda olhando fixamente para o nada. 

- Boa história, Bro. - Lily disse e fez um high five com o Barney, e todos olharam fixamente para eles dois e quase gritaram de frustração, bom, todos exceto Ted, que ainda olhava fixamente para o nada enquanto esperava sua mãe atender o telefone, e quando isso aconteceu, ele chorou como um bebê, murmurando sofridamente um "oi mãe..." arrancando uma risada de Robin, seguido de uma vontade de vomitar ainda maior que a última. 

- O que vocês vão fazer hoje? - Tracy disse depois de um longo suspiro querendo desesperadamente mudar de assunto. Todos se sentiram felizes em ter outra coisa para pensar, exceto Ted que continuava chorando falando com sua mãe no telefone, o que seria hilário para Marshall em qualquer outro dia, mas naquele momento daquele dia, ele só queria desesperadamente fazer o mesmo. Robin se sentia feliz em ter outra coisa para por em sua mente, mas se sentiu deprimida ao perceber que não tinha nada para fazer. Mas se sentiu rapidamente feliz novamente quando percebeu que todos os outros também não tinham nada para fazer. 

- Nada. - Lily disse quebrando o silêncio, e Robin ergueu sua cerveja bebendo um pouco dela com um sorrisinho entre os lábios. - Minha vida é um tédio. - Lily disse com uma falsa felicidade bebendo um pouco da sua cerveja. 

- Faço das suas palavras ás minhas, Aldrin. - Marshall disse após se recuperar do trauma que foi ouvir a história do Barney. Ou achar que tinha se recuperado. Porquê logo depois de pensar que tinha se recuperado, relembrou do que porquê tinha que se recuperar, e inevitavelmente se lembrou da história, e com a volta da história na sua cabeça, a sua vontade de vomitar e ligar para sua mãe enquanto chora, voltou. Robin não estava muito diferente, enquanto repassava a história várias, várias e várias vezes de novo em sua mente, tinha uma enorme vontade de chorar pela terceira vez. 

- Então vamos fazer alguma coisa... - Tracy disse e todos começaram a pensar, sem ideias, voltaram a dar goles em suas bebidas e se arrepiarem lembrando da maldita e horripilante história do Barney, menos Lily, que desejava em silêncio o que ele tinha conseguido na noite anterior. 

- Então, de qualquer forma, não precisamos fazer nada, eu tenho que ir trabalhar de qualquer jeito. - Ela diz checando o horário em seu relógio de pulso. 

- Podemos ir com você. - Lily diz animada e Tracy sorri com a ideia, adorando o fato de ter seus amigos lá com ela novamente. - Não vamos lá desde que você conseguiu o emprego. - Disse animadamente sarcástica, revisando o olhar primeiro entre Ted e Tracy e depois por Robin e Barney, Tracy revirou os olhos e Ted nem prestou atenção, olhava fixamente para o celular agora desligado enquanto secava as lágrimas. No caso dos outros dois, Barney apenas engoliu em seco evitando o olhar de Lily, e Robin limpou a boca com o guardanapo, apenas pensando na história do Barney, e que ela tinha beijado ele. O cara da história. - E além do mais... - Lily continuou. - O Marshall ainda não te ouvir cantar. 

- É verdade. - Marshall disse dando um olhar gentil para Tracy, que sorriu animada. - Pois o senhor está prestes a ver. - Tracy bateu na cabeça dele delicadamente enquanto sorria. - Então, vamos! - Tracy disse animada já se retirando, mas logo depois voltou e pegou Ted pela mão. - Eu sei que foi horrível Ted, mas você vai superar. - Disse dando uns tapinhas nas costas dele por consolação, enquanto ainda o guiava para o Central Perk. 

 

 

Ao entrarem no Central Perk toda animação deles foi por água á baixo, percebendo que o lugar estava cheio e não tinha lugar para eles se sentarem. Mas Lily seguiu adiante fazendo todos seguirem ela, como uma boa líder. - Olá. - Lily disse com um tom de flerte ao se aproximarem do sofá marrom que ficava no centro da Cafeteria. - Podemos nos sentar com vocês? - Lily continuou quando percebeu que chamou a atenção de todos eles. - Claro... - Começou a loira estilosa mais foi interrompida pela morena de cabelo curto que parecia extremamente nervosa. - Não foram vocês que não deixaram a gente se sentar aqui a alguns meses? - A morena perguntou extremamente nervosa. 

- Bom... - Lily começou a pensar em uma história para contar ao perceber que era o mesmo grupo de amigos do dia que Tracy conseguiu o empregou, mas ela foi imediatamente interrompida por Barney. - Sim somos, eu sinto muito por aquilo, mas nossa, você é realmente inesquecível. - Barney disse beijando suavemente a mão da morena, que revirou os olhos antes de sorrir como uma boba. - Podem se sentar. - Ela afirmou e todos os 5 se sentaram rapidamente, enquanto Tracy arrumava tudo para sua apresentação. - Eu sou Monica, essa é Rachel, Joey, Phoebe, Ross e Chandler. - Ela disse apontando para cada um deles. - Eu sou Lily. - Lily começou. - Esse é Barney. - Ela disse revirando os olhos sem animação. - Robin, Marshall, Ted e creio eu que vocês já conhecem a Tracy. - Lily terminou apontando para uma Tracy que conversava com o garçom do lugar animadamente, o que chamou a atenção do Ted. Que rapidamente sentiu um incômodo no seu peito e quase tão rapidamente começou a tentar se convencer de que não era ciúmes. 

- Ah, vocês são amigos de Tracy? - Phoebe perguntou animada e todos afirmaram que sim, exceto Ted que ainda encarava Tracy e o tal de Gunther, o garçom do lugar, conversando.  

- Nós também somos. - Monica comentou animada e Barney ergueu uma sobrancelha e os seus amigos não precisaram juntar 2+2 para saberem que ele ia jogar uma cantada suja. - Quer ser minha amiga também? - Barney perguntou á morena que sorriu maliciosamente, Lily percebeu um olhar chateado vindo do tal de Chandler, que rapidamente começou a ler o jornal, obviamente querendo evitar tudo aquilo. Lily riu sem graça percebendo o que estava acontecendo ali, pobre Chandler. - Ou... algo a mais que isso? - Barney perguntou com uma malícia enorme na voz enquanto passava a ponta do dedo pelo queixo da morena de forma degradante, enquanto ambos se comiam com o olhar. - Irmã, vai por mim. Não vai querer entrar nessa. - Robin disse se sentiu suja lembrando da história, o que teve efeito colateral no seu corpo que ela balançou inevitavelmente sentindo um grande calafrio, coisa que teve o mesmo efeito em Marshall, que se arrependia de ter ido no bar aquela tarde. Monica rapidamente começou a evitar contato visual e pra falar a verdade, qualquer contato com Barney. O que fez Chandler sorrir feito bobo, coisa que causou efeito em Lily, que sorria orgulhosa e torcia silenciosamente para aqueles dois se tornarem um casal, mesma torcida mental que fazia para Robin e Barney, mesmo que não admitisse isso nem sobre tortura. Mas teria um prazer em confessar isso para Monica e Chandler, aliás, estava ansiando para falar um: "Sabia que vocês dois formariam um belo casal?" coisa que ela deixou só na sua mente, e falou sem vergonha. 

- Sabia que vocês dois formariam um belo casal? - Lily disse apontando para Chandler e Monica. 

- Nós dois? - Chandler disse com as bochechas vermelhas e um sorriso enorme, coisa considerada adorável pela visão de Lily. 

- Você é tão louca quanto Phoebe. - Monica diz revirando os olhos e Lily olhou com os olhos arregalados para Phoebe. - Você também acha que eles formariam um belo casal? - Lily disse sem conseguir conter sua emoção. 

- GAROTA, EU FALO ISSO Á ANOS! - Phoebe exclamou animada e Lily ficou mais animada ainda. - Foi a segunda coisa que eu pensei quando eu entrei no grupo. - Phoebe continuou a falar extremamente animada. - A primeira foi que Chandler era gay. - Ela concluiu tomando um pouco do seu café.

- Eu estou bem aqui! - Chandler disse ofendido enquanto Joey e Ross riam. 

- Ah, ele com certeza é bissexual. - Lily disse sem se importar muito e Chandler encarou elas com indignação e repetiu. - Eu estou bem aqui!

- Mas com certeza ele e Monica tem que ficar juntos. - Phoebe disse. 

- Eu estou bem aqui. - Monica disse sem importância enquanto lia uma revista encostada no ombro de Rachel. 

- Que saber? Você e Rachel também formariam um belo casal. - Lily disse e as duas pararam de ler a revista no mesmo instante, encararam uma a outra e fizeram uma careta. - Concordamos. - Disseram juntas e voltaram a ler a revista. 

- Mas ainda assim, você é do Chandler. - Lily disse e Phoebe concordou, fazendo Monica revirar os olhos e Rachel soltar uma risadinha, enquanto Chandler continuava vermelho mas feliz, imaginando uma vida com Monica. Joey só balançava a cabeça negativamente, como se já não bastasse Ross sonhando acordado com Rachel...

- Eles tem que ficar juntos, aliás, ELES VÃO FICAR! - Phoebe confirmou. - Eu só tenho três certezas na vida, que Monica e Chandler vão ficar juntos, que esses dois vão ficar juntos. - Apontou para Robin e Barney fazendo Lily abrir a boca surpresa, ela estava completamente apaixonada por aquela mulher. - E claro, a morte. - Antes que Robin e Barney pudessem se defender Tracy anunciou que iria cantar Royals, e todos pararam para prestar atenção. Ted não evitou dar um suspiro aliviado, não só por ouvir aquela voz de anjo novamente, mas também, porquê ela tinha finalmente parado de conversando com o Garçom. "Não é ciúmes." Ele repetiu a frase mentalmente e começou a prestar atenção na incrível e talentosa mulher que estava ali cantando na sua frente. 

Quando Tracy acabou o lugar se preencheu em palmas e assovios vindo de todos, o que deixou ela, Ted, Lily e Marshall, que a ouvia pela primeira vez, orgulhosos. Todos os amigos se aproximaram para dar os parabéns. 

- Você arrasou! - Lily disse dando um abraço animado na amiga. - Como sempre. - Finalizou e deu um tapinha na bunda da amiga. 

- O que achou, Marshall? - Tracy perguntou ansiosa pela aprovação do amigo. 

- Foi incrível. - Marshall disse surpreso, ele já esperava que fosse bom, mas não tão bom assim. - Você foi demais, garota. - Disse estralando os dedos fazendo a garota rir, logo depois os dois trocaram um abraço carinhoso. 

- Foi demais, Tracy. - Ted disse acariciando seus cabelos, a mulher sorriu como boba. E os amigos só observavam com malícia nos olhares. 

- Gente, mais uma boa notícia. - Tracy disse dando um fim no seu abraço com Ted. - Eu tenho um encontro com o Garçom daqui. - Ela disse e Ted se sentiu mais doente do que quando bebeu e fez aquela maldita tatuagem de borboleta alguns meses atrás, ou quando ouviu a história do Barney naquela tarde. - É o primeiro cara desde o Max! - Ela disse animada e os amigos tentaram forçar uma animação, o que não conseguiram. Não possuíram nem 3% de sucesso, todos eles ficavam olhando para Ted com pesar, então o "uhul" deles não foi o suficiente para enganar a Tracy, ao perceber a expressão de interrogação no rosto da amiga, Lily decidiu contar as boas novas antes que Tracy perguntasse o que diabos estava acontecendo ali, seria uma péssima maneira de Tracy descobrir os sentimentos de Ted.

- EU TAMBÉM TENHO UM ENCONTRO! - Lily gritou animada e todos comemoraram, e dessa vez, de verdade. E Tracy esqueceu o quão foi estranho a reação dos amigos ao contar do seu encontro, ficando extremamente feliz pela ruiva. 

- Com quem? - Tracy perguntou radiante. 

- Phoebe Buffay.


Notas Finais


POSTEI E SAÍ CORRENDO. @imscherbatsky_


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...